Haddad e Dilma em Belo Horizonte

O estrondoso silêncio da mídia sobre a decisão da ONU

Por Miguel do Rosário

18 de agosto de 2018 : 10h15

Neste sábado 18 de agosto, os três principais jornalões nacionais não fazem sequer menção, em suas respectivas capas, à decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, de exigir que a justiça brasileira restitua todos os direitos políticos do ex-presidente Lula, permitindo que ele possa dar entrevistas normalmente e participe das eleições.

Globo e Estadão, além de não mencionarem a notícia na capa, não dedicaram sequer uma matéria nas páginas internas. Folha também não mencionou nada na capa, mas publicou uma matéria de meia página, além de ser o assunto principal na coluna Painel.

Entretanto, registre-se a malandragem da Folha, de publicar a nota da ONU em favor de Lula na mesma página em que matéria de maior destaque traz o seguinte título: “Da prisão, Cunha defende Lula candidato”. Evidentemente, é uma estratégia para ridicularizar a candidatura Lula e reduzir o impacto jornalístico da matéria ao lado direito da página.

Importante observar que não encontrei essa matéria na home-page da Folha.

Segundo quatro ministros entrevistados pelo Painel, o STF deverá ficar indiferente à decisão da ONU.

Supremo tende a ignorar documento de comissão da ONU favorável a Lula

As togas deram de ombros A tendência do Supremo, segundo quatro ministros consultados pelo Painel, é ignorar o documento de colegiado da ONU que prega a manutenção da candidatura de Lula. Os juízes dizem que não há efeito vinculante e que a força da declaração do Comitê de Direitos Humanos junto ao Judiciário é a mesma de uma “ata de reunião de condomínio”. O PT, porém, vai tentar faturar politicamente. Dirigentes da sigla querem usar a peça na estreia do partido no horário eleitoral gratuito.

Só ele? Um integrante do STF diz que não há sentindo em dar vazão a questionamentos sobre a cassação de direitos políticos prevista na Lei da Ficha Limpa –e em vigor há quase oito anos. Ele lembra que muitos políticos já foram impedidos de disputar com base no dispositivo sem que houvesse alarido.

Como luva O PT sabe que a chance de uma mudança de rumo no Judiciário é quase nula, mas quer usar o texto da ONU para criar constrangimento. Ao comentar o fato com um interlocutor, Fernando Haddad, hoje vice de Lula, resumiu: “Se não o registrarem agora, para o mundo o Lula será um preso político”.

É também estranho que nenhum dos tão falantes ministros do Supremo tenha sido encontrado para dar uma opinião sobre o caso. Digo: dar a opinião abertamente, não em off.

Globo e Estadão, por sua vez, resolveram ser espertinhos. Ambos mencionam timidamente a decisão da ONU ao final de matérias que falam do papel de Luis Roberto Barroso na análise do registro do ex-presidente Lula.

A edição impressa do Estadão deu dois parágrafos ao caso.

O Globo foi ainda mais sintético. Deu apenas um parágrafo.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

65 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EDILZA TEOFILO

21 de agosto de 2018 às 14h40

A própria policia federal já reconheceu que o Lula não é, e nunca foi o dono do abençoado triplex. Não querem que diga que foi golpe, e muito menos que o Lula é preso politico. Mas ai eu pergunto? Quem vai devolver o tempo perdido e a dignidade do preso, sem provas? Porque as provas apresentadas, o judiciário devia ter vergonha, o MST espalhou as fotos do AP para o mundo todo, e cade as reformas? provas baseadas em delações….o povo não é besta, e a credibilidade do judiciário esta descendo ladeira a abaixo, agora vão ignorar uma decisão da ONU? Estamos na ditadura?

Responder

Serg1o Se7e

20 de agosto de 2018 às 13h33

Miguel, se opinião da ONU agora é defendida como LEI NACIONAL (só porque é favorável ao presidiário Luis Inacio, julgado e condenado em duas instâncias por 14 juízes), você não acha que deveríamos jogar nossos códigos civil e penal no lixo, assim como a Constituição e todo o sistema judiciário? Substituiríamos tudo pelas opiniões da ONU…. o que você acha?

Responder

    jochann daniel

    20 de agosto de 2018 às 15h00

    “Sergio Sete”
    troller manjado,
    habitué
    do Cafezinho

    Responder

    saulo

    22 de agosto de 2018 às 14h27

    Como dizia machado: com o supremo com tudo huahuahuahua, a decisao pode vir de mil juizes mas se forem mil juizes parciais fechados com um golpe entao nao existe justiça.

    Responder

Stalingrado Lula da Silva

19 de agosto de 2018 às 18h19

É sempre bom lembrar que Ciro Jeirissati disse há uma semana atrás na revista CartaCapital que a candidatura de Lula Magno é um estelionato eleitoral.
E agora, Professor de Direito, Ciro Jeirissati, estará a ONU mancumunada com nine?
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder

Responder

Ricardo

19 de agosto de 2018 às 16h01

ONU manda liberar LuLa é fake. Ja foi desmascarado no Brasil e no mundo. Documento imprestável. Setve como papel higiênico para ajudar os irmāos venezuelanos

Responder

    jochann daniel

    20 de agosto de 2018 às 15h03

    Olhai o “Ricardo”
    Troller manjardo……..

    Responder

Reginaldo Gomes

19 de agosto de 2018 às 12h59

A mídia sentiu a força do coice!!!!!
É um coice di lula!!!!! O coice mais forte qui existe no agreste!!!!
Força é tanta que calou a mídia tagarela , fofoquera, golpista, linguaruda.
Esse é o tratu que tem qui dá na mídia!!! É nu coice!!!!
COICE DI LULA.

Responder

Jochann Daniel

19 de agosto de 2018 às 12h10

Conforme eu previ
em comentário do dia 18,
ontem,
os trollers
(ou O troller…..)
continua(m) postando full time
em profusão,
sob novas alcunhas. >>>>>> “Ricardo” >> “Henrique” >>>> “KKK” >>> “Lucas”
Mesmas técnicas de escrita,
procedimentos
e comportamento.
Técnicas aprendidas
no Instituto Millenium,
no Fórum Liberdade,
no Movimento Brasil Livre (MBL),
e outras instituições
mantidas em dólares
por nossos inimigos.
Técnicas de escrever
para
achincalhar,
ironizar,
confundir,
desmerecer,
esvaziar a importância
da matéria em pauta. No caso, a importantíssima decisão da ONU.
E os mesmos objetivos
para denegrir a imagem,
ridicularizar
e satanizar
Lula,
o PT,
o petismo.
Volto a repetir
que se Miguel do Rosário
não brecá-los,
não os impedir de postar
no Cafezinho
eles vão transformar este blog
em eficiente ferramenta
anti LUla,
anti PT
e anti petismo.
Porque postam
aos borbotões
e são/é
indubitavelmente
inteligente(s).
Têm o “aval”
da Grande Mídia,
e as técnicas aprendidas
naquela instituições
citadas,
são,
evidentemente,
técnicas
de altíssimo nível.
Tudo está nas mãos de MR.
Outros blog de esquerda
já bloqueiam
esses trollers.
Sabem
o poderio deles

Responder

    jochann daniel

    20 de agosto de 2018 às 15h08

    Uma das técnicas
    de procedimento
    aprendidas
    no (ou nos)
    Instituto
    mantido em dólares
    pelos nossos inimigos:
    Você cospe
    (merecidamente)
    na cara deles,
    eles ignoram
    a ofensa
    e ainda te sananeiam….

    Responder

Messias Franca de Macedo

19 de agosto de 2018 às 09h25

ATENÇÃO PARCELA DO BEM DA POPULAÇÃO BRASILEIRA!
LULA LIVRE MAIS DO QUE NUNCA!
E quem agora “sempre afirmou esta verdade” é, pasme, a procuradora Raquel Dodge

[Deus é bom! E pelos justos!]

Em discurso na 120ª Sessão Ordinária da Corte Interamericana de Direitos Humanos, realizada na Costa Rica, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, destacou que o Brasil deve cumprir, em suas relações internacionais, o princípio da prevalência dos direitos humanos, conforme prevê a Constituição. E deve, inclusive, apoiar a criação de um Tribunal Internacional de Direitos Humanos. Para a procuradora-geral, a celebração de tratados e o reconhecimento da jurisdição de tribunais internacionais, pelo Brasil, impõem ao país o desafio de buscar sempre uma sociedade livre, justa e solidária e o combate efetivo à pobreza e à desigualdade.
A PGR lembrou que o Ministério Público brasileiro atua em conjunto com os demais órgãos do sistema internacional de direitos humanos e com órgãos nacionais para a construção de uma sociedade inclusiva. Para Dodge, o desafio deste século é reconhecer a centralidade do tema e sua proteção na agenda dos estados. “A consolidação desses valores comuns é um processo em curso que se reforça continuamente na atividade dos vários órgãos internacionais, como a Corte Interamericana de Direitos Humanos. Esse repertório de hermenêutica de direitos humanos tem revolucionado ordenamentos jurídicos, impondo modificações em condutas administrativas, legislações nacionais e mesmo interpretações judiciais internas”.
(…)
A Corte IDH é composta por sete juízes e é presidida atualmente pelo juiz brasileiro Roberto de Figueiredo Caldas, além de juízes da Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador e México. Trata-se de um tribunal típico, que julga casos contenciosos entre cidadãos e países, além de supervisionar a aplicação de suas sentenças e ditar medidas cautelares.
O Brasil ratificou a Convenção Americana sobre Direitos Humanos em 25 de setembro de 1992 e reconhece a jurisdição obrigatória da Corte Interamericana de Direitos Humanos desde 10 de dezembro de 1998.

Sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos serão traduzidas para a Língua Portuguesa
27/11/2017

FONTE OFICIAL: Procuradoria-Geral da República
http://www.mpf.mp.br/pgr/noticias-pgr/sentencas-da-corte-interamericana-de-direitos-humanos-serao-traduzidas-para-a-lingua-portuguesa

Responder

Rosa Lula da Silva

19 de agosto de 2018 às 03h44

As coisas não andam nada fáceis pros golpistas.

Responder

sergio ferreira

18 de agosto de 2018 às 21h53

Notamos que os ciristas se calaram momentaneamente, o que é até louvável. Reconhecem que há uma situação nova e tiram um tempo para pensar, refletir sobre a decisão do conselho de direitos humanos da ONU.
Aguardo a volta deles.
Em compensação os coxinhas vieram em peso.
Invadiram a área de comentários.
Que coisa!
Que saco!

Responder

    j

    18 de agosto de 2018 às 23h03

    Caro Sérgio Ferreira,
    Não são coxinhas
    (evite esta palavra).
    São trollers,
    a serviço
    de nossos inimigos.
    pagos em dólares……….

    Responder

Campebel

18 de agosto de 2018 às 21h26

Globo defende “homicídio sumário” do Lula, por Jeferson Miola

SAB, 18/08/2018 – 17:00
ATUALIZADO EM 18/08/2018 – 17:04

Por Jeferson Miola

Em reação à decisão liminar da ONU que determina que Lula tenha preservado seu direito de ser candidato presidencial, a Globo defende em editorial o “homicídio sumário” do líder de todas as pesquisas, que seria eleito no primeiro turno da eleição.

O editorial d´O Globo deste sábado 18.8 [Eleição depende de desfecho rápido no caso Lula], que transmite o senso comum de toda a mídia golpista ante decisão da ONU, evidencia o pânico que abateu a ditadura jurídico-midiática com a consolidação da consciência mundial de que Lula é um preso político que tem seus direitos civis arbitrariamente cassados porque representa a possibilidade de interromper o estado de exceção para dar início à restauração democrática do Brasil e à reconstrução econômica e social do país.

A Globo explicita, no editorial, a estratégia da pgr, do trf4 e de segmentos do tse e do stf, que atropelam a Lei e a Constituição com ritos sumários para perpetrar novas violências jurídicas contra Lula.

Aos bastardos da democracia brasileira não importa transformar o Brasil num estado-pária, numa vergonha mundial, mesmo que ao custo do aprofundamento do arbítrio e do totalitarismo jurídico-midiático.

https://jornalggn.com.br/noticia/globo-defende-%E2%80%9Chomicidio-sumario%E2%80%9D-do-lula-por-jeferson-miola

Responder

Ricardo

18 de agosto de 2018 às 21h04

Lula não é um preso politico. Não passa de um politico corrupto preso após julgamento de mais 14 juízes o condenarem em um processo com ampla defesa.

Responder

    John Doe

    18 de agosto de 2018 às 23h40

    Não havia armas de destruição no Iraque.
    Mesmo assim, os interesses imperialistas com auxílio da mídia vassala controlada pela cia pregaram a mentira no mundo initeiro.
    Deixa de ser imbecil.

    Responder

    Sidnei de Oliveira

    19 de agosto de 2018 às 17h39

    Te,faltam as penas para seres um quadrúpede!!!;
    14 safados ,comprovadamente desmascarados pela ONU!

    Responder

HILARIO MUYLAERT DA SILVA LIMA

18 de agosto de 2018 às 20h41

Atenção !!!
Não é uma recomendação do Comitè Internacional dos Direitos Humanos.
É uma decisão de medida cautelar.
Veja o decreto legislativo 311, de 2009 !!!
Não é recomendação !!!
È UMA LIMINAR !!!!

Responder

Xavier L. O

18 de agosto de 2018 às 20h22

Neste extrato do ‘Big Bad Vlad! O episódio da demonização da Rússia, Renegade Inc, John Wight discute o imperialismo ocidental e como as ideologias do neoliberalismo e da dominação foram inculcadas aos líderes ocidentais nas instituições de elite da educação.

https://www.youtube.com/watch?v=zHGJFo-0uYE

Responder

Henrique

18 de agosto de 2018 às 18h41

Por que a grande imprensa deve dar importância ao que não é importante ??

Responder

    Francisco

    18 de agosto de 2018 às 20h13

    Talvez a ‘pequena’ imprensa internacional que repercutiu a ‘nada importante’ notícia, The New York Times, EFE, RTI, BBC News, Le Figaro, Le Monde, El País, The Guardian, etc., tenham resposta à tão ‘inteligente’ pergunta, né?

    Responder

    Roberto Damasceno Zazul

    19 de agosto de 2018 às 22h02

    Por que devemos dar importância ao que você acha?

    Responder

kkkk

18 de agosto de 2018 às 16h19

vamos todos para o buraco negro da ignorância, com o demônio Lula empurrando a massa de carne moida aque fomos reduzido.

Responder

Lucas

18 de agosto de 2018 às 15h06

Algumas perguntas:

1- Durante que governo brasileiro a “lei ficha limpa“ foi discutida?
2- A câmara dos deputados votou e aprovou a lei ficha limpa ?
3- O Senado também não aprovou esse projeto de lei?
4- Que Presidente sancionou essa Lei?

A lei foi discutida, sancionada no Governo Lula… em um momento em que ele ainda possuía apoio da maioria da câmara dos deputados, e da maioria do senado e mais de 80% de apoio popular.

Agora…que ele foi julgado , punido quer se tornar imune a Lei que ele mesmo sancionou?

o Comitê de Direitos Humanos da ONU
Errou claramente ao recomendar que o Governo ignore uma lei , para proteger aquele que sancionou a lei.

Se eles quisessem realmente fazer o Certo:
1-analisariam as leis, quem as criou, em que condições.
2-analisariam o processo, as provas, os argumentos da defesa (q ate onde sei, só sabem dizer que não há provas) para dar um parecer favorável ou não a lula.

Mas questionar uma Lei… sancionada pelo réu … para tornar o réu imune a lei

me parece coisa
1- de Ditaduras
2- de Governos corruptos
3- de Pessoas totalmente insanas.

Responder

    Hudson

    19 de agosto de 2018 às 12h29

    Não há provas − nem sequer crime! …”atos indeterminados”?

    A lei da ficha suja não está em questão.

    O que está em questão é a perseguição contra Lula. Desta, sim, há numerosos indícios, evidências e provas.

    Se Lula fosse culpado, para que Moro cometeria crimes em série contra ele? Não bastaria aplicar a lei? Foi Moro quem me convenceu de que Lula é inocente.

    Responder

francisco

18 de agosto de 2018 às 14h51

Miguel em seu comentario consegue ser pior que os jornais do pig citados. Lamentavel…

Responder

aroldo de souza ferraz de carvalho

18 de agosto de 2018 às 14h10

Nós brasileiros esperamos que o Brasil através dos ministros do STF, STJ, juízes saiam da incapacidade, e aceitem o documento da ONU, para Lula desfrutar o seu direito de ser candidato a presidência, de acordo com a constituição federal, ele tem direito de está presente nos debates, e em todos meios de comunicação, de poder assumir a frente de sua campanha para expor suas idéias ao povo brasileiro, este é um direito que deve ser dado a qualquer cidadão, no exercício de seus direitos, até que se esgote todos apelos judiciais de que tem direito, o judiciário não pode dar o golpe mais uma vez nos direitos que o presidente Lula tem enquanto durar a campanha para presidente. Respeitem este documento da ONU, se não com certeza haverá retaliação do EUA. A ONU é a organização mais respeitada do planeta, e estes ministros doídos do judiciário doente que juntaram-se a partidos políticos, para juntos darem o golpe, para que juntos possam exercer a corrupção compartilhada e defendido pelos ministros mais corruptos de toda história da justiça brasileira, os ministros do STF e STJ e juízes, já pensaram em retroceder deste processo mentiroso contra Lula mais eles não conseguem, pois se voltarem atrás o PMDB e PMDB hoje MDB, abrirão a boca e entregarão todos os ministros que receberam dinheiro para processar LULA da forma mentirosa fraudando desta forma a constituição brasileira. Muitos países onde havia delação premiada, hoje não existe mais, pois delatores, para se livrarem transformam-se em verdadeiros atores para se verem livre da prisão, LULA foi a única pessoa condenado por delação sem prova alguma, uma delação com cara de armação, é notável o rito de perseguição pelo judiciário para que LULA não seja candidato, pois com Lula fora das eleições, tanto políticos quanto os ministros do STF, e STJ continuarão se beneficiando com dinheiro sujo para engordarem suas contas, e continuarem massacrando o povo com falta de emprego e morrendo de fome, peço aos senhores deputados e senadores que façam um projeto implantando a comissão especial da SOBRE CÔRTE, esta comissão por ser especial seria formada pelos maiores doutores em direito nas áreas de direito político, direito processual, direito civil, direito constitucional, esta comissão teria autoridade de julgar ministros, juízes, procuradores e etc.só assim deixaríamos de passar por situações iguais a que passa hoje o presidente Lula, pois na atualidade os ministros do STF e STJ usam constantemente de abuso de poder contra o presidente Lula, eles se sentem os dons juans do judiciário e cometem injustiças sequencialmente, então com esta comissão ante abuso, eles poderiam serem condenados e presos, pois hoje não existe nenhum órgão público no Brasil que tenha poder para prender ministros iguais a estes que temos no judiciário. só quero relembrar mais uma vez das quase 100 vezes que já falei, este ministros e juízes que inventaram esta palhaçada jurídica contra LULA, todos eles sem exceção serão julgado pelo povo, eles ficarão na memória da história como os juristas mais covardes e perseguidores do maior líder brasileiro, pensem e deixem desaerem inconvenientes com os senhores mesmo. A lava jato foi criada com apenas com o intuito de prender Lula, não adianta mais esta mentirada de vocês contra LULA, todo planeta já perceberam a grande falta de vergonha do judiciário podre de Brasília.

Responder

Alexandre Coelho

18 de agosto de 2018 às 13h46

A ONU vai enviar um batalhão de capacetes azuis ao Brasil para fazer cumprir suas determinações.

Responder

Nostradamus

18 de agosto de 2018 às 13h43

Ata de condomínio este do qual o Brasil faz parte e tem a prioridade do discurso de abertura da assembleia anual… ou é palhaçada ? Até agora não era… Condômino esse o Brasil que não está cumprindo as regras ou regimentos… sujeito senão a multas financeiras mas morais. O Brasil já está ficando mais sujo do que pau de galinheiro! Mas isso vai acabar! Não vai ser fácil mas isso vai acabar!

Responder

Pedro Ribeiro

18 de agosto de 2018 às 13h12

Interessante observar que a direita reaça no mundo todo, sempre é nacionalista. Aqui no Brasil é o contrário, os reaça de direita se legitimam por serem totalmente burros e entreguistas.
Traduzindo para esses idiotas: entreguismo é o mesmo que você quebrar o único prato em que come.
Achava eu, que com o maior acesso à informação através da internet, as pessoas estariam menos propensas a serem manipuladas através da grande mídia. Aqui no Brasil ocorreu exatamente o contrário, a grande mídia tornou-se produtora de “Fake News” e o povo aceitou ser lobotomizado pela Globo e suas filiais: Band, Record, SBT e outras menores ainda.
Triste país o nosso, em que o sub do sub do sub vem aqui e diz o que um país com soberania tem o que fazer.

Responder

    Elinoca

    18 de agosto de 2018 às 22h35

    concordo!!

    Responder

Reginaldo Gomes

18 de agosto de 2018 às 13h12

Interessante, agora será assistir o barroso mostrar quem ele realmente é.
Ele mesmo , com suas próprias mãos vai ter tirar sua própria máscara da sua própria cara e mostrar para o mundo inteiro sua verdadeira imagem !!!
Justo eu!!!! O juiz mais perfeito do mundo!!!!! O homem mais bondoso do Brasil!!! O mais inteligente!!!!
Percebe porque a humildade é a rainha das virtudes. Dá pra imaginar a energia atômica que esse juiz está fazendo pra rejeitar a humildade???????
Só a misericórdia de Deus poderá salvar ele e a nós todos.

Responder

João Ferreira Bastos

18 de agosto de 2018 às 13h02

A jurisprudência pacífica do STF, consolidada na Súmula 619, era a favor da prisão do depositário infiel.

O Brasil subcsreveu tratados internacionais de direitos humanos que previam a inexistência de prisão por dívida (excetuado o débito alimentar).

O STF entendeu que era tão óbvio acatar a norma internacional que editou uma Súmula Vinculante (25) à unanimidade de seu plenário (composto então por Celso de Mello, Marco Aurélio, Lewandowski, Carmén Lúcia, Toffoli, além de Ellen Gracie, Peluzo, Carlos Britto, e Eros Grau).

Então, não há alternativa ao STF se não acatar mais uma vez a decisão internacional.

Súmula Vinculante 25

É ilícita a prisão civil de depositário infiel, qualquer que seja a modalidade
do depósito.

Data de Aprovação
Sessão Plenária de 16/12/2009

Fonte de Publicação
DJe nº 238 de 23/12/2009, p. 1.
DOU de 23/12/2009, p. 1.

Referência Legislativa
Constituição Federal de 1988, art. 5º, LXVII e § 2º.
Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de S. José da Costa Rica), art. 7º, § 7º.
Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, art. 11.

Responder

Jochann Daniel

18 de agosto de 2018 às 13h01

Uma estrondosa
e poderosíssima
evidência
de que Lula
é inocente.
Imediatamente
entra em campo
a quadrilha de inimigos do Brasil
e dos brasileiros.
Para denegrir,
achincalhar,
ridicularizar,
tirar a poderosa força
desta evidência.
Quadrilha
de traidores da pátria.
Quadrilha formada
(entre outros)
pela Grande Mídia
e pelos trollers
comentando no Cafezinho.
Identifique os trollers
nos comentários:>>>>>>> (Por enquanto. Observar que os trollers postam intensamente, a todo momento, aos borbotões ) >>>>>>>>>>>>
>>>> “Xxx”
>>>> “David Marques”
>>>> “Justiceiro”
>>>> “gN”
>>>> ” Degas”
>>>> “João Ferreira Bastos”
Os trollers
postando intensamente
vencerão.
Conseguirão esvaziar
o valor
da decisão da ONU.
A menos
que Miguel do Rosário
os impeça
de usar o Cafezinho
para colaborar
com nossos inimigos.
Achincalhar Lula,
o petismo,
a esquerda,
etc……………….
Trollers
não têm vez
em outros blogs
da esquerda.
Estes sabem
a força
que os trollers têm. ………………………..

Responder

Lucy

18 de agosto de 2018 às 12h35

O ALVO PRINCIPAL DO GOLPE DE 2016 FOI O PRE-SAL BRASILEIRO RESERVA ULTRA GIGANTE DESCOBERTA EM 2006 PELA EX ESTATAL PETROBRAS (FHC ENTREGOU NO DIA 10/08/1999 SEIS BILHÕES DE AÇÕES PREFERENCIAIS DA PETROBRAS LOTE BILIONÁRIO ENTREGUE PARA GEORGE SOROS E OUTROS 262 AMERICANOS EM ADRs AMERICAN DEPOSITARY RECEIPTS, DOADO NA BACIA DAS ALMAS NA BOLSA DE NEW YORK E DESDE 2000 A UNIÃO REMETE PARA O NYSE MAIS DE 60% DOS LUCROS DA EX ESTATAL PETROBRAS).
O PRE-SAL BRASILEIRO TEM RESERVAS DE 80 BILHÕES DE BARRIS AVALIADAS EM 20 TRILHÕES DE DÓLARES = 80 TRILHÕES DE REAIS SEGUNDO ROCKEFELLER (ESSO ATUAL EXXON MOBIL E ROTSCHILD DA CORRUPTORA E CORRUPTA SHELL, QUE FINANCIARAM O GOLPE JUDICIÁRIO NO BRASIL ( A SHELL TEM COMO ADVOGADA NO BRASIL DESDE O ESCÂNDALO BANESTADO O PROPINODUTO DAS PRIVATARIAS TUCANAS, A SINISTRA SRA ROSANGELA QUADROS MORO E DIRETORES DA SHELL JANTARAM COM A SINISTRA SRA CARMEM LÚCIA A TRAIDORA DO BRASIL PEÇA PRINCIPAL NO GOLPE DE SERGIO MORO O AGENTE DA CIA TREINADO EM 2009 PARA GOLPEAR O BRASIL) VALE 20 TRILHÕES DE DÓLARES (80 TRILHÕES DE REAIS)!!!
LULA CRIOU EM 2006 LOGO, APÓS A DESCOBERTA DO PRE-SAL, UMA LEI COPIADA DE PAÍSES NÓRDICOS “A LEI DA PARTILHA” QUE OBRIGOU DESDE 2007 AS OPERADORAS PAGAREM 30% DOS LUCROS DO PETRÓLEO EM EDUCAÇÃO, SEGURANÇA E SAÚDE NOS ESTADOS PRODUTORES DE PETRÓLEO (RIO DE JANEIRO, RIO GRANDE DO NORTE, RIO GRANDE DO SUL E ESPÍRITO SANTO. OS GOLPISTAS DO GOLPE JUDICIÁRIO E PARLAMENTAR DE 2016 ALÉM DE ENTREGAR AS RESERVAS GIGANTES DO PRE-SAL POR UM CENTAVO O BARRIL (PEC-131 DO CORRUPTÍSSIMO SR JOSÉ CHIRICO SERRA O BANDIDO BLINDADO PELO AGENTE CORRUPTO DA CIA SR SERGIO MORO NO ESCÂNDALO BANESTADO NAS PRIVATARIAS TUCANAS E NA LAVA JATO), ESSES CANALHAS LESA PÁTRIAS AINDA, PASMEM, REVOGARAM A “LEI DA PARTILHA” CRIADA POR LULA, OS CORRUPTOS DO QUADRILHÃO DO GOLPE ALIADOS DE EDUARDO CUNHA, FHC E OS 300 POLÍTICOS MEGA DELATADOS E MEGA BLINDADOS NO BANESTADO E NA LAVA JATO, CORRUPTOS DO QUADRILHÃO DE TEMER, ESSES CANALHAS CRIARAM A MP-795 ANULANDO A LEI DA PARTILHA ARRUINARAM COM AS FINANÇAS DOS ESTADOS PRODUTORES DE PETRÓLEO, ISENTANDO AS CORRUPTAS E CORRUPTORAS PETROLÍFERAS ANGLO AMERICANAS QUE FINANCIARAM 57 GOLPES MILITARES E INÚMEROS GOLPES JUDICIÁRIOS E MUITAS GUERRAS CIVIS NO MUNDO AFORA, OS ILUMINATTIS DESTRUINDO NAÇÕES PARA OBTER A POSSE DE RESERVAS GIGANTES DE PETRÓLEO E MINÉRIOS NOBRES.

https://www.youtube.com/watch?v=TK_DokcFwsw

Responder

Xxx

18 de agosto de 2018 às 12h10

é palpite de “especialistas da onu”, não tem poder juridico algum

Responder

david marques

18 de agosto de 2018 às 11h52

Bom pelo que entendi, essa decisão da ONU deveria ser cumprida imediatamente não é? Bom então neste caso outras decisões semelhantes da ONU também deveria ter sido cumprida imediatamente, tipo a ONU considera Leopoldo Lopez um preso político e também emitiu orientação que ele seja solto na Venezuela e possa concorrer com Maduro nas eleições, o que não foi cumprido. A ONU também considera a Assembléia Constituinte da Venezuela inconstitucioal, e mesmo assim a Venezuela não destituiu essa Assembleia. A ONU considerou ilegal a eleição de Maduro na Venezuela, mas mesmo assim Maduro assumiu ou vai assumir o comando da Venezuela. Bom partindo do principio de que o Brasil deveria soltar um condenado por roubar, e deixa-lo livre para fazer o que ele quiser, mesmo tendo roubado milhões, então Maduro deveria ser destituído da presidencia da Venezuela, libertar Leopoldo Lopes, desfazer a Assembléia Contituinte e convocar novas eleições na Venezuela ???????? E agora Petaiada, as decisões da ONU são ou não para ser cumpridas????????????

Ahhhhhh já sei, os petminons vão dizer que são decisões diferentes ???????????

Responder

Justiceiro

18 de agosto de 2018 às 11h26

A pergunta que não quer calar e talvez algum petista ou você mesmo, Miguel, possa me responder: o comitê da ONU tem poder para rasgar a lei da ficha limpa? Uma lei sancionada pelo próprio Lula?
Eu gostaria até que o doutor Zanin explicasse isso. Lula está enquadrado na lei da ficha limpa.

Responder

    Manoel

    18 de agosto de 2018 às 12h23

    Coxinhas por aqui. Bom, sejam bem vindos e aprendam alguma coisa de útil!!!

    Responder

      Jorge

      18 de agosto de 2018 às 12h40

      Chora mais militonto pelego, kkkkk…

      Responder

      Jochann Daniel

      18 de agosto de 2018 às 15h47

      Desculpe, caro Manuel,
      “Justiceiro” é troller,
      não é coxinha
      (por favor
      evite esta palavra.
      Coxinha
      é palavra de ódio
      para dividir brasileiros,
      provavelmente plantada
      por “Justiceiro”
      ou outro troller
      que trabalha
      no Instituto Millenium,
      Fórum da Liberdade,
      MBL
      ou qualquer outra entidade
      mantida
      por nossos inimigos
      em dólares…..)

      Responder

        Jochann Daniel

        18 de agosto de 2018 às 15h48

        “Jorge”
        aí em cima,
        >>>>>>>>>>>>>>>>> outro troller……………….

        Responder

    Hudson

    18 de agosto de 2018 às 12h43

    De novo essa bobagem de lei da ficha suja, para fugir do assunto?

    A questão é: a ONU reconhece que há evidências de que Lula é preso político e vítima de perseguição judicial.

    Em outras palavras: MPF, PF, 13ª Vara de Curitiba, TRF-4, (com supremo, com tudo) estão DESOBEDECENDO ÀS LEIS NACIONAIS E INTERNACIONAIS para prejudicar Lula e o Brasil.

    Responder

      degas

      18 de agosto de 2018 às 13h05

      Quem está fugindo é você. Os patetas (ou e$perto$) que redigiram o documento pedem para manter a elegibilidade do condenado até o trânsito em julgado do seu caso. Ocorre que a Lei da Ficha Limpa não exige isso para tornar alguém inelegível, mas apenas uma condenação em segunda instância. Bastava os caras terem lido essa lei para saber, o que não fizeram por incompetência ou má fé.

      É por isso que nenhum país dá importância a eles. Ou você conhece algum que alterou um julgamento depois das ordens deles? Se conhecer, cite-o por favor.

      Responder

        Hudson

        18 de agosto de 2018 às 16h20

        Fugindo do assunto de novo, hein?

        Não está em questão a lei da ficha suja (que é uma estupidez, a propósito).

        O que está em jogo são violações das leis nacionais e internacionais na perseguição contra Lula.

        Se Lula fosse culpado, por que Moro precisaria cometer crimes em série para acusar Lula? Moro demonstrou, por A+B, que Lula é inocente.

        Responder

      Degas

      18 de agosto de 2018 às 18h46

      Está difícil você entender, hem? Vou tentar desenhar. Considerando que o Molusco pode estar sendo prejudicado de modo irreversível em seu direito de ser votado, blá, blá, blá, os carinhas do tal comitê solicitam (request), em caráter liminar, que ele possa participar da eleição. Ocorre que existe uma Lei da Ficha Limpa que diz que condenados em segunda instância não podem concorrer.

      Então, para atender à solicitação dos bacanas, seria necessário descumprir uma lei nacional. Como se faria isso? O Congresso votaria às pressas a anulação da lei? O STF a cancelaria? Baseado em qual argumento? No achismo de um babaca que fez a solicitação? Não tem como.

      Para concluir, duvido que eles não saibam que existe essa lei no Brasil. Sabem, e usaram a malandragem da liminar justamente para alegar ignorância de algo que só vão analisar mais tarde. Estão agindo com evidente má fé.

      Responder

        Hudson

        19 de agosto de 2018 às 19h38

        Chora, globotomizado, chora…

        Lula não está sendo processado/julgado conforme nenhuma lei, nacional ou internacional. O que a ONU diz é que o Estado brasileiro aparentemente está perseguindo Lula. Quem está contra a lei é a ORCRIM de Curitiba, com Supremo, com tudo.

        Responder

    Jochann Daniel

    18 de agosto de 2018 às 15h40

    Caro troller
    “Justiceiro”
    Não vou comentar
    para você,
    porque você
    não
    está interessado
    na Verdade,
    mas,
    sim,
    em torpedeá-la.
    Ao tomar esta decisão
    (sem dúvida,
    corajosa
    e delicada)
    a ONU
    evidentemente
    analisou
    os autos do processo.
    E viu
    (ao contrário do Judiciário brasileiro,
    que atende a ordens
    vindas de outras esferas)
    que o réu
    não tem culpa
    em nenhum crime ……
    O que deixou-a segura
    para tomar a decisão
    de obrigar o Judiciário
    brasileiro
    a respeitar
    os direitos
    de Lula…………………..

    Responder

      Justiceiro

      18 de agosto de 2018 às 16h27

      Esse comitêzinho não viu nada. Tanto é que emitiu um papelucho sem consultar sequer a outra parte: o Brasil. Se o Brasil aceitar isso será a maior vergonha mundial, será a decretação do fim da soberania nacional.
      Os comunistas que redigiram esse papel não conhecem a lei da ficha limpa. Se fossem mais zelosos, pediriam informações ao Brasil antes de querer bancar os durões.
      Outra coisa. Esse comitê nem faz parte oficialmente da ONU.

      Responder

        Jochann Daniel

        19 de agosto de 2018 às 22h46

        Troller é isso aí………

        Responder

gN

18 de agosto de 2018 às 11h18

Desde quando o Judiciário brasileiro é subalterno a um órgão da ONU? depois reclamam de mente colonizada… O Trump acertou quando resolveu se retirar dessa Comissão

Responder

    Jochann Daniel

    18 de agosto de 2018 às 15h54

    Caro troller “gN”,
    O Judiciário brasileiro
    não é submetido à ONU.
    Nossos reais inimigos
    não tem esse nome…………..
    Nossos reais inimigos
    controlam tudo em dólares,
    inclusive
    soldados rasos
    que nem você,
    parte menor
    da Grande Quadrilha
    de brasileiros
    traidores da pátria…………………….
    Grande Mídia à frente…

    Responder

Justiceiro

18 de agosto de 2018 às 10h57

Ora, Miguel…é apenas um papelucho sem valor nenhum. Uma recomendação de um comitê quem nem oficialmente pertence à ONU. Por que o Brasil deveria abrir mão de sua soberania pra atender um grupinho que se diz independente?
Aliás, quem liga para as decisões da ONU?

Responder

ari

18 de agosto de 2018 às 10h52

Se o Lula ganhar o Novel da Paz, quais serão as manchetes?
1) Nobel sob Suspeita
2) Lula escolhido após decisão apertada
3) Você daria o Nobel da Paz a Lula, condenado por corrupção?

Responder

    Justiceiro

    18 de agosto de 2018 às 10h59

    HEHEHEHEHEHEHEHE

    Prêmio Nobel? Depois vem a nomeação de Lula para Secretário-Geral das Nações Unidas. quem sabe até se Lula não seja nomeado Papa mesmo não sendo padre?

    Responder

degas

18 de agosto de 2018 às 10h32

Mas isso não tem mesmo nenhuma importância. Esse comitê, anexado à ONU, é formado por “especialistas” independentes, em geral esquerdistas que obviamente tentaram ajudar o Molusco por ideologia ou dinheiro (coisa que não lhe falta depois de anos de mensalões e petrolões). Sugestões claramente políticas e estúpidas como essa são ignoradas por todos. Recentemente, por exemplo, o tal comitê mandou a Espanha libertar os separatistas catalães presos e deixá-los participar da eleição. Perguntem o que aconteceu.

Responder

João Ferreira Bastos

18 de agosto de 2018 às 10h28

Ata de condomínio é documento legal e tem Fé publica

o que demonstra que os juízes do stf tem conhecimento jurídico ZERO.

Ou a matéria é mentirosa, o mais provável

Responder

    degas

    18 de agosto de 2018 às 12h58

    Mas a questão é que a ata de condomínio não obriga ninguém de fora dali a fazer nada. Do mesmo modo, a opinião (comprada ou não) de alguns patetas ligados lateralmente à ONU não precisa ser seguida por ninguém que não queira fazê-lo.

    Responder

      Hudson

      18 de agosto de 2018 às 16h17

      O Brasil tem compromisso assinado com a ONU.

      Não tem como esconder: Lula está sendo perseguido pela ORCRIM de Moro, que comete crimes sucessivos para evitar que ele volte a ser eleito.

      Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com