Câmara discute privatização da Eletrobras

A entrevista de Dallagnol à Gazeta do Povo

Por Redação

24 de agosto de 2019 : 13h04

No canal da Gazeta do Povo:

O coordenador da força-tarefa no Ministério Público Federal (MPF) do Paraná, o procurador Deltan Dallagnol, participou de uma entrevista exclusiva com pouco mais de duas horas na Gazeta do Povo, nesta quinta-feira (22). Dallagnol saiu em defesa da Lava Jato e considerou que risco ao combate à corrupção vem de todos os lados:

Congresso, Supremo Tribunal Federal (STF) e Jair Bolsonaro, eleito empunhando a bandeira do combate à corrupção. “O que a gente vê no Brasil? A gente vê um movimento amplo [de enfraquecimento do combate à corrupção]. Não é um movimento restrito; não é uma pessoa ou duas. A gente vê um movimento que engloba o Legislativo, o Executivo e o Judiciário”, disse Deltan, para quem os vazamentos das mensagens da Lava Jato fazem parte dessa mesma agenda. O editor Fernando Martins e a repórter Kelli Kadanus contam os bastidores da entrevista exclusiva à Gazeta do Povo.

“O presidente Jair Bolsonaro, ao longo da campanha eleitoral, se apropriou de uma pauta anticorrupção. (…) Agora, o que nós vemos é que ele vem se distanciando desta pauta de corrupção quando coloca em segundo plano o projeto anticrime do juiz federal Sergio Moro. Ele coloca em segundo plano essa pauta quando ele faz mudanças no Coaf e desprestigia o auditor da Receita Federal Roberto Leonel [indicado por Moro para o Coaf], que trabalhou na Lava Jato”, atacou.

Confira na íntegra ➡
🎥 Créditos
◾Entrevistadores: Kelli Kadanus, Fernando Martins e Fernando Jasper.
◾Apoio: Camila Abrão e Jenifer Ribeiro
◾Produção: Rodrigo Fernandes
◾Edição e imagens: Rodrigo Sierpinski
◾Assistente de estúdio: Lucas Lencin

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

João Ninguém

25 de agosto de 2019 às 10h09

O menino “prodígio” de caráter duvidoso e ego hiperinflado. Não passa de mais um arrivista sem escrúpulos da República de Curitiba.

Responder

Alan C

25 de agosto de 2019 às 08h01

“bandido bom é bandido morto”

By bozo animal

Responder

Marcio

24 de agosto de 2019 às 15h11

Ídolo da esquerda nojenta.

Responder

Deixe uma resposta