Hangout com Miguel do Rosário: Bolsonaro nos EUA

Datafolha divulga dois novos relatórios completos

Por Miguel do Rosário

05 de janeiro de 2019 : 12h22

Temos novidades importantes para os analistas da vida política brasileira. O Datafolha, uma das mais prestigiadas instituições do setor, acaba de divulgar em seu portal a íntegra de dois grandes conjuntos de pesquisa.

O primeiro conjunto, com 78 páginas, traz, entre outros dados, a última pesquisa de aprovação do presidente Michel Temer. Clique aqui para baixar ou visualizar.

O segundo, com 79 páginas, centraliza pesquisas em torno da expectativa da população com o governo Bolsonaro. Clique aqui para baixar ou visualizar.

Abaixo, as resenhas divulgadas pela assessoria de imprensa do Datafolha:

Mais impopular desde Collor, Temer fecha com reprovação em baixa
OPINIÃO PÚBLICA – 03/01/2019 12H55

Baixa a pesquisa completa
DE SÃO PAULO

O presidente Michel Temer (MDB) chega ao final de seu período à frente da Presidência reprovado, ou seja, considerado ruim ou péssimo, por 62% dos brasileiros. Há 29% que avaliam sua gestão como regular, e apenas 7% a aprovam, além de 2% que não opinaram. Apesar de majoritariamente negativo, o índice atual de reprovação a Temer é menor do que o registrado em agosto deste ano (73%). O emedebista segue, porém, com a taxa de avaliação negativa mais já registrada na séria histórica do Datafolha sobre avaliação de presidentes: em junho de 2018, 82% avaliavam seu governo como ruim ou péssimo.

Dos presidentes que concluíram seus mandatos presidenciais desde 1989, Temer é o que termina seu período com a pior avaliação, seguido por Sarney (56% de reprovação). Alvo de processo de impeachment que resultou em sua saída da Presidência, Dilma Rousseff (PT) tinha taxa de reprovação similar à de Temer, seu sucessor, na véspera de deixar o cargo. O outro presidente a sofrer impeachment nesse período, Fernando Collor (PTC), tinha avaliação pior que a do atual presidente antes de ser afastado do mandato (68%).

De 0 a 10, a nota média atribuída ao desempenho de Temer à frente da Presidência da República é 3,4 (ante 2,4 em agosto). No início do governo do emedebista, em julho de 2016, a nota média atribuída a ele era 4,5.

***

65% avaliam que Bolsonaro fará governo ótimo ou bom
OPINIÃO PÚBLICA – 03/01/2019 13H00

Baixa a pesquisa completa
DE SÃO PAULO

A expectativa de dois em cada três brasileiros (65%) é que Jair Bolsonaro (PSL), que assume a Presidência no dia 1º de janeiro, faça um governo ótimo ou bom. A parcela de otimistas supera amplamente a de pessimistas: 12% avaliam que o governo do militar reformado será ruim ou péssimo. Há ainda 17% que acreditam que sua gestão será regular, e 6% não opinaram.

Entre os mais escolarizados, 22% preveem que governo faça um governo ruim ou péssimo, índice acima da média. Isso também acontece entre os mais ricos (21%). Os homens (69% de expectativa positiva) são mais otimistas do que as mulheres (61%) quando o assunto é a administração do militar reformado. Entre os que votaram em Bolsonaro, 88% avaliam que seu governo será positivo, na parcela que votou em Fernando Haddad (PT), 35% têm a mesma opinião, e para 31% a gestão do presidente eleito será ruim ou péssima.

Apesar do otimismo que alcança a maioria da população, o grau de expectativa positiva em relação ao governo Bolsonaro é mais baixo do que a registrado para outros presidentes na véspera de sua posse. Quando Fernando Collor (PTC) assumiu o mandato presidencial, em 1990, 71% dos brasileiros avaliavam que ele faria um governo ótimo ou bom. O índice é similar (70%) ao registrado para o primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), na passagem de 1994 para 1995. Seu sucessor, Lula (PT), assumiu em 2003 sob expectativa positiva de 76%, e Dilma Rousseff (PT) tomou posse, em 2011, com 73% apontando que faria governo ótimo ou bom.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

33 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Kichu Tinhoso

07 de janeiro de 2019 às 10h31

Video desmonta falácias do neoliberalismo e dos anarco-capitalismo.
https://youtu.be/8u7xJl2GK7w

Responder

Admar

06 de janeiro de 2019 às 23h20

Como já disse o “honesto” Eduardo Cunha o amigo do Temer e do Bolsonaro: “Que Deus tenha misericórdia do Brasil” sabendo que cágadas viriam após o Impedimento da Dilma!!!

Responder

Ultra Mario

06 de janeiro de 2019 às 17h11

Os coxinhas já estão acordando, vide comentários em portais como Folha e g1.

Agora só falta o zé povão pobre de direita que acha que ter o direito de chamar os outros de viado é mais importante do que melhorar a própria condição de vida.

Responder

Mascarenhas

06 de janeiro de 2019 às 11h09

Regime vassalo bolsonaro oferece base militar aos estados unidos. Se o povo brasileiro, políticos, empresários, empresas públicas e empresas privadas já são espionados sem base militar, com base militar tudo ficará mais fácil para controlar o pais e a região.

Responder

    Paulo

    06 de janeiro de 2019 às 11h41

    Ou há algo muito maior, por trás dessa “parceria Brasil-EUA”, ou Bolsonaro é um idiota completo…

    Responder

    Raquel

    06 de janeiro de 2019 às 13h54

    Os estados unidos se auto proclamam país hegemônico – excepcionalismo americano – portanto não tem aliados só tem vassalos.

    Responder

    marco

    06 de janeiro de 2019 às 19h19

    Esse é o item mais importante do “mea culpa do Pt”, não denúnciar o império e seus asseclas quando estava no poder.
    Não achavam ser adequado.
    Entregaram todas as instituições as coorporações para não ser chamados de “chavistas”.

    Responder

Alicia

05 de janeiro de 2019 às 20h59

Só que agora a eleiçao ja passou. Agora nao adianta mais. Tem que esperar 4 anos para tirar alguem com apoio dos generais embora eu ache que o exercito vai sair chamuscado desse governo.
Só tonto defendeu tirar direitos trabalhistas para ter emprego. Como vai ter emprego se a economia nao cresce. Passe de mágica.
A lava jato quebrou o Brasil. A Dilma fez trapalhadas, mas a Lava Jato visou unica e exclusivamente a economia para tomar o poder e conseguiu. Nao foi trapalhada da lava jato, foi proposital quebrar a economia para derrubar a Dilma.
Alias, nao tem nenhuma fase nova da lava jato. O que houve ?
Qto ganha esse pessoal da lavajato, estao desempregados ?

Responder

    Alan Cepile

    05 de janeiro de 2019 às 22h45

    Jamais ficarão desempregados, são juízes e procuradores concursados, formam a mais poderosa casta de privilegiados desse país.

    Como vc disse a economia estagnou no governo Dilma de propósito para ter mais um componente que influenciasse a opinião pública. A economia vai crescer um pouquinho esse ano pq o empresariado tá nadando de braçada oferecendo salários de 30 a 50% menores que a 4 ou 5 anos atrás, eles estão ganhando e o povo perdendo, e esse cenário vai continuar no mínimo até 2022.

    Vou dar um exemplo da minha área de atuação: No final de 2017 uma empresa concorrente estava oferecendo uma vaga com salário de 5400. Exatamente um ano depois, no final de 2018, a mesma vaga foi oferecida novamente com salário de 4 mil, um decréscimo de 26% e a procura foi muito maior.

    Responder

    Brasileiro da Silva

    05 de janeiro de 2019 às 23h13

    É falta de informação ou alienação? Somente em 2018 tivemos 9 novas operações(fases) da lava-jato. Se informe antes de escrever textão defendendo o indefensável…

    Responder

    Alan Cepile

    06 de janeiro de 2019 às 09h47

    A farsa-jato é uma “operação” muito curiosa… Recuperou muito menos do que se tivesse apenas prendido os corruptos (coisa que até agora não fez) e liberado as empresas pra continuarem trazendo dividas pra nação. Essa conta talvez só golpista entenda….

    Está na 167ª fase e o penta-citado Aécio tá soltinho, soltinho…. bem como outros figurões do Tucanistão.

    Fez a Petrobrás pagar 10 bi à abutres americanos (alguns os chamam de “acionistas”) sem que a causa fosse sequer julgada.

    Um ex-advogado da Odebrecht desnudou esse verme do sergio moro e aquela quadrilha da república de curitiba provando que tentaram extorquir 5 milhões para que ele não fosse condenado e o que a grande farsa-jato fez? Não aceitou o depoimento dele, claro!

    Essa “operação” está saqueando o Brasil, delapidando seu patrimônio e servindo os interesses americanos enquanto o povo está sendo parasitado como nunca foi desde Cabral.

    Responder

      Justiceiro

      06 de janeiro de 2019 às 11h30

      Você não me parece um idiota completo. Então por que tenta parecer um só para defender Lula?

      Vamos lá, com relação ao que você derrama em asneiras.

      1 – Sérgio Moro não pode prender Aécio e você sabe muito em por que. Não é preciso ficar repetindo o tal foro privilegiado.

      2 – Que divisas as Construtoras estariam trazendo para o Brasil se o que aconteceu foi o contrário, foi daqui que saiu dinheiro para construir porto em Cuba, viaduto na Venezuela e rodovia na Bolívia, além de obras na África. Venezuela, Cuba e Moçambique, por enquanto, deram beiço no Brasil e não pagaram nada. Calote.

      3 – A Petrobras está inserida na Bolsa de Valores americana. Tem que respeitar as regras de lá. Ou pagava o acordo ou recorria e teria que pagar o triplo. E quem deixou esse rabo de foguete? Os presidentes da estatal, nomeados pelo PT, que maquiaram os balanço, fraudando os acionistas.

      4 – quanto ao Tacla duran o fura-bolha, quem disse que Sérgio Moro não quis ouvir ele? Ele pode falar quando quiser, basta vir ao Brasil.

      E não invente que ele tem que ser interrogado na Espanha pois a justiça brasileira mandou uma carta rogatória e o canalha não compareceu.

      Responder

        Alan Cepile

        06 de janeiro de 2019 às 17h49

        Antes de qualquer coisa, copie e cole onde eu pronunciei a palavra LULA no meu comentário…
        Parem com essa neurose infantil de Lula pra cá, Lula pra lá, e utilizem argumentação um pouco mais lógica, por favor.

        Segundo, pare com essa outra infantilidade de chamar os outros de idiota, isso não intimida ninguém além de ser uma coisa ridícula.

        1) Eu falo de delações e responsabilidades em crimes, não de foro privilegiado, Aécio tem foro? O Delcídio tb tinha…

        2) As construtoras brasileiras eram L-Í-D-E-R-E-S mundiais no segmento que atuavam, o que incomodava um certo país da América do norte, empregava milhares, quiçá milhão de brasileiros no mundo inteiro. Misturar verba do BNDES com divisas pra nação é dose!…. Houve corrupção e ela deve ser investigada e resolvida, como os americanos fazem, prendem os responsáveis e libera a empresa pra continuar trabalhando pela nação, a farsa-jato é a única operação do mundo que faz o contrário, os americanos, não por acaso, adoram… Sobre o porto de Mariel, quem queria faze-lo e ficar com o bônus disso era o tal país da América do norte, portanto o Brasil estava errado e eles certos?? Eu acho muito engraçado essas teorias neoliberais mirabolantes que acham certo os países mais poderosos do mundo fazerem uma coisa e o Brasil errado em fazer a mesma coisa… Diga pra um americano, um alemão, um norueguês, um chinês que eles devem vender seus ativos para se proteger de corrupção e, se eles forem muito educados, darão somente uma risada na tua cara, rs.

        3) Estou ansioso pra vc me dizer tecnicamente pq a BR pagaria o triplo e pq decidiu, antes de decisão em primeira instância, pagar um acordo milionário. O que acontece é que lá a justiça funciona, principalmente para seus cidadãos, e a lei permite que cidadãos americanos sejam ressarcidos se comprarem ações de empresas envolvidas em corrupção. O curioso é que há ações idênticas para acionistas brasileiros, holandeses e argentinos e para esses a BR não vai pagar nada, só pros americanos… Muito interessante essa benevolência com uns e dureza com outros, rs.

        4) Não quis ouvir pq acusou, de maneira estapafúrdia, que o Tacla Duran é “foragido” da justiça brasileira. Ao pedir à justiça espanhola a extradição dele, ouviu um gostoso NÃO pq, ao analisar o caso, a Espanha disse que não há nenhum indício de crime cometido por ele. Por essa o Moro não esperava…. E o depoimento foi dado via videoconferência, mesmo assim, se borrando de medo, logico, o Moro vetou alegando que o depoimento não traria nenhuma novidade ao caso, mentindo como ele sempre faz. Quanto à carta rogatória, a “justiça” brasileira requereu sim, e não compareceu. Aí tem…

        Responder

          Brasileiro da Silva

          06 de janeiro de 2019 às 20h58

          1)Cobre do STF, e não da lava-jato
          2) As construtoras eram líderes, pena que pagando Propinas. Nenhuma empres sobrevive eternamente assim.
          3)Quando vc coloca ações no mercado americano, vc passa a aceitar as regras de lá. Houve corrupção na Petrobras, é inegável. Ou a Petrobras entrava em acordo ou aceitava a multa a ser decidida pela justiça americana. Creio que os advogados da empresa são melhores que vc para decidir o melhor caminho
          4)Tacla não compareceu. O depoimento que ele deu a CPI tem valor zero. Se Moro estivesse errado, o que pode ocorrer, a sentença seria reformada em 2ª instância. E realmente foi. Aumentaram a pena.
          5)Junte sua argumentação pueril e suas provas e entre com uma ação contra o Moro, já que o Tacla não tem coragem.

          Responder

            Alan Cepile

            06 de janeiro de 2019 às 21h14

            1) Delcídio réu na Farsa Jato, a mesma que finge não ver tucano;
            2) As empreiteiras eram líderes, PONTO! Sugira aos americanos a paralisação das empresas americanas pegas em corrupção, depois cola aqui a resposta deles, rs.
            3) Melhores que eu e que vc tb, pois a explicação que eu pedi ninguém deu…
            4) O depoimento do Tacla tem valor zero pq falou a verdade, que está amparada pela justiça espanhola, que OBVIAMENTE não é a pseudo justiça brasileira vendida.
            https://jornalggn.com.br/noticia/turma-de-dallagnol-furou-depoimento-com-tacla-duran-na-espanha

            Responder

      Brasileiro da Silva

      06 de janeiro de 2019 às 11h47

      Ia responder as besteiras que vc escreveu, mas o Justiceiro já o fez e concordo com ele.

      Responder

João Pessoa

05 de janeiro de 2019 às 17h54

Isso não quer dizer muita coisa, né?!
Itamar Franco com 18%, mas foi o mais responsável e correto entre todos

Responder

    Paulo

    05 de janeiro de 2019 às 20h41

    Único honesto, pós Regime Militar…

    Responder

Leandro_O

05 de janeiro de 2019 às 17h30

Considerando a atual descrença generalizada na política e nos políticos, esses dados não desmerecem o governo atual não. Equivoca-se quem pense o contrário. Em resumo, não ajuda muito tais dados.

Responder

Justiceiro

05 de janeiro de 2019 às 17h11

Interessante 1 – O campeão de aprovação está preso.

Interessante 2 – O vice-campeão foi impixado e é réu

Interessante 3 – A terceira colocada também foi impixada e também é ré

Interessante 4 – Ao apagar das luzes, o vampirão ultrapassou dona estocadora de vento e ficou melhor avaliado do que ela.

Responder

    Justiceiro

    05 de janeiro de 2019 às 17h15

    Desculpem-me. Errei as colocações. A estocadora é que é vice-campeã, Collor é o terceiro colocado. Mas ela, como ele, foram impixados e tornados réus.

    Logo, logo estão fazendo companhia ao campeão na cadeia. Ordens de Sérgio Moro.

    Responder

      Alan Cepile

      05 de janeiro de 2019 às 20h01

      E tem o príncipe da privataria, que é aquele que passou vergonha mundial numa conferência dos países progressistas em 1999, onde foi ridicularizado por Bill Clinton que, entre outras coisas, disse que o Brasil poderia se espelhar em UGANDA.

      Responder

    Ateu Anarco-socialista e Drogado

    05 de janeiro de 2019 às 17h23

    Obrigado Miguel por premiar seu leitores com a imensa sabedoria do Justiceiro hahahaha

    Responder

Guimarães Roberto

05 de janeiro de 2019 às 14h40

Lula não foi mencionado nos comentários do articulista. Parece até que estou em um site do PIG.

Responder

    Ateu Anarco-socialista e Drogado

    05 de janeiro de 2019 às 17h28

    5 de janeiro e Miguel não fez uma crítica ao desgoverno.
    Para ele maltratar a imprensa , reduzir o aumento do mínimo , demitir funcionário por razão ideológica , revirar gabinete de opositores e dobrar ou triplicar o IR da classe média baixa tá tudo legal.

    Responder

    Alan Cepile

    05 de janeiro de 2019 às 19h55

    Se Lula não foi mencionado então uma coisa é certa, vc não está no brazil171, o puxadinho serviçal do PT.

    Responder

      Guimarães Roberto

      05 de janeiro de 2019 às 20h43

      Alan, estamos no mesmo Brasil. Nunca existiu e nem existe o Brasil171. O que existiu foi um breve momento em que o país foi governado por um partido de esquerda (PT) e, queiram ou não, fez excelente governos. E essa não é a minha opinião, são as estatísticas do período é que comprovam. O gráfico publicado no início desse post apenas comprova. Não há como desfazer aquela realidade vivida pela população brasileira. Do golpe/16 pra frente a desilusão tomou conta e eu não acredito que o Bozo vá arrumar a casa. Considerando os primeiros discursos a coisa vai é piorar.

      Responder

        Alan Cepile

        05 de janeiro de 2019 às 22h50

        Guimarães, o brasil247, que eu carinhosamente chamo de brasil171, é apenas um site tosco dedicado a São Lula da Silva.

        Responder

Alan Cepile

05 de janeiro de 2019 às 13h09

Interessante, mas meio sem propósito neste momento, pois não vai servir de muita coisa, nem pra dar um alento pra esquerda, muito menos pra convencer bolsominion.

Responder

    Nostradamus ( banquinho & bacia )

    05 de janeiro de 2019 às 15h39

    Nem mesmo para apagar o fogo em outro estado do norte que já pediu mais 300 homens da força nacional; nem para dar pistas sobre as estripulias do Queiroz & Bolsonaros; nem destrocar as camisas azuis e rosas entre meninos e meninas e laranja; nem para fazer dormir os medonhos todos que estão se esbarrando no governo; nem servirá para reduzir os pulos nas catracas dos metros e dos ônibus dia dez; nem mesmo para conter a greve dos caminhoneiros antes do carnaval ou o Fora Bolsonaro após a Páscoa!!! É que a grande mídia vai voltar a divulgar a cotação diária do dólar, se é que me entendes, ninguém tá notando nada, como fazia sempre.

    Responder

      Justiceiro

      05 de janeiro de 2019 às 19h53

      Segurança pública é atribuição do governo estadual.

      Não foi Camilo Santana quem disse que a segurança no Ceará estava controlada? Por que agora vai pedir penico ao doutor Moro?

      A próxima, podem anotar, sera a Fátima é gópi Bezerra. RN também está dominado pelo crime organizado.

      Tá gostoso de ver os governos petistas pedirem arrego a Sérgio Moro.

      Responder

      Alan Cepile

      05 de janeiro de 2019 às 20h12

      Pq os governos do PT, em todas as esferas, só sabem ficar passando pano e falar bonito, de efetivo mesmo a nota é ZERO!

      E pra não dizer que só falo (como o PT) dou um exemplo que aconteceu no meu estado, o Espírito Santo.
      Aqui uma vez (primeira e única vez) um candidato do PT (Vitor Buaiz) se elegeu governador nos anos 90 e deixou os servidores com o salário atrasado alguns meses, deixou o governo quebrado, brigou com o próprio partido (e vice versa) e terminou o mandato sem partido, uma completa zona, o PT estadual literalmente morreu.

      Responder

      Rivellino Batista

      05 de janeiro de 2019 às 23h44

      BRASÍLIA: dia 1°, totalmente verde-amarelo: O brilho do Sol, nosso astro mor. Vermelho? Somente as tulipas holandesas no jardim externo do Palácio do Planalto e o tapete vermelho (inclusive que o heróico Bolsonaro e o nobre índio Mourão — o vice — com enorme prazer pisaram sobre).

      Responder

Deixe uma resposta