Bate papo com Joana Mortágua, deputada portuguesa!

Tacla Durán, desemprego no Rio e privatização do satélite brasileiro

Por Miguel do Rosário

01 de dezembro de 2017 : 12h07

O Cafezinho no Almoço recebe hoje o deputado federal Luiz Sergio (PT-RJ), para conversarmos sobre Tacla Duran, Lava Jato, privatização do satélite brasileiro e demais assuntos que os internautas provocarem.

Para assistir ao programa e participar do bate papo ao vivo, clique aqui.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

331 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

João Ferreira Bastos

01 de dezembro de 2017 às 17h14

Com as denuncias de ontem do Tacla Duran, chego a conclusão de que de todos os integrantes da quadrilha de curitiba, o com a menor folha corrida, é o japonês da PF.
É apenas um contrabandista

Responder

Lucy

01 de dezembro de 2017 às 16h49

O AGENTE DA CIA SR SERGIO MORO FOI TREINADO PELO SERVIÇO DE ESPIONAGEM AMERICANO ELE TAMBÉM ATUOU NA DÉCADA 1990 SOLTANDO PRESOS DA “OPERAÇÃO MACUCO” E BLINDANDO 300 POLÍTICOS DEMOTUCANOS E POLITICOS DO PP (JANENE) NO “ESCÂNDALO BANESTADO” O PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS CAPTOU 125 BILHÕES DAS MULTINACIONAIS PAAR REMUNERAR POLÍTICOS OBEDIENTES A FHC

DISCURSO DE REQUIÃO NO SENADO FEDERAL EM 30 DE SETEMBRO DE 2015: “O ESCÂNDALO BANESTADO (BANCO DO ESTADO DO PARANÁ) FOI O MAIOR CRIME DE CORRUPÇÃO DA TRISTE HISTÓRIA DO BRASIL” ENVOLVE OS MESMOS PROCURADORES (CARLOS FERNANDES E DELAGNOL) O MESMO DOLEIRO ALBERTO YOUSSEF E O MESMO JUIZ SERGIO MORO
https://www.ocafezinho.com/2015/10/03/requiao-relembra-banestado-roubalheira-tucana-desviou-meio-trilhao/

PREJUIZO COM AS PRIVATARIAS DE FHC CHEGARAM A 15 TRILHÕES DE DÓLARES (60 TRILHÕES DE REAIS)
http://www.cafenapolitica.com.br/prejuizo-com-privataria-de-fhc-chegaria-a-15-trilhoes-de-dolares/

SERGIO MORO FOI NOMEADO POR UM COLEGIADO EM 197 ESCOLHIDO NO GOVERNO FHC (GERALDO BRINDEIRO DA PGR- O ENGAVETADOR GERAL DA REPÚBLICA DA ERA FHC) E O SINISTRO JAGUNÇO SR GILMAR MENDES QUE ERA PRESIDENTE DO STJF NA ERA FHC E FOI UNGIDO PELOS PROPRIOS PARENTES QUE SÃO DONOS DO PARANÁ BANCO, DO GRUPO J MALUCELLI E DA REDE GLOBO DO PARANÁ E DO GRUPO BAND NEWS EM SOCIEDADE COM JOÃO SAAD. (OS PARENTES DE SERGIO MORO , OS TUCANOS OSVALDO MALUCELLI MORO E JOEL MALUCELLI SÃO SUPLENTES DOS TUCANOS ÁLVARO DIAS E OSMAR DIAS QUE USARAM O AVIÃO DO DOLEIRO ALBERTO YOUSSEF NAS CAMPANHAS TUCANAS E DESVIARAM 500 MILHOES DO PARANÁ COM AJUDA DO SECRETÁRIO DAS FINAÇAS LUIZ ANTONIO PAOLICCHI NA GESTÃO TUCANA EM MARINGÁ , PAOLICHHI FOI ASSASSINADO E SEU CORPO FOI DEIXADO NUM PORTA MALAS DE UM CARRO NO CENTRO DE MARINGÁ. LUIZ ANTONIO PAOLICCHI ERA “MARIDO” DE ALBERTO YOUSSEF E O DOLEIRO JÁ TINHA “FORUM ÍNTIMO” COM SERGIO MORO” ) EM 1997 PARA A 13 VARA CRIMINAL DE CURITIBA ONDE TRAMAITAVAM CENTENAS DE PROCESSOS CONTRA OS CORRUPTOS DEMO TUCANOS DO PARANÁ
A ESPOSA DE SERGIO MORO SRA ROSÂNGELA WOLFF QUADROS MORO ADVOGOU PARA OS TUCANOS NO PARANÁ E TAMBÉM PARA A PETROLÍFERA SHELL

A ESPOSA DO PROCURADOR CARLOS FERNANDES SANTOS LIMA SRA VERA LÚCIA LIMA ERA FUNCIONÁRIA DO BANESTADO E ATOU NA LAVAGEM DO “ESCÂNDALO BANESTADO” JUNTO COM ALBERTO YOUSSEF EM FOZ DO IGUAÇÚ LAVANDO AS PROPINAS DAS PRIVATARIAS TUCANAS REMUNERADAS PELAS MULTINACIONAIS . O DELEGADO JOSÉ CASTILHO NETO DETERMINOU A SUSPEIÇÃO DO PROCURADOR CARLOS FERNANDES POR TER OCULTADO PROVAS NO CASO BANESTADO.
SERGIO MORO ATUOU NA BLINDAGEM E OPERAÇÃO ABAFA DO CASO LUIZ ANTONIO PAOLICCHI E NOS CRIMES DE DESVIOS DE 500 MILHÕES DE REAIS NA PREFEITURA DE MARINGÁ. BLINDANDO O PREFEITO TUCANO SEU AMIGO GIANOTO E OS IRMÃOS METRALHA ÁLVARO DIAS E OSMAR DIAS QUE SE BENEFICIARAM DOS DESVIOS DE 500 MILHÕES PELO SECRETÁRIO DAS FINANÇAS LUIZ PAOLICCHI. PAOLICCHI FOI MORTO PARA “QUEIMA DE ARQUIVOS”
SERGIIO MORO TAMBÉM ATUOU NO CASO DOS IRMÃOS PALERMO, CRISTIANO PALERMO E SOLON PALERMO PRESOS PELA POLÍCIA FEDERAL NA “OPERAÇÃO CURACAO” ( BILHÕES DE REAIS DESVIADOS PARA O CARIBE) EM CURITIBA QUE DESVIARAM BILHÕES DE REAIS PARA CAMPANHAS POLÍTICAS NO PARANÁ (BETO RICHA E OS IRMÃOS DIAS)
SERGIO MORO FOI O PRINCIPAL ATOR NA “TEIA TUCANA DE PROTEÇÃO JUDICIÁRIA” ELE ABAFOU, BLINDOU 300 POLÍTICOS CORRUPTOS REMUNERADOS NAS PRIVATARIAS TUCANAS, SOLTOU 70 DOLEIROS, INCLUINDO OS CHEFÕES DA LAVAGEM DE DINHEIRO SUJO DEMO TUCANO OS SRS ALBERTO YOUSSEF, ADIRA ASSAD E OUTROS 70 DOLEIROS TODOS FORAM MANTIDOS SOLTOS POR SERGIO MORO DESDE 1997. PORTANTO O JUIZ TUCANO SERGIO MORO É UM AGENTE DA CIA TREINADO PELA CIA EM 2009 E AJUDOU A PROTEGER OS 300 POLÍTICOS DO QUADRILHÃO E BENEFICIAR AS MULTINACIONAIS DO PETRÓLEO. ALIÁS A ESPOSA DE SERGIO MORO SEMPRE ADVOGOU PARA A PETROLÍFERA SHELL NOS ESCÂNDALOS DO CASO BANESTADO E NA MORTE DOS AUDITORES DA SHELL ZERA TODD STAHELI E MICHELLI STAHELI MORTOS NO RIO DE JANEIRO APÓS DESCOBRIREM AS RELAÇÕES PROMÍSCUAS DA SHELL DO BRSAIL COM O CORRUPTO GENRO DE FHC SR DAVID ZYLBERSZTAJN QUE DOOU PARA AS PETROLIFERAS CENTENAS DE CAMPOS PETROLIFEROS POR PREÇOS DE HONDA CIVIC EM TROCA DE PROPINAS PAGAS NO ESQUEMA BANESTADO E PELA EMPRESA DE FACHADA “DZ ENERGIA”. O CORRUPTO GENRO DE FHC DAVID TAMBÉM ESTÁ ENVOLVIDO NO CASO DA EXPLOSÃO E AFUNDAMENTO DA PLATAFORMA P-36 ELE RECEBEU PROPINAS DO CORRUPTO SR GERMAN EFRAMOVICTH NA OBRA DA P-36 BREDUZINDO A SEGURANÇA NO PROJETO E NA FASE DE CONSTRUÇÃO NOP EXTERIOR. A PLATAFORMA EXPLODIU E AFUNDOU EM 15 DE MARÇO DE 2001 MATANDO 13 PETROLEIROS E GERANDO PREJUIZOS DE 4 BILHÕES DE DÓLARES AO BRASIL E A PETROBRAS.
https://www.youtube.com/watch?v=S8wTbOnF3jQ

O FILHO DE FHC O VAGABUNDO SR PHC REBECEU PROPINAS DAS MULTINACIONAIS EL PASO E ENRON NAS OBRAS DE GASODUTOS DA GASBOL E NAS OBRAS DAS USINAS TÉRMICAS VENDIDAS PELA EL PASO SUPERFATURADAS POR CAUSA DOS “APAGÕES PLANEJADOS DE FHC E PEDRO PARENTE, O CORRUPTO MINISTRO DOS APAGÕES DE FHC . O FILHO DE FHC RECEBEU 200 MILHÕES DE DÓLARES EM PROPINAS PELO ESQUEMA PANAMÁ PAPERS EM EMNPRESAS DE FACHADA OFFSHORE NO PANAMÁ, BAHAMAS E NAS ILHAS CAYMAN.
https://jornalggn.com.br/noticia/bilhoes-de-dolares-e-uma-conta-chamada-tucano-por-armando-rodrigues-coelho-neto

SERGIO MORO BLINDOU OS ENVOLVIDOS NO “ESCÂNDALO BANESTADO” (OPERAÇÃO MACUCO DO DELEGADO JOSÉ CASTILHO NETO) “UMA CONTA CHAMADA TUCANO (CH J&T) COM BILHÕES DE DÓLARES EM NOME DE FAMILIARES DE FHC, JOSÉ SERRA E OUTROS 300 POLÍTICOS CORRUPTOS DO QUADRILHÃO DE TEMER E FHC

https://jornalggn.com.br/noticia/bilhoes-de-dolares-e-uma-conta-chamada-tucano-por-armando-rodrigues-coelho-neto

O ESCANDALO BANESTADO E A PLANEJADA OPERAÇÃO DO GOLPE, A LAVA JATO, ENVOLVEM OS MESMOS PROCURADORES (CARLOS FERNANDES SNATOS LIMA E DELAGNOL), OS MESMOS DOLEIROS COMANDADOS POR ALBERTO YOUSSEF E O MESMO JUIZ TUCANO AGENTE DA CIA SR SÉRGIO MORO, O PAVÃO DE CURITIBA, E PASMEM OS MESMOS 300 POLÍTICOS DO QUADRILHÃO DE TEMER, FHC, ROMERO JUCÁ, AÉCIO CHEIRA NEVES, JOSÉ CHIRICO SERRA E OUTROS 300 POLÍTICOS LADRÕES E LESA PÁTRIAS CANALHAS DO PMDB/PSDB/PP/DEM/ PPS/PRB/PSC/REDE, OS MENTORES DO GOLPE QUE CAUSOU A DESTRUÇÃO DA INDÚSTRIA NACIONAL, A ENTREGA DE 176 BILHÕES DE BARRIS DE PETRÓLEO QUE VALE 30 VEZES O PIB DO BRASIL PARA AS PETROLIFERAS ESTRANGEIRAS, E AINDA A ISENÇÃO DE IMPOSTOS E ISENÇÃO FISCAL PARA AS PETROLÍFERAS (PEC-131 DE JOSÉ CHIRICO SERRA ELE FOI PROPINADO PELAS PETROLIFERAS CORRUPTORAS ANGLO AMERICANAS EXXON MOBIL, BRITISH PETROLEU,SHELL, E A CHEVRON)

NO E-MAILS VAZADOS NO WIKILEAKS: SERRA PARA A CHEVRON

https://jornalggn.com.br/noticia/o-que-diferencia-o-caso-banestado-da-operacao-lava-jato

UMA MEGA FORTUNA DE MEIO TRILHÇAO DE REAIS (125 BILHÕES DE DÓLARES) FOI CAPTADA DE MULTINACIONAIS GANHADORAS DAS “RASPADINHAS DAS PRIVATARIAS TUCANAS DE FHHC” NO ESCÂNDALOSO ESQUEMA BANESTADO . ESSA FORTUNA MEIO TRILHÃO DE REAIS FOI PAGA PELAS 1Q25 MULTINACIONAIS BENEFICIADAS PELAS PRIVATARIAS TUCANAS E ESS A GRANA FOI “LAVADA” EM FOZ DO IGUAÇÚ POR 70 DOLEIROS COMANDADOS POR ALBERTO YOUSSEF, OLGA YOUSSEF, NELAM KODAMO, ADIR ASSAD, RICARDO SÉRGIO DE OLIVEIRA (PRIMO DE SERRA) E ALEXANDRE BOURGEOIS (GRNDO DE SERRA) A SERVIÇO DOS 300 POLÍTICOS VIRA LATAS MEGA CORRUPTOS PICARETAS QUE ENTREGARAM O BRASIL PARA OS GRINGOS FIÉIS ESCUDEIROS DO CALABAR CROCODILO CAIMÃO SR FHC, O MAIOR VAGABUNDO E LESA PÁTRIA DA NAÇÃO. ESSA QUADRILHA DEMO TUCANOS FOI BLINDADA PELO JUIZ SERGIO MORO QUE SOLTOU OS 70 DOLEIROS PRESOS NA “OPERAÇÃO MACUCO” “OPERAÇÃO CAIMAN” E “OPERAÇÃO BANQUEIRO” EM 1997, 1999 E 2002
CONHEÇAM COMOP SERGIO MORO E OS SINISTROS PROCURADORES CARLOS FERNANDES SANTOS LIMA E DELAGNOL ATUARAM NA SOLTURA DOS DOLEIROS A SERVIÇO DO QUADRILHÃO DE TEMER, JOSÉ CHIRICO SERRA E FHC E NA BLINDAGEM DOS 300 POLÍTICOS VIRA LATAS BLINDADOS POR SERGIO MORO NO ESCÂNDALO BANESTADO:

O senador Roberto Requião fez um duro pronunciamento esta semana sobre a mãe de todas as corrupções.
Não foi mensalão, não foi petrolão.
Foi o Banestado.
(Na época, a imprensa não dava apelido com “ão”, não fazia infográficos, charges, não fazia campanha).
Os desvios chegaram a mais de US$ 124 bilhões, ou quase R$ 500 bilhões.
Calculem aí quem souber o quanto isso significaria hoje, contabilizando a inflação.
O próprio Requião lembra que o valor correspondia a bem mais do que as reservas internacionais do Brasil.
É um escândalo totalmente tucano, mas nenhum tucano foi preso.
O juiz do caso foi Sergio Moro, alguns procuradores eram os mesmos da Lava Jato. Não fizeram nada.
Moro soltou Youssef, o principal doleiro do escândalo, e Youssef voltou a roubar.
FHC PLANTOU A SEMENTE DA CORRUPÇÃO NO ESCÂNDALO BANESTADO NO PARANÁ (1995-2002) PARA CAPTAR 125 BILHÕES DE DÓLARES (MEIO TRILHÃO DE REAIS) EM PROPINAS PAGAS PELAS MULTINACIONAIS EM TROCA DAS PRIVATARIAS TUCANAS:

Discurso de Roberto Requião.
Senhoras e senhores senadores,
Quero aproveitar hoje esse clima justiceiro que faz arder em santa ira os corações dos que levantam as bandeiras do civismo e da luta contra a corrupção, para lembrar o maior escândalo, o escândalo-mãe de todas as vergonhas e malfeitos recentes.
Vou relembrar aqui o caso Banestado, devassa feita entre os anos 1966 e 2002, época em que, como se sabe, o hoje tão indigitado partido dos trabalhadores era oposição. E o PSDB, PMDB, PTB, PFL, agora DEM, eram governo.
A investigação do caso Banestado, intitulada no âmbito policial de ‘Operação Macuco’, foi a maior investigação criminal do país de todos os tempos, e a precursora de outras grandes operações que se sucederam nas gestões dos presidentes lula e Dilma.
O caso Banestado começou na delegacia da Polícia Federal de foz do Iguaçu, para apurar o uso irregular das contas CC5 do banco, conforme menção do relatório final da CPI dos Precatórios, tendo, à época, contado com o entusiasmo e a colaboração do procurador da República Celso Três.
O inquérito mãe (inquérito 207/98 – DPF/Foz do Iguaçu) foi presidido pelo delegado federal José Castilho Neto e sua equipe de policiais federais, composta dentre outros pelos peritos criminais Renato Barbosa e Eurico Montenegro .
Em diligências realizadas em Nova Iorque/Estados Unidos, por quase seis meses, com o auxílio do FBI e do Ministério Público distrital local, foi quebrado o sigilo bancário de 137 contas-corrente da extinta agência do Banestado naquela cidade, contas que tinham como procuradores os principais doleiros brasileiros. Esses mesmos que estão aí enredados na Operação Lava Jato.
Com isso, descobriu-se, em um primeiro momento, o desvio e a evasão de divisas brasileiras no montante de 30 bilhões de dólares, o que possibilitou aos investigadores traçarem o que se chamou “mapa da corrupção brasileira”.
Com o prosseguimento da investigação, os desvios de dinheiro e a evasão de divisas revelaram-se ciclópicos, chegando à fantástica cifra de 124 bilhões de dólares.
Essa quantia jamais apurada em qualquer outro escândalo nacional envolvia, como beneficiários finais, nomes coincidentes com os de integrantes da alta cúpula do empresariado e da política nacional à época, em especial a políticos ligados ao PSDB, dentre outros.
Como não se ignora, e se ignora é porque a omissão é seletiva e altamente conveniente, o período da investigação da CPI foi dos anos de 1966 a 2002.
No entanto, o delegado Castilho, no início do governo Lula, por ordem do ministro da Justiça Márcio Thomás Bastos foi afastado das investigações, e outro delegado assumiu a presidência do inquérito.
Com isso, o rastreamento do dinheiro no exterior foi interrompido e nunca mais retomado.
Em consequência, a prova criminal ficou prejudicada, pois no crime financeiro a materialidade delitiva é o dinheiro e o seu rastro, sem o que não há prova hábil à condenação.
Ao invés de prosseguir o rastreamento do dinheiro evadido para chegar aos verdadeiros protagonistas do esquema criminoso, estranhamente, o novo delegado, com o aval do diretor geral da Polícia Federal, optou por apenas investigar em território nacional, através da operação policial intitulada “Farol da Colina”, os doleiros responsáveis pela evasão.
Setenta doleiros foram presos, com alta repercussão midiática, inclusive Alberto Youssef. Mas sem qualquer efeito prático, pois tais crimes continuaram a serem praticados, como se há de ver nos escândalos posteriores .
Os processos foram em sua maioria presididos pelo juiz Sérgio Moro da Justiça Federal de Curitiba. No entanto, ou geraram absolvição por falta de provas ou prescreveram por inércia da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.
Nos inquéritos do caso Banestado, o doleiro Alberto Youssef foi indiciado ao menos cinco vezes, tendo sido condenado em um deles.
O banco de dados com indícios criminais, elaborado à época, serviu de base durante os dez anos subsequentes para o fomento de todas as grandes investigações de crime financeiro no país, incluindo a operação “Lava Jato”.
Esse o grande legado do trabalho do delegado Castilho e do promotor Celso Três e suas equipes.
O legado do banco de dados, o desvendamento do caminho do dinheiro, do modus operandi, a revelação dos nomes e sobrenomes dos notáveis que desviaram, a valores da época, 124 bilhões de dólares, muito mais que as reservas cambiais do Brasil então.
Especulou-se muito porque o falecido ministro e advogado de tantas causas Márcio Thomas Bastos, que efetivamente mandava na polícia federal, mudou o delegado que presidia o inquérito e os rumos da investigação.
O ex-ministro não está mais entre nós, deixemos de lado as perguntas sem respostas.
Senhoras e senhores senadores,
Com toda certeza, se o inquérito presidido pelo delegado Castilho e acompanhado de perto pelo procurador Celso Três tivesse se completado, com o rastreamento do dinheiro no exterior, não teríamos os escândalos que se sucedem ininterruptamente na última década.
Por que o inquérito-mãe, o ponto de partida para desvendar toda a trama da corrupção no país foi abandonado?
Por que nunca se seguiu o rastro dos 124 bilhões de dólares desviados para o exterior?
Como investigar os desvios de hoje sem retomar as investigações do delegado Castilho e do procurador Celso Três?
Lá estão os fios da meada. Lá estão os nomes, todos os nomes. A nomenclatura toda. Lá está a tecnologia da corrupção, da fraude, do roubo, da sonegação, da malversação, da propina, dos trambiques, das concorrências e compras viciadas, superfaturadas.
Lá estão Alberto Youssef e os setenta doleiros. Lá estão as delações premiadas, que logo em seguida foram traídas pelos delatores.
Nada, por mais espantoso que se apure hoje é novidade frente àquela desditosa investigação.
Tenho a convicção que enquanto a “Operação Macuco” não for retomada, continuaremos esse cansativo e inútil trabalho de carregar pedras até o topo da montanha, para vê-las em seguida despencar. E tudo recomeçar,
Por fim, uma notícia que confirma a seletividade de determinadas operações de combate à corrupção.
O jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, noticiou nos dias 27 e 28, domingo e segunda passados, que a delação, devidamente premiada, de Alberto Youssef sobre corrupção no governo de Jaime Lerner, sumiu do processo. Escafedeu, evaporou-se, criou asas, ninguém sabe, ninguém viu.
Tão simples assim: a delação de Alberto Youssef no caso Copel/Olvepar, onde os meliantes levaram mais de 150 milhões de reais da empresa paranaense de energia, envolvendo figuras de proa do então governo estadual, sumiu do inquérito.
Noticia a Gazeta que a duras penas tenta-se reconstruir a delação do doleiro.
Mesmo que quisesse, não encontraria um epílogo à altura do desmonte das investigações do Banestado que essa informação sobre o desaparecimento da denúncia de Youssef no escândalo Copel/Olvepar.
E espero que todos os que se levantam contra a corrupção e os corruptos fiquem indignados como eu, diante da impunidade do caso Banestado e diante do sumiço da delação desse tão famoso e até mesmo cultuado personagem chamado Alberto Youssef.
Por fim, ao delegado Castilho, aos peritos criminais Renato Barbosa e Eurico Montenegro e ao procurador Celso Três, minhas homenagens pelo pioneirismo das investigações de lavagem de dinheiro, fraudes financeiras, fraudes fiscais, corrupção.
“Operação Macuco”, foi lá que tudo começou.
Aliás, um pergunta para o ministro Cardozo e para a Polícia Federal: por onde anda o delegado José Castilho Netto?

O juiz Sergio Moro arbitra uma operação que investiga um extenso esquema de corrupção e evasão de divisas intermediadas por doleiros que atuam especialmente no Paraná. Uma força-tarefa é montada e procuradores da República propõem ações penais contra 631 acusados. Surgem provas contra grandes construtoras e grupos empresariais, além de políticos.
Delações premiadas e acordos de cooperação internacional são celebrados em série. Lava Jato? Não! Trata-se do escândalo do Banestado, um esquema de evasão de divisas descoberto no fim dos anos 90 e enterrado de forma acintosa na transição do governo Fernando Henrique Cardoso para o de Lula.
Ao contrário de agora, os malfeitos no banco paranaense não resultaram em longas prisões preventivas. Muitos envolvidos beneficiaram-se das prescrições e apenas personagens menores chegaram a cumprir pena.
Essas constatações tornam-se mais assustadoras quando se relembram as cifras envolvidas. As remessas ilegais para o exterior via Banestado aproximaram-se dos 134 bilhões de dólares. Ou mais de meio trilhão de reais em valor presente. Para ser exato, 520 bilhões.
De acordo com os peritos que analisaram as provas, 90% dessas remessas foram ilegais e parte tinha origem em ações criminosas. A cifra astronômica foi mapeada graças ao incansável e inicialmente solitário trabalho do procurador Celso Três, posteriormente aprofundado pelo delegado federal José Castilho. Alguém se lembra deles? Tornaram-se heróis do noticiário?
Empreiteiras, executivos, políticos e doleiros que há muito frequentam o noticiário poderiam ter sido punidos de forma exemplar há quase 20 anos. Não foram. Os indiciamentos rarearam, boa parte beneficiou-se da morosidade da Justiça e a maioria acabou impune.
Quanto à mídia, não se via o mesmo entusiasmo “investigativo” dos tempos atuais. Alberto Youssef, Marcos Valério, Toninho da Barcelona e Nelma Kodama, a doleira do dinheiro na calcinha, entre outros, tiveram seus nomes vinculados ao esquema.
Salvo raras exceções, CartaCapital entre elas, a mídia ignorou o caso. Há um motivo. Os investigadores descobriram a existência de contas CC5 em nome de meios de comunicação. Essa modalidade de conta foi criada em 1969 pelo banco para permitir a estrangeiros não residentes a movimentar dinheiro no País.
Era o caminho natural para multinacionais remeterem lucros e dividendos ou internar recursos para o financiamento de suas operações. Como dispensava autorização prévia do BC, as CC5 viraram um canal privilegiado para a evasão de divisas, sonegação de imposto e lavagem de dinheiro.
Em seu relatório, o procurador Celso Três deixa claro que possuir uma conta CC5, em tese, não configuraria crime, mas que mais de 50% dos detentores não “resistiriam a uma devassa”. Nunca, porém, essa devassa aconteceu. A operação abafa para desmobilizar o trabalho de investigação começou em 2001. Antes, precisamos, porém, retroceder quatro anos a partir daquela data.
A identificação de operações suspeitas por meio das CC5 deu-se por acaso, durante a CPI dos Precatórios, em 1997, que apurava fraudes com títulos públicos em estados e municípios. Entre as instituições usadas para movimentar o dinheiro do esquema apareciam agências do Banestado na paranaense Foz do Iguaçu, localizada na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina e famosa no passado por ser uma região de lavagem de dinheiro.
Das agências, os recursos ilegais seguiam para a filial do Banestado em Nova York. Informado das transações, o Ministério Público Federal recorreu ao Banco Central, à época presidido por Gustavo Loyola. Os procuradores comunicaram em detalhes ao BC as movimentações suspeitas.

Em vez de auxiliar o trabalho do Ministério Público, o Banco Central de Loyola preferiu criar dificuldades para o acesso dos procuradores às contas suspeitas. Segundo Celso Três, as informações eram encaminhadas de forma confusa, propositadamente, diz, com o intuito de atrasar as investigações. Diante dos entraves causados pelo BC, a Justiça Federal tomou uma decisão sem precedentes. Determinou a quebra de todas as contas CC5 do País.
Uma dúvida surgiu de imediato: se havia formas regulares, via Banco Central, de enviar dinheiro ao exterior, qual a razão de os correntistas optarem por essas contas especiais que não exigiam autorização prévia nem estavam sujeitas à fiscalização da autoridade monetária?
Pior: antes do alerta da CPI dos Precatórios, o BC parece nunca ter suspeitado da intensa movimentação financeira por agências de um banco estatal paranaense, secundário na estrutura do sistema financeiro. Até então, nenhum alerta foi dado pelo órgão responsável pela fiscalização dos bancos. Vamos repetir o valor movimentado: 134 bilhões de dólares.
Editada em 1992, uma carta-circular do Banco Central determinava que movimentações acima de 10 mil reais nas contas CC5 deveriam ser identificadas e fiscalizadas. Jamais, nesse período, as autoridades de investigação foram comunicadas pelo BC de qualquer transação incomum.

Com a quebra de sigilo em massa determinada pela Justiça, milhares de inquéritos foram abertos em todo o País, mas nunca houve a condenação definitiva de um político importante ou de representantes de grandes grupos econômicos. Empresas citadas conseguiram negociar com a Receita Federal o pagamento dos impostos devidos e assim encerrar os processos contra elas.
O Ministério Público chegou a estranhar mudanças repentinas em dados enviados pelo governo FHC. Em um primeiro relatório encaminhado para os investigadores, as remessas da TV Globo somavam o equivalente a 1,6 bilhão de reais.
Mas um novo documento, corrigido pelo Banco Central, chamou a atenção dos procuradores: o montante passou a ser de 85 milhões, uma redução de 95%. A RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul e atualmente envolvida no escândalo da Zelotes, também foi beneficiada pela “correção” do BC: a remessa caiu de 181 milhões para 102 milhões de reais.
A quebra do sigilo demonstrou que o Grupo Abril, dono da revista Veja, fez uso frequente das contas CC5. A Editora Abril, a TVA e a Abril Vídeos da Amazônia, entre outras, movimentaram um total de 60 milhões no período. O SBT, de Silvio Santos, enviou 37,8 milhões.
As mesmas construtoras acusadas de participar do esquema na Petrobras investigado pela Lava Jato estrelavam as remessas via Banestado. A Odebrecht movimentou 658 milhões de reais. A Andrade Gutierrez, 108 milhões. A OAS, 51,7 milhões. Pelas contas da Queiroz Galvão passaram 27 milhões. Camargo Corrêa, outros 161 milhões.
O sistema financeiro não escapa. O Banco Araucária, de propriedade da família Bornhausen, cujo patriarca, Jorge, era eminente figura da aliança que sustentava o governo Fernando Henrique Cardoso, teria enviado 2,3 bilhões de maneira irregular ao exterior.

Nunca foi possível saber quais dessas contas eram e quais não eram regulares. Para tanto, teria sido necessário aprofundar as investigações, o que nunca aconteceu. Ao contrário. O BC não foi o único entrave. No fim de 2001, o delegado Castilho foi aos Estados Unidos tentar quebrar as contas dos doleiros brasileiros na filial do Banestado.
O então diretor da Polícia Federal, Agílio Monteiro, determinou, porém, que Castilho voltasse ao Brasil. Apegou-se aos “altos custos das diárias” para interromper o trabalho de investigação. Valor da diária: 200 dólares.
Os agentes da equipe de Castilho perceberam o clima contra a operação e a maioria pediu para ser desligada do caso. A apuração seguiu em banho-maria até o começo de 2003, no início do governo Lula, período em que Castilho voltou a Nova York.
Naquele momento, as novas quebras de sigilo permitiram localizar um novo personagem, Anibal Contreras, guatemalteco nacionalizado norte-americano, titular da famosa conta Beacon Hill. Descobriu-se uma estrutura complexa: a Beacon Hill era uma conta-ônibus, recheada por várias subcontas cujo objetivo é esconder os verdadeiros donos do dinheiro. Sob o guarda-chuva da Beacon Hill emergiu uma subconta de nome sugestivo, a Tucano.
Em anotações feitas por doleiros e algumas siglas foram identificadas transações que sugeriam a participação do senador José Serra e do ex-diretor do Banco do Brasil, tesoureiro do PSDB e um dos artífices das privatizações no governo Fernando Henrique, Ricardo Sérgio de Oliveira. Só novas quebras de sigilo permitiriam, no entanto, comprovar as suspeitas. Adivinhe? Elas nunca aconteceram.
Castilho conseguiu acessar o que se poderia chamar de quarta camada das contas. Antes de descobrir os beneficiários finais do dinheiro, os reais titulares, o delegado acabou definitivamente afastado da investigação pelo então ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos. Anos mais tarde, o inquérito seria arquivado.
A CPI do Banestado teve o mesmo destino melancólico. Até hoje, é a única comissão parlamentar a encerrar seus trabalhos sem um relatório final. O PT e o PSDB disputaram para ver quem enterrava primeiro e melhor os trabalhos. O petista José Mentor, relator da CPI, foi acusado de receber dinheiro de um doleiro para excluí-lo do texto final. Mentor nega.
O tucano Antero Paes de Barros, presidente, tentou proteger os próceres do partido e aliados citados na investigação. Uma conveniente briga entre Mentor e Barros marcou o encerramento da apuração no Congresso em dezembro de 2004. No ano seguinte, um novo escândalo, o “mensalão”, sepultaria de vez o interesse pelas contas ilegais no exterior.
Desde então, mudanças na legislação penal e a ampliação de acordos de cooperação internacional passaram a dificultar as tentativas de abafar esses casos. Foram criadas e aperfeiçoadas nos últimos anos as unidades de recuperação de ativos no Ministério da Justiça e no Ministério Público Federal.
Por conta dos ataques às Torres Gêmeas de Nova York em 11 de setembro de 2001, os paraísos fiscais foram pressionados a repassar informações sobre contas suspeitas. Os bancos suíços, notórios por sua permissividade, criaram mecanismos de autofiscalização para a identificação de dinheiro com origem suspeita, algo impensável há 20 anos.
No Brasil, a lei do crime organizado de 2013 foi aprimorada e a lei de lavagem de dinheiro, alterada em 2012, ampliou o cerco contra os sonegadores. Diante dessas mudanças, as investigações não finalizadas do Banestado poderiam ser exumadas? Para investigadores que atuaram no caso, a resposta é sim.
As movimentações finais no exterior dessas contas podem ter ficado ativas após a instituição dessas novas leis, o que daria vida a novos inquéritos. Dependeria da vontade do Ministério Público e da Polícia Federal.
As duas instituições têm sido, no entanto, reiteradamente conduzidas a fazer uma seleção bem específica de seus focos de interesse. Sem o apoio da mídia e setores da Justiça e do poder econômico, mexer em certos vespeiros só produz ferroadas em quem se mete a revirá-los.
O MP e a PF tentaram, a partir da apuração do Banestado, avançar nas investigações por outros caminhos. Daquele esforço derivaram operações como a Farol da Colina, Chacal, Castelo de Areia e Satiagraha.
Em todas elas, o destino foi idêntico. Em alguma instância da Justiça, os processos foram anulados. Bastaram, em geral, argumentos frágeis. A Castelo de Areia, que investigou a partir de 2009 o pagamento de propina de empreiteiras a políticos, acabou interrompida no Superior Tribunal de Justiça por supostamente basear-se em “denúncia anônima”, embora o Ministério Público tenha provado que a investigação se valeu de outros elementos.
O episódio mais notório continua a ser, no entanto, a Satiagraha. Até um falso grampo no gabinete do ministro Gilmar Mendes serviu de pretexto para melar a operação contra o banqueiro Daniel Dantas, que, aliás, operava uma das contas-ônibus no escândalo do Banestado.
Pressionado, o juiz Fausto De Sanctis viu-se obrigado a aceitar a promoção para a segunda instância. Hoje cuida de processos previdenciários. O delegado e ex-deputado Protógenes Queiroz foi perseguido e tratado como vilão. Em agosto, acabou exonerado da Polícia Federal.
Não foi muito diferente com Celso Três e José Castilho. O procurador despacha atualmente em Porto Alegre. O delegado foi transferido para Joinville, em Santa Catarina, e nunca mais chefiou uma operação.
Nenhum deles foi elevado ao pedestal como o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa e o juiz Sergio Moro, que agora colhe as glórias negadas durante o caso Banestado. Teria o magistrado refletido sobre as diferenças entre uma e outra investigação?

Responder

Roman

01 de dezembro de 2017 às 15h36

Tá passando da hora de mobilizar as massas deputado.
Mobilizar as massas e ir para as ruas já.
A esquerda precisar parar de ser infantil contra esses bandidos fascistas que tomaram conta do pais em um grande assalto.

Responder

Toledo

01 de dezembro de 2017 às 15h30

Fascismo em escala global.

Responder

Mar

01 de dezembro de 2017 às 15h23

Cadeia para os traidores lesa-pátria!

Responder

CyberP

01 de dezembro de 2017 às 15h21

Se o setor de telecomunicações no Brasil fosse monopolizado por empresas nacionais privadas já seria um absurdo. Ainda, temos o setor de telecomunicações no Brasil oligopolizado por empresas estrangeiras. Isso é inaceitável. Essa empresas são parceiras de indústrias e fornecedoras de equipamentos de toda infraestrutura, cabos, roteadores, centrais e tudo mais. O satélite brasileiro é mais um entreguismo que atende a interesses estrangeiros e possivelmente a interesses dessa empresas estrangeiras que operam no super mercado brasileiro de telecomunicações.
O que acontece na mesma linha do entreguismo golpista na entrega do setor de petróleo e gás.

Responder

Maria Neusa Nunes

01 de dezembro de 2017 às 17h18

Maria Neusa Florianópolis

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 16h13

Boa tarde meus amigos

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 16h01

Imprensa mercenária e golpista,TVs abertas todas safadas e contra o povo!

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h58

Greve geral para soberania nacional do país!!!

Responder

Vera Sueli Urbine Miranda

01 de dezembro de 2017 às 15h58

Cheguei, de novo, Ribeirão Preto?SP.

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h58

Responder

Alice Pedrotti

01 de dezembro de 2017 às 15h57

E con sangue nos olhos

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h57

Não é porque temer arregou que não deveremos fazer a greve,Isso Ainda tá na pauta.

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h56

#TaclaFuraBolha

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h55

Eu nunca tinha sido bloqueada. Agora estou impedida de publicar em grupos. Me inscrevi no VK

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h54

Com certeza, Trazibulo!!!!

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h53

Abaixo o golpe

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h53

O Pedro Parente é um entreguista vagabundo e golpista

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h52

Alessandro Quedo, eu também.

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h52

Quadrilha Meireles,Parente

Responder

Coronel Geovane

01 de dezembro de 2017 às 15h51

Bom dia dep. O povo do rio tá convesido que o Lula é o melhor para o pais

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h51

Au au!!!!!

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h50

Esse blablabla de CORRUPÇÃO é pra distrair a atenção da população enquanto os GOLPISTAS rapinam nosso país. Todos bem acordados e atentos, muito atentos

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h50

Só Lula não pode fazer palestra pagas,né juizeco entreguista do capeta!

Responder

Raquel Coutinho

01 de dezembro de 2017 às 15h48

Boa tarde

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h48

A CUT disse que os trabalhadores devem permanecer em alerta

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h47

A greve foi suspensa pela CUT porque o Temer retirou a reforma da previdência da pauta

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h45

Minha indignação é permanente. Temer e corja GOLPISTA

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h44

Pt pra todos os cargos em 2018,eles na maioria defendem o povo e o país.

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h44

Famiglia Moro CORRUPTA

Responder

Andre Monteiro

01 de dezembro de 2017 às 15h44

Tacla

Responder

Andre Monteiro

01 de dezembro de 2017 às 15h43

Melhorou

Responder

Andre Monteiro

01 de dezembro de 2017 às 15h43

Eu já sabia desta farsa

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h42

Temer malditoooooo

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h42

#TaclaFuraBolha

Responder

Rosângela Pires

01 de dezembro de 2017 às 15h42

Boa tarde!!!

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h42

Quem vê Globo e outras ficam sem cérebro pensante!!!

Responder

Andre Monteiro

01 de dezembro de 2017 às 15h42

Vamos meu pessoal

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h41

Abaixo o golpe

Responder

Alice Pedrotti

01 de dezembro de 2017 às 15h41

Aqui tudo b a trnsmissa

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h41

Carnaval chegando e apagará tudo que temer fez e tá fazendo,os panelas apoiam temer golpista!

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h39

Travou?

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h39

STF acovardado é corrupto e não faz nada!!!

Responder

Francisco Valdeci

01 de dezembro de 2017 às 15h38

Boa tarde parabéns

Responder

Inês Braschi

01 de dezembro de 2017 às 15h38

Boa tarde

Responder

Francisco Valdeci

01 de dezembro de 2017 às 15h37

Maracanaú. Ceará. Lula presidente PT 1313

Responder

Alice Pedrotti

01 de dezembro de 2017 às 15h36

Teresinha Qual a Fonte que tens sobre suspensao da greve????

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h36

Temer o Demônio que tomou o poder,imprensa esconde Tacla Duran porque ajudou no golpe e apoiam temer golpista

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h35

Golpe sujo de lava jato,golden boys,temer,STF acovardado,mercenário e deputados e senadores vendidos!!!

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h33

Lula e Dilma sempre pensaram no povoo.

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h32

#Taclafurabolha,Lula 2018

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h31

Pena que Nossa presidenta não pode continuar seu trabalho pro povo,já temer trabalha contra o povo e o país!!!

Responder

Ricardo Luiz Malta Malta

01 de dezembro de 2017 às 15h29

LULA FOREVER

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h29

Só vejo notícias da mídia alternativa porque as mídias das TVs abertas estão vendidas ao temer golpista.

Responder

Ricardo Luiz Malta Malta

01 de dezembro de 2017 às 15h29

LULA 2018

Responder

Alice Pedrotti

01 de dezembro de 2017 às 15h29

Som baixo

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 15h28

POVO BRASILEIRO E ANALFABETO POLITICO.PREFEREM FUTEBOL CARNAVAL. NOVELAS ESQUECEM. SEUS DIREITOS. INFELISMENTE

Responder

Fran Britto Vasconcellos

01 de dezembro de 2017 às 15h28

Boicote ao cafezinho! Não consigo entrar no post!

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h27

Com vocês sempre,Araguari Mg

Responder

Lucélia Moreira

01 de dezembro de 2017 às 15h26

Boa tarde amigos

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 15h25

Fora TEMERBROSO E SUA CORJA

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 15h24

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 15h24

Só falta VENDER O BRASIL INTEIRO. PERGUNTA QUE NAO. QUER CALAR. VAMOS DEIXAR??????

Responder

Carlos Alberto Moura Moura

01 de dezembro de 2017 às 15h22

Sim,boa tarde,temos que por a correr esses bandidos que estão saqueado o nosso Brasil,canoas RS

Responder

Orlando Coelho

01 de dezembro de 2017 às 15h21

#Lula2018

Responder

M Cláudia Z Sant Anna

01 de dezembro de 2017 às 15h20

Cabe aos políticos sérios impedirem esta privativação

Responder

M Cláudia Z Sant Anna

01 de dezembro de 2017 às 15h18

Sim melhorou

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 15h16

Tá falhando

Responder

M Cláudia Z Sant Anna

01 de dezembro de 2017 às 15h15

Boa tarde

Responder

Heloise Montenegro

01 de dezembro de 2017 às 15h15

#ReferendoRevogatorio

Responder

Paulo Cavalcante

01 de dezembro de 2017 às 15h14

Guamaré-Rn

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 15h14

Show o programa

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 15h13

No tarde.

Responder

Maria Thereza Saboia

01 de dezembro de 2017 às 15h08

Boa Tarde !!!!Boas Vindas a todos

Responder

Rosa Lauri

01 de dezembro de 2017 às 15h06

Já votei duas vezes em Luiz Sérgio
Não voto mais.

Responder

Bárbara Arena

01 de dezembro de 2017 às 15h05

parou a transmissão pra mim.

Responder

Joás Marinho Da Silva Marinho

01 de dezembro de 2017 às 15h05

Como fica a lava jato agora?

Responder

Bárbara Arena

01 de dezembro de 2017 às 15h03

travou a conversa.

Responder

Bárbara Arena

01 de dezembro de 2017 às 15h02

Acreditem se quiser, esconderam a ferramenta para eu escrever aqui. Agora que encontrei. Tem gente sabotando a interação dos outros.

Responder

Nildenor Ferreira Amorim

01 de dezembro de 2017 às 14h59

Ontem foi uma vergonha há grande mídia nada sobre tecla duran

Responder

Eliane Gama

01 de dezembro de 2017 às 14h59

Estamos juntos! Parabéns!

Responder

Ilmam Zoé Bastos

01 de dezembro de 2017 às 14h59

Mais de 50% dos alunos nas Universidades publicas de Campos dos Goytacazes foram obrigados a abandonar seus cursos , uma tristeza !

Responder

Tânia Tavares

01 de dezembro de 2017 às 14h59

Parabéns pelo debate!

Responder

Luis Carlos

01 de dezembro de 2017 às 14h57

Justiça canalha…
Pois é. …
Só não vê quem não quer … o golpe foi para nos roubar …,
Volta Dilma … Diretas, já !!!!
Todo meu apoio ao povo em luta contra a
República da Canalhocracia. …
fora #globogolpista #foratemer #elmundocondilma #soscoupinbrazil #standwithLula #LutarSempre #voltaquerida
#LulaEuConfio #BrasilComLula #MoroPersegueLula #AécionaCadeia
#LulaInocente

#LulaÉoBrasilCheioDeAmorGratidãoEsperança
#MoroPersegueLula
#ForaMoroJusticeiroBandidoTogadoFascista
#PiauiTemGratidãoInfinitaAoLulaAoPT #PiauíDesenvolveuMuitoComLulaDilma #GratidãoInfinitaAoLula
#NãoHáProvaContraLula #LulaProvouSuaInocência
#TôComLula
#PiauíComLula
#13comLula #TodosComLula #stfanuleogolpe

Responder

Ivete Valandro

01 de dezembro de 2017 às 14h57

#TaclaFuraBolha

Responder

Ilmam Zoé Bastos

01 de dezembro de 2017 às 14h57

Meu filho esta cursando mestrado na UENF ,aguadando receber a bolsa (me matando para não deixar ele desistir) Professores e funcionarios sem salário… Uma vergonha ! Uma derrota para o povo para o desenvolvimento de nosso País. Inimaginável viver tamanho retrocesso.

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h57

ESQUERDA SOFRENDO BLOQUEIO DE TODOS OS LADOS

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h56

Q catástrofe! Meu Deus!

Responder

Itamar Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h56

Crateús-Ce.

Responder

Itamar Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h56

#TaclaFuraBolha

Responder

Oliveiras Oliveiras

01 de dezembro de 2017 às 14h56

✊✊✊✊✊✊✊✊

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h56

Dizem que Rosangela Moro fugiu para USA

Responder

Ivete Valandro

01 de dezembro de 2017 às 14h55

Boa tarde!

Responder

Nildenor Ferreira Amorim

01 de dezembro de 2017 às 14h55

Estamos aqui.

Responder

Oliveiras Oliveiras

01 de dezembro de 2017 às 14h55

#Lula2018

Responder

Walkyria Nóbrega de Oliveira

01 de dezembro de 2017 às 14h55

Campina Grande-PB. Boa tarde!

Responder

Eliane Fulgencio

01 de dezembro de 2017 às 14h55

Estamos presente!…Ceará!…

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h54

UERJ fica na Tijuca

Responder

Romes Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h54

ESTÁO BLOQUEANDO A ESQUERDA !

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h54

Temo que aconteça o mesmo de Honduras

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h54

Sim, o Lula vai passar por aqui. Em Duque de Caxias. Eu estarei lá

Responder

Alex Sandro

01 de dezembro de 2017 às 14h53

Temer serra PSDB lava jato,,Entreguistas que com cem por cento de convicção estão com suas contas em paraísos fiscais recheadas de dólares

Responder

Trazibulo Meireles De Souza Meireles de Souza

01 de dezembro de 2017 às 14h53

Miguel, a corrupta Rosângela Moro, retirou a página com o slogan, “Moro com Moro”, no Facebook, após o bombástico depoimento do Tacla Duran. Será que foi medo dos ataques, os comentários negativos?

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h53

As manifestações só depende do povo

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h53

Reverte o pt ja tem programa para isso, porem temos que assegurar a candidatura de Lula

Responder

Ângela Régis

01 de dezembro de 2017 às 14h53

Não sei Ana Maria. Não explicam

Responder

Romes Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h52

A ÚNICA SOLUÇÃO É LULA. 100 % LULA 100 % PARTIDO DOS TRABALHADORES! 100 % SUPLICY EM SP.

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h52

Ate o xiclete é derivado

Responder

Nico Leite

01 de dezembro de 2017 às 14h51

face censura manifestações da esquerda…..faz tempo

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h51

Como será nossa mobilizaçào para assegurar a vitória do lula nas urnas, com uma possível fraude que o governo golpista esta arquitetando
E como pressionar a Volta da Dilma

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h50

Miguel do Rosário, gostaria de saber, se a possibilidade de reverter todo este processo entreguista. E se a possibilidade da volta dos Estaleiros?

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h50

Alesandra e Ângela qual o motivo

Responder

Ângela Régis

01 de dezembro de 2017 às 14h50

Alguém que ainda pode COMPARTILHE com os grupos de esquerdas.

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h49

Gasolina e o gás de cozinha um absurdo

Responder

Monike Donato

01 de dezembro de 2017 às 14h49

Boa tarde!

Responder

Ângela Régis

01 de dezembro de 2017 às 14h49

Também estou impedida de compartilhar com grupos.

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h48

Enquanto a cut cancela a globo se organiza com os paneleiros fugidos para defender o moro

Responder

Alesandra Quêdo

01 de dezembro de 2017 às 14h48

Estou impedida de compartilhar nos grupos até amanhã de manhã

Responder

Romes Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h48

ESTÁO CORTANDO ÁRVORES NAS MATAS DA CIDADE, PAULINIA SP.

Responder

Vanda Helena Loureiro

01 de dezembro de 2017 às 14h48

Florianópolis

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h47

A Petrobras ja é dos Canalhas, USA Europa

Responder

Ângela Régis

01 de dezembro de 2017 às 14h47

??????

Responder

Roberto Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h47

Cut cancelou a manifestação do dia 05/12

Responder

Erica De Paula Paula

01 de dezembro de 2017 às 14h47

Verdade é muita maldade com o povo eu vi esta reportagem o hospital com muitas pessoas queimada e todos afirma não tem dinheiro para comprar gás…

Responder

Pedro José Lima Jesus

01 de dezembro de 2017 às 14h46

Estranho esse comportamento !

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h45

Todas as medidas do governo golpista , são estratégias para manter o golpe, incluindo esses ” supostos recuos” AALOOO ACORDEM INGENUIDADE ME DESESPERA

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h43

É isso mesmo, Necki Pergher! Tinha que manter a greve. …. Ir pra rua com os punhos fechados e os dentes rangido

Responder

Érica Soares Leal

01 de dezembro de 2017 às 14h42

Essa fala que o governo adiou a votação da Reforma da Previdência está parecendo armação para desmobilizar os brasileiros e os movimentos sociais.

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h42

Quem ta indo pra rua são os coxinhas, a favor do moro, globo ta organizando puta manifesto a favor do moro, e a esquerda parada em casa

Responder

Vaíde Régia

01 de dezembro de 2017 às 14h42

Uma dúvida: o que exatamente pode ser revogado com o referendo revogatório?

Responder

Ilmam Zoé Bastos

01 de dezembro de 2017 às 14h42

Esses coxinhas babacas nunca vão deixar o Brasil chegar ao topo do mundo…cambada de vira-latas.

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h41

#ParaTudoDia05DeDezembro

Responder

Erica De Paula Paula

01 de dezembro de 2017 às 14h41

Fizeram tudo pensando nos Grandes e o povo que se ferrem…

Responder

Necki Pergher

01 de dezembro de 2017 às 14h41

Tinha que manter a greve geral pra mostrar a indignação geral do povo com tuuudoooo…

Responder

Gisele Rabelo Machado

01 de dezembro de 2017 às 14h40

Excelentes esclarecimentos!

Responder

Ana Claudia Garcia

01 de dezembro de 2017 às 14h40

O Imperialismo estadunidense criou o Isis

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h39

Um Robot mulher tem Mais direitos na Arabia Saudita.

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h39

Agora as mulheres podem

Responder

Carmem Saporetti

01 de dezembro de 2017 às 14h39

Os EUA instalaram o caos na Libia com o assassinato do Kadafi.

Responder

Tininha Rigueiral

01 de dezembro de 2017 às 14h39

PQP……POVO NA RUA
SO ISSO ASSOMBRA

Responder

Ana Claudia Garcia

01 de dezembro de 2017 às 14h38

Exatamente Luiz Sergio.

Responder

Edilza Ferreira

01 de dezembro de 2017 às 14h38

Como um sujeito sem o menor embasamento vai fazer palestra sobre petróleo? Só no pais do psdbosta mesmo! maldito seja ele e todos os que o apóia e dão suporte.

Responder

Carmem Saporetti

01 de dezembro de 2017 às 14h38

Esses caras fazem parte de uma elitizinha corrupta, predatória e ignorante. São uns parasitas que sempre se alimentaram do dinheiro público e acusam os outros do que, na verdade, eles sempre fizeram.

Responder

Ana Claudia Garcia

01 de dezembro de 2017 às 14h37

A Lava-Jato tem o objetivo de destruir os avanços da indústria nacional e expropriar o pré-sal.

Responder

Marcelo Marinho

01 de dezembro de 2017 às 14h37

Emil Odebrecht – Greifswald, Pomerânia, no norte da Prússia em 1856, e se estabeleceu na Colônia São Paulo de Blumenau, onde se tornou uma das mais destacadas figuras da história regional. Essa empresa é o Brasil, construído por um Alemão/polonia. Estão aqui desde 1856, e fazem parte da infraestrutura Brasileira, mas são descendentes alemães.

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h37

PQP!!! ESSE MALDITO JUIZ SERGIO MORO , ACABOU COM NOSSOS EMPREGOS.

Responder

Nico Leite

01 de dezembro de 2017 às 14h37

acorda ovelha, ou carneiro….

Responder

Emilia Cardoso Moraes

01 de dezembro de 2017 às 14h37

KATIA SERA QUE NÃO É UM GOLPE DELES DIZEREM QUE TIROU DE PAUTA SÓ PRA ENGANAR O POVO

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h37

Mais eu discordo do cancelamento, tinham que manter pela Soberania Nacional.

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h36

Porque a CUT suspendeu a greve. Temer vai Passar estas incoerencias as escondidas.

Responder

Ana Claudia Garcia

01 de dezembro de 2017 às 14h36

Miguel mais do evidente q/ o Juiz Moro é um agente a serviço do Imperialismo

Responder

Alex Flores

01 de dezembro de 2017 às 14h36

Kátia o recuo foi para desmobilizar o país.

Responder

Conceição Carneiro

01 de dezembro de 2017 às 14h36

Falta de noção não, Miguel, é falta de caráter mesmo deste juiz.

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h36

Estamos só “Teorizando” e país quebrando , o povo passando fome, desempregos aumentado, e nos aqui teorizando…
Gente VAMOS A MANIFESTAÇÃO , IR PRA RUA

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h36

Obrigada Kátia

Responder

Kátia Míccolis

01 de dezembro de 2017 às 14h35

CUT suspendeu a greve do dia 05, pq governo suspendeu votação da reforma da previdência.

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h35

Idenice, onde está essa notícia?

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h35

Se eles não trabalham Como Operadores dos americanos Eu me mato,

Responder

Idenice Rocha

01 de dezembro de 2017 às 14h34

A greve do dia 5 foi cancelada.

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h34

Eu acredito em Greve. Se todos nós que somos contra a entrega do país aderirmos, só isso, já daria muita gente.

Responder

Wbs Benicio

01 de dezembro de 2017 às 14h34

Mas os paneleiros não querem um brasil livre e independente dos EUA e da UE.

Responder

Trazibulo Meireles De Souza Meireles de Souza

01 de dezembro de 2017 às 14h34

Parabéns ao Miguel por levar esse deputado carioca que os eleitores cometeram o erro de eleger Cunha e outros picaretas. Tomara que 2018 o RJ resgate os lutadores sociais com o entrevistado.

Responder

Tininha Rigueiral

01 de dezembro de 2017 às 14h34

Greve geral
#PARATUDO

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h33

Greve greve ir la no gogo do cara

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h33

Quando se fala aqui com oc coxinhas eles nos chamam de comunistas! Vai entender isso?

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h32

Queremos mobilização….mobilização

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h32

Muitos engenheiros, técnicos, geólogos, metalúrgicos em geral desempregados aqui no Rio de Janeiro.

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h32

O que fazer para parar toda essa entrega do Brasil

Responder

Trazibulo Meireles De Souza Meireles de Souza

01 de dezembro de 2017 às 14h32

O vale do Jequitinhonha está junto na resistência.

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h31

No momento não temos nada , estamos só na”VONTADE” DE LUTAR

Responder

Regina Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h31

#ForaTemer #ForaSérgioMoro

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h31

verdade!

Responder

Gilberto Rufino

01 de dezembro de 2017 às 14h31

Greve geral? Particularmente eu não acredito em “geral”.

Responder

Maria Eufrasia de Moraes

01 de dezembro de 2017 às 14h31

Boa tarde

Responder

Alex Flores

01 de dezembro de 2017 às 14h31

GREVE GERAL DIA 5

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h31

Estaleiro Maua, Estaleiro Inhauma, Estaleiro STX Brasil, Estaleiro Brasa. Todos parados

Responder

Elizabeth Porto

01 de dezembro de 2017 às 14h30

Sendo vendido e o povo brasileiro deixando ser vendido.

Responder

Alex Flores

01 de dezembro de 2017 às 14h30

A lenda da “Preferência Nacional”
sempre foi por que o brasileiro é um povo BUNDÃO

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h30

GREVE POR TEMPO INDETERMINADO!
#REVOLUÇÃOJÁ

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h30

#ReferendoRevogatorio

Responder

Luciano Gomes

01 de dezembro de 2017 às 14h30

Estes caras tem que serem presos por crimes de.lesa pátria.

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h30

Sim, eu tô perguntando sobre o satélite.
Não dá pra pedir uma liminar alegando que estão entregando a tecnologia francesa também? Quebrando o acordo entre Brasil e França?

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h30

Miguel estamos atentos a todas informações, o que precisamos é combate de frente a frente com o governo, porra vamos falar das greves…
Estamos querendo radicalização..
Efeitos de resposta de pressão
É cansativo só bla bla bla

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h30

que tal por correntes em todos, so falta Isso, Resistencia Pessoal! Seus filhos irão ser escravos!!!!

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h29

Então tu fez uma pergunta?

Responder

Nico Leite

01 de dezembro de 2017 às 14h29

.

Responder

Silvia Guimarães

01 de dezembro de 2017 às 14h29

Boa tarde! São Pedro da Serra, Friburgo, Rio.

Responder

Bárbara Arena

01 de dezembro de 2017 às 14h28

Santos, SP.

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h28

Eu não, pra mim a greve será 5/12. Não vi nada diferente

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h28

Então tá Kátia

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h28

Canalhas Essa turma do meireles, Temer…

Responder

Bárbara Arena

01 de dezembro de 2017 às 14h28

Boa tarde!

Responder

Emilia Cardoso Moraes

01 de dezembro de 2017 às 14h28

GREVE GERAL DIA 5

Responder

Alex Flores

01 de dezembro de 2017 às 14h28

A GLOBO PARA FECHAR CONTRATOS PUBLICITÁRIOS COM A SHELL PROVOCOU A DESTRUIÇÃO MIDIÁTICA DA PETROBRAS. #GloboMENTE

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h28

NÃO EXISTEM COINCIDÊNCIAS!!

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h27

Tu tá dizendo que a greve foi suspensa

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h27

Nilson Ferreira Dos Santos Santos, vc está certíssimos.

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h27

Eu só não sei mexer no Facebook

Responder

Lenilson Batista

01 de dezembro de 2017 às 14h27

Governo bandido!!!

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h27

De jeito nenhum

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h26

caiu a transmissão

Responder

Gilberto Rufino

01 de dezembro de 2017 às 14h26

Lula e Requião!

Responder

Alice Pedrotti

01 de dezembro de 2017 às 14h26

Greve dia 05/12

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h26

Katia lima é fake?

Responder

Vaíde Régia

01 de dezembro de 2017 às 14h26

05/12, GREVE GERAL!

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h26

O POVO BRASILEIRO DEVE SER MAIS INFORMADO MÁS INFELIZMENTE O POVO SE ENCONTRA ALIENADO EM NOVELAS,CARNAVAL,FUTEBOL,BIG BROTHER ESTES LIXOS QUE DEVORAM NOSSOS CÉREBROS

Responder

Heloise Montenegro

01 de dezembro de 2017 às 14h25

GREVE GERAL DIA 05/12

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h25

Mandato de Temer esse crápula não foi eleito pelo povo brasileiro

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h25

Agora somos nos, Natal e virada do ano , povo na rua manifestação no Brasil inteiro

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h25

Não temos imprensa isenta neste país! Temos os Blogs que nos ajudam a desvendar esse porão nojento do GOLPE.

Responder

Vaíde Régia

01 de dezembro de 2017 às 14h25

#ForaTemereSuaQuadrilha

Responder

João Batista Vianez

01 de dezembro de 2017 às 14h25

FORA TEMER Glopista Vagabundo Ladrão

Responder

Vaíde Régia

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Com tudo isso, o nosso dinheiro usado ao bel prazer Satélites brasileiros, nos quais houve investimento grande, soltos no espaço, inativos, para serem sucateados e vendidos. Absurdo!

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Não dá pra pedir uma liminar alegando que estão entregando a tecnologia francesa também? Quebrando o acordo entre Brasil e França?

Responder

Sandro Ribeiro

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Fora temer bandido

Responder

Cornelio Carlos de Alencar

01 de dezembro de 2017 às 14h24

A imprensa se filiou ao PIG.partido da imprensa golpista como presidente a globo

Responder

Marcelo Neves

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Lava jato é a base americana da CIA no Brasil

Responder

Mércia Maria

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Vamos esperar o quê do STF?

Responder

Emilia Cardoso Moraes

01 de dezembro de 2017 às 14h24

FORA TEMER E VOLTA DILMA E ELA PASSA A FAIXA PRO LULA

Responder

Teresinha Erd Righii

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h24

Sou metalúrgico naval desempregado

Responder

Heloise Montenegro

01 de dezembro de 2017 às 14h23

Paneleiros da quadrilha do Moro. Fascistas, golpistas e corruptos.
Com STF e Tudo !

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h23

Luta de classes

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h23

Isso, que eu queria saber

Responder

Reginaldo Henrique Dos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h23

Abismado com a sujeira da justiça brasileira e com a mídia golpista

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h23

GREVE GERAL 5/12

Responder

Renata Consuelo Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h23

Obrigada pela transmissão!! Parabéns Deputado!!

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h23

PT NA CABEÇA 2018

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h22

É PARA DESTRUIR NOSSAS INDUSTRIA

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h22

Como foi suspensa greve geral

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h22

Cara esse animal batizado(Temer)tem que exigir exame de sanidade , esse sujeito ta louco

Responder

Marcelo Neves

01 de dezembro de 2017 às 14h22

Boa tarde Miguel

Responder

Antonio Moreira da Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h22

Boa tarde. São Luís MA

Responder

Maria Lucia

01 de dezembro de 2017 às 14h22

#ReferendoRevogatório #EuNãoVendoOMeuPaís Golpistas de merda, nos amarram no atraso, na miséria, na pobreza não só de dinheiro, na pobreza mental !!! SÉCULO XXI AQUI ESTAMOS NÓS!!!!

Responder

Luiz Fontoura Do Amaral

01 de dezembro de 2017 às 14h21

O nosso grande erro ….. Não tem enfrentado o PIG!!! Estamos pagando por isso !!!! Nós não temos a ousadia dos canalhas golpistas !! Infelizmente …

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h21

Claro, vão não somente lavam as mentes, Mas tambem tiram a informação, que é um direito do. individuo!!!! Canalhas!!!!

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h21

Mídia golpista

Responder

Teresinha Erd Righii

01 de dezembro de 2017 às 14h21

A greve do dia 5 foi suspensa

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h21

247, DCM, GGN, VIOMUNDO, TIJOLACO, O Cafezinho, Miguel do Rosário, Leonardo Stoppa, Eduardo Guimarães, Welington Calasans, Romolus Maya, Rodrigo Pilha entre outros. A democracia o Brasil como nacao , dever muito a essa turma.

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h21

ESTES BANDIDOS DE DIREITA NÃO VALEM NADA

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h21

C O M P A R T I L H E M

Responder

Cornelio Carlos de Alencar

01 de dezembro de 2017 às 14h21

A lava jato sicronizou com temer e o supremo

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h21

SHOW DE BOLA

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h21

VAMOS PARAR O BRASIL POR TEMPO INDETERMINADO!
#REVOLUÇÃOJÁ

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h21

ESTAMOS SABENDO ESTES BANDIDOS QUEREM DEVEM SER ELIMINADO A BURGUESIA

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h21

Voltamos pras trevas , não tem jeito

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h20

Compartilhar gente

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h20

#RevoluçãoJá

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h20

GENNNTE ACABOU PRA GENTE

Responder

Emilia Cardoso Moraes

01 de dezembro de 2017 às 14h19

DIA 5 GREVE GERAL

Responder

Kátia Lima

01 de dezembro de 2017 às 14h19

Não dá pra pedir uma liminar alegando que estão entregando a tecnologia francesa também?

Responder

Alex Flores

01 de dezembro de 2017 às 14h19

Prezados temos que dar nome aos bois ….Vamos chamar a depressão economia de CRISE DA LAVA JATO a historia devera escrever que o conjunto da obra foi o MORO que provocou.

Responder

    Lucélia Moreira

    01 de dezembro de 2017 às 16h17

    #Acrisenopais, causada por Moro e seus golden boys,começando primeiro por Globo,Aécio Mineirinho depois que perdeu as eleições presidenciais,o homem propaganda enganosa contra o governo todos os dias.

    Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h19

Parabéns, Cafezinho!
Tmj

Responder

Heloise Montenegro

01 de dezembro de 2017 às 14h19

#TaclaFuraBolha

Responder

Luiz Fontoura Do Amaral

01 de dezembro de 2017 às 14h19

Não há futuro para o país que não passe pela dissolvição da máfia midiática…. PAUTA NÚMERO UM!!!

Responder

Marcelo Zorzi

01 de dezembro de 2017 às 14h19

#taclafurabolo

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h19

#TaclaNoMoro
#TaclaNaRosangela
#TaclaNaLavaJato

Responder

Cris Albuquerque

01 de dezembro de 2017 às 14h19

Cris Albuquerque de Indaiatuba – SP boa tarde!

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h18

Sair e compartilhar e volto

Responder

John Kennedy Ribeiro

01 de dezembro de 2017 às 14h18

Bom dia – FORTALEZA CE

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h18

Belo Horizonte, presente!

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h18

Parabens pelo Cafezinho, Gloria a Deus, esperamos a destruição dos traidores da Patria, esse desmonte para as multinaçionais americanas e Europeias!

Responder

Marcelo Fabio Vita

01 de dezembro de 2017 às 14h18

O importante agora é o encaminhamento das revelações de Duran a Justiça. É necessário apurar e responsabilizar quem quer que seja.

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h18

#ReferendoRevogatorio

Responder

Andrea Trus

01 de dezembro de 2017 às 14h18

Buenasss … Itu – SP.

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h18

show de bola deputado

Responder

Maria José Pinheiro Costa

01 de dezembro de 2017 às 14h18

Boa tarde a todos!

Responder

Verônica Callado

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Responder

Alan Cepile

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Boa tarde Miguel

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h17

#TaclaFuraBolha

Responder

Carina Ruas de Moraes

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Boa tarde

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Melhorou..
Voce viu o video do diretor do fantástico..as merdas que ele vomitou …

Responder

Verônica Callado

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Boa tarde! Um abraço.

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Tacla furou a bolha

Responder

Vaíde Régia

01 de dezembro de 2017 às 14h17

Boa tarde, O Cafezinho! Nossos queridos heróis da resistência!

Responder

Leninha Forte

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Oi gente linda

Responder

Reginaldo Henrique Dos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Boa tarde! De Formiga/MG!!

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Furou a Bolha, Temos que esperar um ataque da turma de Curitiba, é destruir qualquer narrativa deles!!!

Responder

Ednaldo Wanderley

01 de dezembro de 2017 às 14h16

A farsa JATO já era.

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h16

o lixo da globo não tem maís a moral de ser assistida em minha residência

Responder

Teresinha Erd Righii

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Falhando mto Gravataí

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h16

*Melhorou

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Tá legal

Responder

Joceli Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Agora melhorou

Responder

Glaci Leao

01 de dezembro de 2017 às 14h16

boa tarde.#somostodosWadihePimenta

Responder

Ricardo Ferreira Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Transmissão ótima

Responder

Ednaldo Wanderley

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Bom dia. Recife,atentos.

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Melhou

Responder

Marcelo Meireles

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Melhorou

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Melhorou sim!

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Rio de Janeiro

Responder

Lília Cunha

01 de dezembro de 2017 às 14h16

Se travar no face, entrem pelo youtube

Responder

Tamandaré no Mapa

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Bom dia !

Responder

Joceli Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Tá ruim a transmissão…. Porto Alegre

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h15

a globosta esta em silêncio sobre o depoimento eles não são bestas

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Tá falhando

Responder

Ricardo Ferreira Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Eng.Caldas, mg

Responder

Alex Sandro

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Boa tarde

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 14h15

BARULHO.TA. MT SILENCIO.VAMOS. AGITAR
LUTAR.

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Boa tarde Luiz Sérgio

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Ta falhando!

Responder

Claudia Barbosa Firmino Rabelo

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Uberlândia -MG

Responder

Sonia Oeiras

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Boa tarde

Responder

O Cafezinho

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Túlio Ribeiro presente

Responder

Niobe Cunha

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Furou a bolha

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Parabens Miguel!

Responder

Leila Ribeiro

01 de dezembro de 2017 às 14h15

Boa tarde, companheiros progressistas-nacipnalistas. Tamo juntos.

Responder

Marcelo Meireles

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Porto Alegre

Responder

Ana Maria Rodrigues

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Boa tarde Miguel

Responder

Socorroalves Silva

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Ola Miguel, ola deputado Luis Sérgio

Responder

Ana Lúcia Mattos

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Boa tarde a todos e todas #FORATEMER

Responder

Leonardo Vasconcellos Rosa

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Boa tarde, Miguel do Rosário! Duque de Caxias RJ Assistindo …. firme e forte na Luta ✊

Responder

Eliane Paulino

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Bom dia miguel

Responder

Nilson Ferreira Dos Santos Santos

01 de dezembro de 2017 às 14h14

show de bola manda um abraço para o estado do espirito santos cidade linhares terra do petróleo e gas

Responder

Marcelo Meireles

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Tacla Duran acabou de implodir a FARSA A JATO

Responder

Christiane Petersen Senra

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Parabéns pra todos que estão na luta contra o golpe! Boa tarde Miguel Do Rosario

Responder

Cruz Adelaide

01 de dezembro de 2017 às 14h14

#TaclaFurouAbolha

Responder

Lília Cunha

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Ponte Nova, MG

Responder

Selma Moreira

01 de dezembro de 2017 às 14h14

SANTOS SP BOA TARDE

Responder

Claudia Barbosa Firmino Rabelo

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Boa tarde a todos!!!

Responder

Niobe Cunha

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Boa tarde

Responder

Pedro José Lima Jesus

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Ligados !

Responder

Dilene Daibes

01 de dezembro de 2017 às 14h14

BOA TARDE

Responder

Lília Cunha

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Uau, muito Tacla Duran, vamos fazer barulho, porque o silêncio está solto.

Responder

Pedro José Lima Jesus

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Olá ! Estreito – Maranhão se informando !

Responder

Marcus Aurélio

01 de dezembro de 2017 às 14h14

Boa Tarde

Responder

Deixe uma resposta