Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Marcelo Bretas, jagunço armado da Globo, vai às redes sociais incitar violência contra Lula

Por Miguel do Rosário

18 de janeiro de 2018 : 16h48

O lavajateiro Marcelo Bretas é o carrasco do Almirante Othon, inventor da tecnologia nuclear brasileira, a quem condenou a mais de 40 anos de prisão.

Bretas é um jagunço armado dos ricos, como atesta a foto que ele mesmo teve orgulho de reproduzir em suas redes sociais.

A esquerda cirandeira se deixou enganar por Bretas por ter sido ele quem condenou Sergio Cabral. O processo de Sergio Cabral, porém, é igualmente repleto de irregularidades, e serve, em boa parte, como biombo para ocultar interesses muito mais sinistros do que as supostas propinas do ex-governador: as condenações sensacionalistas de Sergio Cabral são usadas para ludibriar a opinião pública fluminense e nacional, porque desvia seu olhar dos ataques cometidos pelos operadores da Lava Jato contra o estado do Rio de Janeiro.

É mais um juiz que uma mídia fascista consegue transformar num reles, desprezível, representante de seus interesses.

E agora, Bretas aparece na Globo fazendo ataques políticos a um senador da república?

Juízes fascistas como Marcelo Bretas e concessões públicas corruptas e golpistas como a Globo estão produzindo um cenário de guerra civil no país – atropelando a constituição, articulando a derrubada de presidentes da república, condenando sem provas, destruindo empresas nacionais, sabotando e entregando o patrimônio público, elevando a repressão contra movimentos sociais – e Bretas/Globo vem dizer que é Lindberg que está incitando a violência?

Bretas é um irresponsável!

Bretas é um jagunço armado da elite corrupta, da verdadeira elite, não de figuras menores como Sergio Cabral, mas de quem realmente está no topo da cadeia alimentar: donos de banco, família Marinho e representantes do mercado financeiro internacional.

 

 

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

31 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Dilma Coelho

20 de janeiro de 2018 às 12h25

“PROCURA-SE JUÍZES EQUILIBRADOS”.
Doentes e perturbados, hipnotizados pelos evanjegues, por covardia e incapacidade, acabam transformando os bandidos em vítimas. Agora vem um juizecom, totalmente desequilibradom, guiado, não pela constituição mas pela “bíblia” e resolve torturar prisioneiros, assim como o juizeco moro resolveu perseguir o LULA.
Qual “bíblia” caro juiz, você segue? (em minha casa tenho quatro versões da “Biblia”), Traduzida de qual dialeto, por qual governo, por qual religião, por qual fanático? Por favor, faça jus ao tempo que perdestes na faculdade, ao tempo que estudou como concurseiro, faça uma terapia, um tratamento psiquiátrico ou abandone este cargo.
Bretas é um psicopata! Deve se achar “bonitão”, adora uma foto. Vão ser idiotas assim nos quintos dos infernos.
Estas sendo ridículo. Não se impressione com aqueles descerebrados que foram apoia-lo, Um bando de lobos com pele de cordeiro, se mexem ao menor toque de qualquer pastor, foram para a rua por 0,20 centavos, foram pedir o impedimento de nossa querida presidenta, e agora estão, a maioria com cara de tachos, chorando pela reforma da Previdência. Eles não pensam, são apenas comandados.
Qual a diferença, olhando a foto, entre esse bretas e um bandido traficante das comunidades. São todos valentões…
Acorde juizeco bretas, vá se tratar.

Responder

Carlos Valentin

19 de janeiro de 2018 às 13h15

Ele tem cara de criança mimada criada pela avó.

Responder

    Jochann Daniel

    21 de janeiro de 2018 às 22h17

    éÉÉÉ
    Mas, tem o super amparo da super Globo & CIA…..

    Responder

João Bovino

19 de janeiro de 2018 às 11h30

Quem incita violência é quem se deixa fotografar, publica e deixa publicar fotos suas com armas. E arma de grosso calibre. Esse tipo de “homem público” deveria ir direto pra CADEIA, por incitação à violência. Uma condução coercitiva, que tal? Qual a origem da arma que ele usou para a foto?

Responder

    Gustavo

    20 de janeiro de 2018 às 12h34

    A presidente do PT disse que “Tem que matar gente”. Ela é a presidente de um dos maiores partidos do Brasil e sua opinião influencia milhões de pessoas

    O líder da CUT disse “E que isso implica agora nesse momento ir para as ruas entrincheirados com arma na mão se tentarem derrubar a presidenta Dilma Rousseff”. A CUT é uma das maiores centrais sindicais e influencia várias pessoas

    Bolsonaro disse “Defendo liberar o uso do fuzil” para homens do campo defenderem suas terras. Segundo pesquisas ele está em segundo lugar atrás do Lula

    Vamos prender eles também ?

    Responder

evaldo cunha ciríaco

19 de janeiro de 2018 às 09h35

postura de um gangster land “rei da bijuteria”.

Responder

Mauricio

19 de janeiro de 2018 às 08h52

O golpe contratou o juizgunço para defende-los da democracia.

Responder

Trazibulo Zibim Meireles

19 de janeiro de 2018 às 06h07

A canalhice não tem limites, o sujeito vai ao Vaticano beijar mão do grande papa Francisco e age em favor de uma elite podre, usa o cargo e a toga para atacar o povo brasileiro, apeado numa empresa propineira como a Globo. Até quando Brasil? Abram os olhos Brasil enquanto há tempo, somos milhões, temos que nos indignar com esse vergonhoso monopólio que diz ser comunicação que capturou as instituições monárquicas do judiciário(vergonha).

Responder

Nelson

18 de janeiro de 2018 às 22h04

Mais um ser desprezível que foi galgado à condição de estrela pelos golpistas e idiotas que apoiam o golpe.

Responder

Luis CPPrudente

18 de janeiro de 2018 às 19h40

Ao Moro do RJ: não se bretas onde tu não és chamado!

Responder

Gustavo

18 de janeiro de 2018 às 19h01

Confesso que ainda não encontrei no artigo a suposta incitação a violência contra Lula por parte de Marcelo Bretas. O título do artigo é um mas o artigo em si só tem menção a outros fatos (fotos de tiro, senador da república e uma prisão). O link externo fala apenas da crítica ao senador do PT mas não vi Marcelo Bretas fazer a suposta incitação.

Paralelo a isso ouvir “Tem que matar gente” me parece ser uma incitação maior.

Responder

    Carlos Valentin

    19 de janeiro de 2018 às 13h17

    Não vi o senador empunhado arma pesada num claro gesto de intimidação…

    Responder

      Gustavo

      19 de janeiro de 2018 às 17h36

      O juiz está empunhando uma arma mas em uma foto sem ligação com o artigo. Existem lugares no mundo (não sei no Brasil) onde você pode alugar uma arma e praticar tiro em ambientes e situações controladas e acredito que isso que tenha acontecido na foto.

      Não se trata de simplesmente mostrar uma arma e incitar violência até pq é o perfil pessoal do juiz e não uma manifestação institucional ou ligada com o artigo.

      É diferente da senadora dizer que “tem que matar gente” ou o lider da CUT dizer que “tem que pegar em armas” no caso do impeachment da Dilma.

      Existem membros do PT que reconhecem as declarações como infelizes. Não concordo que juiz se manifeste naquilo que não deve e fora dos autos mas só acho que o artigo induz a algo que não é realidade.

      Há uma discussão de Bretas com o senador mas não há incitação contra Lula por parte de Bretas é muito menos relação com a foto.

      Responder

Gustavo Horta

18 de janeiro de 2018 às 18h46

Estamos em 2018. Tempo do ódio. Do ódio em rede, materializado em imagem e som. Ao vivo e a cores. A era dos haters, que se reproduzem aos borbotões, muitos deles viabilizados pela ilusão do anonimato e pela livre expressão da miséria humana.

Eu queria tratar de afeto. Exortar as pessoas a que se amassem, que se respeitassem, que fossem cuidadosos para com o outro. Que procurassem sentir, ainda que em abstração, a dor alheia.

Adoraria advogar em favor da alteridade derivada da solidariedade, do sentimento de comunhão, de fraternidade, a terceira vertente do mote da velha revolução burguesa da França, que nem aos integrantes de sua casta social consegue hoje convencer.

Refreio, no entanto, essa minha pulsão pelo amor. Contenho o meu ímpeto de tentar transmitir ao outro o vínculo de apreço abstrato que me conecta à humanidade. E o faço em parte pela necessidade de ser humilde e recusar a grandiloquência de vultos históricos. A segunda razão é o receio do que possa suceder a mim e a quem assuma o risco de benquerer indefinidamente. Amar em demasia é um perigo!…

“ALL WE NEED IS LAW”
> https://gustavohorta.wordpress.com/2018/01/18/all-we-need-is-law/

Responder

Edeobaldo

18 de janeiro de 2018 às 18h28

Prendam o juiz que condenou um militar corrupto e soltem o “gênio” brasileiro da energia nuclear.
Soltem também o mega corrupto ex-governador que desviou milhões e deixou o Rio de Janeiro na miséria. Afinal ele é, como é mesmo?, “peixe pequeno”.

Quanta asneira escrita para defender bandidos só porque, de alguma forma, são ou foram aliados dos bandidos que o “jornalista” defende.

Prendam o juiz, prendam!!!!

Responder

    Carlos Valentin

    19 de janeiro de 2018 às 13h22

    Fascistas tem sempre “muita educação” para comentar, e também um talento nato para desviar o foco.

    Responder

Mariana Ivens

18 de janeiro de 2018 às 18h08

Não cabe a juízes tomarem lado e atacarem parlamentares de um determinado partido. Mas eles fazem isso com uma tal frequência e tranquilidade, como se fosse algo natural, que parece que a LOMAN e a separação e independência dos poderes inexiste. Alguns juízes se crêem semideuses – e isso é uma merda.

Responder

OMAR TELADA

18 de janeiro de 2018 às 17h17

porqu3e ele ainda continua no cargo. O cargo dele pede que seja honesto, discreto, não midiático, e por isso recebem salarios de marajás.
SE NAO FAZ O PEDE O CARGO, QUE SEJA EXONERADO A BEM DO SEVIÇO PÚBLICO, OU SERÁ QUE ESSE O GRANDE MEDO DELE, QUE O PT VOLTE AO GOVERNO E ELE TENHA QUE TRABALHAR SÓ HONETSAMENTE E VAI ACABAR COM ESSAS CANALHICES QUE COSTUMEIRAMENTE FAZ.?

Responder

    Igor

    18 de janeiro de 2018 às 18h14

    PT SINÔNIMO DE HONESTIDADE ?!?! Vcs são uns ABESTADOS de pai e mãe mesmo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder

Marcos Rogerio Heck Dorneles

18 de janeiro de 2018 às 19h13

Responder

Veralice Santana

18 de janeiro de 2018 às 19h10

Ele estava trabalhando em um projeto científico, de tubos geradores, capaz de produzir eletricidade com queda d’água de apenas um metro de altura. Isso seria capaz de levar energia para milhares de brasileiros”, explica o deputado. Justamente por tratar-se de um cientista e uma mente brilhante, Damous defende uma pena alternativa ou indulto.

Responder

Luiz Pareto

18 de janeiro de 2018 às 19h04

Responder

    Veralice Santana

    18 de janeiro de 2018 às 19h00

    O país, no entanto, não abriu mão da tecnologia. Se necessário, em quanto tempo faríamos uma bomba?

    Em uns quatro meses. Com a tecnologia de enriquecimento que nós usamos, podemos fazer a bomba com o plutônio, como a de Nagasaki, ou com o urânio, que foi a de Hiroshima. Temos os dois porque quem tem urânio enriquecido pode ter o plutônio também.

    Responder

Josafá Batista Vitor

18 de janeiro de 2018 às 18h58

Cafezinho ta muito amargo. Ta na hora de fechar esse botequim..

Responder

    Sonia Vieira

    18 de janeiro de 2018 às 19h08

    Já o Sergio Cabral conhece bem o Bretas e sua família, parece que vendem joias em repartições? lavagem? esquisito isso né o maior ladrão do Rio ter conhecimento profundos das vida desse juiz golpista!!!!

    Responder

    ari

    18 de janeiro de 2018 às 18h19

    Corre lá no Antagonista que vão começar a servir ração animal

    Responder

Ivan Silva

18 de janeiro de 2018 às 18h52

próximo ganhador pedaço de lata d platinada

Responder

Edilson Nora de Oliveira

18 de janeiro de 2018 às 18h51

Henrique Correia, Bretas cangaceiro

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?