Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

A prova de que a imprensa é golpista

Por Miguel do Rosário

18 de setembro de 2015 : 17h06

Reproduzo abaixo a última coluna de Paulo Moreira Leite, e chamo a atenção do leitor para o trecho em que o entrevistado fala o seguinte:

Vários jornalistas que cobrem as denúncias contra Dilma já me ligaram para pedir que eu fale sobre o impeachment do Collor. Mas quando eu digo que são situações muito diferentes e que eu acho que não há a menor razão para se falar em impeachment da Dilma, eles perdem o interesse e desistem da entrevista.

É ou não é prova de que nossa imprensa é geneticamente e essencialmente golpista?

***

“Contra Dilma, não há nada. É só política”, diz autor da denúncia que levou ao impeachment de Collor

Da coluna de Paulo Moreira Leite, no Brasil 247

Autor da denúncia que levou ao impeachment de Fernando Collor, em 1992, o advogado Marcelo Lavenère deveria ser uma referência obrigatória na reflexão sobre o pedido de afastamento de Dilma Rousseff, em 2015. Mas Lavenère tem sido esquecido sistematicamente pelos meios de comunicação que apoiam o impeachment, e também pelos políticos envolvidos na ação contra a presidente. Em entrevista ao 247, o próprio Lavenère explica a razão:

— Vários jornalistas que cobrem as denúncias contra Dilma já me ligaram para pedir que eu fale sobre o impeachment do Collor. Mas quando eu digo que são situações muito diferentes e que eu acho que não há a menor razão para se falar em impeachment da Dilma, eles perdem o interesse e desistem da entrevista.

Então eu vou fazer a pergunta ao senhor, que assinou a denúncia em 1992, ao lado do jornalista Barbosa Lima Sobrinho (morto em 2000). Por que não se pode comparar os dois casos?

A denúncia contra o Fernando Collor teve como base uma apuração detalhada sobre o envolvimento do presidente. Sob presidencia do então senador Amir Lando, uma CPI mixta produziu um relatório denso e detalhado, mostrando seu envolvimento de forma clara. As conclusões contra Collor eram indiscutíveis, a tal ponto que o relatório foi aprovado por unanimidade. Quem ler o relatório, ainda hoje, ficará impressionado com sua consistência.

Ninguém tinha dúvidas sobre a responsabilidade do Collor, portanto…

Não. Vou contar uma coisa. Eu só apresentei a denúncia porque recebi um pedido dos principais partidos do Congresso. Foi o próprio Fernando Henrique Cardoso, em nome do PSDB, quem me procurou dizendo que eu tinha de assinar o pedido. O Senador Pedro Simon falou pelo PMDB. O Aldo Rebelo, pelo PC do B e o Vivaldo Barbosa pelo PDT. Eram os grandes partidos brasileiros, falando por suas lideranças mais respeitadas. O PT, partido do Lula, derrotado por Collor em 1989, não assinou o pedido.

Já é uma mudança. Em 2015, o PSDB de Aécio Neves, que foi derrotado no ano passado, lidera a pressão pelo impeachment, abertamente. Quais são as outras diferenças?

Do ponto de vista jurídico, falar em impeachment contra a Dilma é uma brincadeira. Não existe — e é até difícil falar daquilo que não existe.

O senhor poderia explicar melhor?

Contra Collor, havia fatos. Contra a Dilma, não há nada. Há um movimento político, que vinha desde a campanha. É aquela velha visão autoritária, que dizia: ela não pode se eleger; se for eleita, não tomará posse; se tomar posse, não poderá governar. Depois que Dilma passou pelas etapas anteriores, nós chegamos a este estágio. Sem prova nenhuma, sem fato algum, em que se tenta impedir de qualquer maneira uma presidente eleita de governar. Os fatos não importam aqui. A prioridade é política: precisam encontram fatos capazes de impedir seu governo. É uma decisão política, que querem cumprir de qulaquer maneira.

Mas tem a acusação das pedaladas…

Nem vou discutir o mérito das pedaladas, se podem ser consideradas um crime ou não. A discussão é anterior. Estão desrespeitando um ponto fundamental, definido pela Constituição de 1988. As pedaladas não podem servir para acusar uma presidente.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

40 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria Evangelista de Jesus

20 de setembro de 2015 às 00h03

O link fala do Impeachment do Collor que é uma situação bem diferente da presidente Dilma. Leiam !!

Responder

Marcio Luiz Curci Nardy

19 de setembro de 2015 às 22h58

GOLPISTA É ESSE ANALFABETO DE NOVE DEDOS QUE FODEU O BRASIL !!!!!

Responder

    Tércio Lins

    19 de setembro de 2015 às 22h46

    Então você gozou? Está reclamando de quê?

    Responder

    janio ieso

    20 de setembro de 2015 às 13h35

    Este tal Marcio.certamento é o homem “MAIS LIMPO DO PLANETA”por isso ele condena sistematicamente sem conhecer nada.Apenas é leitor da oia e telespectador da GLOBOSTA.

    Responder

    Ricardo

    21 de setembro de 2015 às 08h17

    Escreveu o filho da chocadeira! Vc mesmo!

    Responder

Marcus Barros de Alexandria

19 de setembro de 2015 às 22h42

mprensa impõe fatos para a população para formar opiniões nas pessoas….
Na maioria dos casos a mídia é PARCIAL e faz jornalismo com interesses $$$$$!!!! Além de querer ibope e com isso é muito SENSASIONALISTA! LAMENTÁVEL… a favor de impreensas independentes!

Responder

Luiz De Souza Alves

19 de setembro de 2015 às 17h42

Todos parlamentares que querem o, impitimam meu zovo, estão metido com corrupção, estão sendo investigados e vão ser denunciados.
É muita cara de pau, desses canalhas.
Aliás, acho que eles querem o impitimam com golpe, para engavetaram os processos contra eles.
Cambada de patifes!

Responder

Messias Franca de Macedo

19 de setembro de 2015 às 13h03

https://www.youtube.com/watch?v=szoEkNp4a0s

Fernando Rodrigues – Compra de votos para a emenda da reeleição

Responder

Messias Franca de Macedo

19 de setembro de 2015 às 12h34

[FONTE, pasme, ‘A Folha dos Frias da ‘ditabranda’!

http://www1.folha.uol.com.br/fol/pol/po14051.htm%5D

http://www1.folha.uol.com.br/fol/pol/images/comprada.gif

Novas gravações envolvem ministro na compra de votos

Bolsas de São Paulo e Rio têm queda, puxada por ações da telebrás

Brasil Online 14/05/97 20h13
De São Paulo

(…)

Responder

Renato Lopes Bernabe

19 de setembro de 2015 às 15h33

Marcio Mendes

Responder

Messias Franca de Macedo

19 de setembro de 2015 às 12h18

FHC &$ OS TUCANOS CORRUPTOS CONTUMAZES E ENTREGUISTAS SEM-VERGONHA!

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

O FHC desenhado por Palast, por Ana Cláudia Dantas

SAB, 19/09/2015 – 03:00

Por Ana Claudia Dantas, especial para o GGN

Um artigo meu, publicado pela GGN, acabou por causar desconforto para os administradores do veículo e, pensando bem, é compreensível, já que se trata de uma espécie de resenha do trecho de um livro de Greg Palast, um jornalista investigativo norte americano, dado a descobrir e levar a conhecer escândalos financeiros que, na publicação em pauta, um livro de mais de 400 páginas, dedicou quatro páginas para falar de um episódio da história do Brasil, que considera escandaloso, cujo personagem central é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/o-fhc-desenhado-por-palast-por-ana-claudia-dantas

Responder

Mônica Dias Rêgo

19 de setembro de 2015 às 14h53

Cadê o provão que não vê isso?

Responder

Messias Franca de Macedo

19 de setembro de 2015 às 09h12

[Entendendo a conversa entre o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) e a senhora Nara de Deus]

Ex-governador buscou ajuda de Temer para tirar mulher da prisão, diz Promotoria

18 Setembro 2015 | 20:15

Relatório do Ministério Público de Mato Grosso afirma que Silval Barbosa (PMDB) recorreu ao vice-presidente da República; a assessoria de Michel Temer afirma que ele não recebeu o ex-governador e ‘não fez nenhuma gestão para liberação da mulher’

(…)

FONTE: http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/ex-governador-buscou-ajuda-de-temer-para-tirar-mulher-da-prisao-diz-promotoria/

Responder

Messias Franca de Macedo

19 de setembro de 2015 às 08h43

… A PROVA DE QUE O PMDB É CORRUPTO &$ GOLPISTA!

O PMDB de ‘CU(nha)’, TEMERoso, Aécio ‘Never’ et caterva

https://soundcloud.com/ricardo-brandt-5/6599970116-20150825215009-1-7378979a

Responder

Messias Franca de Macedo

19 de setembro de 2015 às 08h35

… A PROVA DE QUE O PMDB É CORRUPTO!

O PMDB de ‘CU(nha)’, TEMERoso, Aécio ‘Never’ et caterva

https://soundcloud.com/ricardo-brandt-5/6599970116-20150825173443-1-7378579a#t=0:00

Responder

Wagner Junior

19 de setembro de 2015 às 02h57

Responder

    Evaristo

    19 de setembro de 2015 às 14h09

    Bom ver esses coxinhas vindo aqui tentar argumentar contra os blogs…rs Não passarão… Tá servido um cafezinho coxa?… Parabéns Miguel pelo belo trabalho e por esta nobre contribuição a educação cívica do país… Vida longa!

    Responder

    Celso Junqueira

    19 de setembro de 2015 às 15h49

    FHC quebrou o Brasil TRÊS VEZES. UM ANO ano de racionamento de energia elétrica. Promoveu a privataria: a maior roubalheira da História do Brasil. Bilhões sumiram.FHC “vendeu” grandes estatais brasileiras e a dívida pública aumentou. Quando FHC tomou posse, havia uma dívida pública equivalente a cerca de 38% do PIB. O Brasil levou 500 anos para atingir esse nível. Mas construiu a Petrobras, Siderbras, Eletrobras, Furnas, Itaipu, as EstradasBras, a EmbraerBras, as Usinas hidrelétricasBras, etc.Ele deixou essa relação em 58% do PIB. Explodiu a dívida, aumentou muito a carga tributária, deprimiu a taxa de investimento aos menores valores desde a 2ª Guerra Mundial, perdemos 1/3 de nossos professores doutores nas universidades e levou o país ao colapso, inclusive na caricatura trágica do apagão.
    E ninguém falou em impeachment. Engraçado, não?

    Responder

Mateus Pagani Muradian

19 de setembro de 2015 às 02h37

Este cafezinho é Comprado pelo governo petista

Responder

    Gerson

    19 de setembro de 2015 às 10h09

    Deixa de ser babaca fascista.

    Responder

    Marcos

    20 de setembro de 2015 às 14h59

    Mateus, você é que é um troll pago pelo PSDBosta para vir falar asneiras nos blogues de esquerda.

    Responder

Messias Franca de Macedo

18 de setembro de 2015 às 23h10

[Mais provas…]

Atuação Do Quarto Poder Segundo Paulo Henrique Amorim

https://www.youtube.com/watch?v=7YiKu8zzB6c

Responder

Manoel Bezerra

19 de setembro de 2015 às 00h36

Principalmente a imprensa dos Marinhos.

Responder

Edilson José Stocco

19 de setembro de 2015 às 00h32

Golpista é o PT.

Responder

Luciene Guarini

19 de setembro de 2015 às 00h28

Eduardo Grillo Galvano

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de setembro de 2015 às 20h56

[Ainda sobre as provas de que o PIG é golpista! Perdão pelo pleonasmo!]

… Incrível:
a bandidagem incrustada no PIG!
No comentário panfletário-terrorista de hoje, o boçal ex-porta-voz da ditadura militar e [pseudo]jornalista Alexandre Garcia “dos Marín(hos) do FIFALÃO” não mencionou sequer uma mísera palavra a respeito da decisão histórica de ontem do STF!
À título de miserável comparação, o mesmo cretino – covarde e impiedosamente – passou uma semana assassinando a reputação da cunhada do senhor João Vaccari Neto!
E no mesmo comentário de hoje, o nazifasciterrorista se vangloriou de ter proferido, recentemente, palestra nas dependências de uma sede do Exército…
Logo ‘elle’ o Garcia dos Marín(hos) da [impune] sonegação bilionária, um caldo de cultura ambulante a tentar desestabilizar as instituições democráticas, portanto colidindo frontalmente com um dos atributos mais nobres do Exército brasileiro…
O Garcia [reles] capilarizador do PIG através das ondas potentes do rádio!
RESCALDO:
aqui em Feira de Santana, Bahia, o programete fasciterrorista e antinacionalista ‘MAU Dia Brasil’ é retransmitido pela Rádio Princesa FM 96.9 e Rádio Sociedade AM 970.
Emissoras da Rede [de Frades] Capuchinhos de Comunicações.
Empresas católicas [do lucro!].
E, atualmente, também a serviço do ‘golpe jurídico-midiático ainda ora em curso desde o antanho do Mentirão’!

República Desses Bananas ‘Penas Amestradas’ a $oldo IMUNDO, Panfletário-terroristas, Nazifascistas e [mega]Corruptos até a enésima geração
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Paulette Marie Strogoff Barroso

18 de setembro de 2015 às 19h56

Digo a princípio que não chega a ser política, mas sim politicalha; é a palavra mais adequada.

Responder

Francisco de Assis

18 de setembro de 2015 às 19h37

.
Além de provar que a imprensa é golpista, esta abordagem escrota de jornazistas ao advogado Marcelo Lavenère mostra também outra coisa importante. Os golpistas não fizeram isto apenas com o ex-presidente da OAB, mas devem estar procurando desesperadamente outros cidadãos acima de qualquer suspeita para ajudá-los na intentona golpista. Assim, é possível ver como positivo o fato de que os bandidos golpistas da imprensa canalha não estão tendo muito sucesso nesta frente, o que os desqualifica mais ainda.

Responder

Ovidio Lugo

18 de setembro de 2015 às 22h28

Toda vez que leio este blog, me dá vontade de ir na padaria e pedir ” cafezinho e coxinha, por favor! ” antes eu só comia coxinha com refri. Obrigado coxinhas. O fim de tarde fica muito engraçado com vcs!

Responder

Carmen Silvia Fusquine

18 de setembro de 2015 às 22h23

os que falam a verdade não são entrevistados

Responder

Agatha Hadassa

18 de setembro de 2015 às 22h18

Sim ou Com Certeza?!

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de setembro de 2015 às 19h06

VÍDEO:
http://www.viomundo.com.br/politica/mino-carta-o-eterno-golpismo-e-inerente-ao-pais-da-casa-grande.html#comment-932103

Mino Carta: Se houve alguém muito qualificado para impeachment foi FHC; comprou votos, comandou as privatizações, praticou estelionato eleitoral, quebrou o Brasil três vezes

publicado em 18 de setembro de 2015 às 12:47

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.viomundo.com.br/politica/mino-carta-o-eterno-golpismo-e-inerente-ao-pais-da-casa-grande.html#comment-932103

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de setembro de 2015 às 18h55

… Um dos sórdidos detrator e algoz covarde do José Dirceu no Mentirão começa a pagar!
Viu estropício desalmado – e [mega]corrupto!

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

STF ABRE INQUÉRITO CONTRA JÚLIO DELGADO NA LAVA JATO

Ministro Teori Zavascki, relator das ações da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou abertura de inquérito para investigar suposta ligação do deputado federal Júlio Delgado (PSDB-MG) com o esquema de corrupção na Petrobras; Delgado foi citado na delação premiada do empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC; Pessoa teria afirmado aos investigadores que Delgado recebeu R$ 150 mil da empresa graças a um acerto ilícito; deputado nega ter cometido crime e disse que vê investigação com ‘serenidade’

18 DE SETEMBRO DE 2015 ÀS 18:34

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/197516/STF-abre-inqu%C3%A9rito-contra-J%C3%BAlio-Delgado-na-Lava-Jato.htm

O joaquim barbosa às avessas

http://www.brasil247.com/images/cache/1000×357/crop/images%7Ccms-image-000456982.jpg

Responder

Messias Franca de Macedo

18 de setembro de 2015 às 18h46

https://soundcloud.com/redebrasilatual/todo-poder-emana-do-povo-e-nao-das-empresas

Todo poder emana do povo e as empresas não são povo

O analista político Paulo Vannuchi comenta a decisão histórica do Supremo Tribunal Federal de proibir doações de empresas para campanhas eleitorais

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.redebrasilatual.com.br/radio/colunistas/paulo-vannuchi/2015/09/todo-poder-emana-do-povo-e-as-empresas-nao-sao-povo

Responder

Daulto Bitencourte Garcia

18 de setembro de 2015 às 21h33

Se for contra o governo é golpista, se for a favor é independente.

Responder

    Evaristo

    19 de setembro de 2015 às 14h12

    Contra o governo não… Contra a democracia… Lave sua boca antes de falar besteiras da coxinilândia!

    Responder

Albaney Guedes Baylão

18 de setembro de 2015 às 20h54

Bem…. como você faz parte da imprensa…..

Responder

Welton Freitas

18 de setembro de 2015 às 20h43

Ué, e precisava de prova ainda?

Responder

Evaristo

18 de setembro de 2015 às 17h42

Ai aparece aqui nos comentários um monte de borra botas paneleiro pra falar q as pedaladas foram crime e tem que ter impeachment… Faz o seguinte se for jurista monte um processo e convença a justiça se não for recolha-se a própria insignificancia e faça um comentário que contribua para uma discussão intelectualmente honesta.

Responder

Deixe um comentário