Cafezinho 5 minutos: o conceito de autocrítica

Votar é incrível

Por Pedro Breier

07 de outubro de 2018 : 15h23

Por Eliane Brum, em seu Facebook

Acabei de votar. Eu fico muito emocionada quando voto. Vivi a ditadura e sei a dor que é não poder votar. A dor que é não pode falar, a dor que é não poder escolher, a dor que é saber que sua família é vigiada, o medo que é esperar o pai voltar do quartel onde foi chamado por ser “subversivo”, a dor que é o irmão não voltar de uma noite de movimento estudantil, a dor que é saber que a mãe foi delatada pelas suas colegas na escola onde dava aula 48 horas por semana. A dor que é ter livros escondidos, porque proibidos pelo regime, a dor que é ter medo de cada coleguinha que vai brincar na sua casa porque pode contar para os pais o que descobriu no esconde-esconde. E os pais podem contar àqueles que se autoproclamaram senhores da vida e da morte. E então é você que vai se sentir culpada pelo horror que vai acontecer aos seus pais e à sua família. Eu sei o que é o pavor dos gritos dos que são torturados, os gritos que quem não esconde a cabeça debaixo do travesseiro escuta mesmo que os ouvidos não consigam alcançar os porões. O horror dos mortos sem corpo, sumidos pelas mãos de agentes de Estado, os mortos que as mães e os pais não conseguem sequer sepultar.

Acho que muita gente se esquece do horror – ou nunca o viveu e não se importa com o que os outros viveram. Acho que muita gente só se importa consigo mesma e acredita que o horror nunca chegará à sua porta. Acho que muita gente não se importa porque acredita estar a salvo. Mas o horror chega. A história nos mostrou, inúmeras vezes, que de alguma maneira ele chega.

Acho que muita gente esquece o quanto é incrível votar. Respeito quem não vota. Mas lamento.

Votei feliz, apesar das sombras que nos ameaçam neste momento. Votei consciente, com meus votos anotados, com meus votos muito bem estudados. Votei orgulhosa por votar. Votei com o coração batendo forte porque estou viva e tenho dentro de mim essa alegria invencível. E votei vestida de branco.

Pedro Breier

Pedro Breier, colunista d'O Cafezinho, é formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo. Nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

21 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rosa

08 de outubro de 2018 às 12h48

A culpa não é só do PT.
A responsabilidade é do PSDB que fez surgir o monstro.
Da elite que criou uma população ignorante.
Não é só do PT.

Responder

    devanir marchioli

    08 de outubro de 2018 às 13h59

    Mas o PT que tinha a chance de ouro nas mãos de derrotar esse monstro logo de inicio, lançando Ciro como cabeça de chapa e ficando com a vaga de vice…. agora esse monstro me parece indestrutivel; A estratégia do Pt foi toda errada, suicida… então a maior culpa foi do PT sim

    Responder

devanir marchioli

08 de outubro de 2018 às 10h21

O que mais dói nesta derrota, é saber que a eleição poderia ser facilmente vencida com apoio a Ciro. Ciro mostrou que poderia ira ao segundo turno inclusive em primeiro lugar, mas o PT com sua mania de superioridade entregou o país de bandeja para os fascistas…… Meu Voto agora é Nulo e pronto………………………………

Responder

    Guido Spengler

    08 de outubro de 2018 às 15h37

    Estou contigo nesta Devanir. Lula ao ser preso, injustamente, por falta de provas, o PT deveria ter apoiado Ciro . Acredito que poderíamos ter ganho no primeiro turno. Agora…

    Responder

Aliança Nacional Libertadora

08 de outubro de 2018 às 09h21

Então….o blog anda parado…..Cadê Rosário? Agora que cavou, fertilizou, regou, podou…vai colher o que?

Responder

    Fausto

    08 de outubro de 2018 às 09h56

    o blog talvez ande parado pois a nação vai entrar em luto, graças a mesquinharia partidária da cúpula do PT. José Dirceu disse que talvez seja melhor deixar o Brasil sangrar com o fenomeno neofascista que assolará o País, para o PT voltar mais fortalecido doravante. Lula já admitiu a derrota e disse que deixou um legado ao País, pasmem, belíssimo legado! Lucros exorbitantes para banqueiros e nenhuma reforma estrutural, migalhas ao povo e muito sebastianismo. É muito pra cabeça. Frente Única Antifascista tem que ser a palavra de ordem. Votar na bosta para não viver na merda, mas talvez nada adiante, tudo indica que nada adiantará. Muitos irão se foder, muitos que nada tem a ver com as decisões espúrias de partidos políticos que deveriam ter mais consciência nacional e principalmente com àqueles que dizem defender, a maioria pobre que vai amargar mais ainda nos próximos anos. Novamente, Frente Única Antifascista, Frente Democrática, nunca deixando de ressalvar as decisões sujas de dirigentes do Partido dos Trabalhadores, que entrará no lixo da história. Que o nordeste brasileiro seja o bastião para evitar este já quase inevitável desastre na vida das pessoas. Os assalariados que gritam Bolsonaro por aí não perdem por esperar. O senso comum imbecilizado tomou conta da vida brasileira. É um momento triste.

    Responder

    Aliança Nacional Libertadora

    08 de outubro de 2018 às 12h44

    Voto Nulo….pior é ver antipetistas reclamando da falta de apoio do PT.

    Responder

      Josa

      08 de outubro de 2018 às 19h51

      Incrivel é ver gente de esquerda contra eleição,querendo aclamação,o PSOL,PT,PDT,Dacciolo tinham direito de ser candidato.democracia burguesa se faz com votos não por osmose

      Responder

JOÃO BATISTA

08 de outubro de 2018 às 03h08

A eleição de bolsonaro foi apenas adiada até dia 28.
Corrupção, desemprego, transporte público e violência não são ficção ou invenção da mídia tradicional, são realidade.
Basta que observemos os ônibus das cidades nos horários de ida e volta para o trabalho, lembremo-nos de um parente ou amigo que está desempregado, a violência que assusta todos nós, a prática política promíscua de empresários com vereadores/deputados/senadores e prefeitos/governadores/presidente.
A soberba, a arrogância, lentamente, vão tomando conta dos agentes públicos que, para sustentatrem suas ambições, passam a privilegiar a permanência no poder, em detrimento das prioridades que os levaram até lá. Na França, há algum tempo, esse estado de coisas levou ao uso frequente da guilhotina. Esta, atualmente, está nas mãos dos cidadãos e atende pelo nome de título de eleitor.
Mais impressionante que a mudança que a sociedade promoveu hoje, foi sua dimensão. Bolsonaro terá maioria na Câmara e no Senado para as mudanças constitucionais.
Algumas serão feitas pelos atuais congresso e presidente, em acordo com o presidente eleito.
Em 1989, tivemos a onda collorida, que durou pouco, com Itamar completando o mandato do presidente cassado.
Em 1994, tivemos a onda azul, que durou até 2002.
Em 2002, tivemos a onda vermelha, que durou até 2016, com Temer completando o mandato da presidente cassada.
Em 2018, tivemos a onda verde.
A música de Lulu Santos, Como uma onda, é poética e profética:
“Nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia.
Tudo passa, tudo sempre passará.
A vida vem em ondas, como um mar, num indo e vindo infinito…”

Responder

Ari

08 de outubro de 2018 às 00h10

O momento é de extrema gravidade. Hora de mostrar não merece a Besta. Todos com Haddad!

Responder

Fabio

07 de outubro de 2018 às 21h51

Se o Ciro manifestar apoio ao Haddad, já pode receber seu diploma de corno

Responder

    devanir marchioli

    08 de outubro de 2018 às 10h17

    Verdade….. Ciro tem que dar a resposta que o PT merece, ele que cuidem sozinho do monstro que poderiam ter eliminado mas preferiram alimentar…. Meu voto e Nulo e pronto…………………….

    Responder

    Serg1o Se7e

    08 de outubro de 2018 às 16h18

    Já pode mandar imprimir o diploma.

    O ‘apoio crítico’ de Ciro ao PT
    SALVAR
    Brasil 08.10.18 14:57
      
    A cúpula do PDT e os principais candidatos do partido de Ciro Gomes fecham nesta quarta o que Carlos Lupi chama de “apoio crítico” a Fernando Haddad no segundo turno, informa o BuzzFeed.

    O encontro será em Brasília e deve selar o que já havia sido sinalizado por Ciro antes mesmo de sua derrota.

    “Nossa proposta é de apoio crítico a Haddad, mas sem compor com um governo petista, caso ele seja eleito agora no segundo turno. Vou trabalhar para que isso dê certo”, disse o presidente do PDT e ex-ministro de Dilma Rousseff.

    Responder

André Romero

07 de outubro de 2018 às 19h07

Pena que graças à incrível miopia, estupidez e mesquinharia política do PT, esta pode ser a última eleição de muitos de nós em nossas vidas. Parabéns, fanáticos, nosso país agradece.

Responder

    Jorge Vieria

    08 de outubro de 2018 às 08h26

    Nao se preocupe com isso, pelo menos caso Bolsonaro ganhe. Ele e um democrata liberal, e preza pela liberdade maxima individual, inclusive pela Democracia. Muito diferente de regimes como o de Fidel, Stalin, Maduro, Hitler e outros autoritários. Ele é a esperanca da uniao dos povos, e caso falhe com o povo, tenha certeza que sera banido nas proximas eleicoes, pelo menos por mim.

    Responder

    devanir marchioli

    08 de outubro de 2018 às 10h15

    Concordo, esta eleição estaria ganha se fosse essa prepotência do PT em querer estar a frente de tudo e todos, podem colocar essa derrota na conta de Lula e do PT pela estratégia totalmente equivocada. Hoje poderiamos estar comemorando a ida de Ciro no segundo turno e com chances reais de vencer as eleições, olhe lá se ele não tivesse passado em primeiro lugar, mas graça a fome de poder e prepotência petista estamos indo ao segundo turno derrotados praticamente…… Meu Voto é Nulo…. que o PT arque sozinho com o monstro que ele poderia ter eliminado mas preferiu alimentar.

    Responder

    devanir marchioli

    08 de outubro de 2018 às 10h19

    Podem colocar essa derrota na conta do PT….. uma eleição fácil de vencer, mamão com açucar, como costumam dizer no interior, mas o PT tinha se enveredar por uma estratégia suícida……………

    Responder

    Rosa

    08 de outubro de 2018 às 11h03

    Não acho que seja culpa só do PT.
    Vejo responsabilidade no PSDB, que fez surgir o monstro.
    E responsabilidade também da população brasileira, claro, que são ignorantes, que votam, no Coiso.
    Responsabilidade da elite em criar uma população na ignorância. Mas, mesmo que haja um governo péssimo pro povo, como ditadura, a elite sempre se dá bem nas ditaduras nada dela é mexido, pelo contrário, é preservado.
    Culpar só o PT é injusto.

    Responder

      devanir marchioli

      08 de outubro de 2018 às 14h03

      Culpar o PT não é injusto, e mostrar a verdade, afinal o PT poderia ter ajudado a matar esse monstro antes que ele tomasse a proporção que tomou por sua arrogancia e fome de poder

      Responder

Milton

07 de outubro de 2018 às 17h12

Infelizmente estamos em uma democracia tutelada, em que os vencedores do pleito deverão se ajustar ao status quo ou serem trucidados.

Não me sinto otimista. Votei mais por obrigação mesmo.

Responder

Paulo

07 de outubro de 2018 às 16h16

Infelizmente não consigo comungar do seu êxtase pelo voto. Sempre que vou às urnas, sinto-me envergonhado, como gado marchando para o matadouro. Cabeça baixa, com vergonha alheia dos que se refestelam naquele clima de torcedores. Compelido pela politicalha para legitimá-la. Aliás, sabe qual é a única coisa que une, umbilical e visceralmente, esquerda e direita no Brasil? Voto obrigatório.

Responder

Deixe uma resposta