Bate papo com Joana Mortágua, deputada portuguesa!

Barroso e a “refundação do país”

Por Miguel do Rosário

24 de Abril de 2018 : 12h55

(Foto: André Lima.)

É cansativo criticar o ministro Luis Roberto Barroso. Escorregadio, populista, astuto, ele fala somente aquilo que a classe das altas finanças quer ouvir, mas não exatamente porque é algo com o qual ela concorde e sim o que, sabe ela, é o que deve ser dito para enganar o povo.

Por isso é cansativo. Porque a nossa crítica não é propriamente ao conteúdo de seus discursos, e sim à honestidade com que os profere.

Veja esse discurso feito em Fortaleza. Barroso diz:

Nós vivemos um momento especial no Brasil, um momento de refundação do País. Nós nos demos conta que temos ficado aquém do nosso destino e estamos conseguindo fazer os diagnósticos corretos, que são pressupostos das soluções corretas. A fotografia do momento é devastadora, mas o filme destes 30 anos da democracia no Brasil é um filme bom. Nós estamos empurrando a história para o caminho certo”, afirmou.

O que isso quer dizer?

Nada!

Não é uma frase que faça sentido!

Em primeiro lugar, que “momento especial” é este, que estamos vivendo, se a fome e o desemprego estão voltando aos lares, e nem o Estado, nem a grande imprensa, acenam com políticas públicas para proteger o principal problema de segurança que aflige a sociedade: a segurança alimentar?

Que “momento especial” é este em que o judiciário assume um poder reacionário e violento, que promove instabilidade política e econômica?

Que “momento especial” é este em que estamos sendo governados por um grupo político não eleito, que nos impõe reformas econômicas violentíssimas, as quais não foram discutidas num processo eleitoral?

E que “diagnósticos coretos”, que “soluções corretas” são estas?

Barroso fala que a “fotografia do momento é devastadora”… Ora, o que isso significa? Até concordo, mas a frase não tem nenhuma coerência com a afirmação imediatamente anterior! Se o Brasil vive um momento de “refundação”, faz os diagnósticos corretos e encaminha as soluções corretas, por que a fotografia do momento seria devastadora?

Para quem se esforça em interpretar criativamente a Constituição, ao sabor dos interesses do “sentimento social”, a coerência se torna apenas um detalhe. Mais adiante, em seu discurso, Barroso tenta passar um pouco de óleo na superfície da consciência política do público e afirma:

O Brasil superou as metas de inclusão. O IDH dos últimos 30 anos foi o que mais cresceu na América Latina. Nós tivemos no Brasil um aumento de 11 anos na expectativa de vida, um aumento expressivo da escolarização e um aumento de 50% na renda das pessoas. Tirar milhões de pessoas da miséria é uma realização importante, e talvez, com exceção da China, nenhum país tenha conseguido uma realização tão expressiva”, atentou o jurista.

Sim, Barroso, mas essa “realização importante” foi obtida através de luta política, e contra a vontade e a violência das elites rentistas das quais você é hoje o principal representante.

O principal responsável por essa “realização importante” é hoje um preso político em Curitiba, mantido em isolamento absoluto por uma juíza que também deve acreditar em “refundação”.

A última presidenta eleita foi deposta por um golpe de Estado promovido por corruptos e reacionários. O aumento da escolarização e da renda ainda ainda precisa passar por uma grande revolução, caso queiramos simplesmente nos manter competitivos com outras nações emergentes.

Mais importante que tudo, Barroso: ainda temos milhões de brasileiros vivendo na miséria ou na pobreza. A luta não terminou. E, pelo jeito, para que as coisas continuem melhorando, teremos que lutar também contra o cinismo que você representa, um cinismo bem remunerado, um cinismo que dá palestras…


(foto: Jose Cruz/Agencia Brasil)

***

No Correio Braziliense

Vivemos um momento de refundação do País, diz Barroso

A declaração do magistrado foi dada durante a palestra “30 anos da Promulgação da Constitução Federal de 1988”, em Fortaleza, na Câmara Municipal

AE Agência Estado
postado em 23/04/2018 19:18

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou nesta segunda-feira, 23/4, que o Brasil vive “um momento de refundação do País”. A declaração do magistrado foi dada durante a palestra “30 anos da Promulgação da Constitução Federal de 1988”, em Fortaleza, na Câmara Municipal.

“Nós vivemos um momento especial no Brasil, um momento de refundação do País. Nós nos demos conta que temos ficado aquém do nosso destino e estamos conseguindo fazer os diagnósticos corretos, que são pressupostos das soluções corretas. A fotografia do momento é devastadora, mas o filme destes 30 anos da democracia no Brasil é um filme bom. Nós estamos empurrando a história para o caminho certo”, afirmou.

Barroso reforçou a necessidade do envolvimento da sociedade nas questões políticas do Brasil, lembrou as conquistas políticas para mulheres, índios, negros e comunidade LGBT e encerrou a palestra reafirmando o papel da liberdade de expressão no exercício da democracia. Segundo ele, o Brasil não deve levantar o combate a corrupção como única bandeira de luta.

“Nós paramos de varrer a sujeira para debaixo do tapete e estamos aos poucos enfrentando fantasmas que assombraram muitas gerações. Houve uma impressionante reação da sociedade civil, que deixou de aceitar o inaceitável, e isso vai modificar as instituições de uma maneira geral”, disse.

Barroso lembrou as conquistas garantidas pela sociedade ao longo das três últimas décadas e destacou três conquistas da Constituição de 88: estabilidade institucional, estabilidade monetária e inclusão social.

“O Brasil superou as metas de inclusão. O IDH dos últimos 30 anos foi o que mais cresceu na América Latina. Nós tivemos no Brasil um aumento de 11 anos na expectativa de vida, um aumento expressivo da escolarização e um aumento de 50% na renda das pessoas. Tirar milhões de pessoas da miséria é uma realização importante, e talvez, com exceção da China, nenhum país tenha conseguido uma realização tão expressiva”, atentou o jurista.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Bessa

25 de Abril de 2018 às 08h20

Impressionante, apesar da desconexa fala do ministro do STF, não consigo entender como o povo não notou ainda que o Sr Lula que realmente fez distribuição de renda só o fez para poder arrumar os percentuais para perpetuar seu partido no poder e para conseguir algum sítio, algum apartamento, algum instituto, algum puchadinho para um filho, algum puchadinho para outro filho, algum pedacinho de avião pra outro filho…tudo mordendo pelas beiradas. Não esquecendo que tudo para os amigos…até quando vamos viver idolatrando ladrões que acabam com a economia para se dar bem? Se o Lula Drão voltar de onde irá tirar dinheiro pra endireitar o país, já que ele gastou tudo que tinha de reserva???acabou até com os fundos de pensão…acabou com o BNDES….acabou com a Petrobrás…

Responder

    Miguel do Rosário

    25 de Abril de 2018 às 08h32

    Como alguém pode ser tão ignorante? Lula aumentou a Petrobrás em cinco vezes, descobriu o pré-sal, o BNDES em dez vezes, iniciou e completou grandes obras de infra-estrutura, ampliou os financiamentos a casa própria, a agricultura familiar e ao agronegócio, tirou 40 milhões da miséria, fez universidades e escolas técnicas e institutos federais, investiu em pesquisa científica, fez o Brasil crescer e se projetar no mundo. Ler Globo e Veja realmente deixa a pessoa doente!

    Responder

      Mauro

      25 de Abril de 2018 às 10h37

      Miguel,

      Só que agora a gente tá vendo a que custo se conseguiu todas essas ditas “realizações” do Lula. Enquanto a economia mundial bombou incentivou-se o consumo interno (mas não a poupança). Assim que a China pisou no freio (foi essa a nossa crise, não a de 2008) a economia começou a fazer água, já no fim do governo Lula.

      O que ele fez, então? Elegeu um poste, uma mulher que não tinha NENHUMA experiência política, além do que o que tem de burra tem de arrogante. Ela dobrou a aposta, e anda se cercou de incompetentes (como acontece quando se é arrogante: afastam-se os bons, ficam os puxa-sacos), enveredando por uma política econômica amalucada que nos legou a maior recessão da História com inflação nos cornos da Lua!

      E nem adianta vcs dizerem que isso era “culpa do Aécio”. Lula, sua “costela” Dilma e seu desastroso desgoverno são responsáveis pela crise da qual estamos até saindo, com muita dificuldade.

      Aliás, governados por alguém que vcs escolheram…

      Luiz Bessa

      25 de Abril de 2018 às 11h02

      E tem mais, lula não descobriu o pré sal, quem descobriu foram os profissionais que trabalham na Petrobras, lula não move uma palha desde que cortou aquele dedo de propósito, lula se apodenrou do pré sal e mandou maquiar os dados e meteu os pés pelas mãos inventando tanta obra que deveria ter sido feita aos poucos e s super faturamento fraudulento, o q inviabilizou tudo o que de bom estava evoluindo aos poucos na Petrobras..otario

      Miguel do Rosário

      25 de Abril de 2018 às 11h05

      Deixa de ser injusto. A Petrobras descobriu o pré-sal porque houve determinação, de Lula, para ampliar investimentos. O que é contrário do que fazia FHC e faz Temer hoje. E não inventou nenhuma obra. E não maquiou dado, tampouco houve superfaturamento. Nada foi inviabilizado. Ao contrário, sob a gestão petista a Petrobrás tornou-se uma das maiores petroleiras do planeta. Hoje está sendo vendida na bacia das almas pelos ladrões do Temer.

      Luiz Bessa

      25 de Abril de 2018 às 11h09

      Tem mais, não leio nem o globo nem a veja…kkkkkkj estou online diariamente.sei de tudo não sou estas bestas que vcs conseguem doutrinar…me iludi com o Lula até 2004, votei nele em 2002 acompanhei ele na anistia, nas diretas já, e até 2003 achava q ele seria a salvação do Brasil…
      Quanto engodo…quando veio o mensalão acabou…não tenho corrupto de estimação, nem lula nem Aécio nem temer, que foi lula mesmo que infiltrou e nos empurrou guela a baixo

    Luiz Carlos de Carvalho.

    25 de Abril de 2018 às 14h34

    É lamentável sua total desinformação sobre a recente história politico-econômica do Brasil. Seria de bom alvitre pesquisar os dados oficiais sobre as reservas internacionais brasileiras poupadas nos governos Lula e Dilma. Seria bom saber que o Brasil de devedor do FIM, passou a credor. Seria bom ler as publicações da AEPET sobre o que representa para o Brasil, O pré-sal , que está sendo doado a grupos multinacionais, comprometendo o futuro dos brasileiros. Enfim, seria bom conhecer a verdade dos fatos, não as versões fantasiosas dos entreguistas de plantão. É sempre bom ler,

    Responder

Rita Andreata

24 de Abril de 2018 às 16h08

Estamos vivendo momento de re-afundação dopaís. De um país que não conseguemais do que uns poucos anos de progresso social antes de pegar uma nova ponte para o atraso e a ditadura, com o Supremo e tudo

Responder

Paulo Nogueira

24 de Abril de 2018 às 13h11

Magistrado que gosta mais de holofotes do que cumprir e fazer cumprir a lei não é o que necessita uma sociedade democrática de verdade.

Responder

Paulo Guedes

24 de Abril de 2018 às 13h06

Todas as conquistas apontadas foram obtidas nos governos desse partidozinho “corrupto e manipulador” que ele, Barroso, quer por que quer apagar da história. Ou seja, é um sem noção sem compromisso com a realidade e necessidades do povo brasileiro.

Responder

Gustavo Horta

24 de Abril de 2018 às 13h04

#LULALIVRE

… ..
COMO É LINDA A JUSTIÇA À BRASILEIRA!! QUALQUER FILHO DA PUTA SE SENTE TUDO PODENDO. E, O PIOR DE TUDO, É QUE TEM PODIDO MESMO FUDER COM QUALQUER UM NESTA SURUBA BRAZZZIIILLL. É O BORDEL PAULISTANO BAHAMAS DO CAFETÃO CÃO IMPUNE.

QUE MERDA, TAQUIOPARIU!…

FOI ASSIM, TEM SIDO ASSIM. CONTINUARÁ ASSIM?
> https://gustavohorta.wordpress.com/2018/04/24/foi-assim-tem-sido-assim-continuara-assim/

… …O SILÊNCIO BARULHENTO DE UM TIRADENTES SILENTE. APENAS UM BARBUDO. SILENTE.

SILENTE MESMO NO 22 DE ABRIL QUE SE DESCOBRE O PAÍS QUE NAÇÃO NAO MAIS TEM.

PAÍS SEM NAÇÃO. NAÇÃO SEM NOÇÃO. EMOÇÃO DEMAIS A LEMBRAR. SÓ A LEMBRAR.

SILENTE. SOMENTE. SÓ MENTE. SÓ MENTEM. MENTEM DESCARADAMENTE. MENTEM E MANTÊM. MENTEM PRA CARAI. … …

Responder

Deixe uma resposta