Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Festival Lula Livre na Lapa. Crédito: Ricardo Stuckert.

Datafolha: Lula avança 9 pontos e atinge 39%

Por Miguel do Rosário

22 de agosto de 2018 : 06h54

Lula não é mais apenas um candidato. Tornou-se uma força da Natureza. Os números do Datafolha divulgados hoje mostram que o ex-presidente avançou para 39%, nove pontos à frente de sua posição em junho, no mesmo instituto.

 

Apenas Bolsonaro, por representar o pólo exatamente oposto, resiste à tsunami Lula. Marina emagreceu 2 pontos em relação à junho. Alckmin ficou parado em 6. Ciro perdeu 1 ponto.

No cenário sem Lula, Bolsonaro avançou 2 pontos e hoje tem 22%. Marina Silva oscilou 1 para cima e tem 16%. Ciro ficou parado em 10%. Alckmin ganhou 2 pontos e foi para 9%.

 

Nas simulações de 2º turno, Lula também se fortaleceu.

Além de Lula, os candidatos que merecem destaque pelo avanço no 2º turno são Alckmin e Ciro Gomes.

Alckmin avançou em relação a Haddad, ampliando sua distância para 23 pontos: 43% X 20%.

Ciro Gomes, por sua vez, que empatava com Bolsonaro no 2º turno, em 35%, ganhou 3 pontos de vantagem sobre o capitão: 38% X 35%.

 

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

34 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Felipe Pansano

22 de agosto de 2018 às 16h53

O Brasil vai eleger Geraldo Alckmin Presidente

Responder

Alan Cepile

22 de agosto de 2018 às 15h40

Saiu a pesquisa completa do Datafolha, e o dado mais importante é que 48% dos petistas não votariam no candidato apoiado por Lula DE JEITO NENHUM.

Responder

zuleica jorgensen malta nascimento

22 de agosto de 2018 às 15h40

Se o Lula tivesse hoje, digamos, 19/20% das intenções de voto, ele, na visão dos ciristas, estaria liquidado. Como tem 39%, está igualmente liquidado.
Essas análises estão furadas, ou não?

Responder

    Alan Cepile

    22 de agosto de 2018 às 15h43

    Seu comentário deixa claro que o adversário do PT é Ciro Gomes.

    Responder

Pedro

22 de agosto de 2018 às 13h28

E vem as perguntas..
ir no jornal nacional pra quê?
Ir a debate com os pelegos pra quê?
A essas alturas do campeonato…Lula tem é que se recusar a participar de qualquer evento patrocinado pela mídia golpista….. só vai se for por condução coercitiva…kkkk

Responder

Robson Bonelli

22 de agosto de 2018 às 13h23

Lula não é força da natureza. É força do povo.
#lulalivre. E Haddad!

Responder

Jochann Daniel

22 de agosto de 2018 às 13h15

Ajude Lula a crescer
Veja o vídeo (imperdível)
>>>>>>>>>>>>>https://www.youtube.com/watch?v=I2TEtQgpgD0&t=2s

Responder

Francisco

22 de agosto de 2018 às 12h03

Como comentei antes aqui, Miguel, dia 22 chegariam novos sinais do tsunami político que irá varrer o golpeachmente, do Brasil.
Também recomendei que botasse a cabeça fora da janela para sentir as vibrações do estrondoso barulho da revolução silenciosa que arma-se no horizonte próximo, à prova, dessas personagens lúgubres e deletérias que atrasam o Brasil desde sempre, quer de toga, de gravata Hermés, de quepe ou de pijama, de galocha ou bico fino de pelica alemã, de Miami ou da ‘PQP’.
Se toca cara e aceite logo, que o prejuízo sairá mais barato, sem essa de “tudo bem, mas quero ver agora se transfere para o Haddad, pois o gráfico…”, pois o tsunami avançou e a questão não é o Fernando Haddad, mas o “Andrade do Lula”.
Captou os sinais?
‘Tu vens, tu vens…”

Responder

Alan Cepile

22 de agosto de 2018 às 10h32

Pesquisa muito preocupante para a esquerda…

Ciro não perdeu votos, mas pela primeira vez ficou estagnado, Haddad decepciona e não ganha a esperada transferência de votos de Lula.

Além disso, somando os votos da direita e da esquerda a diferença só aumenta em favor da direita, projetando um cenário sombrio para o segundo turno caso a esquerda esteja lá.

Miguel, gostaria da tua opinião sobre isso.

Responder

    Miguel do Rosário

    22 de agosto de 2018 às 11h11

    Espera sai o relatório completo, que deve ser só amanhã, e aí eu faço uma análise mais detalhada. abs!

    Responder

    Jandui Tupinambás

    22 de agosto de 2018 às 11h38

    Caprile,

    a capacidade de migração de votos só será medida quando acontecer o mais provável: inegibilidade de Lula. Isto ainda não ocorreu. Quando ocorrer, será um estrondo! Além disto, a pesquisa capciosa do Data Folha não esclarece ao entrevistado que Haddad é o substituto de Lula.
    Pode ficar tranquilo, Caprile. Lula vai transferir 102% dos votos para Haddad e venceremos no primeiro turno (se houver chapa do PT- pois ainda tempos chances de um golpe final).

    Responder

      Alan Cepile

      22 de agosto de 2018 às 12h43

      Jangada, vai transferir sim, fique calmo, serão 107% como foi o excelente cálculo de um lulista aqui no fórum, vai ser uma epopéia, uma hecatombe, um mar vermelho petista, vai ser lindo!

      =))

      Responder

Alexandre Neres

22 de agosto de 2018 às 10h30

Lula é um monstro, um animal político por excelência, e tem os seus defeitos como todo ser humano. Foi o vencedor absoluto da pré-campanha, enquanto alguns supostos aliados diziam que não deveria concorrer para não polarizar a eleição, talvez também antevendo a atual situação. Deveria ter aceitado ter sido injustiçado, espinafrado, calado, trancafiado, meter o rabinho entre as pernas e seguindo estes sábios conselhos se retirar do cenário político. Assim, ministros do supremo já haviam sinalizado que ele obteria a prisão domiciliar. Essa é a posição de muitos gênios políticos por aí, o resultado já podemos contabilizar.

Como bom jogador, Lula não tem pressa. E como gênio do povo, segundo Maria da Conceição Tavares a pessoa mais inteligente que já conheceu, antevê as jogadas com bastante antecedência. Alguns se desesperam e querem avançar sobre seu espólio, mesmo o criticando. Vai entender. Corretoras e consultorias dos bancos já entenderam o jogo, sabem pra onde o vento sopra. O mercado já se desespera. Enquanto isso por aqui alguns comentam sobre o baixo percentual do “Andrade”.

Responder

    ari

    22 de agosto de 2018 às 10h51

    Passado o momento da emoção, num futuro não tão distante, esse fenômeno deve ser estudado.

    Responder

Jonas

22 de agosto de 2018 às 10h09

Pra quem não quer tapar o sil com a peneira:
http://www.tijolaco.com.br/blog/os-cenarios-sem-lula-das-pesquisas-nao-existem-sao-fake-news/
Otima leitura.

Responder

CezarR

22 de agosto de 2018 às 09h26

Lula pode ser a força da natureza que for, mas os homens a contiveram, trata-se de um rio caudaloso, mas represado pelos carcereiros de Curitiba. Não vejo hoje como se romper a barragem. O dado verdadeiramente preocupante é Bolsonaro isolado na liderança e Marina isolada no segundo lugar no cenário sem Lula. Está bastante claro que o povo humilde vê nela a maior herdeira do lulismo, ainda que de lulista ela não tenha mais nada, ela é que disparadamente se dá melhor no cenário sem Lula, dizem que ela vai desidratar, cair, mas está lá, firme e forte com o Bolsonaro. O PT se preocupoou em acabar com a alternativa do campo progressista (Ciro) e deixou a Marina solta. Entre Marina e Bolsonaro ou mesmo Marina e Alckimin, fico com ela, sem duvidar que um governo dela seria mais um a destruir a indústria nacional e os melhores empregos, afinal, ela até bem pouco tempo atrás era financiada pelo George Soros. O PT fez um belo estrago na esquerda, que direcione seus canhões à Marina e Alckimin. Que o Sr Atuch e demais usem a mídia alternativa a favor da esquerda desa vez!

Responder

    NeoTupi

    22 de agosto de 2018 às 10h09

    CezaR, nem os golpistas fazem essa sua leitura da realidade. Até o mercado financeiro já aponta o PT no segundo turno e favorito a vencer.
    Ciro errou feio ao não fazer campanha de resistência ao golpe que Lula e o povo fazem. Ciro age como um conservador dentro da ordem golpista, como se “as instituições funcionassem” normalmente e ele obedece como um aluno aplicado à elas. O povo já percebeu que o judiciário+globo funciona para f…. o povo e proteger os ricos e os privilégios das castas do poder. Então vota em quem é perseguido por esse poder opressor e rejeita quem obedece às instituições falidas. Ciro perdeu o bonde da história por não fazer a leitura corajosa da realidade que o povo faz. Se Ciro acordar e passar a atacar o golpe em vez de ficar atacando o PT, pode se cacifar para 2022.
    Em tempo: A essa altura o mercado já se pergunta (e o judiciário espera a resposta) se, já que Haddad também vence, se não seria melhor liberar Lula de uma vez.

    Responder

      ari

      22 de agosto de 2018 às 10h52

      É isso aí

      Responder

      CezarR

      22 de agosto de 2018 às 11h12

      Meu caro Neo Tupi, a estratégia do PT é matar a onça com apenas um tiro na espingarda. Se der certo será genial, mas normalmente não convém deixar de ter opções. Ademais, a leitura do mercado varia, o maior medo deles hoje não é o Hadadd em si, mas o até agora baixo desempenho do Alckimin.

      Responder

        NeoTupi

        22 de agosto de 2018 às 13h13

        Amigo CezaR, não vejo nada de genial no que faz o PT. Faz apenas o óbvio que é resistir diante do golpe. É como os russos fizeram em Stalingrado diante da invasão nazista. Qual a opção? Se render, no caso do PT seria traindo o povo que está apoiando a resistência da candidatura Lula.
        O mal desempenho de Alckmin não é novidade, todo o mercado sabe que as chances de Alckmin sempre foram baixas desde o começo. Sem Lula, mesmo se Alckmin não decola, o mercado estava tranquilo com um possível segundo turno entre Bolsonaro e Marina. E eles não tem tanto medo de Ciro, que promete fazer a reforma da previdência no primeiro ano. O que tirou a tranquilidade do mercado é a alta probabilidade de volta do PT ao governo que estancaria as privatizações (inclusive da previdência, que dizem ser reforma, mas é também privatização, sucateando a previdência pública para obrigar a todos com alguma renda a terem de comprar previdência privada).

        Responder

          CezarR

          22 de agosto de 2018 às 14h22

          Apenas um adendo ao seu comentário, a reforma previdenciária do Ciro é praticamente a mesma que o PT está formulando (não sei se já consta do programa). Já vi o Haddad defendendo a capitalização. Se for pra alguém do mercado ter medo, é justamente do Ciro que promete retomar o pre-sal, revogar o teto de gastos e propor uma nova reforma trabalhista revogando a vigente. E como já dito pelo Michel Temer: Todos menos o Ciro!

    Jandui Tupinambás

    22 de agosto de 2018 às 11h48

    Cezar, vou tentar te mostrar algumas coisas que vc não está ou não quer enxergar:

    1. a transferência de votos só será medida com eficiência após o fato político da inegibilidade se impuser. Antes disso, esquece.
    2. a pesquisa capciosa do DataFalha não deixa ao entrevistado chances de saber que Haddad seria o substituto de Lula
    3. O PT tem preferência de 29% dos entrevistados. Mais que a soma de todos os partidos juntos incluindo o seu PDT. Isto já é garantia de segundo turno.
    4. Uma notícia ruim: você não terá oportunidade de votar no candidato do PT pois das duas uma:
    a) Lula ganha no primeiro turno com Haddad ou não na cabeça de chapa
    ou
    b) TSE pode dar o golpe final e impedir a candidatura do PT. Qual seria o argumento legal? Foda-se. Eles não precisam disto mais, afinal.

    Responder

      Alan Cepile

      22 de agosto de 2018 às 12h55

      Jangada, tá complicado a matemática pra vcs lulistas heim…rs

      Um coleguinha teu fez cálculos baseado em 107% e agora vc diz que 29% é mais que todos os outros juntos?? COMO ISSO É POSSÍVEL?????????

      Além do mais, a informação que vc trouxe, mesmo que totalmente sem sentido matemático lógico, nem foi avaliada na pesquisa.

      “hegemonia” em polvorosa com Haddad… rs

      Responder

        Jandui Tupinambás

        22 de agosto de 2018 às 13h26

        Capile,

        é possível porque a matemática permite, ora bolas!

        Não disse que 29% é mais que todos juntos. Disse que é mais que TODOS OS OUTROS PARTIDOS JUNTOS.

        Vou desvendar o segredo para sua pobre capacidade cognitiva:

        De acordo com o IBOPE o partido PT é preferido por 29% da população brasileira. Este índice supera os 27% que, somados, escolheram as outras legendas registradas no TSE.

        O TSUNAMI vermelho ficou assim (de acordo com IBOPE – não vou passar link, se vira e procure):
        29% PT
        5% PSDB
        2% – PDT, MDB, PSB, PSOL
        1% – DEM, PCdoB, PP, PSC, PSD, PSL, PTB, PV, Solidariedade, Novo, PMB.
        3% – outros nanicos
        o resto responderam não ter preferência ou não responderam

        Capire, signor Cepile?

        Responder

      CézarR

      22 de agosto de 2018 às 14h28

      O retrato da pesquisa hoje é Bolsonaro e Marina. Esse clima de já ganhou sobre a tal transferência de votos é perigosíssima, ao menos pra mim e pra você que vamos ter que eventualmente conviver com um governo de direita. Para o PT em si, tudo é ganho. Eu diria já ganhou de tivesse havido uma união de Ciro e Haddad, mesmo com Hadadd na cabeça de chapa. Não houve, todo cuidado é pouco e esse ufanismo, esse oba-oba com a candidatura Hadadd, estão parecendo mais um jogar para a torcida. Meu candidato é Ciro, mas se for Haddad a ir pro segundo turno, voto nele.

      Responder

        CezarR

        22 de agosto de 2018 às 14h29

        Um adendo, o PT acha que a essa altura tudo é ganho, qualquer que seja o resultado, mas é o que acha e não a realidade.

        Responder

    Alan Cepile

    22 de agosto de 2018 às 14h58

    CesarR,

    Ótimo comentário.
    A pataquada do PT com o PSB está colocando a direita no 2º turno.
    Lula pode ter até os 107% de acordo com a soma surreal de um lulista daqui do fórum, mas se não será candidato de pouco adianta.
    Marina precisa ser atacada, ela está muito a vontade e crescendo com o impedimento do Lula, seu eleitorado engana-se achando que ela tem mais de esquerda do que direita, é um eleitorado cansado das mentiras do PT e que precisa ser alertado.

    Responder

Justiceiro

22 de agosto de 2018 às 09h24

Ai,ai…deixemos as pesquisas para depois, quando Addad já estiver como cabeça de chapa e Lula esquecido, na cadeia.

Agora é só fantasia. Os petistas festejam essa colocação do Lula mas sabem que ele não vai participar da festa da democracia, não poderá sequer votar no seu poste quanto mais ser votado.

Conforme-se, Jochann Daniel e decida-se entre Bolsonaro e Alckimin. Ou Marina.

Responder

JC

22 de agosto de 2018 às 08h12

Nada a comemorar. Dizer que alckmin cresce sem Lula e Haddad não sai dos 4%, enquanto 29% do eleitorado diz ter simpatia pelo PT é ou fake news ou manipulação da pesquisa na hora de montar o questionário. E o povo na hora H vai pelo voto útil.
A estratégia da direita canalha é fazer o povo acreditar que Haddad não tem chances, não dar espaço pro Ciro e inflar uma marina pra desidratar no momento certo, fazendo esse eleitorado peculiar neoburgues progressista ir parar nas mãos do alckmin. A estratégia é nitidamente deixar a esquerda fora do segundo turno pulverizando os votos do Lula.
Espero que todos saibam enxergar isso. Haddad e Ciro tem que penar e muito pra ir pro segundo turno porque o stabilishment vai botar a máquina pra rodar nas próximas semanas.

Responder

Jandui Tupinambás

22 de agosto de 2018 às 07h47

Miguel,

Lula, na pesquisa do DataFolha, está com 45% dos votos válidos, ou não?

Lula AINDA não vence pelo DataFolha no primeiro turno, pelas minhas contas.

Será que fiz conta errada?

Responder

Roberto Furtado Varejão

22 de agosto de 2018 às 07h42

Você foi preciso, prezado Miguel. Lula é uma ” força da Natureza”. Isso não é uma figura de linguagem: é um dado objetivo, lastreado na Psicologia Junguiana. Lula encarnou, no Brasil, o arquétipo da Esperança e da Redenção Nacional. É o mesmo Dom Sebastião das lutas populares que retorna. Ciro Gomes, com todo o seu reconhecido preparo intelectual, não teve a sensibilidade e nem a humildade de reconhecer essa verdade. O povo é mais sabio. Reconheceu em Lula a personificação de suas mais profundas aspirações. Abs

Responder

Stalingrado Lula da Silva

22 de agosto de 2018 às 07h25

Para quem não conhece a história da II Guerra Mundial, os soviéticos destruíram cerca de 70% das tropas e armas nazistas. A batalha de Stalingrado foi o ponto de inflexão da Guerra. A partir daí, a iniciativa mudou de lado.
Quando aconteceu o dia D, os soviéticos se encaminhavam para a Polônia, divisa com a Alemanha.
Eles produziram mais de 100000 tanques de guerra e quantidade equivalente de aviões.
Estavam, em 1941 derrotados.
Saíram vencedores.
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?