Haddad no Ceará, ao vivo

VÍDEO: mulher é agredida por PM em manifestação do MTST em São Paulo

Por Miguel do Rosário

02 de junho de 2016 : 11h23

Foto: Mídia NINJA

Como O Cafezinho noticiou ontem, a Polícia Militar de Geraldo Alckmin reprimiu com violência a manifestação contra Michel Temer na Secretaria da Presidência da República, na Avenida Paulista.

Veja, abaixo, o momento em que policiais agridem uma mulher durante protesto contra os ataques do governo golpista ao programa Minha Casa, Minha Vida:

 

Policial agride manifestante em protesto contra governo Temer

EXCLUSIVOAgora na Avenida Paulista: policial agride uma manifestante em protesto do MTST contra o governo Temer. Quatro pessoas foram detidas. Imagens da repórter Tatiana Farah, do BuzzFeed Brasil.

Publicado por BuzzFeed Brasil em Quarta-feira, 1 de junho de 2016

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Silvio Luiz

05 de junho de 2016 às 00h16

mulher com simbolo do feminsimo no rosto n omeio de uma manifestaçao de sem teto, que fez de tudo pra aparecer sendo “agredida” mas que pelo video claramente se ve que foi só imobilizada.
devia é ter apanho mesmo pra aprender a fingir melhor.

Responder

    Esmeraldo Cabreira

    05 de junho de 2016 às 19h44

    Silvio Luiz ……. tem certeza mesmo que tu és HOMEM de verdade?????! TU ÉS UM BAITA COVARDÃO!! E CARINHA DE NAZISTINHA DE MÉRKA! Sabe, melhor tu fazer umas sessões de psicoterapia e aconselhamento psico-social!
    Abraço,
    Esmeraldo Cabreira Mestre e Doutor UFRGS.

    Responder

      Vitu

      06 de junho de 2016 às 11h36

      Não bater em uma mulher por ser mulher, não seria machismo? :v

      Responder

Marcus

03 de junho de 2016 às 16h19

Salafrários… Por eles nunca tive nem tenho o menor respeito… Eles são não sua maioria bandidos de fardas. Em situação de risco prefiro dialogar com o bandido do que com eles…

Responder

Marcos

02 de junho de 2016 às 17h33

Bandidos e covardes!

Responder

Emanoel

02 de junho de 2016 às 14h27

bandidos!

Responder

Thiago Melo Teixeira

02 de junho de 2016 às 12h26

Se essa valentia toda fosse aplicado a homens que batem nas companheiras …

Responder

Ruy Acquaviva

02 de junho de 2016 às 11h49

A PM paulista é muito valente com mulheres e crianças. Já com os bandidos de verdadesão cagões. A PM comporta-se como polícia política a serviço do governador. É quase um grupo paramilitar partidário de tão aparelhada que está.

Responder

    Marcus

    03 de junho de 2016 às 16h25

    Bandidos só se confrontam quando há interesses pessoais em jogo… Eu sou sobrinho, irmão e primo de juízes da 2ª instância… Já tive o prazer de ver o meu timidez para um valentão destes “lá fora o senhor grita. Se comporta como machão com quem quiser, ou que o abuso de autoridade o permitir. Aqui dentro o senhor fala num tom audivio como todos mós. Se alterar mais uma vez o tom de voz sairá daqui preso”. Ele alterou o tom de voz e saiu do tribunal algemado…

    Responder

    Vitu

    06 de junho de 2016 às 11h38

    A rota é a policia que mais mata no Brasil, pcc que o diga.

    Responder

      Ruy Acquaviva

      09 de junho de 2016 às 19h49

      Eu ví a atuação da ROTA quando o PCC parou São PAulo em 2005. Foi NULA.
      A ROTA mata muito sim. Muito inocente e muito peixe pequeno. Não é uma tropa de elite é uma tropa de choque que armada até os dentes conseque enfrentar com valentia quem está muito menos armado e em muito menor número. Quando a proporção das forças se equilibra a ROTA já não tem o mesmo destaque.
      Não estou dizendo que o trabalho deles seja fácil nem que não existam policiais decentes. Mas digo que a corporação está aparelhada para atuar como polícia política a serviço de um partido e uma ideologia específica, ao mesmo tempo que padece de altos níveis de corrupção e um despreparo flagrante para exercer as suas funções constitucionais.

      Responder

Vinicius Porto da Silva

02 de junho de 2016 às 11h37

São só covardes criados pelo picole de xuxu

Responder

Joao Carlos Santos

02 de junho de 2016 às 11h33

Para o povo, a repreensão, o cacetete, a violência.

Para os coxinhas golpistas, o filé mignon, a paz.

Responder

Deixe uma resposta