Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Empreiteiro da Mendes Jr. conta tudo!

Por Miguel do Rosário

05 de abril de 2015 : 09h41

aroeira1 (1)


 

Um dos problemas da mídia brasileira é que ela inventa uma narrativa que não corresponde à realidade.

Apenas serve a um propósito político.

Segundo esta narrativa, a corrupção começou agora, com o PT.

É uma coisa esquizofrênica, porque no momento em que a Polícia Federal e o Ministério Público iniciam grandes investigações, que não poupam ninguém, nem membros do governo, nem gente da cúpula dos partidos governistas, ou seja, quando há efetivamente, combate à corrupção, pinta-se um quadro de descontrole administrativo que, na verdade, pertence ao passado.

A corrupção em grande escala sempre acontece nos bastidores do poder. Por isso, investigações que não atingem o próprio governo e os próprios partidos no poder não são objetivas.

Era o que acontecia antes. Não havia investigação. A Polícia Federal era uma ferramenta de partido, e suas atividades não poderiam jamais afetar a imagem do governo.  Ao final do governo FHC, chegou-se ao cúmulo do diretor da Polícia Federal ser um militante filiado ao PSDB.

Hoje, não. Hoje a Polícia Federal tem independência. Tanta independência que alguns setores são, inclusive, acusados de estarem à serviço da oposição.

Isso também não pode acontecer. A PF não pode servir nem ao governo, nem à oposição.

De qualquer forma, ninguém hoje nega que a PF tem muito mais autonomia do que jamais teve no passado. Investiga mais, possui mais estrutura (mais gente e mais recursos), e tem mais autonomia.

Dito isso, publico abaixo uma entrevista concedida à Istoé, em fevereiro de 1996, por Murilo Mendes, então presidente de uma das maiores empreiteiras nacionais, a Mendes Jr.

É uma entrevista com valor político e literário. Político, porque Mendes abre o jogo, às vezes diretamente, às vezes com insinuações, sobre a corrupção generalizada que existia na relação entre as empreiteiras e os governos.

A própria Istoé, no editorial daquela edição, deixa bem claro que a corrupção era a regra:

ScreenHunter_5616 Apr. 04 10.43


Eu falei em “valor literário” da entrevista porque Murilo Mendes usa uma linguagem solta, cheia de palavrões, que expressa uma época que hoje parece tão distante do padrão politicamente correto que rege nossa imprensa.

Trechos com insinuações interessantes:

ScreenHunter_5618 Apr. 04 11.09


“Serjão” era o apelido de Sergio Motta, o homem forte do governo FHC na relação com o congresso, acusado de ter sido o operador do esquema de propinas para a aprovação da emenda da reeleição. Esse é o homem com quem Murilo Mendes admite ter “conversa de empreiteiro”.

Além de operador político, Motta também era ministro da Comunicação, o homem que lidava diretamente com os grandes grupos de mídia, enchendo-os com dinheiro da publicidade institucional. Não existia esse negócio de “mídia técnica”. A grana era para Globo, Abril, Folha, Estadão, Istoé, e ponto final.

Trechos com confissões do presidente da Mendes Jr, sobre existência da cultura de propina:

propinas2


propinas


Entretanto, é de se notar a simpatia da Istoé pelo entrevistado, e pelas empreiteiras de maneira geral, mesmo sabendo que elas pagavam propina a funcionários do governo.

A entrevista é feita com explícito objetivo de defender o ponto-de-vista do presidente da Mendes Jr, cujos negócios sofriam com uma dívida de R$ 3 bilhões que o governo não queria pagar.

Ainda não havíamos chegado ao vale-tudo de hoje, em que, na ânsia de derrubar um governo eleito, a mídia não mais se preocupa com o destino das empresas e dos milhões de empregos agregados às suas atividades.

Pode-se ver que melhoramos, de um lado, com investigações mais profundas e corajosas contra empreiteiros, políticos e servidores.

Mas involuímos também, porque na época não havia juízes dispostos a torturar executivos, aplicando-lhes prisão preventiva por tempo indeterminado, em troca de delações contra um partido.

Talvez, no futuro, cheguemos a um equilíbrio: mais coragem e mais investigação, e ao mesmo tempo mais cuidado com a lei, os direitos de defesa e os empregos.

A íntegra da entrevista, e o editorial da Istoé podem ser vistos abaixo:

 


Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Vitor

07 de abril de 2015 às 14h19

Bom texto, Miguel! A corrupção sempre foi generalizada, não tem jeito. Só acho que o descontrole administrativo permanece até hoje…

Responder

surreal

07 de abril de 2015 às 10h40

EXISTE UMA GUERRA COMERCIAL CONTRA O BRASIL, COM AJUDA DE POLÍTICOS TRAIDORES E ENTREGUISTAS, O BRASIL POSSUI MUITOS RECURSOS NATURAIS E ESTRATÉGICOS, COMO POR EX. ENORMES RESERVAS DE PETRÓLEO E ESSE MANIFESTO VEM SE REPETINDO A MAIS DE UM ANO:
O POVO QUER SABER… SE NÃO QUEREM OU NÃO PODEM CHEGAR NOS VERDADEIROS MAFIOSOS TUCANALHAS, CORRUPTOS SECULARES E NA MÍDIA MÁFIA ANTI-NACIONAL, VERDADEIROS LESA PÁTRIA, QUALQUER OPERAÇÃO DA PF MP E STF CONTRA A CORRUPÇÃO SERÁ APENAS OPERAÇÃO POLÍTICA COVARDE DESTRUIDORA DE NOSSO POVO, PORQUE DESSA FORMA A JUSTIÇA CONTINUARÁ SENDO UMA BALANÇA MUITO DESEQUILIBRADA. O POVO QUER SABER… E OS MAFIOSOS CORRUPTOS TUCANALHAS SOLTOS??? SOLTOS DE INÚMERAS CPIS. ATÉ QUANDO??? ATÉ QUANDO OS CORRUPTOS TUCANALHAS VÃO CONTINUAR SENDO BLINDADOS PELOS JUÍZES E MÍDIA CÚMPLICE MERCENÁRIA SONEGADORA DE IMPOSTOS??? O POVO QUER SABER. ATÉ QUANDO??? OU ATÉ QUANTO??? OU MUITAS EMPRESAS, POLÍTICOS, O POVO BRASILEIRO E A DEMOCRACIA VÃO PAGAR AS PENAS, MENOS O LÍDER DAS CORRUPÇÕES: O PSDB E SEUS PROTEGIDOS? E ATÉ QUANDO A MÍDIA CRIADORA DE CAOS E SONEGADORA VAI TRAIR O BRASIL E CONTINUAR IMPUNE???

http://caixadoistucanodefurnas.blogspot.com.br/

http://www.juniorpentecoste.com.br/2014/07/quem-e-o-lider-da-corrupcao.html

Responder

mineiro

06 de abril de 2015 às 15h42

por isso que naquela epoca o povo nao tinha dinheiro para nada. e todo mundo dizia que a corrupçao no brasil era grande , mas ninguem sabia como explicar. tai a explicaçao , quanto desgraçado , fdp surrupiou o brail. tem razao dessa corja dos quintos dos infernos ta chiando mesmo. e olha que eles nao perderam quase nada em relaçao ao dinheiro de antes.

Responder

Flávio Germano de Alvarenga

05 de abril de 2015 às 20h52

ISSO sim, tem tudo a ver !

Responder

Messias Franca de Macedo

05 de abril de 2015 às 12h06

Benjamin Steinbruch tem muito o que explicar

Publicado em 05/04/2015

O nome de Benjamin Steinbruch aparece de forma exuberante – US$ 543 milhões de dólares !!! – na reportagem de Chico Otavio, no Globo – “HSBC: fortunas nas mãos de offshores”.
“Os Steinbruch tinham 15 empresas relacionadas às suas contas… cinco tinham o endereço principal em Tortola, nas Ilhas Virgens Britânicas”, diz Chico Otavio.
O sócio dos Steinbruch no Grupo Vicunha, Jacks Rabinovitch tem a bagatela de US$ 230 milhões – !!! – no HSBC, sendo que quatro contas de Rabinovitch são em comum com os Steinbruch.
Que maravilha !
Pegaram a Privataria com a boca na botija !
(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.conversaafiada.com.br/economia/2015/04/05/benjamin-steinbruch-tem-muito-o-que-explicar/

Responder

    Messias Franca de Macedo

    05 de abril de 2015 às 12h24

    … Antes de chegar ao ‘Palácio do Decoro Parlamentar’, para depor em Brasília, “o nacionalista” [Benjamin] Steinbruch (sic) deve passar pela Guantánamo do Paraná do “juiz do ‘braZil'”!…

    [Portanto] Comparecer à CPI que a “diligente” *Globo não cobre, após um rito de delação premiada via prisão preventiva!

    [*http://www.conversaafiada.com.br/economia/2015/04/05/benjamin-steinbruch-tem-muito-o-que-explicar/#comment-1904987)

    Aos procuradores do ‘miniSTÉRIO’ Público, uma singela exortação: Acordo de Leniência, “nem pensar”!

    RISOS

    É verdade, as coisas já estiveram [muitíssimo] melhor para o pessoal da DIREITONA!

    (E a quantas anda ‘o humor’
    do Rodrigo Janot?!

    Vixe, rimou!)

    Ah essa irrecuperável – e hipócrita – Casa Grande!

    E “tome-lhe risos estonteantes”!

    Feliz – e alvissareira(!) – Páscoa!

    Responder

Valdeir Sena

05 de abril de 2015 às 14h13

Com certeza

Responder

Bruno Bittencourt Costa

05 de abril de 2015 às 14h08

O Trancredo era uma amigo antigo e o Serjão, ah o Serjão… Depois vem um bando de cabeça oca gritando fora PT querendo acabar com a corrupção! Preferem não saber de nada. Inocentes!

Responder

Ricardo Anzil

05 de abril de 2015 às 13h17

Cabral esta no tumulo rindo a toa, vai vendo.

Responder

Messias Franca de Macedo

05 de abril de 2015 às 10h13

… Manda essas investigações para o “juiz do ‘braZil'”, o Sérgio ‘Tolo’, também conhecido pela famigerada alcunha de ‘Sérgio Moro no PSDB [e a esposa advogada da Chevron e da Shell outrossim]’!

Prisões preventivas a roldo, delações premiadas, quebradeira generalizada de empresas offshores…

Quebradeira generalizada de empresas offshores?

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

“Quem com o ferro fere, com o ferro será ferido!”

Ah essa sabedoria popular!

“Meu ‘fi’ não há nada ‘mió’ do que o dia que ‘assucede’ o outro!” Por minha saudosa, humilde e sábia avó!

Responder

Messias Franca de Macedo

05 de abril de 2015 às 09h53

… As coisas já estiveram [muito] melhor para a [eterna] oPÓsição ao Brasil!

Ah esses corruptos até a enésima geração de [emissoras] afiliadas – e de afilhadas(os) também!

Estão vendo estropícios malignos?!

O melhor desinfetante é a luz do Sol!

A Verdade liberta!

Responder

Messias Franca de Macedo

05 de abril de 2015 às 09h51

Da Série ‘Viu estropício maligno e hipócrita?!’

###################

TCU DENUNCIA ESQUEMA DE EMPREITEIRAS NA GESTÃO *[ANTÔNIO] IMBASSAHY (PSDB/BA)

[*carlista roxo de carteirinha!

Ao lado do deputado bochechudo, um dos mais animados arruaceiros da [eterna] oPÓsição ao Brasil e ao honesto povo trabalhador brasileiro! Adendos do matuto]

O deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA), que é vice-presidente da CPI da Petrobras e uma das vozes mais aguerridas da oposição, poderá ficar numa saia justa; empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção da Petrobras são acusadas de superfaturar as obras do metrô de Salvador, empreendimento que teve início na gestão do tucano e foi uma das mais lentas do mundo; Tribunal de Contas da União detectou superfaturamento de R$ 166 milhões, em valores da época, e deve responsabilizar os gestores indicados por Imbassahy; metrô de Salvador foi feito por um consórcio formado por Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Siemens, levou 14 anos para entregar primeiros trechos e consumiu mais de R$ 1 bilhão

5 DE ABRIL DE 2015 ÀS 06:27

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/175870/TCU-denuncia-esquema-de-empreiteiras-na-gest%C3%A3o-Imbassahy.htm

Responder

Luis Fernando Facco

05 de abril de 2015 às 12h48

Responder

Deixe um comentário