Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) concede entrevista. Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

Renan culpa Temer por crise no PMDB

Por Redação

16 de dezembro de 2015 : 17h00

por Cristiane Jungblut, no O Globo

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), culpou o presidente nacional do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer, pela crise interna do partido e pelos problemas na coalizão. Visivelmente irritado, Renan disse que é um erro o PMDB se reunir para proibir novas filiações e citou o ex-líder do partido Ulysses Guimarães, ao afirmar que ele deveria estar “tremendo na cova” com uma atitude dessas.

— Fazer reunião para proibir (filiações)? Um partido democrático, que não tem dono, que se caracteriza por isso, fazer reunião para proibir a entrada de deputado é um retrocesso que deve estar fazendo o doutor Ulysses tremer na cova. O presidente Michel é o presidente do partido. Se alguém tem responsabilidade com relação a isso, é o presidente Michel — disse Renan.

Renan disse que o PMDB, quando assumiu a coordenação política do governo, só se preocupou com a nomeação de pessoas, com cargos.

— Acho que o PMDB tem muita culpa. Quando foi chamado para coordenar o processo político, do governo, da coalizão, o PMDB se preocupou apenas com o RH. Eu adverti sobre isso na oportunidade. O PMDB perdeu a oportunidade de qualificar sua participação no governo. O governo tem culpa mas o PMDB também tem muita culpa com o que está acontecendo — disse Renan.

O governo e o ex-líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani, são acusados por aliados de Temer de tentar filiar novos deputados ao partido. O objetivo seria conseguir apoio suficiente para restituir a liderança de Picciani e indicar parlamentares pró-governo à Comissão do Impeachment.

O partido se reuniu nesta quarta-feira a pedido do líder do PMDB na Câmara, deputado Leonardo Quintão (MG), e decidiu impedir novas filiações.

(…)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Pedrão

17 de dezembro de 2015 às 13h03

Para refletir:
Em 1º de agosto de 2013 o Senado dos Estados Unidos confirmou a nomeação de Liliana Ayalde como Embaixadora dos EUA junto à República Federativa do Brasil. A embaixadora Liliana Ayalde vem ao Brasil com 30 anos de experiência no serviço diplomático. Ela trabalhou recentemente como subsecretária de Estado adjunta para Assuntos do Hemisfério Ocidental, com responsabilidade pela supervisão das relações bilaterais dos Estados Unidos com Cuba, América Central e Caribe. Anteriormente serviu como vice-administradora sênior adjunta da USAID no Bureau para América Latina e Caribe coordenando o importante desenvolvimento de programas de assistência no Haiti, México e Caribe. Entre 2008 e 2011 ela serviu como embaixadora dos Estados Unidos no P A R A G U A I!!!!!!.

A destituição de Fernando Lugo da presidência do Paraguai ocorreu em 22 de JUNHO de 2012, no contexto de uma CRISE POLÍTICO-INSTITUCIONAL que resultou no impeachment do presidente e no isolamento político do Paraguai no relacionamento com a maioria das nações latino-americanas. O processo foi iniciado dia 20 de junho, a pedido de um deputado do Partido Colorado, motivado por um confronto entre policiais e camponeses, durante a reintegração de posse de uma fazenda em Curuguaty. O incidente deixou dezessete mortos e oitenta feridos.No dia 22 de junho, o presidente foi destituído pela Câmara dos Senadores do Paraguai por 39 votos a 4 e na mesma noite, o vice-presidente Federico Franco empossado como novo presidente da República do Paraguai.O processo de impeachment de Lugo, que durou pouco mais de 24 horas, foi considerado legítimo pelo Tribunal Superior Eleitoral do país, e ilegal e ilegítimo pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos, tendo gerado uma crise diplomática internacional com os países sul-americanos integrantes da Unasul e do Mercosul recusando-se a aceitar a forma como se deu a destituição do ex-presidente.Os críticos condenaram a rapidez do julgamento, a falta de concretude das acusações e o tempo de defesa de apenas duas horas, em prejuízo do devido processo legal e do amplo direito de defesa

Responder

surreal

17 de dezembro de 2015 às 12h56

Tucanos corruptos pensam que são intocáveis, mesmo assim estão no desespero por um “impeachment”, porque todo cuidado é pouco diante de tanto crimes hediondos lesa-pátria praticados por eles, o povo quer que a justiça faça o trabalho e os prendam, é o mínimo.
Lava jato é movido por mega interesses externos.
LAVA-JATO É SELETIVA E GOLPISTA.
NENHUM LESA-PÁTRIA SERÁ ESQUECIDO.

ALÉM DE MUITOS POLÍTICOS CORRUPTOS NA CÂMARA E NO SENADO FEDERAL, AINDA TEMOS JUIZES NO STF COMPRADOS PARA TRAIR A NAÇÃO BRASILEIRA. EXISTE UMA GUERRA COMERCIAL CONTRA O BRASIL, COM AJUDA DE POLÍTICOS TRAIDORES E ENTREGUISTAS, O BRASIL POSSUI MUITOS RECURSOS NATURAIS E ESTRATÉGICOS, UM DOS EX.: ENORMES RESERVAS DE PETRÓLEO E ESSE MANIFESTO VEM SE REPETINDO A MAIS DE UM ANO: AGORA INCLUINDO EDUARDO CUNHA COM CINCO DELATORES NAS COSTAS E SEUS COMPARSAS.

O POVO QUER SABER… SE NÃO QUEREM OU NÃO PODEM CHEGAR NOS VERDADEIROS MAFIOSOS TUCANALHAS E ASSOCIADOS DA CÂMARA E DO SENADO, CORRUPTOS SECULARES E NA MÍDIA MÁFIA ANTI-NACIONAL, VERDADEIROS LESA PÁTRIA, QUALQUER OPERAÇÃO DA PF, MP E STF CONTRA A CORRUPÇÃO SERÁ APENAS OPERAÇÃO POLÍTICA COVARDE DESTRUIDORA DE NOSSO POVO E DO BRASIL, PORQUE DESSA FORMA A JUSTIÇA CONTINUARÁ SENDO UMA BALANÇA MUITO DESEQUILIBRADA. O POVO QUER SABER… E OS MAFIOSOS CORRUPTOS TUCANALHAS SOLTOS??? SOLTOS DE INÚMERAS CPIS. ATÉ QUANDO??? ATÉ QUANDO OS CORRUPTOS TUCANALHAS VÃO CONTINUAR SENDO BLINDADOS PELOS JUÍZES E MÍDIA CÚMPLICE MERCENÁRIA SONEGADORA DE IMPOSTOS??? O POVO QUER SABER. ATÉ QUANDO??? OU ATÉ QUANTO??? OU MUITAS EMPRESAS, COMERCIANTES, POLÍTICOS, E AGORA TAMBÉM MILITARES, O POVO BRASILEIRO E A DEMOCRACIA VÃO PAGAR AS PENAS, MENOS O LÍDER DAS CORRUPÇÕES: O PSDB E SEUS PROTEGIDOS DENTRO DA CÂMARA E DO SENADO FEDERAL? ATÉ QUANDO A MÍDIA CRIADORA DE CAOS E SONEGADORA GOLPISTA VAI TRAIR O BRASIL E CONTINUAR IMPUNE???

NENHUM LESA-PÁTRIA SERÁ ESQUECIDO.

A pátria dos traidores é o dinheiro sujo, não importa de onde vem, é dinheiro manchado com o sangue do povo brasileiro.
https://www.youtube.com/watch?v=Zq9Hh2VM8Bs
http://jornalggn.com.br/noticia/a-lista-de-furnas-e-aecio-neves-na-delacao-de-youssef

Responder

Messias Franca de Macedo

17 de dezembro de 2015 às 03h20

[Para o “supremo” ‘sFACHI(N)ador’ passar a noite insone refletindo sobre a consciência pesada!]

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

PGR retrata Eduardo Cunha: homem do impeachment foi atacadista de emendas parlamentares, mas quem ficou milionária na Suiça foi a “dona-de-casa” Cláudia

publicado em 17 de dezembro de 2015 às 02:57

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.viomundo.com.br/denuncias/pgr-retrata-eduardo-cunha-homem-do-impeachment-foi-atacadista-de-emendas-parlamentares-mas-quem-ficou-milionaria-na-suica-foi-a-dona-de-casa-claudia.html#comment-949329

Responder

Luís CPPrudente

16 de dezembro de 2015 às 20h23

Renan Calheiros consegue ser mais confiável do que o Zé Devagar Cardozo. Eu confio mais no Renan do que no Zé da justiça pequena.

Responder

Mauricio Gomes

16 de dezembro de 2015 às 17h37

Esse Temer é um canalha e pilantra de longa data, mas o Renan também não é flor que se cheire. Pobre Brasil….

Responder

Deixe um comentário