Hangout com Miguel do Rosário: Bolsonaro nos EUA

O grave erro de boicotar a posse de um presidente eleito com 56 milhões de votos

Por Miguel do Rosário

30 de dezembro de 2018 : 10h39

A decisão de alguns partidos de esquerda, como PT, PSOL e, eventualmente PCdoB, de não participarem da posse de Bolsonaro, gerou críticas duras por parte de alguns intelectuais e jornalistas progressistas.

Sakamoto disse, em sua coluna no UOL, que é um “presentão para Bolsonaro”.

Trecho de seu artigo:

Bobagens como essa não constroem bases para o diálogo democrático e para o enfrentamento nas arenas institucionais – coisa que precisaremos exercitar com afinco a partir de 2019. Pelo contrário, as esvaziam. Boicotar a posse não é o fim do mundo, mas uma bobagem desnecessária, considerando o tamanho das buchas de verdade que se enfileiram à frente na defesa da dignidade humana.

Da minha parte, também acho um erro estratégico, e a prova é a necessidade do PT, quadros e militância de estarem se justificando, nas redes, o tempo inteiro, com argumentos curiosos.

Uns lembram que “a imprensa não falou nada” quando PSDB e DEM boicotaram a posse de Dilma em 2014. Bem, esses partidos, que me lembre, não anunciaram anteriormente o boicote, e de qualquer forma um erro não justifica outro. Esses partidos erraram profundamente ao fazer isso, e não cabe ao campo progressista imitá-los. Além do mais, a opinião da “imprensa”, neste caso, não significa nada. Não importa se Merval Pereira ou a Globo são contra a decisão do PT, até porque eles são quase sempre contra o PT. O que está em jogo aqui é a opinião do povo. Bolsonaro foi eleito com mais de 56 milhões de votos. O respeito se deve ao eleitor e à democracia, esta última brandida no segundo turno – com alguma razão – como depositária de nossas últimas esperanças.

Outros recordam que Bolsonaro ameaçou “metralhar a petralhada”, num discurso no Acre. O uso da infeliz e brutal figura de linguagem de Bolsonaro também não me parece um argumento convincente, porque sinaliza à população que a decisão é motivada por medo. É evidente que Bolsonaro não irá metralhar ninguém, e a maneira mais objetiva de protestar contra as ameaças seria estar presente ao juramento de Bolsonaro às leis e à Constituição.

Para quem abusou da imagem de “resistência”, não é interessante demonstrar nenhum tipo de receio. O povo nas ruas, muitas vezes em periferias escuras, sem presença da mídia, precisará de muita coragem para enfrentar forças policiais empoderadas por um discurso fascista, mas os parlamentares em Brasília, dentro ou fora do recinto do congresso, sob todas as câmeras do mundo, não enfrentariam nenhum risco.

Uns dizem que não se vai a “festa” onde não somos bem vindos. Acontece que não se trata de uma “festa”. Pode até haver festa na rua, por parte dos apoiadores de Bolsonaro, mas o evento que concerne aos deputados eleitos não é nenhuma festa, e sim uma cerimônia no congresso, organizada em parte pelo TSE (que emite os convites).

O PT e outras legendas poderiam participar discretamente. Poderiam mandar poucos representantes, se assim o desejassem, mas sua presença seria um sinalização de respeito à soberania popular e de maturidade política. Não é positivo, para a democracia, que Bolsonaro tome posse sem presença dos principais partidos de oposição.

Isso gera ainda mais insegurança na população, porque passará a (falsa) impressão de que Bolsonaro governará sem enfrentar nenhum tipo de resistência parlamentar.

A menção, no comunicado do PT, à falta de lisura no processo, lembrando o golpe e a ausência de Lula nas eleições, também não convence, porque esses fatores não podem ser atribuídos a Bolsonaro, tampouco a seus eleitores.

O eventual uso de caixa 2 pela campanha de Bolsonaro, por sua vez, precisa ser provado antes de se tornar motivo de acusação, e o PT, não faz muito tempo, confessava o caixa 2 em campanhas como forma de se livrar de acusações de corrupção. Não faz sentido usar matéria de jornal e denúncias de caixa 2 para acusar a eleição presidencial de “fraude”, como vem fazendo parte da militância petista. O mesmo TSE que garantiu a posse da bancada das legendas de oposição, e de vários governadores do campo progressista, avalizou juridicamente a diplomação de Jair Bolsonaro. A coerência democrática nos manda respeitar horizontalmente a posse de todos os representantes eleitos, e não apenas dos que nos interessam.

Os resultados eleitorais de 2018 foram lamentáveis, e o campo progressista e popular sofreu a mais perigosa de suas derrotas, desde a redemocratização. Cabe enfrentar essa realidade, porém, com pé no chão e altivez política, aceitando o resultado e usando os mandatos parlamentares para fazer oposição, responsável, inteligente, democrática, desde o dia da posse, estando presentes, como testemunhas, ao governo escolhido pelo povo.

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

308 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Mark

15 de janeiro de 2019 às 17h43

Esse blog virou a cozinha do PDT e de Ciro Gomes, o traíra. Vc, Miguel do Rosário, está se revelando um baba ovo do Ciro, que se revelou um péssimo perdedor e um político pequeno, patético e decadente, deixando se levar pelo ressentimento por ter sido preterido na disputa final. Ciro está pautando seus artigos e vc está naufragando abraçadinho a ele. Lamentavel a sua postura de esquerda. Sei que em breve vc estará elogiando bolsonaro, pois é o que Ciro fará também.

Responder

Simão

03 de janeiro de 2019 às 10h57

Todos que falavam mal do bozo, era tratado como petistas (msm n sendo) por bolsominions. Hj os papéis se inverteram. Todos que fala mal do PT (verdades) não presta, muitos até dizem que é interesses em entrar pra o governo. To na dúvida sim se petismo é uma religião ou uma doença.
Eu acho que essa turma deveria ter mais respeito pela democracia, chegaram ao cúmulo de imitar práticas do Aécio. É triste que um partido tão grande importante do nosso país venha se prestar a um desserviço ao nosso país. Assumir erros até aqui nenhum petista assumiu.

Responder

    Mara

    03 de janeiro de 2019 às 22h05

    Esquerda podre,nefasta,asquerosa..Vocês são vermes malignos.Câncer do Brasil.

    Responder

      Miguel do Rosário

      03 de janeiro de 2019 às 22h51

      rs, calma, Mara.

      Responder

      Franco

      04 de janeiro de 2019 às 10h54

      Asquerosos são aqueles que votaram favoravelmente a PEC do fim do mundo, pela “Deformidade Trabalhista”, pela entrega do pré-sal e tantas outras medidas solapadoras dos direitos do povo e dilapidação do nosso patrimônio e de nossa pretensa soberania que vinha sendo reconquistada.

      Asquerosos são muitos dos políticos não reeleitos e outros que permaneceram apenas por ainda terem mais 4 anos de mandato, mas que mereceriam ter sido defenestrados para o bem de todos e felicidade geral da nação.

      Ressalte-se que quase a totalidade deles são da extrema direita reacionária, escravocrata e parasitária que vive mamando nas tetas governamentais há séculos.

      Responder

Maldito

03 de janeiro de 2019 às 09h57

os presidentes de Portugal, Urugai e Bolivia estavam lá, e ae, PT?!
raivinha ñ vai nos tirar do buraco, mas no matar la dentro sem ter chance de sair…

Responder

Ivan Monte

02 de janeiro de 2019 às 18h11

Só porque ele disse que ia metralhar os petista, isso é bobagem, né? parece um bolsominion…

Responder

Franco Mesquita

02 de janeiro de 2019 às 15h58

Foi nessa armadilha do “politicamente correto” e das “atitudes republicanas” que o PT entrou pelo cano. Só o puritanismo da intelectualidade ingênua não percebe que entramos na era do discricionarismo político em que prevalece o ethos autoritário do “para os amigos tudo e para os inimigos a lei”. E isso de dizer que o atual presidente foi eleito com 56 milhões de votos não significa que tenha obtido maioria absoluta, considerando que 40 milhões de eleitores preferiram não apoiar nenhuma candidatura e 20 milhões votaram em branco ou nulo.

Tem é que demostrar mesmo que esse projeto não é o que deseja a maioria do povo sofrido e espezinhado por sua condição humilde. Durante as transmissões televisivas, até a maioria absoluta de brancos da classe média que o elegeram foi mantida à distância, não se vislumbrando das mãos e braços erguidos que acenavam ao novo mandatário ninguém de tez negra ou parda, O governo da elite e da casa grande acaba de se instalar.

E quanto à cor das bandeiras, o protesto maior deve partir da nação colorada, que não deve estar nada satisfeita com a depreciação de sua bandeira.

Responder

FABIANO AZEVEDO

02 de janeiro de 2019 às 13h57

Olha aí Miguel…..bananeira dá jaca? Vê o nível de interlocução do “vencedor”…se humilhar para isso?

esqueça valores democráticos…. Eles não respeitam…Infelizmente vc perdeu o fio da história Miguel..

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/caca-as-bruxas-governo-vasculha-redes-sociais-de-funcionarios-para-demitir-quem-postou-elenao/

Responder

GIOVANI BARBOSA JUNIOR

02 de janeiro de 2019 às 11h27

“por parte de alguns intelectuais e jornalistas progressistas.”, mas a MAIORIA APROVOU.

Responder

Mário Cesar Serafim

02 de janeiro de 2019 às 10h45

Grave erro estratégico quem comete é o Miguel do Rosário, ao tentar corroborar com a atitude do Ciro Gomes, complacente com um golpe de estado e com essa falsa democracia representada pela eleição absolutamente ilegítima desse presidente fascista. O Miguel esta trocando o papel de jornalista pelo de cabo eleitoral do Ciro Gomes…

Responder

    celio alves

    02 de janeiro de 2019 às 11h26

    Concordo com vc Mário.
    Não sei em que democracia estamos vivendo pra respeitar o quê! Nós do campo “progressista” fomos estovalhados pela mídia e judiciário… e no final das contas temos q respeitar uma consituição q só existe em nossas cabeça!!! Me poupe.
    Os fatos que acontecem nesse país já há muito seria motivo de guerra civil e não de submissões.

    Responder

    swamy

    15 de janeiro de 2019 às 17h44

    Já disse isso a ele. Incrível como um jornalista se presta a esse papel ridículo.

    Responder

Leonardo Fonseca

02 de janeiro de 2019 às 10h13

Há controvérsias. 1 – O pt, psol e puxadinhos não sabem o que é democracia. 2 – Sergio Mora estava também tomando posse e está turma ficou com medo de ver a posse nas dependências da Papuda.

Responder

RODRIGOR

02 de janeiro de 2019 às 09h32

Participar de uma palhaçada dessas que foi o pleito eleitoral, maculado com a prisão de um dos maiores líderes políticos vivos, com a farsa da facada e ainda com fraude eleitoral via Whatssap ?

Perdão da palavra, nem fodendo.

Presente aos pobres de direita, salário mínimo abaixo do esperado e muito.

Responder

Assim Falou Golbery

02 de janeiro de 2019 às 08h29

Ainda estou curioso se o Migé foi lá prestigiar os milhões de eleitores imbecis e levou sua conta de safanões que o bolsonarismo tinha reservado para jornalistas

Responder

Tamosai

02 de janeiro de 2019 às 07h02

Com todo o respeito, discordo. Essa eleição foi extremamente suja, desleal e antidemocrática. O candidato que ganhou as eleições se escondeu dos debates e foi ajudado por disparos em massa de notícias falsas patrocinadas por empresas, o que claramente burlou a lei. Além disso, fez declarações extremamente agressivas contra a esquerda, inclusive com ameaças à integridade física da oposição. Para quem leu sobre a história do nazismo, ficam claras as semelhanças. Contemporizar e tolerar desmandos e agressões pode abrir portas para coisas muito piores.
Não acho que o Miguel seja um Cabo Anselmo. É a opinião dele, e eu respeito. Mas é preciso ter cuidado com esses que chegaram ao poder. São ignorantes, boçais, arbitrários e não têm respeito pela democracia. O jogo deles é sujo e pesado. Não dá para ser ingênuo e “republicano” com eles.

Responder

Roberto Alencar

02 de janeiro de 2019 às 03h09

Que comentário lúcido! Parabéns!

Responder

Ismael

02 de janeiro de 2019 às 02h59

Espero que depois dos discursos brutais de hoje fique bem claro porque o PT e o PSOL agiram corretamente. Acho que o Ciro estava lá beijando a mão do neo fascista. De todo modo faz sentido porque neste blog de “esquerda” parece que a maioria do público odeia mais o Lula e o PT (e agora o PSOL) do que o próprio bolsonarismo. Vamos pra frente para ver quem tem razão. O discuros igyal ao da campanha mostrou que nem a liturgia do cargo domou o animal fascista e vcs com a conversa mole de desrespeito aos eleitores de Bolsonaro por parte do PT e PSOL . Eu quero que eles se fodam. Não vivemos tempos normais e deixo para vcs, ciristas, se acomodar no ninho fascista. Certamente serão afastados aos pontapés e enxotado como a imprensa hoje.

Responder

    Ultra Mario

    02 de janeiro de 2019 às 03h49

    Nossa, ainda não enjoaram de achar que esquerda se resume a PT?

    Honestamente, espero que continuem assim. Comentem muito nas redes sociais, formentem essa idéia de que petista é insuportável.

    Aí quem sabe quando o povo naturalmente ir buscar respostas na esquerda, busque nos lugares corretos e não num partido incompetente e corrupto como o PT.

    Responder

    CezarR

    02 de janeiro de 2019 às 08h30

    Fique tranquilo, Ciro esteve na posse é do Camilo Santana, do seu PT queridinho.

    Responder

    Rodrigo Cardoso Condeixa da Costa

    02 de janeiro de 2019 às 11h01

    É bem por aí mesmo, Ismael.

    Responder

Evaldo Martins

02 de janeiro de 2019 às 00h17

Miguel do Rosário vai se tornar um anão nas análises políticas. Pobre coitado. O tempo vai dizer que os partidos que boicotaram estão certos. Paremos de aceitar essa farsa de Estado Democrático de Direito.

Responder

    ANTONINO DE PÁDUA

    02 de janeiro de 2019 às 01h17

    Eu até via esse site com boas intenções. Mas depois comecei analisar e percebi que o sr. Miguel do Rosário fica o tempo todo em cima do muro. Tem boicotar, sim! O crápula do Bolsonaro quer acabar com a cultura, a educação, os direitos coletivos e civis. E aí? Tem boicotar!!!! Lula Livre!!!

    Responder

André Gonçalves

02 de janeiro de 2019 às 00h15

As facções criadas em prol de certos atores políticos está acabando com o país. Infelizmente quem chegar ao topo do poder executivo brasileiro prometendo mundo e fundos vai ter que andar na linha ou será derrubado por um parlamento corrupto eleito por corruptos passivos.

Responder

Miguel

01 de janeiro de 2019 às 23h57

Ufa. Ainda bem que existem poucos caras conscientes como o Miguel da Rosario na esquerda. A maioria é de idiotas e esses não são perigo.

Responder

Ruy

01 de janeiro de 2019 às 23h36

Nesta matéria o cafezinho pisou na bola. Não se pode ser tolerante com intolerante.fim de papo.

Responder

Wil

01 de janeiro de 2019 às 22h44

A propaganda eleitoral de Bolsonaro acabou hoje, a partir de hoje o Eleitor do Bolsonaro vai descobrir que nunca existiu Kit Gay nem mamadeira de piroca, e outras mentiras, isso foi inventado justamente para eleger políticos mentirosos como ele, agora o eleitor começará a enxergar a verdade.

Responder

Eloa

01 de janeiro de 2019 às 21h42

Bolsonaro inventa uma historia de inimigo da pátria mas ajuda a vender o patrimonio e as riquezas do pais. Seus seguidores batem palma. Caso para psiquiatra.

Responder

Caboclo /AM

01 de janeiro de 2019 às 20h57

O brasil comandado por um monte de empresarios escravagistas, midia da extrema direita, reacionarios do poder público e privado, onde nunca houve justiça social ampla, onde a democracia sempre foi a favor dos ricos e dos privilegiados
e o governo de imbecis diz que o problema é o “socialismo” …
Vai continuar a ter sim, socialismo para os ricos e capitalismo selvagem para os pobres.

Responder

Rivellino Batista

01 de janeiro de 2019 às 20h26

BRASÍLIA: hoje, dia 1°, totalmente amarela: O brilho do Sol, nosso astro mor. Vermelho? Somente as tulipas no jardim externo do Planalto e do tapete vermelho (inclusive que Bolsonaro e o nobre índio Mourão — o vice — irão pisar sobre).

Responder

    Elena

    01 de janeiro de 2019 às 21h24

    Até estranhei que não mandaram trocar o tapete vermelho por outro de outra cor, já que o Bozzo tem verdadeira ojeriza por cor vermelha.

    Responder

Darvin Silva

01 de janeiro de 2019 às 20h06

Miguel, não é boicote. É não compactuar com o golpe. Quem foi é cúmplice.

Responder

IVANISE GONZAGA ALVES

01 de janeiro de 2019 às 19h30

Oh, Miguel você é candidato a chapa branca ou já conseguiu seu distintivo de chapa branca?

Responder

Observador

01 de janeiro de 2019 às 19h05

Eu tenho uma certeza e uma dúvida.
A certeza é que não existe esta fantasia de fascismo! É só conhecer um pouco de História!
A dúvida é se vcs vão torcer para o país de desenvolver e reduzir a pobreza nesse governo, ou vão torcer contra.
É só uma pergunta.

Responder

    Icaro

    01 de janeiro de 2019 às 20h14

    Para homens brancos, heteros, classe alta ou media fascismo é sempre uma fantasia.

    Responder

      Observador

      01 de janeiro de 2019 às 20h54

      E sobre a pergunta?

      Responder

        Alan Cepile

        01 de janeiro de 2019 às 22h23

        Torcer eu torço pro meu time, política é coisa séria, o presidente foi eleito pra fazer o dever dele, então a pergunta correta não é se võ torcer a favor ou contra, é se ele vai fazer ou não o dever dele.

        Responder

      Rodrigo Cardoso Condeixa da Costa

      02 de janeiro de 2019 às 11h02

      Na mosca, Icaro.

      Responder

    Miguel

    01 de janeiro de 2019 às 21h19

    Sugiro muito estudo. E certamente não vou torcer para um governo que odeia negros, homossexuais, quer acabar com o resto dos direitos trabalhistas, é pelego declarado dos EUA e diz que a oposição ou vai embora ou será exterminada. Um animal destes , quem apoia? Um imbecil como voce

    Responder

      Roque

      01 de janeiro de 2019 às 21h29

      Militonto, tá neste discursinho mequetrefe até hoje? Muda o disco cara, que tal usar um pouquinho só da sua parca massa cinzenta? Vc tem opções daqui para frente: aceita que dói menos ou chora mais petralhada, kkkkkk. O Mito deu uma surra no Andrade, e agora vai mostrar como se faz um governo sem pixulecos…

      Responder

zelalber

01 de janeiro de 2019 às 19h01

O discurso mais eloquente do acerto da estrategia do PT, PSOL e PC do B foi o tratamento dispensado aos jornalistas na posse de Bolsonauro. O jornalista não poderia beber água e nem comer maçã (será que tem alguma relação bíblica nisso?). E por fim, Miguel esqueça o PT, por enquanto a batalha é contra os energúmenos que estão no poder. Em 2022 o PT e Ciro irão pra disputa novamente e quem tiver mais votos irá para o segundo turno. Isso é da democracia.

Responder

Afonso de Oliveira

01 de janeiro de 2019 às 18h32

Você foi prestigiar o cara dos 56 mi de votos, Miguel?
Foi bonita a festa?
Bebeu água e comeu maçã?
Ainda bem que Boçalnaro, pelo visto, não te mandará embora nem te dará uns tiros.
Só te lembro o seguinte: mais republicanos e democráticos que os governos petistas, não houve.
Talvez, por incrível que pareça, um de seus maiores erros.

Responder

jose carlos de oliveira sa

01 de janeiro de 2019 às 18h14

Infelizmente ! O PT , foi o criador de toda esta situação ! Não esqueça : O Executivo , o Legislativo , e o Judiciário , estão destruindo esta nação . Acorda Brasil !

Responder

Fabiano Azevedo

01 de janeiro de 2019 às 17h42

Vai lá dialogar com eles Miguel…esqueçe o PT, PSOL e PC do B, vá lá conversar com os fascistas….

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/os-maus-tratos-a-jornalistas-na-posse-de-bolsonaro-provam-o-acerto-de-pt-e-psol-em-nao-participar-da-farsa-por-kiko-nogueira/

Responder

Ayrtong Bregas

01 de janeiro de 2019 às 16h52

Tem mais militar a paisana por metro quadrado em brasilia do que povo.

Responder

Luiz Philippe

01 de janeiro de 2019 às 16h17

Prezado Miguel do Rosário, acho que você pisou na bola. Não esquecer que o PSDB e o DEM boicotaram a posse da Dilma, sem maiores repercussões na imprensa.. Você, mesmo, na ocasião, criticou o fato com a mesma contundência com que faz hoje?

Responder

    FR Albuquerque

    01 de janeiro de 2019 às 17h36

    Pensava que o Miguel do Rosário fizesse parte dos que compreendem a vitória do Bolsonaro como consequência de uma eleição viciada (com supremo com tudo – Romero Jucá) onde o candidato que liderava todas as pesquisas, foi preso, e impedido de concorrer.

    Prestigiar a posse do Bolsonaro é o mesmo que conferir ares de legalidade a um processo eleitoral onde empresários bancaram milhões de contas nas redes sociais para a disseminação de fake news, influenciando o pleito, o que em outros tempos configuraria crime eleitoral.

    Apoiar essa posse tem paralelo com aquela história de exaltar certos advogados de renome que na ditadura defenderam presos políticos, só que faziam papel duplo: ao mesmo tempo que defendiam, tiravam da ilegalidade as prisões arbitrárias, algumas mediante sequestro, pois sem mandado de prisão.

    Temos que fazer a resistência e não coonestar com o retrocesso democrático e muito menos com a retirada de direitos da classe trabalhadora.

    Responder

      Sadibão

      01 de janeiro de 2019 às 22h11

      Os comentários do cafezinho estão estranhíssimos ultimamente. Será que o Miguel está endireitando?

      Responder

Dr. Jari - Phd em Astrologia.

01 de janeiro de 2019 às 16h07

Discurso vazio com vies de extrema direita de bolsonaro empolga exercito de bots nas redes sociais. brasil, um pais de tolos.

Responder

Alvarez

01 de janeiro de 2019 às 15h55

Meia dúzia de gato pingado em brasilia. Muito possivemente grupos formados por
familiares de militares e excursões de evangélicos.

Responder

Miramar

01 de janeiro de 2019 às 15h54

A ausência de compromissos para com a democracia na cabeça de bolsonaristas e petistas é evidente…ambos vêem a democracia com um meio e não como um fim em si mesmo. No fundo se merecem. E antes que alguém me chame de isento, afirmo que é meu direito não gostar de nenhum dos dois. A extrema-direita e a extrema-esquerda são as duas ponta ferradura. Para quem diz, que os petistas não são de extrema-esquerda, recomendo não analisar apenas as falas dos dirigentes mas também dos militantes. O que se ouve de desprezo a democracia é de arrepiar.

Responder

    Paulo

    01 de janeiro de 2019 às 19h22

    Não há caminho fora da democracia burguesa. Petistas e outros socialistas, assim como, em menor escala, os direitistas, só se valem da democracia enquanto lhes convém, ou seja, enquanto podem crescer dentro dela a fim de, se nada conseguirem pela via parlamentar, dar a cartada final: através de um golpe de estado, instituir um regime ditatorial! É o caminho natural dos extremismos, mas os esquerdistas vivem falando em democracia. Porém, atenção: a democracia da esquerda é a democracia da ex-República Democrática da Alemanha. Censura à imprensa, perseguição implacável – inclusive com eliminação física – dos opositores, torturas (que, na história, fazem o Regime Militar Brasileiro parecer um cordeirinho, sem menosprezar a dor dos torturados e assassinados e seus familiares), estabelecimento de um regime totalitário com amplas benesses concedidas à “nomenklatura” do partido, e desdém absoluto pelo povo. São os “governos populares”, que de populares, entretanto, nada tem…

    Responder

Richard Robson Leandro

01 de janeiro de 2019 às 15h44

Estar na posse para ser testemunha da posse? Teremos testemunhas demais, ademais qual seu interesse em colocar o PT nessa saia justa uma vez que não ir a posse da BESTA é uma posição democrática e legal. No momento certo que se inicia hoje verás muita oposição legitima. O edito da caverna está certo.

Responder

Paulo Preto

01 de janeiro de 2019 às 15h40

Vim aqui só pra constatar que vc se apatetou mesmo, hein? Lamento.
Bozo não é democrata. Ponto. A festa é para o eleito e não tem caráter institucional. Outra coisa. Sabe-se de toda a tramoia que fez de Bolsonaro o eleito. Do golpe, passando pela prisão fraudulenta do maior líder popular do país até a facada suspeitíssima que alavancou uma candidatura já arquitetada pela forças reacionárias, apoiadas por Steve Bannon, o capital empresarial sujo e não investigado pelo TSE que disseminou fake news pelo Zap, o apoio agora explícito dos lavajatistas e o oportunista mor Sérgio Moro, essa eleição tem pode ser vista como qualquer coisa, menos por sua pretensa normalidade democrática. Não ir à festa tem caráter político acertado. Não compactuar com uma farsa é uma narrativa política necessária e poderosa para juntar a militância da esquerda e prepara-la para o que esta por vir.

Responder

Og

01 de janeiro de 2019 às 15h09

Como diz minha máe: ser bom é uma coisa, ser besta é totalmente diferente.
Tratou mal manda pastar.
Olha o que estao fazendo com os jornalistas. Com a raiva que os generais e o EB tem dos petistas fariam a mesma coisa ou coisa pior.
O ensinamento de cristo de oferecer a outra face é maravilhoso, mas nao funciona na prática.

Responder

    jose carlos de oliveira sa

    01 de janeiro de 2019 às 18h09

    Infelizmente ! O próprio PT , que criou esta situação ! O Judiciário , o Executivo , e o Legislativo , estão destruindo esta nação . Acorda Brasil !

    Responder

antonio josé

01 de janeiro de 2019 às 15h05

O PT fez bem em não participar da posse do fascista Bolsonaro. Não tem que ficar batendo palmas para canalhas. Foi uma eleição cheia de falcatruas. Houve ilicitude, farsas, mentiras. Aliás, esse filho da puta chamado Bolsonaro nem devia ser candidato devido aos absurdo que fala. agora eume sinto nod ireito de esculachar esse canalha, corrupto, sem vergonha que a direita fascista elegeu como presidente. vai ser esculachado o tempo todo.

Responder

ANGELA MARIA

01 de janeiro de 2019 às 14h27

MUITO INTERESSANTE!
IMAGINO QUE DEPOIS DA POSSE, A MÍDIA COBRARÁ “UMA NOVA AUTOCRÍTICA” DO PT…
QUER SABER, MIGUELITO, VÁ VOCÊ!
APROVEITE O CHEIRO DE PÓLVORA E CAVALO QUE DEVE ESTAR EMPESTEANDO O CENTRO NEVRÁLGICO DE BRASÍLIA.
EU NÃO IREI!
NUNCA PARTICIPARIA DO RESULTADO DESSA FRAUDE QUE FOI AS ELEIÇÕES DE 2018.
EM RESPEITO À MINHA NAÇÃO, NÃO VOU VER A DITADURA VOLTAR À ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS.
EM RESPEITO À MINHA NAÇÃO, NÃO VOU PARTICIPAR DA POSSE DE UM PALHAÇO, CORRUPTO, TRAIDOR DA PÁTRIA, COVARDE, CANALHA, MENTIROSO E ESTIMULADOR DA VIOLÊNCA NO BRASIL.
NÃO VOU À POSSE DO “MACAQUINHO DO TRUMP”…

VOU RESPEITAR O POVO BRASILEIRO E LUTAR PARA A VOLTA DA DEMOCRACIA DO BRASIL!

Responder

Tonho

01 de janeiro de 2019 às 14h12

Bolsonaro e semelhados da extrema direita são sintomas agudos de uma sociedade que apodreceu.

Responder

paulo werneck

01 de janeiro de 2019 às 13h42

Nenhum risco? O douto jornalista não viu o vídeo da posse dos parlamentares mineiros? Em que mundo o douto jornalista está vivendo?

Responder

Jota

01 de janeiro de 2019 às 12h42

https://www.youtube.com/watch?v=llwgHjfagBo

Responder

TELESFORO MATOS

01 de janeiro de 2019 às 12h07

Quanta bobagem…
Quando o PSDB e o DEM boicotaram a posse de Dilma, sem que ela tivesse feito um milésimo das agressões que o Minto faz, não v´pi nenhum “jornalista reclamando…
O PT comparece…Acontece o provável… Uma agressão em larga escala… Culpa do PT, lógico…O que é que o PT foi faze lá, sabendo o que o esperava…
O problema do PT continua sendo a mídia…Grande, pequena, simpática ou não.
Quanta bobagem.

Responder

Rodrigo Cardoso Condeixa da Costa

01 de janeiro de 2019 às 11h58

Não se vai a cerimonia de posse de um fascista. Ponto. E mais. Estamos sob um Golpe, com o STF e com tudo. Ou vc acha mesmo que estamos num Estado Democrático de Direitos. Tá de brincadeira, Miguel? Estamos sob um Estado de exceção. Simples assim. O que precisa mais acontecer para se ver o óbvio ululante? Tem que boicotar mesmo. O bicho vai pegar pro lado dos Movimentos Sociais e Progressistas em geral. Cai na real, Miguel. Que conversa fiada essa de oposição civilizada, democracia.. blá, blá, blá. O país está virado do avesso. Vai ter que desabar o mundo na tua cabeça pra vc ver o óbvio, ou está agindo de má fé mesmo?! Nada funciona, começando pelo judiciário. Vamos parar de papo furado.

Responder

LUIZ CARLOS

01 de janeiro de 2019 às 11h26

CONCORDO COM O PT E OS PARTIDOS DE ESQUERDA EM NÃO IREM A POSSE DE UM FASCISTA QUE GANHOU AS ELEIÇÕES COM MENTIRAS E FRAUDES, COM APOIO DAS AUTORIDADES E DA MÍDIA GOLPISTA E FICO MUITO P. DA VIDA QUANDO VEJO JORNAIS E BLOGS QUE SE DIZEM PROGRESSISTAS COBRANDO DO PT AUTOCRITICA, ONDE DEVERIAM COBRAR AUTOCRITICA DO GOLPE DADO NA DILMA PELO JUDICIARIO E O CONGRESSO, O HABEAS CORPUS DO EXERCITO E DO STF, O ATO INDETERMINADO DO MORO, DO TRF 4 E DO MP, A PRISÃO EM SEGUNDA INSTANCIA DO STF, AS PAUTAS BOMBAS DO CONGRESSO, NÃO TENHO PROVAS MAIS A LITERATURA ASSIM ME PERMITE E VOU CONDENAR O JOSE DIRCEU DE ROSA WEBER E DO MORO, O MENSALÃO QUE NÃO EXISTIU DO JOAQUIM BARBOSA E DO SUPREMO, A FUGA DO CIRO GOMES PARA EUROPA, UFA… HAJA AUTOCRITICA PARA SE PEDIR. KKKKK

Responder

Darcy Sales

01 de janeiro de 2019 às 11h14

Meu caro Miguel, você iria a uma festa em que o aniversariante, véspera, o tivesse ameaçado de ser metralhado? Ou ser ameaçado de ser metralhado é coisa normal?

Responder

Luiz Carlos Vicentini

01 de janeiro de 2019 às 10h05

Chocante!
O que se tornou esse cafezinho?
Um cafezinho, fraquinho, uma água de batata, como diria minha mãe, quando errava na quantidade de água que misturava ao pó de café.
O que estou fazendo aqui?
Miguel, leia alguma coisa no Duplo Expresso. Quem sabe você se recupera.

Responder

Guimarães Roberto

01 de janeiro de 2019 às 07h18

Foi correta a decisão dos partidos de esquerda sobre a posse do Bozo. Os críticos a essa decisão precisam entender que não haverá diálogo com as esquerdas, só medidas de força. Não se assustem se, a partir do dia 02, forem emitidas ordens de prisão contra todas as lideranças do campo progressista. Com o ex-árbitro de Curitiba e militares dando sustentação é bastante provável que aconteça. E não me venham falar em judiciário, direito ou Constituição porque o regime de exceção já está funcionando.

Responder

Valdeci Elias

01 de janeiro de 2019 às 03h28

Oque importa é ” LULA LIVRE !!!” . Quando ele for solto,a Esquerda negocia com Bolsonaro .

Responder

    Capanema

    01 de janeiro de 2019 às 12h37

    Só em 2030 então?

    Responder

Airton

01 de janeiro de 2019 às 02h19

Respeito todas as opiniões, mas endosso a posição de não comparecer a essa solenidade, será que alguém tem dúvidas das fraudes cometidas, quer seja a partir da facada e com essa do Queiroz, desde quando o Ministério Público solta uma nota para justificar a ausência de um depoente, nossa justiça é uma piada, desde quando um juiz poderia, ética e moralmente, aceitar o cargo doado ao Mouro, a imbecilidade deve ter um limite.

Responder

DIAMANTINO PEREIRA JUNIOR

01 de janeiro de 2019 às 01h42

O Cafezinho iria a posse de Hitler? Eu certamente que não.

Responder

    marco

    01 de janeiro de 2019 às 12h56

    Penso diferente
    Que o Bozo é proto- fascista,todo mundo sabe, aliás o próprio eleito faz questão de explicitar.
    Acho porém que essa estratégia de se apresentar como o campeão das oposições com esse jogo de cena fuleiro , não vai funcionar, pois o povo tá “ligado” que a participação do Pt nas eleições para perder, legitimou o eleito.

    Responder

      Ruy Acquaviva

      01 de janeiro de 2019 às 16h46

      A retirada da candidatura de Lula e a participação nas eleições fraudadas com a farsa jurídica que retirou Lula da disputa foi um gravíssimo erro do PT. Mas isso não justifica outro erro grave que seria participar da cerimônia de posse do fascista eleito através da fraude.
      No primeiro caso o PT errou, no segundo acertou.
      O Miguel do Rosário no entanto segue errando. Primeiro por apoiar um direitista que atuou sempre para jogar o PT fora da disputa em favor da direita e na reta final da campanha, especificamente a favor do Bolsonaro. E continua errando ao defender uma atitude de submissão ao fascista fruto de uma fraude, alegando um diálogo que o próprio fascista já deixou claro que não tem o menor interesse em fazer.

      Responder

        marco

        02 de janeiro de 2019 às 16h34

        Não foi erro não, foi medo de perder o Fundo Partidário.
        Não levou a candidatura Lula às últimas consequências , como seria o correto. por medo de retaliações, como por exemplo a perda do Fundo Partidário.
        E agora querem que o Povo derrube a bastilha enfrentando as mais draconianas leis sancionadas pela Dilma.

        Responder

Euclides Anjos

01 de janeiro de 2019 às 00h13

Sinceramente fico perplexo ao ler um título de matéria jornalística tão inepto descompromissado com a pátria. Estamos assistindo à ascensão ao poder de um pensamento: totalitário; medíocre; mesquinho, que em se seguindo todos os indicativos propalados por seus orquestradores e seguidores, nos levará a uma guerra civil, explico ! Temos um PIB de pouco mais de 2 trilhões de dólares, porem, possuímos uma dívida pública de mais de 1 trilhão de dólares. Quando um insano como o que tomará posse, afirma que romperá relações com a China ( para agradar a Trump-EUA) e com o mundo árabe ( para agradar a Charlatões pseudo religiosos), estamos falando em algo em torno de 890 bilhões de dólares, pois, somente a China, responde atualmente por 40% do nosso PIB e sendo assim, ao fazendo uma operação de álgebra básica, obtemos: PIB > 2 TRILHÕES –menos – GRANA DA CHINA > 890 BILHÕES = 1 TRILHÃO E 110 BILHÕES – menos – 1 TRILHÃO E 400 BILHÕES = igual — 290 BILHÕES, ou seja, 290 bilhões negativos que nós trabalhadores teremos que pagar. Agora acrescente a isso, um efetivo de 28 milhões de trabalhadores desempregados e tendo que pagar essa fatura e um governo que perdoa dívidas de produtores rurais e banqueiros, abrindo mão da arrecadação que financiaria a retomada do setor produtivo e aqueceria a economia, criando o ciclo econômico de auto sustentação. Com base em todo o exposto, fico a refletir: em que planeta ou em qual país reside o autor desse texto? Pois, a estrutura basilar que sustenta esse escopo socioeconômico é taxativo, em poucos meses estaremos observando o acirramento da concentração de renda avassaladora, o desgaste por completo de todo o tecido de proteção social ainda existente e com isso, a ruptura de qualquer postura de inércia que exista na população, já que não haverão muitas opções de subsistência. O autor desse texto deve acordar pra a realidade de que não serão respeitadas por estes governantes que iniciarão a nova gestão, qualquer norma, diretriz , lei ou doutrina favorável ao povo, até porque, estas próprias instituições, encontram se alinhadas com esta estrutura e usarão de todas as manobras para manter o status quo.

Responder

    Marilene de Fátima silva

    01 de janeiro de 2019 às 00h42

    Parabéns, Euclides dos Anjos. Muito boa mesmo sua resposta. Repúdio por completo essa reportagem de O cafezinho.

    Responder

Roberto Weber

31 de dezembro de 2018 às 23h06

Ôrra, Miguel! Prestigiar posse de fascista? Você , se vivo à época, iria à posse de Hitler?…

Responder

Rose

31 de dezembro de 2018 às 22h44

Empoderar o fascismo não é um evento propriamente democrático. E a julgar pelo valor que a natureza, o povo, as minorias, o trabalho, a verdade, a justiça, a paz, os interesses nacionais, a transparência e a delicadeza terão daqui pra frente, só nos resta mesmo um silêncio de morte, porque não há muita esperança. Lamento essa sua opinião.

Responder

Assim Falou Golbery

31 de dezembro de 2018 às 22h25

tal apelo só faz sentido ante o que fez Hitler. Alguns que não foram para sua posse foram convidados, e agora levados pela SS para garantir que não faltariam, para uma festa particular em que o prato principal era bosta e a\na sobremesa, uma pistola com uma única bala para que fosse usada na cabeça do próprio

Responder

Railton Melo

31 de dezembro de 2018 às 22h22

Eles não tiveram respeito ao eleitor nem a democracia, e daí, perderam o quê? ora ora Miguel cai fora.

Responder

Perdoado os que São

31 de dezembro de 2018 às 22h11

embora não veja por aqui quem seja, se fazer de tal é outra coisa, perdoado fica os imbecis. Pois todo como um conhecimento mínimo de história já sabia que ou se elegia o petismo ou seria a corja mais nojenta de direita nazifascita. Para entender isso, a abertura política negociada no seio da Gloriosa (a partir de agora é que muita gente irá entender isso, a turma de 64 será vista agora na história como apenas um bando de crianças mimadas, democráticos, tais quais os militares antes de Hitler) previa haver uma única esquerda, Lula\petismo, e uma única direita\centro. Por que Lula teria esse status? Pela razão mais simples: enquanto tudo que se dizia esquerda se escafedeu e o deixou sozinho de peito aberto enfrentando metralhadoras e prisões injustas. se Brizola nem se fala, vivia pelo exterior passeando pelos salões e até dando churrascos em suas fazendas milionárias. E logo que teve oportunidade de voltar ao Brasil unicamente pela luta de Lula, eis o primeiro nojento que resolveu não aceitar ser petista. O resto é lorota, não apenas de imbecil, mas de vendido. Ciro, e Cia, nascido e criando politicamente dentro da ARENA, partido fascista, nunca foi segunda via, sempre foi isca para destrair otários

Responder

PC Gama

31 de dezembro de 2018 às 20h54

Como não–petista acho graça dessa briga dos novos antipetistas, buscando argumentos para bater na geni. Se aproximam de bozo afã de capitalizar os frutos do ódio ao PT. Ridículo. Os tucanos não foram á posse de dilma, assim como o partidin neomalufista de bozo não iria a uma eventual posse de Lula, manu ou haddad. Mídia de esquerda: não crie factoide político. Cresça com qualidade, senão desaparecerá!

Responder

Justiceiro

31 de dezembro de 2018 às 19h37

Miguel, muito obrigado por me deixar postar em seu blog. Como já disse várias vezes, você e´um jornalista da esquerda fora da curva. Faz críticas à esquerda com isenção, assim como quando elogia.
sua liberdade de agir dentro do seu próprio blog, incomoda muitos petistas que aqui comentam. eles agem como sensores querendo pautar sou blog.

Como é difícil ver jornalista de esquerda com independência para criticar Lula e o PT, principalmente, você, para eles, é taxado de traíra, de vendido etc. Para nós, coxas, você é um jornalista honesto que não se vende para publicar apenas o que a esquerda quer ouvir.

Desejo-lhe um Feliz Ano Novo, junto com sua família e amigos. Os verdadeiros pois você, com certeza, tem.

Responder

    Gerson

    01 de janeiro de 2019 às 11h51

    Puxa vida Miguel, veja a que ponto o OCafezinho chegou, sendo elogiado pelos coxas e fascistas e tendo severas críticas da esquerda. Onde o OCafezinho “virou o fio?” Pense.

    Responder

    Paulo Cesar

    01 de janeiro de 2019 às 12h24

    Bolsonarista tentando parecer gente é engraçado.
    Eu defendo a tortura mas sou educadinho hahaha

    Responder

Ruy Acquaviva

31 de dezembro de 2018 às 19h21

Diálogo!!!
E os fascistas do Bolsonaro estão interessados em diálogo Miguel? Você está vivendo em qual realidade paralela?
Bem, depois que você jurou qie aquela farsa ridícula da facada sem sangue era real, não duvido de mais nada.
Você está vivendo em um mundinho de fantasias pequeno burguesas, mas quando a realidade do fascismo chegar ao seu lombo vai ficar difícil manter essas ilusões.
Até lá, bom proveito.

Responder

    Rodrigo Cardoso Condeixa da Costa

    01 de janeiro de 2019 às 12h04

    Na mosca! Vamos ver se o Ciro vai segurar a onda dele quando o bicho começar a pegar de modo irremediável pro lado da esquerda. Que coisa mais ridícula esse tipo de post.

    Responder

Lanpy Emirge

31 de dezembro de 2018 às 19h05

– DEMOCRACIA TUPINIQUIM
– 1/3 dos votos válidos
– Fraude comeu solta
– Trancafiado o líder nas pesquisas
– STF com a meganhagem na cadeira do chefe
– Mídia toda comprada
– Golpe escancarado na nossa fuça
E o missivista sai com essa cobrança de coerência?
Fomos rebaixado aquém de uma republiqueta de Bananeiras…
Só faltou dizer que o livro do ustra deve ser distribuído pelo MEC…
Fazeção de média…
#LulaLivreJá

Responder

    Justiceiro

    31 de dezembro de 2018 às 19h44

    Onde teve fraude, camarada? Mostre onde teve fraude.

    Os governadores do nordeste, todos de esquerda (Renan filho é aliado de Lula) foram eleitos com fraude?

    Não vá dizer que você usa aquela denúncia vazia da Folha sobre impulsionamento de mensagens zap zap que não cola. A jornalista, petista de carteirinha cujo pai recebeu dinheiro da Odebrecht, falou em 12 milhões mas não apresentou um mísero recibo, uma mísera prova.

    Facebook, Twitter já declararam que não houve esse tal de disparos. Aliás, o que teve, também foi praticado pelo PT.

    Lembra que foi descoberto o pagamento pelo PT para impulsionar as candidaturas de Lula, Gleisi e Lindinho? isso, sim, tem prova. Tinha tutorial no youtube.

    Responder

      José

      01 de janeiro de 2019 às 08h54

      Quem é brusquense de SC viu as provas ao vivo e a cores. Dentro das lojas, nos foguetes e no WhatsApp! O Luciano da Havan botou horrores de dinheiro sim senhor! Constrangeu funcionários sim senhor! Só que o Chimia, vulgo Mussi, que é de família de comerciantes da capital, Florianópolis, sentou a bunda no processo… e o alemão passou ileso. Não sabes das coisas inocente…

      Responder

Orestes Albuquerque

31 de dezembro de 2018 às 18h53

Não ir a essa posse é ter vergonha na cara…O cafezinho faz apologia aos coronéis de asfalto do Ceará o tempo todo…e se especializou em bater no PT e outros progressistas…Realmente virou um cafezinho “requentado” de qualidade muito aquém do que a grande maioria aprecia!! Abraço e 2019 unidos na luta pelos desafios que iremos enfrentar!

Responder

Rauleg

31 de dezembro de 2018 às 18h33

Muito obrigado Miguel, por tudo que você escreveu, principalmente sobre política ao longo desses anos, fortalecendo a dialética na blogosfera, proporcionando grandes reflexões e contribuindo muito para o entendimento dos últimos acontecimentos nefastos pós manifestações de 2013. Obrigado, de coração. Aprendi muito com a sua perspicácia, todavia, de uns tempos para cá, após o Ciro se tornar candidato à presidência, para ser mais exato. Não sinto mais a mesma isonomia nem um mínimo de imparcialidade em seus textos. Digo isso em relação ao PT. Muitas vezes tenho a impressão de estar lendo um texto do Antogonista ou de qualquer outro site de direita um pouco mais recatado, fora dos padrões bélicos do MBL, por exemplo. Infelizmente não consigo mais me ver representado pelos seus argumentos. Sendo assim o melhor que tenho a fazer é me retirar desse ambiente onde os ideais um dia foram os mesmos que os meus. Mais uma vez, obrigado e boa sorte nesse projeto que já é uma realidade e em outros que por ventura possam vir.

Responder

    Ruy Acquaviva

    31 de dezembro de 2018 às 19h58

    Concordo em gênero, número e grau. Faço minhas as suas palavras.

    Responder

mauro ramos

31 de dezembro de 2018 às 18h19

quanta bobagem,cafezinho.esse governo(?)e fruto de uma fraude.fora bolsonazi.devemos fazer uma oposiçao radical essa corja nazista.devemos desejar boa sorte a um desgoverno que promete perseguir as esquerdas e outras minorias?tomem juizo,gente

Responder

Claudio

31 de dezembro de 2018 às 17h04

Diga-me em quem eles votaram; e eu te direi quem são esses 56 milhões de eleitores.

Responder

kenedi correa lirio

31 de dezembro de 2018 às 16h52

Eu nao tenho certeza se lerão, mas nao resisti . Vcs , esquerdistas , sao realmente sao o coco do mosquito nas fezes do porco . Quanto mais a gente tenta entender seus motivos , analisar seus pinto de vista , mais temos certeza de que se trata de pessoas com problemas mentais . E o mais legal é que vcs estao se afundando cada vez mais . Cada momento em que alguma autoridade de esquerda abre a boca , a direita se alegra , por que sabe que vai sair merda. Nunca o ditado popular “O PEIXE MORRE PELA BOCA ” , foi tao verdadeiro. Vcs se contradizem em tudo . O que é otimo , por que o povo ,que vcs tratam como se fossem debeis , esta percebendo isto as claras. Vcs criaram um monstro chamando bolsonaro , e ele FODE Vcs a cada dia . O bolsonaro que vcs ,CRIMINOSAMENTE , quiseram emplacar , esta com muita simplicidade ,desmascarando vcs . O ” machista”, ” homofobico” ,” nazista” , ” facista” , esta, sem fazer força, MOSTRANDO QUE SAO VCS. E como disse, ele nao prscisa fazer muito esforço,basta ser uma pessoa normal , racional , sincero, trabalhador, etico, empreendedor, nao ambicioso, mentiroso, efetivo , nao corrupto, em fim , tudo aquilo q vcs nunca foram . Eu sei que vcs tem um certo ” bloqueio mental , um retardamento mesmo , mas tentar explicar ; Vcs FORAM DERROTADOS!!! A MAIORIA DO POVO BRASILEIRO , DISSE NAO!! A VCS!! . Disseram nao , ao seu tipo de educacao !! disseram nao!! ao seu plano de invasao de terras , disserao NÃO!!! a sua ideologia de genero!! ,disserao NAO !!! ao seus planos de transformar o brasil em um pais comunista , disseram NAO !!! aos seus projetos de poder , DISSERAM NAO !! A PROTECAO DE CURRUPTOS !!! EM FIM , o povo disse NAO !! A TUDO O QUE VCS REPRESENTAM !!,ao seu modo de fazer politica , vcs foram REPROVADOS. E sao tao hipócritas, mesquinhos, mentirosos e doentios , que sao incapazes de olharem pra trás e, admitir ( e eu espero que continuem assim ). A cada discurso seus , vcs se mostram mais incoerentes .Agora , vcst tem a suca no para a seca no nordeste ,ficaram 16 anos no poder ,kkkk. Bolsonaro é o monstro !!! porq vai resolver um problema que vcs tiveram 16 anos pra resolver e este é so um exemplo da hipocresia esquerdista, nao vou nem me aprofundar . CONTINUEM ASSIM !!!! POR FAVOR!!!, a cada vez mais o povo vai se conscientizar que pra vcs , agora, QUANTO PIOR , MELHOR . E quanto ao bolsonaro , estamos com ele , por agora. Porq , diferentemente de vcs , nao temos politico o de estimacao , nao queremos ” nossa ideogia no poder ” , queremos o que for bom para o pais ,SOMOS BRASILEIROS !!!!!

Responder

    Fabiano

    31 de dezembro de 2018 às 21h03

    Eca….vai estudar….explica os disparos de. Whatsapp….explica Queiroz e o açai do honesto….explica os tiros no acampamento e no ônibus…explica as mortes de moa…Marielle…o motorista dela…explica a morte do assessor da Fátima Bezerra….explica os dois.mortos na Paraíba…diálogo? Essa banda da sociedade quee diálogo? Desarmense primeiro…se não vão pro.inferno

    Responder

    Besta doente

    31 de dezembro de 2018 às 23h44

    basta dizer que direita defende o trabalho escravo como o máximo de política social enquanto esquerda defende se pagar pelo trabalho. Só isso diz o quanto eis bosta, pois deveria ser escravo e não ter tempo para postar nada na internet

    Responder

Brasileiro de Sousa

31 de dezembro de 2018 às 16h33

Lula Livre !!!

Responder

    Brasileiro da Silva

    31 de dezembro de 2018 às 16h34

    Sim. Em 2030, se tudo correr bem.

    Responder

Brasileiro da Silva

31 de dezembro de 2018 às 16h08

Miguel, os ptminions não admitem que se critique decisões dos “líderes”.
Mas parabéns pela coragem e pelo belo trabalho.
Bom 2019 para todos, até para os ptminions.

Responder

Injuriado

31 de dezembro de 2018 às 15h50

Parabéns Miguel.Vc, Ciro e o PDT estão se mostrando uma oposição decidida e confrontativa contra o monstro de 7 cabeças que vcs anunciaram no primeiro turno e me convenceram a votar no Ciro.

Responder

Araujo

31 de dezembro de 2018 às 13h48

Parabens Rosario, tu ‘es um dos poucos que falam abertamente e claramente dos erros toscos das chamadas “esquerdas”, saindo daquela retorica mediocre e alienada que formam o lulapetismo do 247 e afins. Continue este otimo trabalho em 2019, os atuais “progressistas” e a democracia precisarao.

Responder

Colossi

31 de dezembro de 2018 às 13h31

Achei que aqui fosse o programa cafezinho da radia Atlântida…. Gostei das piadas… Feliz 2019…que venga o bang-bang….

Responder

J.d.Costa

31 de dezembro de 2018 às 13h22

Penso que nao passa impressão negativa nenhuma. Demonstra que o nós correios trabalho eles segue. E tem que seguir mesmo. Essa gente é ruim e se errou, que se revolte também

Responder

Wagner Almeida

31 de dezembro de 2018 às 11h41

Não tem que ir mesmo, tem que sabotar

Responder

Alan Cepile

31 de dezembro de 2018 às 11h29

******************************************************************************************

Parabéns ao Cafezinho pelo alto nível das matérias publicadas em 2018, pela isenção, pela coragem, por dar “a cara pra bater” pouco se preocupando se vai agradar ou não, opinião firme, coerente.

Obrigado Miguel, 2019 tem mais!

*******************************************************************************************

Responder

Raul

31 de dezembro de 2018 às 11h05

Prestes a tomar posse bolsonaro ataca a educação e os professores.

Responder

    Justiceiro

    31 de dezembro de 2018 às 11h27

    Não fala merd@, cara.

    Bolsonaro não ataca a educação e muito menos os professores; ataca o antro marxista em que se tornou as universidades públicas.

    Os governos petistas aparelharam as universidades públicas que a única coisa que conseguiram foi piorar os índices da educação no Brasil. Sempre estamos na rabeira em relação ao mundo.

    Quem persegue professores e alunos que não comungam do marxismo, são os professores petralhas e alunos, que passam anos em uma faculdade sem se formar, caso da presidente e da ex-presidente da UNE.

    quer um exemplo? A Reitora da Unifesp se recusou a liberar dois professores para a equipe de Bolsonaro. Fez mais: abriu processo contra esses professores.

    Na UnB, um grupo de alunos (10 no máximo) foi impedido de entrar na Universidade por alunos marxistas-petistas. Agora, imagine se alguém fosse barrar um aluno entrar na mesma Universidade com a camiseta do Lula?

    Mais aritmética e mais ciências, menos ideologia.

    Responder

      Justiceiro

      31 de dezembro de 2018 às 11h29

      Os alunos que foramimpedidos de entrar na UnB estavam com camisa amarela em referência a Bolsonaro.

      Responder

        Alan Cepile

        31 de dezembro de 2018 às 12h34

        Essa baboseira que falam do marxismo nas universidades é a mentirinha mais tosca e oportunista que existe, do mesmo nível da mamadeira de piroca e kit gay, ou seja, nunca existiu e é sustentado por uma rede de fake news com o auxílio luxuoso das gigantes (golpistas) da mídia para ludibriar a opinião pública. O povo não é mantido burro por acaso, é pra, entre outras coisas, acreditar nas mentirinhas que a casa grande fala.
        Fiz graduação e mestrado em universidade federal, o que existe de verdade é uma comparação de verba recebida da era FHC da era Lula/Dilma, e a diferença é simplesmente A-B-I-S-S-A-L.
        Minha graduação foi na época FHC e a universidade não tinha verba pra comprar novas carteiras para as salas de aula, um gasto ultra básico. No mestrado, já em 2006, meu orientador me disse que a universidade não sabia o que fazer com tanto dinheiro, faziam exaustivas reuniões para estabelecer como usariam o dinheiro para expandir a universidade, essa é a história verdadeira, os servidores lembram da perrengue que passavam na era FHC, inclusive com atraso de salários, greves e semestres perdidos pelos alunos, FHC se foi a 17 anos e tem universidade que ainda não conseguiu colocar o calendário em ordem…
        E pra finalizar, visitem uma universidade pública e perguntem a ideologia política dos alunos de medicina, direito e engenharias pra ver se eles tem alguma simpatia pelo marxismo…. Estão intoxicados pela mídia e por quem manda e explora esse país.
        FELIZ 2019

        Responder

          Justiceiro

          31 de dezembro de 2018 às 16h00

          Por falar em greve, as Universidades públicas fizeram uma greve tão grande no governo Lula, que ele próprio, um sindicalista acostumado a fazer greve por tudo e por nada, reclamou, disse que greve com mais de CEM DIAS não era greve, era férias remuneradas.

          Mas disso você faz questão de não lembrar.

          Outra coisa: que adianta ter tido tando dinheiro assim, como você fala nas Universidades, se faltou no ensino básico?
          A educação brasileira continuou – e em alguns casos até piorou – nos tempos de Lula.

          Responder

            Alan Cepile

            31 de dezembro de 2018 às 19h40

            Lula reclamou pq não passa de um populista metido a esperto, tão esperto que hoje tá preso traído pelo próprio partido…
            E o assunto era universidade e não ensino básico, quem não gosta do Lula sempre faz assim, quando percebem que num assunto o Lula fez, dizem “ah, mas naquele outro o Lula não faz nada”.
            As universidade públicas são o que são hoje, independente se é muito ou pouco, graças ao PT, não há argumento que negue isso! Quem passou pela universidade nas épocas de FHC e Lula/Dilma sabe exatamente do que estou falando, não há um mínimo de paralelo para fazer qualquer tipo de comparação.

            Responder

              Justiceiro

              31 de dezembro de 2018 às 19h52

              Meu caro. Do que adianta ter tantas Universidades com um ensino ruim, com o ensino básico caindo pelas tabelas?

              De que adianta você construir um belo hospital, se não tem uma boa equipe de profissionais da saúde e nem equipamentos?

              Ter mais Universidade não significa melhorar o ensino.

              Responder

                Alan Cepile

                01 de janeiro de 2019 às 10h50

                Meu camarada, não fique nas entrelinhas do argumento, diga claramente, o ensino superior, da década de 90 para os anos 2000 está melhor ou pior?

                Responder

        Marcus Padilha

        31 de dezembro de 2018 às 12h36

        Deviam era ter dado uma boa surra nos amarelinhos.

        Responder

          Alan Cepile

          31 de dezembro de 2018 às 12h40

          Esse pessoal é vítima do sistema, não precisam de surra, precisam de INFORMAÇÃO!

          Responder

      Leonardo

      31 de dezembro de 2018 às 16h19

      Parabens pelos comentarios, mas sabe que não da pra discutir ou ter dialogo com esquerdista, so sabem xingar e se dizem maioria intelectual.

      Responder

      O anti bolsa de bosta

      31 de dezembro de 2018 às 19h02

      Essa o bolsa de merda tivesse interesse em educação tinha convidado Cuba para posse e ainda fazer um +Educação, pois Cuba tem a melhor educação por essas bandas e , o que o idiota finge que nãos , pois sabe e apenas falar para imbecil, todos os professores de lá são marxista

      Responder

Justiceiro

31 de dezembro de 2018 às 10h51

Que bom que não vão comparecer. Assim, a mulherada poderá usar suas joias sem medo se serem roubadas.

Responder

    Berimbau

    31 de dezembro de 2018 às 11h25

    Do que adiantam joias roubadas do dinheiro do povo e perto do saco de mer.da ? Onde está o Queiroz tramando mais mentiras ? Olha aqui seu justiceiro infeliz, essa família não dorme tranquila e vive assombrada pelo medo. Não há canhão no mundo que lhes devolvam a tranquilidade que nunca tiveram no coração. Ali reina o capeta travestido de moral e bons costumes… surrupiando a todos o que pode.

    Responder

    Paulo Cesar

    31 de dezembro de 2018 às 11h33

    Quem roubou cofre cheio de jóias foi o Bolsonaro , segundo várias testemunhas.
    Mas e aí , o Bolsonaro vai ou não vai estuprar sua mãe??????????????????

    Responder

    Alex

    31 de dezembro de 2018 às 12h33

    Que resposta nível quarta série a sua

    Responder

      Paulo Cesar

      31 de dezembro de 2018 às 13h12

      Alex talvez você não tenha entendido a ironia implícita na minha resposta usando a frase conhecida do “Mito”.
      Faço essa pergunta a todos os eleitores do Bolsonaro.
      Sua mãe é feia ou merece ser estuprada?
      Justamente por achar repugnante é que digo isso à todos os eleitores dele.

      Responder

Haremhab

31 de dezembro de 2018 às 10h35

Petralhada esperneando ad eternum, governaram durante 14 anos, fizeram merdas para todo lado, gastanca desnecessária com copa e olimpíada, porto de Mariel de graça para os caloteiros cubanos, quase acabaram com a Petrobrás, responsáveis pelo maior escândalo de corrupção da história da Humanidade, institucionalizaram a roubalheira em todas as esferas do poder público, aparelharam diversos órgãos, incompetentes em tudo que fazem, economia arrebentada, quase 15 milhões de desempregados, etc, etc…mimimi de derrotados, daqueles que só reconhecem o resultado quando lhe é favorável, não fazem falta a ninguém!

Responder

Nilso lattari

31 de dezembro de 2018 às 10h32

Trata-se de vergonha na cara e abandonar a dor de corno cirista

Responder

Orlando Fogaça Filho

31 de dezembro de 2018 às 10h20

Miguel do Rosário tua máscara caiu. És um fascistinha bolsominion tentando pegar uma boquinha, tal qual o Ciro. Finge que não entendeu para não ficar mal com o Bozo. Lembro do início do blog e contribuí com assinatura, diante de teus apelos baixos de necessidade de grana (como os pastores evangegues). Tô fora, cara! Aproveitadores que se fazem de esquerda procurando um nicho de mercado… https://jornalggn.com.br/blog/fernando-horta/uma-estranha-ideia-de-democracia-por-fernando-horta?fbclid=IwAR1Q5vwUwebDfsl1LO_-OO5wOuNScVd0UjW0_zND_-wB9DdgzjElYmoCsIw
Lógico que você leu… mas isso não te leva a nenhuma reflexão, nem autocrítica que cobras tanto do PT… mas é uma questão de mau-caratismo.

Responder

Paulo

31 de dezembro de 2018 às 09h59

Um sachê de “simancol” mais uma dose de “desconfiometro” pro Sr. Miguel, “colonnista” desse blog.
Esse país jamais irá ser uma potência. Basta percebermos a covardia até dos que se declararam de esquerda.
Miguel, você e este blog são as maiores decepções de 2018.

Responder

    Alex

    31 de dezembro de 2018 às 12h35

    Covardia? Ir à posse e dizer na cara deles que será oposição é coragem

    Responder

BRENO Diniz

31 de dezembro de 2018 às 09h57

OS MEDICOS CUBANOS DERAM UMA AULA, DE DIGNIDADE. MAS O MIGUEL FALTOU A AULA.

Responder

Mário Dutra

31 de dezembro de 2018 às 09h30

Miguel… Quanta infelicidade neste artigo…

Não iria lá nem se fossem distribuir Euro… Não merecem nada… Merecem é cadeia. Milicianos cariocas safados… Cafezinho de quinta cstegoria nesse artigo… Aaaarrrghhh

Responder

João

31 de dezembro de 2018 às 09h29

Vá lá, Miguel do Rosário, babar o ovo do capitão. Vá! Hitler e Mussolini também foram eleitos. Certamente o Miguel estaria também lá nas primeiras fileiras dessas posses.

Responder

Simoni Gatho

31 de dezembro de 2018 às 08h52

Jucá disse, Jucá avisou, um grande acordo nacional e esses intelectuais de redação vindo com essas elucubrações hemorrágicas enquanto o povo passa fome! Brasileiro adora um muro, pqp!! Cadê o sangue em suas veias?

Responder

marcos

31 de dezembro de 2018 às 08h02

Grave erro é uma ova! Não ir à posse deste sujeito, é TER VERGONHA NA CARA! Infeliz comentário e que só faz com que eu não mais visite este blog, que, aliás, eu já não estava visitando, a não ser pelas manchetes.

Responder

    Joaquim Lopes

    31 de dezembro de 2018 às 09h28

    Participar da posse é afirmar que foram 57 milhões de votos legítimos, que o processo foi democrático e não houve CRIME ELEITORAL e nem prisão injusta.

    Responder

    Leonardo

    31 de dezembro de 2018 às 16h29

    Boa sorte no brasil 157,la vc vai ser feliz

    Responder

Ricardo Staack

31 de dezembro de 2018 às 07h59

Botaram água no cafezinho está intragável. “É evidente que Bolsonaro não irá metralhar ninguém” tá bom!… mas tem uma legião de bolsomínios deslumbrados que já fazem essas coisas naturalmente, já que o chefe deixou claro…..Pena vendida, jornalismo golpista adesista, é a extrema direita tomando posse resultado de um golpe (cunha/temer/moro/fhc/globo com impeachmente comprado na base de muita grana) tanta, que muitos parlamentares protagonizaram cenas de horror explícito (pro povo) na hora de declarar o voto no SIM soltando confetes, serpentinas, plumas e paêtes. Golpe patético!

Responder

José Ricardo Romero

31 de dezembro de 2018 às 07h58

A última frase “governo escolhido pelo povo” é de uma impropriedade e ingenuidade sem tamanho. Forças oposicionistas não devem respeitar um governo porque foi escolhido pelo povo, mas sim se este governo é legítimo. O povo também apoiou amplamente o golpe de 64 e manteve por duas décadas este apoio. O povo saiu em massa nas Paulistas do Brasil para derrubar a Dilma. O povo está agora mais esperançoso do que estava quando votou no Bolsonaro apesar dos descaminhos e absurdos, apesar das denúncias e provas de corrupção. Será que setores (amplos) da sociedade devem mesmo respeitar a “vontade do povo”? Quem sabe faz a hora, não espera acntecer. Mudanças num país, numa sociedade, não se faz com o balançar de cabeça bovino do “povo”. Uma importante organização internacional acaba de classificar o brasileiro como o 5º povo mais ignorante do mundo, com ênfase na consciência política e percepção do entorno em que vive. Devemos mesmo respeitar a “vontade do Povo” que nem sequer foi majoritária (lembrar a distribuição de votos não considerando apenas os válidos)? Será que além de lamentar daqui a 2 mil anos escavarem o terreno e encontrarem as minhas ossadas no mesmo nível que esse povo eu ainda, em vida, tenho que fazer salamaleques e beija-mãos para estes imbecís?

Responder

Mirtes

31 de dezembro de 2018 às 06h59

Miguel, resolveu agir pró EUA? Ir à posse com a única forma de dizer que não apoia este governo bandido: colocando faixas de FORA BOLSONARO, vestir camisetas de LULA LIVRE, ou coisa parecida. Colocar alguém lá fora do Congresso distribuindo avisos de que este é um governo fascista, dar as costas no momento da posse, abrir o paletó e mostrar a camiseta, mas fazer de conta que a posse não existe é o fim da picada. Sou contra este boicote.

Responder

    Mirtes

    31 de dezembro de 2018 às 07h13

    Terminando, vejam o que disse Aquias Santarém no canal Critica Brasil, sobre a forma de como se deve reagir à posse de Bolsonaro.

    Responder

    Ricardo Staack

    31 de dezembro de 2018 às 10h49

    “””O uso da infeliz e brutal figura de linguagem de Bolsonaro também não me parece um argumento convincente, porque sinaliza à população que a decisão é motivada por medo””” Não é medo é PROTESTO. Querendo esvaziar o protesto? Ir lá com camiseta dde Lula livre é levar porrada na certa, estender faixa como? se nem guarda chuva passa, se passar a faixa os seguradores vão levar também….Chega!

    Responder

Henrique Kirschke

31 de dezembro de 2018 às 06h55

Nós comentários, dá pra ver quanto o pessoal de esquerda gosta e apoia democracia, concordando ou não, da opinião de quem escreve,ficar chamado de traidor e coisa pior que tem por ai, não válida argumentos de ninguém, fora o mesmo mimimi de sempre, “goupi” e fake news, tudo para desmoralizar as pessoas e não seus argumentos, não aceitam que perderam no campo da discussão essa eleição, porque nem o que usam como arma é de fato algo real.
Tanto o Miguel e o PT tem o direito de fazerem ou escrevem o que quiser, sem choro e sim argumentos, algo em falta para esquerdista nesses tempo onde só tem discurso pronto.

Responder

    Alex

    31 de dezembro de 2018 às 12h37

    Os famosos argumentos ad hominem, sem responder ao que o Miguel escreveu, só sabem chorar

    Responder

    Marcus Padilha

    31 de dezembro de 2018 às 12h39

    Que discussão cavalo? Esqueceu que teu candidato saco de bosta não compareceu aos debates?

    Responder

Ioiô de Iaiá

31 de dezembro de 2018 às 06h10

Discordo respeitosamente. As manifestações antidemocráticas e as ameaças do Bozo não é foram brincadeira. O nazismo na Alemanha, começou assim, com a sociedade subestimando a capacidade destrutiva dos nazistas. Todo cuidado é pouco. Esse pessoal é boçal e ignorante.

Responder

Eduardo Fernandes

31 de dezembro de 2018 às 04h38

Concordo em algumas partes e entendo… Seria mais ou menos como agir pelo exemplo, uma espécie de Fair play democrático.
Mas uma eleição ganha na base da grave e criminosa difamação do Fake News como vimos, não merece ser confraternizada pelos seus opositores … E quanto a afirmação “metralhar a petralhada do Acre” não podemos apenas relativizar essa gravíssima afirmação como você faz ao longo do seu texto, isso é inaceitável! Nem na Alemanha nazista nos momentos que antecederam a guerra ouvimos declarações públicas de alguma autoridade nazista de “metralhar a judeuzada na Europa”… Desculpa amigo, o seu senso de perdão vai vem além do meu…

Responder

Lcsc

31 de dezembro de 2018 às 04h22

Olha só quem aderiu ao mi-mi-mi…

Responder

recosta

31 de dezembro de 2018 às 04h07

Grande e erro é o teu comentário sem noção.
Tá confundindo PT com mulher de malandro.
Vai vc pra onde vc quizer.

Responder

Marianne

31 de dezembro de 2018 às 03h45

Governo DEMOCRATICAMENTE ELEITO pelo povo ????????
Um GOLPE iniciado por outro GOLPE anterior…
O GOLPE da FACADA FAKE , do uso CRIMINOSO de caixa 2 , MONTADO em fatos FALSOS RICAMENTE $$$ espalhados via NET num povo ( O quinto mais IGNORANTE do mundo) Que NÂO entende P…. nenhuma de politica. ERRONEA e CRIMINOSAMENTE mal informados pela midia bandida. Vc esta REALMENTE desapontando muitos que gostavaM de vc Miguel!
Acho que nas imagens que serao divulgadas da POSSE… Veremos vc perto do Ciro LAMBENDO e PUXANDO…. as botas e o saco do capitãozinho….

Responder

    Mark

    31 de dezembro de 2018 às 09h18

    O problema de Miguel é um só: Cirismo!!!

    Responder

Miramar

31 de dezembro de 2018 às 02h48

Acho interessante quando sugerem que o articulista não deve dizer suas opiniões por questões econômicas…realmente, não parece um bom exemplo de prática democrática.

Responder

Paulo

31 de dezembro de 2018 às 02h43

Miguel, a sua parcialidade em relação ao PT “deu no saco”. Os últimos textos que li de sua autoria só fazem criticar o PT, pregar (cobrar) autocrítica, vilipendiar entrevista do Haddad em Nova Iorque e agora censurar a atitude do PT em não comparecer à posse de alguém que disse que vai metralhar a petralhada e que os vermelhos ou saem do país ou serão presos. Você exige que o peru elogie e agradeça ao machado. Poupe-me! Suas palavras soam ao meu ouvido muito piores do que as ditas por Merval Pereira, Gerson Camarotti, Eliane Cantanhêde e afins. Eles, ao menos, não fingem, apoiam declaradamente o que há de mais atrasado, em termos de projetos, para este país. Miguel do Rosário, não há problema algum em ser cirista, mas há, e muito, em ser hipócrita.

Responder

Weller

31 de dezembro de 2018 às 01h35

Cara, tu tá cavando o próprio túmulo. Deixa de ser burro! Atacar o PT e a esquerda será teu fim! Cara tem q ser muito burro pra não entender isso! Uma pena viu

Responder

Manero

31 de dezembro de 2018 às 01h33

Rosário, seus argumentos são mais fracos do que os argumentos que você aponta e critica.

Responder

CezarR

31 de dezembro de 2018 às 01h21

A questão não é boicotar, mas fazer anúncio disso como se fosse medida efetiva. É tão ridículo quanto fazer “bundaço”. Acho que o PT não tem que comparecer mesmo, mas tentar faturar com isso é pregar para convertidos.

Responder

Miramar

31 de dezembro de 2018 às 01h06

Sejamos claros, não existe um, mas sim dois inimigos claros da democracia, que são os petistas e os bolsonaristas, no fundo, ambos se merecem. Antes que alguém me acuse de isento, deixo vlafo que é meu direito não gostar de nem do PT nem do Bolsonaro. Considero ambos autoritários, e inimigos da democracia como um fim em si mesmo. Talvez o maior arrependimento da minha vida seja ter votado no Haddad no segundo turno. Deveria ter anulado, que é o que eu teria feito se o segundo turno tivesse demorado mais um mês. Ninguém nunca deve votar no PT, nem que seja para evitar a hecatombe nuclear planetária.

Responder

    Manero

    31 de dezembro de 2018 às 02h04

    Acho que você está trocando as bolas, cumpadi. Os ciristas que são a versão bolsonarista da esquerda. São agressivos e bravateiros como Bozo e Ciro, odeiam o PT.

    Responder

      Miramar

      31 de dezembro de 2018 às 02h45

      Bem, não me considero agressivo,nem bravateiro. Não odiar o PT? Aí já é demais…

      Responder

        João Ostral

        31 de dezembro de 2018 às 10h58

        Ótima oportunidade, alguém com sincero ódio explícito ao PT. Pode nos dizer, se for possível, o porque deste ódio ao PT? Como alguém de esquerda e sendo progressista adquiriu este ódio? Foi no tempo do Lula, é contra o Lula, no tempo da Dilma, contra as políticas da Dilma, do PT em geral? Contra as formas de fazer política do partido? Ficaria grato pela resposta. Tá difícil entender, diante do quadro atual da política brasileira e mundial.

        Responder

Nilson Messias

31 de dezembro de 2018 às 00h38

PDT na base, Ciro Gomes, ministro e o editor do cafezinho porta voz do governo fascista.

Responder

Ari

31 de dezembro de 2018 às 00h16

Deputado Bohn Gass do PT do RS no twitter: “Há dez pessoas numa mesa. Um nazista chega e senta. Ninguém se levanta. São, então, 11 nazistas numa mesa. Não ir à posse de Bolsonaro é levantar-se da mesa.”

Responder

Lucia Francisco

30 de dezembro de 2018 às 23h45

Quando o PSDB e o DEM boicotaram a posse da Dilma ninguém ficou questionando pelas redes a escolha deles!! .
Coerência acima de tudo e o bolsa de bosta abaixo de todos!!

Responder

nelson

30 de dezembro de 2018 às 23h44

Tu és um bosta bozominion disfarçado de progressista BOLSONARO É UM CORRUPTO.

Responder

cabra retado

30 de dezembro de 2018 às 23h35

121 comentários em algumas horas de matéria publicada??

kkkkk vão dormir petralhada!!!! a eleição já foi e vcs já tomaram no *

kk

Responder

Maria

30 de dezembro de 2018 às 22h38

Apoiado todos que não irão à posse do fakeado. Acho melhor todos irem tomar um cafezinho.

Responder

Janete

30 de dezembro de 2018 às 21h12

Pela democracia? Fala sério, olha só o que Lula e Dilma ganharam com posturas democráticas frente aos seus algozes!
Certíssimo, até que enfim a esquerda agora acordando. Não compactuar com este macabro ritua!

Responder

    Jacinto.souza@gmail.com

    30 de dezembro de 2018 às 22h50

    Concordo plenamente ,afinal o que dizia o eleito em seus discursos , que explusaria os vermelhos .quem se constrói no ódio não pode esperar outra coisa que o ódio e que Deus tenha misericórdia de todos nós .

    Responder

J

30 de dezembro de 2018 às 21h01

Simpatia para um feliz 2019, pule 17 ondas e diga ” São Fabrício Queiroz faz um depósito pra nós “

Responder

martins

30 de dezembro de 2018 às 20h49

Cafezinho não tomo mais. Dá Asia…Hoje passou no noticiario de tv daqui da Alemanha uma retrospectiva 2018 e um dos temas foi “Brasil elegeu um Candidato de extrema direita” ( Canal ZDF). Que vergonha! Lembrando todas as frases cheias de odio e tiradas infelizes só posso dizer: Bravo! Decisão acertada de não ir a posse!

Responder

marcos

30 de dezembro de 2018 às 20h46

Sem comentário, blogueiro. Você está querendo mudar de lado? Há bastante tempo venho notando isso. Se quer mudar, se já não mudou, vá logo. Não tente enganar. Não há o menor sentido se fazer presente a esta posse por qualquer cidadão que tem vergonha na cara, com muito mais razão para a esquerda como um todo e não apenas petistas. LEIA A ÚLTIMA CARTA CAPITAL, PRÁ VOCÊ FICAR SABENDO DE ALGUMAS COISAS E, QUEM SABE, SE INFORMAR MELHOR.

Responder

    Roque

    30 de dezembro de 2018 às 21h05

    Concordo!!! O Miguel tem que ler Carta Capital, Blog 247, DCM e Tijolaçao. Estes sim são os verdadeiros blog progressistas babadores de ovo. Nestes sites defender bandidos é uma prática normal.

    Responder

      Camilo

      30 de dezembro de 2018 às 23h01

      Quem tá solto é o Aécio Neves, nao é o Lula.
      Mas se a justiça nao julgou e condenou, nao é bandido. Que o diga o primo dele.

      Responder

        Capanema

        31 de dezembro de 2018 às 08h58

        O primo dele morreu? O Adélio esfaqueou ele também…

        Responder

Miguel Graziottin

30 de dezembro de 2018 às 20h36

Pois é…
O Miguel abandona de vez a Esquerda. Só tome cuidado. Na política, a traição é adorada, mas o traidor não.
A Esquerda não deve comparecer em eleição forjada, e o ursupador promete matar ou exilar seus opositores.

Responder

Francisco

30 de dezembro de 2018 às 20h32

Impressiona a dificuldade em muitos, de aceitarem que O Cafezinho agora participa do esquema político de Ciro, com todo direito e respeito que a democracia recomenda, mas para tanto, precisa ajudar a acabar com essa confusão, deixando claro isso, caso contrário, vira esperteza e como sabemos, esperteza demais acaba por comer o esperto.

O post em questão vai em direção a estratégia de Ciro ‘aproximar-se’ do governo Bolsonaro’ e ‘afastar-se’ do PT, fazendo parte da ação de desgastar o PT pelo não comparecimento a posse. Soma-se a entrevista do governador dos Gomes no PT do Ceará, Camilo Santana, ao O Globo, onde afirma, entre outros desgastes ao partido dos trabalhadores, que se o PT tivesse optado por Ciro, a esquerda teria vencido a eleição, antes de entregar a encomenda que interessava, ao propor um diálogo construtivo dos governadores com Jair Bolsonaro, justamente no momento em que o PT recusa-se a participar da posse de Bolsonaro, conforme manjada esperteza dos Gomes, do contraste subliminar para desgaste, ratificando que não aprendem nunca e ao fim sempre terminam comidos e fulos.
Divertidos!
C, C & C.

Responder

    Paulo

    31 de dezembro de 2018 às 00h02

    Honestamente, não tenho como julgar, pois frequento este blog há pouco tempo (2 ou 3 meses). Mas, ainda que fosse verdadeira a denúncia feita por você, o simples fato do espaço permitir o contraditório já é um modelo paradigmático de exercício democrático, ou não?

    Responder

      Francisco

      31 de dezembro de 2018 às 00h39

      Não se trata de denúncia e sim como antigo leitor, mera constatação da linha editorial e não há nada de errado ou não democrático nisso, pelo contrário, tem todo o direito em comungar politicamente com Ciro, apenas considero que poderia ficar mais claro, pois acaba confundindo e revoltando, muitos dos antigos leitores do Cafezinho, por estranharem as mudanças.

      Poder decidir livremente o que ou quem, apoia e deixar claro isso, sem consequências, é democracia, caso contrário, ditadura.

      Responder

        Paulo

        31 de dezembro de 2018 às 02h34

        Ok, entendido!

        Responder

Stael

30 de dezembro de 2018 às 20h12

Em primeiro lugar, avalio que a iniciativa do PT, PSOL e P C do B é legítima e justificável perante a notória e incontroversa ameaça dirigida a eles pelo eleito, que de forma fraudulenta(law fare e fake news etc) foi eleito. Em segundo lugar, não se deve jamais abonar um eleito que ataca os Direitos Humanos e significa retrocessos aos direitos constitucionais. Por fim, se os partidos que vão participar da posse fraudulenta tivessem alguma vergonha na cara, deveriam ficar de costas ao eleito na hora da posse.

Responder

Jaciara

30 de dezembro de 2018 às 20h06

Correta a decisão. Chega de sustentar essa democracia hipócrita. Esse sujeito que se elegeu ameaçou e continua ameaçando a esquerda. Ameaçou não reconhecer o resultado da eleição, só aceitou, porque venceu. As forças armadas já estavam armadas para impedir a Vitória do campo progressista. Lembram-se da ameaça a Rosa weber sobre o HC de Lula?

Responder

Arnon

30 de dezembro de 2018 às 20h05

Leva o Adélio Bispo na posse do Bolsonaro e vê se ele (Bolsopai) aceita.
Tentativa de assassinato ao Bolsonaro e crime. Tentativa de assassinato a gente de esquerda não e crime. Vamos perdoar e esquecer.
Bolsonaro é igual certos jogadores que fazem brincadeiras idiotas em campo e depois vira uma briga generalizada na torcida que sai até morte.
A posse tá esvaziada, não tem nenhum presidente estrangeiro importante, então, como sempre vamos jogar a culpa no PT, no Lula e na Dilma.
Qual presidente importante vira nessa posse ?
Vamos desviar a atenção falando do pt.
Quem quer aparecer na foto do lado de um torturador ?

Responder

Daniel

30 de dezembro de 2018 às 20h00

O Cafezinho já era. Virou chapa branca do governo Bolsonaro. Tomara que a mudança de postura do editor seja apenas uma mudança de opinião genuína. Inté Miguel…

Responder

Geraldo Magno

30 de dezembro de 2018 às 19h59

Texto fraco de alguém que quer ocupar o espaço do PT na política.Omissão maior praticou seu amigo Ciro Gomes e quer saber mais:- ¨quem enterra merda é gato¨.Finalizando,ninguém sabe ser oposição como o PT,vamos desmascara esta quadrilha jurídico-midiática e voltar a fazer o Brasil feliz.Lula Livre.

Responder

thelma bonavita

30 de dezembro de 2018 às 19h38

discordo e apoio o boicote. chega de brincar de bom mocismo. democracia é ter o direito de discordar , boicotar e protestar. #afavordoboicotedapossedobolso

Responder

Paulo

30 de dezembro de 2018 às 19h32

Não vejo problema na atitude dos petralhas. Até pra manter a narrativa já edificada…e o Haddad, de qualquer forma, não deveria ir mesmo, pois alega que sofreu violência virtual até contra seus familiares, o que, convenhamos, não dá pra aceitar!

Responder

Capanema

30 de dezembro de 2018 às 19h21

Quer dizer que agora já posso ir à posse do MITO com minha carteira e celular sossegado!
Não vai ter petista por lá!!!

Responder

    martins

    30 de dezembro de 2018 às 20h32

    Fique tranquilo. Logo logo voce vai se dar conta que a sua e a carteira do brasileiro “desapareceu”. Próximo ano está chegando…

    Responder

      c

      30 de dezembro de 2018 às 21h14

      Roubaram até a carteira do Suplicy em comício do PT… e a Bíblia do Haddad, hein?!? Lembra?

      Responder

Enata

30 de dezembro de 2018 às 19h18

Eram milhões de cunhas que se transformaram em milhões de bolsonaristas.
Que evolução hein!

brasil um pais de tolos.

Responder

Helbeth Lisboa de Oliva

30 de dezembro de 2018 às 19h12

Acho que vocês é que sao ingênuos ou serviçais, vassalos do golpe urdido com a farsa da facada e convalidar e por uma malta de bandoleira financiados pelo imperialismo Yankes e seus interesses geopolíticos.
O PCdoB demorou de posicionar -se….
Democracia sem adjetivação soa como abstração e propósito de não quslifica-la, adequadamente. Essa tal democracia liberal é a Democracia do capital frentista, predatório e econo.iscista. Os comunistas defendem a Democracia Popular, da imensa maioria dos proletários e camponeses: a ditadura do proletariado que é o início da democracia com um Estado Popular e revolucionário. Nao vamos convalidar o golpe e o seu séquito de zumbis, vassalagem imvecilizada e sem projeto histórico.
Vá estudar teoria do Conhecimento, mocinho ou vá comer as migalhas do seu servilismo oportunista.

Responder

cristiane torres

30 de dezembro de 2018 às 19h05

Respeito sua opiniao e a de Sakamoto, mas n concordo. Creio que a decisao destes partidos foi acertada.

Responder

Claudio

30 de dezembro de 2018 às 19h04

Cara fala que vai fuzilar a petralhada e tem gente achando que o PT tem que ir a posse e ainda abanar o rabinho? Tem gente sonhando com possibilidade de diálogo com a famiglia bozo? Tem gente achando que bozo vai virar um cavalheiro a partir de 1 de janeiro de 2019? Aos que acham isso, tenho duas palavras: Para béns.

Responder

Edem

30 de dezembro de 2018 às 18h48

Tá, mas o Ciro Gomes foi para a Europa depois do primeiro turno. Ele é do PDT e olha que estamos falando de partidos do mesmo campo político.
O que é mais grave?

Responder

Petunia Vargas

30 de dezembro de 2018 às 18h37

Da turma do deixa disso, do deixa pra lá, desde a Anistia que não puniu os crimes da ditadura, porque tudo é perdoável e vamos passar uma régua na conta e uma borracha na vergonha. Vai você lá na posse, representante dos que não se posicionaram com firmeza contra o golpe, contra a quadrilha que tomou o poder. Parabéns ao PT, PSOL e PCdoB.

Responder

Plebeu

30 de dezembro de 2018 às 18h34

No inicio achei alguns argumentos “logicos”, dentro dum exercício político, mas aparece a sigla STE “legitimando” a cereja do bolo, do golpe e aí não dá, grande acordo, com supremo e com tudo… Lembrei disso é a estrutura do argumento desabou. Tempos terríveis vem pela frente, e ao igual que na Argentina o povo arrependidos querem a Cristina de novo, daqui a pouco o povão e até a classe média vão sentir saudade da época do Lula. Pepe Mujica diz uma grande verdade, os governos progressistas dos últimos anos, creio “consumidores ” e não “cidadaos” ,não bastou melhorar a vida do povo e dar dignidade , se não damos conciencia política para compreender e aprender a defender os direitos “conquistados”. Não sei ,nem quero imaginar muito , mas acho que vêm tempos ruins.

Responder

Wladimir

30 de dezembro de 2018 às 18h23

Lamentável seu posicionamento pois ele não foi eleito. Houve fraude em todo o processo eleitoral. Nem na época do voto impresso não ocorreu tamanha insanidade. Esta eleição foi totalmente atípica. Fruto de um plano sórdido gestado no exterior para manter a dominação. A partir de hoje não levo mais a sua pessoa como fonte fidedigna da história.

Responder

Élio

30 de dezembro de 2018 às 18h16

Nem todo mundo e covarde e tem sangue de barata.
O cafezinho através de seu editor só mostra covardia com esse artigo.
Alguém chega na tua casa e diz que vai matar o teu irmão e as coisas vão ficar por isso mesmo.
Ora bolas, então, vai lá na posse do Bolsonaro fazer cara de paisagem como se nada tivesse acontecido.
Deram o golpe pq a esquerda e cagona. O Ciro só fala e chega na hora H mija pra trás. Ele é vacilante. Dúbio. Indeciso.
Atacaram gente, gente comum, que não era o Lula e a Dilma, com bala de fogo que mata e vc propoe que se esqueça isso.
Bolsonaro QUER O ADELIO NA POSSE DELE ?????
O Sakamoto preza pelo emprego dele e também era.
O Ciro devia era ter vergonha na cara e sustentar o que disse do Bolsonaro e do Mourão na eleição e nem dar as caras. A não ser que tenha 2 caras.

Responder

    HILARIO MUYLAERT DA SILVA LIMA

    30 de dezembro de 2018 às 18h36

    O blog Cafezinho era um dos mais promissores pelo flanco da esquerda, lá pelos idos de 2014…
    Hoje virou um puxadinho do PDT de Cirote.
    Caçando niqueis….. aqui e acolá…..
    Vexamo duplo: do Falastrão e do Cafezinho…

    Responder

joao

30 de dezembro de 2018 às 17h45

O que o editor do Cafezinho quer e ver o Ciro pula-pula de partido no governo do bozzo para ele poder falar que esta certo na sua analise.
Vamos deixar de ser idiotas e nao bater palmas para um destemperado que foi eleito e um derrotado que nao teve votos nem para chegar ao segundo turno.
Temos que lutar para mudar o rumo que este nosso Brasil esta tomando e nao e ir a beija maos que estaremos ajudando nesta causa.

Responder

Fernando

30 de dezembro de 2018 às 17h36

A partir de hoje eu paro de ler o Cafezinho. Sugiro que os senhores deem uma olhada no http://www.esquerdadiario.com.br. É um site verdadeiramente de Esquerda e feito / escrito por pessoas sérias e inteligentes.

Responder

naldo

30 de dezembro de 2018 às 17h29

Pois é……as mágoas pelo raquitismo eleitoral do amigaco dos coroneís cearenses re tucano enrustido, não passaram, o cabra não tem votos e culpam o PT pela sua incompetencia………os que não vão à posse estão mais que certos, como concordar e prestigiar uma farsa? Uma eleição fraudada do começo ao fim, cujo eleito é um fascista juramentado? A troco do quê? Educação? Vão fingir que as instituições funcionam normalmente no país? S3e o PT fosse seria criticado da mesma forma, que está sendo por não ir…..e essa pagina ficou tóxica demais, não tem nenhuma diferença entre os tresloucados da midia porcorativa……..e o coroné fujão nem em 2022………………….

Responder

João Ferreira Bastos

30 de dezembro de 2018 às 17h28

Miguel, quando você ajudava o Fernando Brito, tu era bem diferente

E para lembrar a ti, leia coluna dele de hoje.

Não ir a posse é ter vergonha na cara, coisa que parece que você não tem mais

http://www.tijolaco.net/blog/nada-substitui-a-vergonha-na-cara/?fbclid=IwAR0XaDNdDUOD5HRrj03xB4KsPElpnZ3m_EstV_aCS0mz-Cw2-5b9SOdOUH0

Responder

    Virgilio

    30 de dezembro de 2018 às 18h08

    Passo um tempo sem aparecer por aqui pois as mudanças na orientação do site desde que miguel se tornou um cirista de carteirinha, me desagradam muito. E quando volto, vejo que é isto mesmo.. ele continua muito próximo da postura do Ciro e do PDT! Qual a normalidade democrática que vivemos Miguel? Será que vc não percebe que estamos sob um regime militar? Que os militares tutelam o STF? Que eles impediram a participação de Lula nas eleições de forma ilegítima e anticonstitucional? Será que vc acha mesmo que Bolsonaro foi eleito de forma legítima? Esqueceu o impulsionamento via caixa dois de fake news? Ou ainda não viu o video sobre a facada em Juiz de Fora que deixa muitas perguntas no ar? Em que mundo paralelo você passou a viver? O mundo da Globo ou do SBT e Record? Só pode ser isto para exigir respeito à democracia que deixou de existir deste o processo fraudulento de impeachment! Bom passo mais um bom tempo desaparecido daqui….

    Responder

Miramar

30 de dezembro de 2018 às 17h06

Poucos são, no Brasil, os que vem a democracia, como um fim em si mesmo, um valor absoluto, um fim em si mesmo.E os petistas e bolsonaristas não estão entre eles. No fundo, se merecem.

Responder

Miramar

30 de dezembro de 2018 às 17h02

O desprezo pela democracia, parece ser só mais uma coisa a aproximar petistas e bolsonaristas. De fato, a extrema-esquerda e a extrema-direita são como as duas pontas da ferradura. Se querem opostos, mas quase se tocam.

Responder

    Paulo Cesar

    30 de dezembro de 2018 às 17h24

    Chamar o PT de extrema-esquerda é um absurdo completo.
    E essa de pagar de isentão também é velha.

    Responder

      Don Charles

      30 de dezembro de 2018 às 18h38

      PT não é de extrema esquerda? kkkkk realmente, é de ultra mega extremissima esquerda. Apoiar e financiar ditaduras de Cuba, Venezuela, Bolivia – que o cachaceiro deu nossa refinaria de mão beijada, ditaduras da África, receber dinheiro do sanguinário ditador Kadafi, aliar-se ao Irã, financiar os terroristas do MTST, MST, kkk que piada. Esse cara é louco.

      Responder

        Francisco

        30 de dezembro de 2018 às 20h35

        Napoleão, você tem toda razão, mas agora toma o remédinho, toma!.

        Responder

Luiz César Fonseca

30 de dezembro de 2018 às 16h49

Erro, coisa nenhuma! Ele teve 56 milhões que o escolheram e 91 milhões que não o queriam! Estão super valorizando a posse de um idiota!

Responder

    Carlos Eduardo

    30 de dezembro de 2018 às 16h52

    Esse argumento os eleitores do Aécio usaram tb.
    Nada como um dia após o outro.

    Responder

Luís César

30 de dezembro de 2018 às 16h47

A posição do cafezinho é óbvia já que apoiaram o Ciro Gomes e já estão assumindo a mesma posição dele. Vamos lembrar que seu pupilo já faz parte do governo de extrema-direita no Rio de Janeiro.

Responder

Alan Cepile

30 de dezembro de 2018 às 16h46

A petezada pira!

Responder

Edson

30 de dezembro de 2018 às 16h02

Miguel do Rosário se liga, que papo é esse. O PT, LULA e todos os partidos de esquerda são tratados de maneira mais suja pela imprensa e partidos de direita e pela elite brasileira, bolsonaro representa o que há de pior na política e vc vem com essa conversa estranha e irracional de bonzinho. Esse homem não tem pena de ninguém, o PT tem toda razão de boicotar a posse. SE LIGA.

Responder

    Isabella

    30 de dezembro de 2018 às 16h28

    Sabe aquele alto índice de brasileiros que votaram branco ou nulo? Então, estou entre eles. É assim que o PT encara uma derrota? É assim que quer conquistar meu voto como oposição? Vai só se afundar mais.

    Responder

      Miramar

      30 de dezembro de 2018 às 16h51

      Isabella, comigo se passa o mesmo. Acabei votando no Haddad apenas no segundo turno, mas se a eleição fosse um mês depois eu teria anulado. Votar no PR, nunca mais em hipótese alguma, aconteça o que acontecer. E antes que alguém me pergunte, sou de centro-esquerda.

      Responder

        Miramar

        30 de dezembro de 2018 às 16h57

        Quer dizer, PR e não PR, não que PR seja grande coisa…hehe

        Responder

    Isabella

    30 de dezembro de 2018 às 16h59

    Então…sabe aquele alto índice de brasileiros que anulou o voto ou votou branco? Faço parte do índice. É assim que o PT se mostra inteligente? Patético. Falou o tempo todo do babaca que ganhou as eleições de casa, sem ir para as ruas. E agora? Faz o quê? Resistência de casa. Não vai p festa. Poupe-me, PT!

    Responder

NeoTupi

30 de dezembro de 2018 às 15h56

Ótimo texto para ser reproduzido no blog do prof. Hariovaldo Almeida Prado.
Quanta besteira reacionária por centímetro quadrado.
Só faltou falar que a oposição ao Bozo deve saber seu lugar “com bons modos” e “patrioticamente” ficar resignada na senzala e na cadeia, “que é o seu lugar”.
E desde quando parlamentares de oposição se absterem de comparecer em um evento cerimonial governista é boicote a qualquer normalidade institucional?

Responder

Paulo Cesar

30 de dezembro de 2018 às 15h52

Miguel faz o seguinte:
Leva sua mãe , sua filha e sua mulher na posse e pergunta pro Bolsonaro se elas são feias ou servem pra ser estupradas.
O sangue da Mariele , do polícial antifascista que foi morto , dos sem terra assassinados e do menino de 14 anos morto pela intervenção militar no Rio estão nas suas mãos , nas do Ciro e te todos que são tolerantes com a extrema-direita assassina!!!

Responder

    Justiceiro

    30 de dezembro de 2018 às 16h09

    Faz o seguinte, Paulo Cesar: pergunta pro Lula se sua(sua, não dele, Lula) mãe e sua mulher são mulheres do grelo duro.

    Faz mais: pergunta pra sua filha se ela ficaria feliz ao abrir a porta e ver cinco policiais…se ela ia festejar ter cinco homens na cama dela?

    É doído? Foi o que Lula fez com Maria do Rosário e Fátima Bezerra, e com Clara Ant.

    Responder

      Paulo Cesar

      30 de dezembro de 2018 às 16h34

      Só entendi a referência ao grelho duro , você escreve muito mal não passa a idéia claramente , mas sim minha mãe e minha filha devem ficar com o grelho duro quando estão sexualmente excitadas , que bom pra elas.
      Porque isso me ofenderia?
      E você não respondeu , sua mãe serve ou não serve pro Bolsonaro estuprar????????

      Responder

    Robert

    30 de dezembro de 2018 às 16h28

    Positivo!

    Responder

Cosme Henrique

30 de dezembro de 2018 às 15h51

Se vc é cirete ainda
Cirete ainda
Cirete ainda
Amanhã reaça será
Reaça será
Reaça será…

Responder

    Robert

    30 de dezembro de 2018 às 16h29

    Ótimo!

    Responder

Sidney

30 de dezembro de 2018 às 15h47

Vc que errou na sua avaliação é crítica. 56 milhões de votos a a partir de fake nwes, caixa 2 e um derrame de dinheiro ilícito empresarial. Esse governos é uma fraude, uma farsa, um for na democracia com a conivência dos poderes. A democracia já faliu para vc falar dela com se existisse. Pura ingenuidade ou apoio indireto.

Responder

Cesar

30 de dezembro de 2018 às 15h33

Deixa este governo e os iludidos prá lá. Pode até durar mas vai de desgastar e apodrescer sozinho. Elegeram-se sem fazer um debate, não debateram nada, promentem ações mirabolantes que “salvarão” o pais. Bravateiros! é um governo eleito pelo ódio pregado pela mídia corporativa e setores de extrema direita.

Responder

Veranis

30 de dezembro de 2018 às 15h10

MIGUEL DO ROSÁRIO, VOCÊ FUMOU ERVA ESTRAGADA OU É TRAIRA MESMO? DANE-SE O BOZO E SEUS VOTOS. 85 MILHÕES NÃO VOTARAM NELE , EU NO MEIO.

Responder

Minos Adão Filho

30 de dezembro de 2018 às 14h39

Eu acho que o PT está certo: primeiro, aqueles que votaram no PT sabe muito bem que essa eleição foi uma fraude total, ninguém é ingenuo de achar que o computador Central estava isento de um novo programa de leitura na qual os candidatos que estavam a frente das pesquisas como Suplicy, Roberto Requião, Dilma Rousseff incluindo inclusive o Haddad, é maios ou menos assim o programa, foi identificado os candidatos que não deveriam ser eleitos, esse tipo de programa é primário basta que seja identificado o número do candidato no programa e pra cada leitura de 6, 7, etc…etc.. desse candidato só contaria 1 (Hum) voto, Isso é a primeira fraude vem a segunda, financiamento de Empresas para WatShap pra divulgar Fake News contra os candidatos progressistas, terceiro a facada programada, quarto a cobertura de toda a imprensa golpista contra o PT, quinto as instituições sendo usadas pra destruir o PT, como o Golpe de estado ao Governo Dilma e a prisão ilegal sem provas de um dos maiores lideres da história do Brasil, Lula é uma referencia mundial.

Se o PT for pra essa posse está dando um aval aos fascistas, Golpistas, entreguistas e destruidores da democracia no Brasil, as leis e a Constituição foram rasgadas só nos resta a luta, vida ou morte pela volta do Brasil ao estado de direito.

Os militares brasileiros apoiaram o golpe a razão é a Comissão da Verdade que até agora não conseguiu preder nenhum deles mais se a coisa continua eles mais dias menos dias serão julgados pelos crimes de 1964, a Constituinte de 88 deu anistia a eles mais os crimes contra Humanidade não prescreve, a CIA, NSA, FBI tem a ficha completa dos criminosos de 1964 no Brasil. A questão é a seguinte ou eles entregam o Brasil com toda a suas riquezas ao controle de Washington ou essa turma vai bater na cadeia prisão perpétua, o PT tem que partir pra guerra Civil, viver sem razão não existe.

Responder

João Ostral

30 de dezembro de 2018 às 14h38

Miguel e suas muletas curtas demais. A Eliane falou, o Sakamoto disse. Disseram que o PT já não é mais partido, disseram que PT deve e não paga. Dizem que PT e o Lula, o partido e líder da esquerda, preferência do eleitorado brasileiro tem que se render ao ciro. Para dar espaço ao ciro. O ciro do discurso forte, o ciro da “coerência” política. O ciro que não deve nada para ninguém. Enfim, o ciro que foi para a Europa.

Responder

    João Ostral

    30 de dezembro de 2018 às 14h54

    O Sakamoto afirma que o PT errou, o Miguel vibra. O PT errou por não aderir as instituições, afirma Sakamoto. Talvez, mas deixa clara, em sua atitude de não prestigiar, não legitimar, não uma posse presidencial, mas um novo regime totalitário. Não prestigiar o ato que empossa um fascista que prometeu varrer os vermelhos do solo brasileiro. Não prestigiar um fascista, declaradamente homofóbico, racista, misógino, que faz apologia à tortura ao extermínio do inimigo interno e externo. Como conciliar este repúdio aos direitos humanos e o respeito as instituições que não se dão ao respeito, já há um bom tempo?

    Responder

    João Ostral

    30 de dezembro de 2018 às 15h13

    Devemos supor então que a deposição de Dilma não foi um golpe parlamentar-jurídico-midiático. Também devemos supor que o PT e principalmente o Lula não foram submetidos ao LAWFARE, que não foi cometido contra ele e o Partido dos Trabalhadores um crime policialesco-jurídico-midiático-militar. Devemos supor que a condenação e a prisão de Lula foram dentro das normas legais e constitucionais. Devemos supor que o isolamento de Lula e impossibilidade de concorrer as eleições foram legítimos, assim com a proibição de dar entrevistas, antes durante e depois das eleições. Devemos supor, enfim, que as instituições estão funcionando normalmente.

    Responder

João Mais Um

30 de dezembro de 2018 às 14h37

Meu deus!
Irmãos se ferindo, xingando uns aos outros em troca de quê?
O monstro se fortalecendo dia-a-dia, se infiltrando na água, nas paredes, nos jantares, se instalando nos corações de muitos, irmãos…
É difícil aceitar a violência, é difícil ler o livro da ignorância.
Acordem pessoal.
Precisamos de mais.
Há tempos nossa luta se perdeu, os dinossauros já não caminham mais incontestáveis, estão morrendo, estão presos. Precisamos de novas figuras, um quadro de seres libertos.
Tudo aquilo que se repete é invariavelmente o caminho para a podridão absoluta.
Precisamos quebrar o ciclo.

Responder

Ercilia Brasil

30 de dezembro de 2018 às 14h25

Essa é a posição cirista. Argh! Qualquer motivo serve para ajudar a desconstrução da esquerda. E o bloguista se posa de Progressista. Lamentável. Tse? Qual o respeito que se deve a essa instituição depois de ela ter consolidado o golpe e a eleição mais que suspeita do sr. Minto das Armas? Figuras de metáfora as que o senhor das armas lançou sobre PT e esquerda? Não sei de que lado o sr. Miguel do Rosário está, mas oposição a esse que promete ser um governo anti-democrático e anti-Brasil certamente ele não fará. Novamente, lamentável!

Responder

Justiceiro

30 de dezembro de 2018 às 14h16

É, Miguel…com eu já disse várias vezes, você é um esquerdista fora da curva. Parabéns pelo texto.

Pois é. Acho que o PT enxergou a bobagem que fez emitindo nota de que não participará da posse de um presidente ao qual o partido disputou com ele no segundo turno. Se tivesse ganho? A eleição era lícita, como perdeu, foi roubo, foi fraude.

Como só aderiram ao boicote do PT o Psol e PcdoB – os de sempre, os puxadinhos, os que não tem vida própria – agora Carlos Zaratini tenta atrair para o boicote PDT e PSB para não passar a vergonha de perdedor birrento, daquele que leva a boneca pra casa pra não brincar mais de casinha.

Responder

    Ercilia Brasil

    30 de dezembro de 2018 às 14h35

    Justiceiro – chamaram a tropa cirista para defender o indefensável. E sem mostrar a cara!

    Responder

    Mandarim

    30 de dezembro de 2018 às 15h26

    Miguel esta tao certo que conquistou o aplauso desse tolete cagado e criado como filho por alguma infeliz.
    Parabens, Miguel.

    Responder

    Paulo Cesar

    30 de dezembro de 2018 às 15h46

    O “Justiceiro” e a sua mãe?
    É feia ou serve pro Bolsonaro estuprar?
    Porque nenhum eleitor do Bolsonaro consegue responder a essa pergunta?

    Responder

    Ercilia Brasil

    30 de dezembro de 2018 às 23h42

    Miguel do Rosário e os missionários do cirete estão bem acompanhados: só bolsomintos os defendem. Coitados desses oportunistas de araque. Pensam que a subserviência ao poder tirano lhes renderá votos e alguns cargos, mas serão engolidos pela onda fascista como vermes merecem ser tratados.

    Responder

Thales vilar

30 de dezembro de 2018 às 14h09

Nunca li tanta besteira. Fuck of Bolsolixo

Responder

Miramar

30 de dezembro de 2018 às 13h58

Acredito que, embora infantil e errada, a decisão do PT é vantajosa para o campo democrático, pois ajuda a delimitar a diferença entre aqueles que querem fazer oposição democrática e aqueles que querem regressar ao gueto radicaloide de quem ainda usa camiseta do Che Guevara. Temos que agradecer aos petistas, pois, isolando-se, eles favorecem o fortalecimento de uma terceira via.

Responder

Marcos Videira

30 de dezembro de 2018 às 13h45

Penso q a burocracia do PT e do PSol tomaram uma decisão equivocada. O Congresso é a casa do povo e os deputados da oposição foram eleitos pelo povo. Portanto, a casa também é do PT e do PSOL…

Responder

Nestor Silverston

30 de dezembro de 2018 às 13h43

Desde a década de 50 a esquerda é tirada do poder via “golpes de estado” no Brasil.
Getúlio em 54; Jango em 64: Dilma em 20015/16: Lula em 2018/19.
Esses são golpes contra o povo brasileiro, povo que comemora, sob controle do maior cartel mundial de comunicação de massa.
É a passividade inconsciente em ação, que pena, de boa parte do povo.
Então, não, a esquerda brasileira não pode enfileirar-se como gado para cumprimentar “sorridente” a vitória do 4º golpe que sofre em apenas algumas décadas.

Responder

    Justiceiro

    30 de dezembro de 2018 às 14h05

    Cara. Como você consegue falar besteira em pouco tempo?

    Getúlio de esquerda? Quem foi que mandou de presente para Adolf Hitler Olga Benário, mulher do comunista Luiz Carlos Prestes?
    A esquerda é tirada do poder desde 1950? Lula perdeu três eleições para presidente, mas quando venceu, só saiu quando terminou seu segundo mandato.

    Dilma cometeu crime. Quem presidiu a sessão que cassou definitivamente Dilma, foi o sabujo Ricardo Lewandowski, que de último minuto – isso sim, golpe à Constituição – manteve os direitos políticos dela.

    Quanto a Lula em 2018, ele está condenado em segunda instância e segundo a lei da ficha limpa, que ele assinou, não poderia disputar.

    Se você respeita as leis, deveria saber desde sempre que Lula não poderia disputar a eleição.

    Responder

      Francisco

      31 de dezembro de 2018 às 17h48

      Caso não cínico, deixe de ser medíocre pensando que todos são medíocres como tu.

      Se você respeita as leis, deveria saber desde sempre que, quando juízes aceleram o processo, como nunca dantes acontecido na corte, escancaradamente visando a agenda eleitoral para impedir que o réu possa ser candidato a Presidente, condenando-o antes em segunda instância, esse julgamento deixa de ser isento pela obviedade explícita de interesses de quem irá julgar e, pior, no caso um colegiado com um trio de ‘juízes’, que de forma inédita, feito jogral, além de acelerarem o processo em sintonia com o calendário eleitoral, conseguiram proferir votos idênticos, inclusive em relação a sentença e incrivelmente, sem ruborizarem-se, também em relação a extensão da pena, aumentada sintonizadamente até nos dias, pelo trio de interessados, corrigindo-se assim, a seis mãos unívocas, o cochilo do juiz/promotor/investigador em primeira instância, cuja pena possibilitava a prescrição em função da idade do sempre ‘anunciado condenado político’.

      “Quanto a Lula em 2018, ele está condenado em segunda instância e segundo a lei da ficha limpa, que ele assinou, não poderia disputar.”
      Uma piada, né não, ‘cínico ou medíocre’?
      A única coisa adequada no comentário é a sintonia com o local em que foi defecado.

      Responder

    Paulo

    30 de dezembro de 2018 às 19h17

    Getúlio que sempre foi execrado pela esquerda, chamado de caudilho…

    Responder

Valner Armando

30 de dezembro de 2018 às 13h36

Acho que não existe certo ou errado nesta questão de ir na posse. Eu particularmente penso que não devemos saudar a democracia e os mais de 50 milhões que votaram nele, pois dentro deste número, quantos votaram em função de correntes pagas no whats app infringindo a lei eleitoral? Se nessa posse a dinâmica é sumir com quem pensa “pela esquerda” ate por fuzilamento de metralhadora, pq ir neste ambiente nefasto regido por um marcatismo da década de 50?

Responder

    Renato

    30 de dezembro de 2018 às 15h34

    Ainda esse mimimi de Whats app??

    Responder

      Francisco

      31 de dezembro de 2018 às 17h09

      Esse teu raso mimimi de ‘whatsapp’, não sei se por cinismo ou ignorância mesmo, aprofundando, é um dos ‘pelos’ do ‘animal’ top da discussão mundial em todas as nações de primeiro mundo e adjacentes, por ameaçar o poder estabelecido e colocar em cheque o direito do cidadão a qualquer privacidade, através de: IA, Big Datas, Algoritmos, Data Mining, Geolocalização e por aí segue a procissão tecnológica invasiva, com seus santos virtuais da maldade contra o dragão da bondade, o indefeso e democrático cidadão.

      Acorda, Mané!

      Responder

        Olinto

        31 de dezembro de 2018 às 20h29

        No geral é ignorância mesmo. E esse foi o grande erro da esquerda. E não foi por falta de aviso. O incrível é que o PT tinha/tem intelectuais capazes de encetar contra ataques à guerra híbrida (novo nome da guerra ideológica) mas não o fez/faz. Todo mundo sabia que as primaveras chegariam ao Brasil (ainda mais depois da descoberta do pré sal), menos o PT? O Erdogan e o Putin ainda alertaram o governo da Dilma e… nada! Quer um mísero exemplo? A Manuela vai se dedicar AGORA a combater fake News na internet! Agora! Quer saber? A direita ( a verdadeira, a de Soros, Irmãos Koch, etc.) está no mundo virtual e a nossa esquerda o analógico. E aí não dá.

        Responder

          marco

          01 de janeiro de 2019 às 15h45

          verdade

          Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

30 de dezembro de 2018 às 13h31

Embasado na literatura de Eric Fromm já opinei aqui sobre o caráter autoritário protofascista muito bem escondido nesta esquerda que quer a tal da autocrítica dos errôneos graves, segundo sua ótica míope e conveniente. Seria interessante para manter esse purismo que a encoraja tanto a ca.gar goma que não publicasse as fotos da outra esquerda, estrategicamente, por sobrevida… pois não tem os expoentes políticos para tanto. Sobrevalorizar 57 e não referir 47 num país de 210 milhões para quem é dado às miudezas dos números eleitorais é realmente pacabá o texto da infâmia!

Responder

lenice

30 de dezembro de 2018 às 13h30

O sujeito bradou aos quatro cantos sobre um palanque que metralharia petistas e vc vem com essa meu caro. Se manca!

Responder

    Justiceiro

    30 de dezembro de 2018 às 14h07

    Pois é.

    quando Lula foi eleito em 2002, o que ele disse?

    “Agora É NÓS CONTRA ELES”.

    Vocês se esquecem mas a gente sempre faz questão de lembrar.

    Responder

fernando

30 de dezembro de 2018 às 13h18

tem que boicotar e principalmente dizer que não reconhece esse governo eleito através de fraude!!!

Responder

Monteiro

30 de dezembro de 2018 às 13h07

O mundo esta perplexo com a extrema direita no brasil de bolsonaro
mas a perplexidade aqui é com o não comparecimento de partidos da esquerda ao cerimonial. Loucura! Loucura! Loucura!

Responder

Marcos

30 de dezembro de 2018 às 13h00

Há momentos na política que o jornalismo, esnoba de sentimentalismo, isso divide ainda mais os poucos que ainda se dizem independentes, no campo fértil de do pensamento, qualquer membro da esquerda neste evento será triturado por um monte de idiotas preconceituosos, que pregam o separatismo neste país.

Responder

    Paulo

    30 de dezembro de 2018 às 19h19

    Separatismo?

    Responder

Alberto Jorge

30 de dezembro de 2018 às 12h48

Boa tarde

Realmente é lamentável!

Onde estará o Ciro Gomes? Na Europa? Será que ele já retornou? Poderia ir representar os seus eleitores do primeiro turno e prestigiar a posse do Bolsonaro!

Responder

Gustavo

30 de dezembro de 2018 às 12h41

Dificilmente haverá consenso e esse episódio só mostra o quanto a polarização está ferrenha e bem forte (chego a pensar que nem nas épocas de PT vs PSDB ela tinha tamanha presença).

De maneira geral achei o artigo coerente e penso que a ausência é de fato um presente ao eleito. Vai dar margem para discursos de não aceitação dos resultados por parte dos partidos de esquerda entre outros. Dentro das bancadas desses partidos a própria decisão não foi consenso.

Não concordo com várias das citações de Bolsonaro e penso sim que expectativas podem ser frustadas (vide as trabalhadas de articulação). Ele exagera, mas vamos lembrar que as tais figuras de linguagem também são usadas por membros da esquerda. Teve gente falando em pegar em armas se Dilma fosse deposta. Teve gente que falou que se não fosse preso ia mandar prender quando retornasse ao poder.

Se sempre usarmos a discordância como justificativa pra não ir a cerimônia de posse, então sempre que houver um vitorioso deve a situação marcar presença e a oposição marcar ausência, ou que se torne extinto esse rito de posse.

Não comparecer mais parece aquela disputa onde o segundo lugar não quer subir ao pódio mesmo depois dos juízes considerarem a disputa justa (refiro-me ao jogo e não as condições anteriores).

Lula ter sido preso e portanto inapto a disputar é uma discussão boa e que vai render, mas vale lembrar que a disputa entre Haddad e Bolsonaro foi considerada justa. Todos lutaram como puderam e apenas um saiu vencedor. Se se dispuseram a disputar e se a maioria da população escolheu o Bolsonaro não ir a posse não seria o mesmo que dizer que não se reconhece o resultado ?

Por último pensemos se fosse o contrário. Se Bolsonaro fosse o derrotado, não fosse a posse e dissesse que não iria porque nas épocas do PT tivemos grandes escândalos na Petrobrás, que aquele partido foi julgado e condenado no mensalão, que a urna é fraude, etc. Qual seria a crítica ? Possivelmente diriam que ele não respeitou o resultado e que não sabe perder.

Por último fica a dúvida que ainda não tive uma boa explicação. Politicamente existe ganho nessa ausência ? O que se capitaliza com isso ? O saldo será positivo ?

Responder

    Francisco

    31 de dezembro de 2018 às 16h46

    “Por último fica a dúvida que ainda não tive uma boa explicação. Politicamente existe ganho nessa ausência ? O que se capitaliza com isso ? O saldo será positivo?”

    Cara, antes, faz o seguinte: Decide se casa ou compra uma bicicleta.
    Não tem namorada?
    Compra a bicicleta e vá encontrá-la.

    Responder

      Gustavo

      31 de dezembro de 2018 às 17h42

      Há algo de errado em ter dúvidas ? Em compartilhar a dúvida para buscar melhor entendimento ? Se você tem a resposta ou opinião poderia compartilhar ?

      Responder

Olinto

30 de dezembro de 2018 às 12h39

O Cafezinho aprendeu a usar bombas semióticas e está inaugurando as de esquerda contra o PT em prol de Ciro 2022 rsrsrs. Usa a fala de Mano Brown numa na foto que abre artigo tornando-a de crítica construtiva a destrutiva. Aafff…

Responder

Akram Mounzer

30 de dezembro de 2018 às 12h24

O grave erro de ir atras de Ciro e Mangabeira Unger. Se não acredita mais na tese do golpe e as farsas “democráticas´´ e começa a abraçar a tese de auto critica,como se fossemos em tratamento psicoterápico e não em luta politica,pode dar aquele abraço e vá fazer oposição “construtiva´´ ao fascismo, endossando seu governo..

Responder

Eduardo Ramos

30 de dezembro de 2018 às 12h24

Posições como essa do Miguel e do Sakamoto explicam parte do fracasso do PT e da esquerda em todo esse processo de massacre que são vítimas desde 2014.
Não se “mantém o protocolo” com gente bestial. Assim como não “se é republicano” em um país de instituições frágeis, gelatinosas, sórdidas, como muitas vezes são as instituições públicas brasileiras.
O argumento pobre de Miguel e Sakamoto lembra os ingênuos que defenderam Lula e Dilma quando sancionaram a vontade dos procuradores no MPF e colocaram no cargo de Procurador-Geral da República homens torpes e parciais, desonestos mesmo, como Roberto Gurgel e Rodrigo Janot, ambos causando uma destruição abissal no PT e nas vidas pessoais de Zé Dirceu, Lula, Dilma, etc. – enquanto protegiam e blindavam a Globo, os tucanos, os amigos do golpe, enfim….
Finalmente, o PT tem uma ação digna de REPÚDIO a esse processo canalha, autoritário, eivado em vícios, crimes, violências contra o Estado de Direito… Não ir à posse de Bolsonaro é o MÍNIMO que se pode esperar de uma esquerda com vergonha na cara diante do que o inominável e seu superministro Moro representam.
Ler coisas assim de um Merval, é esperado…. de pessoas com o histórico de lutas como o Miguel e o Sakamoto, é tragicamente revelador do quanto ainda somos ingênuos e despreparados para a luta pelo poder.

Responder

    Francisco

    31 de dezembro de 2018 às 16h38

    Que negócio é, “esse processo de massacre que são vítimas desde 2014”?
    Por que comer dez anos de história?
    Esse massacre tem início em fevereiro de 2004, com o “Primeiro Escândalo”, na revista Época, em ataque frontal a Zé Dirceu, por ocorrências de um seu assessor, anos antes do inicio do governo Lula, no governo do estado do Rio de Janeiro, sobre os quais Dirceu não tinha a menor ligação.

    Seguiram-se, Correios, Mentirão, até chegar-se a março de 2014, quando lançaram a operação Lava Jato para reforçar o massacre jurídico-midiático e ajudar a eleger Aécio para apear o PT do poder, através do voto.

    Falharam novamente, tal qual em 2002, com a estratégia de considerar o governo Lula uma tragédia anunciada, que não passaria do primeiro ano, ao sossobrarem pela não ocorrência da tragédia esperada, ao final de 2003, com o governo Lula despontando competente e levando-os ao ataque direto, a partir de 2004, tendo inicialmente por alvo, Zé Dirceu, ‘braço esquerdo’ e estrategista, do governo Lula, através do já referido, “Primeiro Escândalo”, na semanal da Globo, dos golpistas Marinho.

    Responder

      marco

      01 de janeiro de 2019 às 15h31

      Perfeita sua exposiçao, realmente desde 2004 o governo Lula e alvo de sistemico bombardeio.
      Lembro de estar assitindo a apuração da eleições de 2004 na TV, assisti o falecido Oliveiros Ferreira garantir a organicidade das ações midiáticas contra o Lula.
      Veja bem , a totalidade das urnas ainda não haviam sido escrutinadas e já combinam a criação do PIG.
      É o ato de nascimento do PIG.

      Responder

Marinaldo da Silva

30 de dezembro de 2018 às 12h21

Corre atrás Miguel do Rosário que ainda da tempo, pois o BOZO vai tirar as veras publicitárias da mídia tradicional e destiná-las para mídias alternativas e blogs. Quem sabe você não consegue pegar um pouquinho?

Responder

Hélio

30 de dezembro de 2018 às 12h12

Participar de uma celebração junto com filhotes da ditadura e de setores que promoveram um golpe parlamentar? Mesmo que não fosse isso tudo e até mais.
Nunca ví em nenhum pais quem perde as “eleições” ir à celebrações.
Esta celebração de posse no Brasil é desproporcional, um ritual ridículo, exagerado e desnecessário. A vida do povo vai continuar ruim, muita coisa vai piorar.
O pais não tem estrutura política, financeira e nem empresarial para os desafios que nos cercam. O resultado recente eleitoral aponta um congresso ainda pior do que o anterior. É muito improvável que este (des)governo tenha sucesso. Nenhum outro governo de direita infestado de malucos debilóides deu certo
O que existe são meras expectactivas criadas na base de fake marketing e fake news que infelizmente se tornaram norma.

Responder

    Alcantara

    30 de dezembro de 2018 às 12h44

    A propostas do governo eleito não deram certo em nenhum pais do mundo.
    Algumas medidas podem, no curto prazo, gerar algum falso otimismo. No longo prazo será um desastre para a classe trabalhadora e para o desenvolvimento do Brasil.

    Responder

      Justiceiro

      30 de dezembro de 2018 às 14h23

      A proposta do candidato eleito teve o aval de 57 milhões de votos.

      Aceita, cara. É a Democracia. Eu sofri vendo Lula ganhar em 2002 e 2006 e Dilma ser eleita e reeleita. Mas tive que conviver com isso.

      A eleição de 2018 foi apenas uma de muitas que vocês sofrerão.

      Responder

        Nunes

        30 de dezembro de 2018 às 18h31

        Cita ai 10 propostas do seu presidente.

        Responder

Enio

30 de dezembro de 2018 às 12h11

A leitura do artigo deixou-me negativamente surpreso e me fez lembrar da histórica frase dita há mais de dois mil anos: “Até tu, Brutus?”.

Responder

Paulo Cesar

30 de dezembro de 2018 às 12h07

Não vou nem mencionar a fraude de tirar Lula e das fakenews , vou apenas dizer:
Bolsonaro defende a tortura , ele é um psicopata que deveria estar preso por apologia a tortura e ao estupro.
Os 56 milhões de criminosos doentes que votaram nele também deveriam estar presos.
Um homem que diz abertamente que é a favor de um crime hediondo não deveria ocupar cargo público algum.
Um homem que vota em alguém que defende o mesmo crime não deveria poder votar.
Democracia com tortura não existe!!!

Responder

valter sena

30 de dezembro de 2018 às 11h47

Ainda tem gente na esquerda que lava a serio este tal de Miguel do Rosario e o Sakamoto.Foi bem democratica as eleiçoes nao~ deu um Golpe na Dilma nao~ predeu o lider em todas as pesquisas que ia ganhar e eleiçao~ .Nao~ manipulada e fraudada vai caçar que fazer esquerda de mentirinha alia Bozo que melhor coisas que voces faz

Responder

    MARIA TEREZA CORSI

    30 de dezembro de 2018 às 12h50

    Era só o que faltava, PT e PSOL ir na posse do energúmeno! Esse canalha devia ter saído algemado do congresso no dia que dedicou seu voto ao USTRA. Esse tipo de comentário, Miguel do Rosario, , cabe bem ao Merval, ao Alexandre Garcia etc. eleição fraudada,! Ofensas morais ao Haddad

    Responder

Matosalem Freitas Jr

30 de dezembro de 2018 às 11h41

Peça para o Ciro representar a esquerda nesse evento.

Responder

WG

30 de dezembro de 2018 às 11h35

Respeito as opiniões do MIguel do Rosário.. Mas, mais uma vez, discordo. Hitler era caricato, e matou milhões de inocentes. De republicanismo em republicanismo, vamos acabar batendo palmas para os malucos.

Responder

    Capanema

    30 de dezembro de 2018 às 18h38

    Stalin também…

    Responder

      Paulo

      30 de dezembro de 2018 às 19h27

      Mao, Fidel, Pol Pot…

      Responder

Itamar Santos

30 de dezembro de 2018 às 11h30

Participar da posse é a subserviência a esse sistema é a marca do democratismo e governismo que tristemente marcaram a história do PT… A ausência nesse posse adquirida por fraude eleitoral demonstram que o PT não se cala frente ao ataque que a Democracia brasileira vem sofrendo desde que o PT conquistou o governo. O PT deve realizar um um grande congresso Nacional a partir de sua bases municipais, sindicais e dos Movimentos para produzir com a autorização política de seus militantes uma Nova estratégia de lutas na instituição e fora dela… essa nota da bancada apota para isso e caso a direção nacional silencie será preocupante e podendo ficar no isolamento político na sociedade e na esquerda brasileira e internacional .

Responder

Itamar Santos

30 de dezembro de 2018 às 11h29

* Eu não vou a posse.
E daí?

1) Os neofascistas impediram o principal candidato – favorito – do campo popular e democrático de concorrer as eleições.
2) Os neofascistas afirmaram que não reconheceriam os resultados eleitorais se perdessem.
3) Os neofascistas fraudaram o processo eleitoral com calúnias e mentiras nas redes e ao utilizarem recursos financeiros ilegais.
3) Os neofascistas ameaçaram com prisão, expulsão do país e morte aos que se opõem a eles.
4) Os neofascistas repudiaram a presença de representantes de Cuba, Venezuela e países socialistas em sua posse. Mas, convidaram Trump – líder mundial dos neofascistas – e o carrasco-mor do povo palestino para estarem presentes, com direito a todas as honrarias.
E alguns – em nome do “respeito à democracia” e à “institucionalidade” – tem a cara-de-pau de atacar os partido que – no uso de sua legitima autonomia – decidiram não prestigiar e nao aplaudir a posse dos neofascistas e a presença de seus lideres mundiais!
Até onde vai o oportunismo e a arrogância dos que se acham os novos corregedores da esquerda!
Se querem participar da posse dos neofascistas, sintam -se à vontade. Podem ir lá e aplaudi-lo à vontade. Não os criticaremos…
Mas respeitem os que pensam diferente e entendem que é o momento de uma atitude de denúncia contra a ascensão do neofascista à Presidência do país!
*Via Raul Carrion.

Responder

    Leonardo

    31 de dezembro de 2018 às 16h40

    Sabe que não vale nem a pena te responder, 7x1processos faltam 6 a PF não tinha nada pra fazer e foi perseguir um pinguço por hobby.

    Responder

      marco

      01 de janeiro de 2019 às 14h06

      Naõ é por hobby a perseguição ao ex-presidente Lula, é por subserviência ao império.
      Isso até “as pedras sabem” .
      Está sendo condenado pelo ato de governar.
      Tenho 72 anos , nunca ví tanta desfaçatez.

      Responder

Samuel

30 de dezembro de 2018 às 11h28

Só falou verdades. O PT e suas contradições… só não enxerga quem não quer… embora lamentável, o governo eleito é sim legítimo!

Responder

    Elin Ranck

    30 de dezembro de 2018 às 12h12

    Legitimo? Legitimo uma ova! Ganhou às custas de fake news, caixa 2, fakeada ridícula e princ. pelo fato de Lula ter sido impedido de se candidatar através de um processo, q todo mundo sabe ou deveria saber, foi uma farsa só. Fosse em um país minimamente civilizado, esse sujeito, só pelo seu discurso favorizando a tortura, nao poderia sequer se candidatar e pelos motivos acima citados teria sua candidatura impugnada. Como se nao bastasse o envolvimento escandaloso de Furnas, o aumento de 432% do patrimonio da familia, nepotismo, sonegacao e por último com assesores laranjas e funcionários fantasmas, amplamente divulgado. Só foi eleito gracas à credulidade (eufemisticamente falando) de mais de 57 milhoes de eleitores, q pedem para serem enganados. Depois dessa o termo legitimo terá q ser redefinido. Boicotar a posse aínda e pouco!

    Responder

      Samuel

      30 de dezembro de 2018 às 21h17

      O pensamento típico de um petista iludido.. se votam em mim viva o sufrágio universal e a sabedoria do povo.. se o outro ganha é porque os eleitores foram enganados..

      Responder

Felipe

30 de dezembro de 2018 às 11h25

Pior texto que já vi aqui no cafezinho. As notas do PT e do PSOL estão muito boas, de fato há uma ameaça ao Estado democrático de direito e à tudo pelo que esses partidos lutam. O argumento das redes sociais de que o PSDB também boicotou é mais uma crítica a hipocrisia de alguns do que um argumento que basta em si. Vale lembrar que Bolsonaro não só falou em metralhar a petralhada uma vez só, mas chegou à fazer referência à “ponta da praia”, local de desova de corpos da ditadura. https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/12/bolsonaro-fez-referencia-a-area-de-desova-de-mortos-pela-ditadura.shtml

Responder

Del Martins

30 de dezembro de 2018 às 11h22

Não minha opinião essa é uma fala de progressita com tendência fassista. Em 2018 o Comgresso, o mp e o stf falaram uma linguagem só com relação a este presidente eleito. Muitas ratadas dadas por bolso e sua trupe foi varrida pra baixo do tapete, e o cara vem falar de respeito? Grande parte dqueles que votaram no bolso não são burros e em pouco tempo iram recuperar suas consciências.

Responder

Samuel

30 de dezembro de 2018 às 11h22

De fato, o jogo democrático só é respeitado pelo PT quando este é vitorioso. Lamentável a cegueira dos petistas em relação à realidade dos fatos, preferindo sempre se ater a belas e convenientes narrativas.

Responder

    jorge leite pinto

    30 de dezembro de 2018 às 13h35

    Só vou dizer uma coisa: é a última vez que visito este site. Boa “viagem” pra quem fica…

    Responder

Editor da Caverna

30 de dezembro de 2018 às 11h20

Interessante sua visão de resistência Miguel, se parece muito com a do covarde do Ciro Gomes. É impressionante como vc se tornou, de repente, um cirista de corpo e alma, só falta falar que o papel da esposa de um presidente é dormir com ele e ficar pulando de partido em partido. Não, não foi um erro, muito menos um GRAVE erro. Grave erro, é você com um capital político enorme, é fugir para a Europa quando vc tem uma pessoa como Bolsonaro às portas de se tornar Presidente pq. ficou ´xateado´. Grave erro é não apoiar no segundo turno as forças progressistas quando elas precisam de apoio (não importa sua desculpa), sugiro que leia o que fala Boaventura sobre a união das esquerdas e como se deve ultrapassar as diferenças ou morrer. Vc está tentando implodir o PT há algum tempo, inclusive com estatísticas sobre o tamanho do partido (que não demonstra a influência e o poder do partido) com a esperança de que o PDT (por enquanto, né? Pq. amanhã vai ser outro partido o do Ciro) ocupe um vácuo de liderança da esquerda. Esse é um GRAVE erro. Isso não ocorrerá por várias razões. O que pode acontecer é a esquerda ir para o ralo junto com o PT (o que não seria um problema para o Arenista, Pedessista, peessedebista Ciro gomes que facilmente se tornaria uma nova direita). Ciro, se houver a lógica política e o pensamento de esquerda não sumir, será a próxima Marina Silva, já que cometeu os mesmos graves erros que ela (acha partido político irrelevante, pois é personalista e ajudou e, tendo uma boa parte de seu eleitorado de esquerda, não apoiou a esquerda no segundo turno, por isso foi para o esquecimento, nem a esquerda a suporta nem a direita a quer mais por perda de força).

Deixa eu falar por mim, que represento provavelmente uma boa parte da esquerda que NÃO é umbilicalmente vinculada ao PT.

Votei no Ciro, pois achava que pelo ódio ao PT e pela fraqueza de Haddad (que não tem apoio popular), Bolsonaro só poderia ter alguma chance de ser derrotado pelo Ciro (de quem gostei do discurso, embora tenha desconfiado de uma série de atitudes como a de pedir para retirar a cadeira do Lula no debate). Hoje me arrependo amargmente disso. Me sinto um traidor das esquerdas por ter feito isso. NUNCA mais votarei no Ciro sob HIpÒTESE alguma, assim como NUNCA votarei em Marina Silva (nunca votei, essa não me enganou como o Ciro) nem em Cristovam Buarque (também nunca votei) e nem em Roberto Freire (também nunca votei, e o acho PARECIDÍSSIMO com o Ciro Gomes, já foi comunista, tinha um discurso fabuloso em 1989 mas é tão personalista e odeia o PT a tal ponto de que sua inconsistência ideológica se tornou, rapidamente uma ´consistência´ de direita, eis que o ódio é o combustível da Direita) e nem em Paulinho da Força (também nunca votei, mas esse é O Cirista, ele é exatamente o Ciro Gomes na alma, já foi até candidato a vice do coronel).

Enfim, escrevo esse textão para (em homenagem a Ciro Gomes, com um grau de arrogância bastante alto) levá-lo a refletir sobre o que vc vem fazendo com o SEU capital político Miguel. Não existe nada que compense um GRAVE erro do tamanho que vc está cometendo. Se vc acha que o Ciro é uma boa, legal, vai fundo. Mas não tente destruir o PT atacando de qualquer jeito em qualquer lado. O pessoal de esquerda é muito mais preparado politicamente do que os de de direita e entende o que está acontecendo de todos os ângulos e TODA a esquerda respeita o PT e vai apoiar o PT contra tudo e contra todos que querem edificar um projeto político personalista, ainda que travestido de esquerda.

Responder

Admar

30 de dezembro de 2018 às 11h17

Às máscaras vão caindo. Demônio é o PT o resto “deixa pra lá”!!!

Responder

Vita De Grazia

30 de dezembro de 2018 às 11h09

Democracia???? Que democracia????

Responder

    marco

    01 de janeiro de 2019 às 14h17

    Porque o Pt ,não denunciou a eleição como “farsa” ,se recusando a legitima-la, por exemplo?
    Antes de perder, é claro.
    O Pt , quer ser o “espelho” do governo Bolsonaro, não pode deixar morrer a “polarização.
    Estratégia legitima, embora ache que não vai funcionar.

    Responder

Josenildo Shodan

30 de dezembro de 2018 às 11h07

Oxente! “Figura de linguagem”? O Cafezinho capitulou foi? Dizer que as expressões de Bolsonaro são figuras de liguagem. Os caras defendem melícias, são amigos de assassinos, polícias que acham no direito de matar as pessoas por conta própria. Ciro capitulou e o Cafezinho está indo no mesmo caminho. O que foi, prezado?

Responder

Suelma Ribeiro

30 de dezembro de 2018 às 11h04

Esses comentários são respetivos e por isso cansativos.Carecem de uma reflexão profunda . Mas indicam que o mundo jornalístico precisa urgente de capacitação. Falta criatividade nas análises que cada vêz mais mostram_ se superficiais .

Responder

Eduardo

30 de dezembro de 2018 às 11h03

Na minha visão respeito ás instituições se dá quando acatamos o resultado nas urnas. O não comparecimento á posse é um ato de firmar posição. Ir á posse de uma pessoa que diz até hoje que não quer saber da esquerda, dos direitos humanos, dos mais pobres, dos negros, dos índios,para mim não indicaria nenhum bem estar das instituições, apenas que não há como fugir delas, que somos obrigados a fazer o que reza a cartilha. Exemplo emblemático foi dado pela Márcia Tiburi quando foi a uma entrevista a uma rádio no sul do país e lá encontrou com kim kataguiri. Saiu na hora pois sabia que ali não haveria diálogo, que não adianta dialogar com esse tipo de gente. Não, os partidos de esquerda não estão errados em mostrar á população que não apoiam esse racista.

Responder

Emília Coutinho

30 de dezembro de 2018 às 11h02

O Cafezinho virou bolsominion? Que pena.

Responder

    Olinto

    30 de dezembro de 2018 às 12h29

    É que ele optou por colaborar para Ciro 2022. E aí…

    Responder

    Leonardo

    31 de dezembro de 2018 às 16h23

    Emilho cu ltinho vai pro Brasil157 la e dos petbas

    Responder

IRAN BAYMA DE MELO

30 de dezembro de 2018 às 11h00

Eh como se o Marcola tivesse sido eleito presidente e as esquerdas em respeito a “saberania do voto popular” tivessem de se reunir com ele na Papuda para tramar arrastões nos shoppings da cidade ou coisa parecida.

Responder

    Chauke Stephan Filho

    30 de dezembro de 2018 às 15h27

    A esquerda é que gosta de bandido, filhinho.

    Responder

      Paulo Preto

      01 de janeiro de 2019 às 15h43

      Cala a boca, pateta, vc apoia o laranjal do Bozo e não dá um pio, retardado “anti-corrupção”

      Responder

Geraldo Magela Costa Vaz

30 de dezembro de 2018 às 10h58

Estranha a afirmação de que ele não vai metralhar ninguém. Essa convicção merece um “power pointer”.O vídeo está aí e foi publicado no UO. Serão duzentos mil, pelo menos.

Responder

Alicia

30 de dezembro de 2018 às 10h54

Miguel do Rosário agora defendendo criminosos!
Deveria ter vergonha de ter escrito isso!
Traidor!

Responder

    Chauke Stephan Filho

    30 de dezembro de 2018 às 15h33

    Alícia, você esta confundindo Miguel do Rosário com Maria do Rosário.

    Responder

    Leonardo

    31 de dezembro de 2018 às 16h25

    Bela resposta Alicia.

    Responder

Deixe uma resposta