Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

Lava Jato volta a centrar fogo no PT

Por Miguel do Rosário

16 de janeiro de 2020 : 18h08

No MPF
Lava Jato oferece primeira denúncia de 2020

Investigação refere-se a lavagem de dinheiro destinada a ocultar propina em contratos da Petrobras

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná (PR) denunciou nesta quinta-feira (16) Paulo Roberto Salvador, representante e administrador da Editora Gráfica Atitude, pelo crime de lavagem de dinheiro no valor de R$ 2,4 milhões, cometido entre os anos de 2010 e 2013 por meio da celebração de contratos de prestação de serviços ideologicamente falsos com o Grupo Setal/SOG Óleo e Gás.

Para cometer o crime e emitir notas frias para justificar os pagamentos por serviços não prestados, Salvador teria contado com o auxílio do tesoureiro e operador financeiro João Vaccari Neto; do executivo do Grupo Setal/SOG Óleo e Gás Augusto Ribeiro de Mendonça; e do ex-diretor da Área de Serviços da Petrobras Renato de Souza Duque.

Conforme aponta a denúncia, Mendonça, controlador do Grupo Setal/SOG Óleo e Gás, prometeu pagamento de propina a Duque e Vaccari relativa a contratos para obras nos Terminais de Cabiúnas 2 e 3, na Refinaria Presidente Getúlio Vargar (Repar), na Refinaria de Paulínea (Replan) e na Refinaria Henrique Lage (Revap), da Petrobras. Identificou-se que pelo menos R$ 66 milhões foram repassados pelo Grupo Setal/SOG Óleo e Gás e pelas demais empresas integrantes dos consórcios que celebram contratos com a estatal petrolífera, mediante sucessivas operações de lavagem de dinheiro, a título de pagamento das propinas.

Desse montante, R$ 2,4 milhões foram repassados, entre 2010 e 2013, pelo Grupo Setal/SOG Óleo e Gás de forma dissimulada, por meio da contratação da Editora Gráfica Atitude, de responsabilidade de Salvador, a pedido de Vaccari. De acordo com as investigações, os repasses foram realizados com base em contratos e notas fiscais ideologicamente falsos, e a gráfica jamais prestou serviços reais às empresas do grupo Setal/SOG.

Segundo revelado pelos próprios envolvidos, os pagamentos foram realizados em favor de Duque e do Partido dos Trabalhadores (PT), agremiação que o mantinha na posição de diretor de Serviços da Petrobras. Além dos pagamentos terem sido realizados a pedido do então tesoureiro do PT, as investigações identificaram que a editora mantinha estreita vinculação com o partido.

Dentre outros indicativos, os sócios da Editora Gráfica Atitude são o Sindicato dos Empregados de Estabelecimentos Bancários de São Paulo/SP e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, de notória vinculação ao PT (ambos, inclusive, fornecedores de serviços a candidatos filiados ao PT nas eleições de 2006 a 2018, conforme prestações de contas eleitorais), sendo que a presidente do primeiro sindicato figura como administrador da Editora Gráfica Atitude.

A editora ainda foi condenada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por fazer propaganda eleitoral ilícita, em 2010, em favor da então candidata à presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff. E, até mesmo o endereço listado na internet da Editora Gráfica Atitude, coincide com o endereço da sede do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores em São Paulo.

Pedidos – O MPF requer a condenação de Salvador, o bloqueio de R$ 2,4 milhões, correspondente às vantagens recebidas ilicitamente, e o ressarcimento do mesmo valor à Petrobras. Augusto Ribeiro de Mendonça, João Vaccari Neto e Renato de Souza Duque já respondem pelo crime de lavagem de ativos descrito na denúncia perante a 13ª Vara Federal de Curitiba.

Pelos crimes antecedentes de corrupção, Augusto Ribeiro de Mendonça, João Vaccari Neto e Renato de Souza Duque, além de outros envolvidos como Pedro José Barusco, Mario Frederico Mendonça Goes e Julio Gerin de Almeida Camargo foram denunciados e condenados pelo juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba, o que foi confirmado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

“Responsabilizar operadores financeiros que contribuem de forma significativa para a ocultação e a manutenção de esquemas de pagamentos de propinas é fundamental para o combate ao crime organizado e à macrocriminalidade. Esperamos que 2020 seja mais um ano de muito trabalho e muitos resultados efetivos em favor da sociedade”, disse o procurador da República Felipe D’Elia Camargo, integrante da força-tarefa do MPF.

Ação penal 50018033220204047000

Confira a íntegra da denúncia.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Arturo Melquiades

17 de janeiro de 2020 às 23h41

Claro, né, Miguel. Só o PT da IBOPE para a lava jato na tv e nos jornais impressos. A operação ja foi pras pikas ha muito tempo. Ninguem mais acredita na lisura dos juízes e procuradores da lava jato. Todo mundo ja percebeu que a operaçao lava jato é uma FRAUDE que serve muito aos interesses da direita reaça e fascista e aos americanos do norte.
Ou a economia melhora instantaneamente como o prometido qdo deram o golpe na Dilma ou o povão vai perceber que tomou bola nas costas dada pelo Aécio, psdb, Moro, etc. A economia vai de mal a pior. Essas denuncias requentadas tenta por a lava jato no centro da midia de novo, mas muito coxinha ja percebeu que foi enganado pela elite financeira do país. A classe média levou uma baita bola nas costas. Ninguem houve a ” caixa de abelhas ” qdo fala da lava jato como escutava-se antes pq muito gente já percebeu que foi feita de trouxa. Foram usados pela elite (os ricos de verdade) que nao perderam nenhum direito e a elite só ganhou com todas as reformas, ja a classe media nao encontra mais pobre no aviao, mas ganhou muito pouco com essas reformas, diria que mais perdeu do que ganhou.
Hj vc é Ciro, mas tem que ver se engrena, e se o PT ganhar vc vira a casaca de novo.

Responder

Francisco

17 de janeiro de 2020 às 12h24

Tem o outro lado, Miguel, ou não vem ao caso?

Mesmo sabendo-se quem é essa ‘gente judiciária lavajateira de bem” que acusa, através de delações premiadas sem provas, nos diversos processos farsas, sobretudo os que dizem respeito a Lula e Vaccari e no caso de Lula, a poucos dias, escancarados serem mundialmente considerados como ‘extremamente fragéis’, por Gilmar Mendes, aquele insuspeito juiz do supremo adversário do PT, que impediu Lula de assumir no ministério de Dilma, para que o golpeachment não fosse abortado, em 2016.

Responder

    Redação

    17 de janeiro de 2020 às 12h38

    Claro que tem. Mas tem que saber de onde e como vem o ataque.

    Responder

    Wellington

    17 de janeiro de 2020 às 14h18

    “Os esquerdistas tupiniquim e a democracia” esse sim mereceria o Oscar mas nem nos filmes você escuta coisas dessas…..Kkkkkk

    Chega a dar dó o nível dos defensores do “Estado Democrático de Direito” do Petrólão como diz a Gleisi Roipnol. Kkkkkk

    Responder

Psilocibes Cubensis

16 de janeiro de 2020 às 22h08

Para restaurar o estado de direito é necessária uma completa reforma do judiciário.

Responder

    Andressa

    17 de janeiro de 2020 às 11h22

    A direitosca obviamente não quer.

    Responder

    Andressa

    17 de janeiro de 2020 às 12h12

    Do judiciario pra começar, depois da emprensa, a gente jà sabe onde vai parar….

    Responder

Alan C

16 de janeiro de 2020 às 20h18

Eleições chegando, previsível.

Responder

    Wellington

    17 de janeiro de 2020 às 07h53

    As que o PT ganhou em todos os níveis por 16 anos com ajuda da Globo, são perseguidos os coitadinhos….

    Responder

      Alan C

      17 de janeiro de 2020 às 11h21

      Camundongo, o campeão mundial de comentar e não dizer nada..rs

      Responder

        Wellington

        17 de janeiro de 2020 às 12h09

        Responder a quem nao diz nada nao è coisa para todos…

        Responder

          Alan C

          17 de janeiro de 2020 às 13h33

          É coisa pra andressa né camundongo?

Paulo

16 de janeiro de 2020 às 19h47

Os caras passam um recibo desses (coincidência de endereços) e ainda não querem ser criminalizados? A certeza da impunidade era muita…bendita Lava-Jato!

Responder

Wellington

16 de janeiro de 2020 às 19h14

Tem a do predio da Petrobras em Salvador tambèm…esses animais cabulosos onde colocaram as maos fizeram merda.

Trata-se de lixo, facçào criminosa pura…e os militontos tentando passar pano como se fosse a coisa mais normal do Mundo.

Ah mas nao foi a esquerda verdadeira…foi tudo de brincadeirinha….vai ser tranqueira pra là !! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Psolista Esquerda Caviar

16 de janeiro de 2020 às 18h31

Sobre o escândalo de corrupção do governo miliciano nada?
Você não é de esquerda Miguel e nem jornalista , seu blog é uma máquina de propaganda da direita do PDT e de Ciro Gomes.
Passa mais tempo atacando a esquerda do que o governo de extrema-direita.

Responder

chichano goncalvez

16 de janeiro de 2020 às 18h14

Não sou defensor do Pt, principalmente, esse de São Paulo, alias quase todos os partidos de São Paulo, tem corruptos e ladroões, mas me causa extranhesa, que os Bilhões que foram roubados do Trensalão, está em agua estagnada, ou não ? Cade a condenação do Aecio Neves ? Jose Otavio Germano, Eliseo Padilha ( vulgo eliseu quadrilha), mais Aecio, mais Serra que roubaram merenda das crianças, por onde anda o processo contra esses ladrões ? E por onde anda a operação Zelotes, que desviou Bilhões do bolso dos trabalhadores , por onde anda ? Continuo com minha proposta: eleições pra juizes, já !

Responder

    Tania

    17 de janeiro de 2020 às 19h15

    2020 ano de eleições
    Quem está presidente não tem partido oficial.
    Vai ser difícil ganhar de quem LULA indicar .
    O animal acuado ataca .

    Responder

Deixe uma resposta