Ato público pela valorização do serviço público

Hans River prestou depoimento à CPMI da Fake News na terça-feira. Jane de Araújo/Agência Senado

Maia cobra punição a Hans River

Por Redação

12 de fevereiro de 2020 : 23h32

Maia cobra punição a testemunha acusada de mentir em CPMI das Fake News

12/02/2020 – 17:21
Atualizado em 12/02/2020 – 18:54

Agência Câmara — O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cobrou punição ao ex-funcionário da empresa de marketing digital Yacows Hans River do Nascimento. Em depoimento à CPMI das Fake News nesta terça-feira (11), Hans River atacou a jornalista Patrícia Mello, do jornal Folha de S. Paulo, que publicou em dezembro do ano passado reportagem mostrando que uma rede de empresas, entre elas a Yacows, recorreu ao uso fraudulento de nome e CPF de idosos para registrar chips de celular e garantir o disparo de lotes de mensagens em benefício de diversos políticos.

No colegiado, Hans River negou ter repassado informações à repórter durante a eleição de 2018 e afirmou que a jornalista teria se insinuado a ele para conseguir informações para a matéria. A fala de River foi desmentida horas depois pelo jornal, que exibiu documentos enviados por River a Patrícia e ainda trechos das trocas de mensagens entre os dois.

Por meio das redes sociais, Rodrigo Maia afirmou que River deve ser punido no rigor da lei por ter mentido à comissão parlamentar de inquérito e feito declarações de cunho sexista.

“Dar falso testemunho numa comissão do Congresso é crime. Atacar a imprensa com acusações falsas de caráter sexual é baixaria com características de difamação. Falso testemunho, difamação e sexismo têm de ser punidos no rigor da lei”, disse o presidente.

O que diz a lei

De acordo com o Código Penal, mentir em processo judicial ou inquérito é considerado crime, com pena prevista de dois a quatro anos de reclusão, além de multa. O regimento do Senado diz que a inquirição de testemunhas em CPIs segue o estabelecido na legislação.

CPMI

A relatora da CPMI das Fake News, deputada Lidice da Matta (PSB-BA), defendeu que a comissão tome providências na próxima reunião deliberativa, marcada para a semana que vem. Ela já anunciou, entretanto, que deve representar pessoalmente junto ao Ministério Público, como fizeram as bancadas do PT na Câmara e no Senado. Parlamentares da legenda ingressaram com notícia crime junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Hans River do Rio Nascimento por falso testemunho no depoimento prestado à comissão na última terça-feira (11).

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Ana Chalub

Abaixo, a íntegra da participação de Hans River na CPI.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Renato

13 de fevereiro de 2020 às 12h38

O Negão botou com areia nos petistas. Ver a cara de bunda do Rui Falcão foi impagável ! kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Andressa

13 de fevereiro de 2020 às 09h00

Que nivél o jornalismo brasileiro heim…que coisa ridicula.

Responder

Wellington

13 de fevereiro de 2020 às 07h40

Kkkkkk esse sim é um Mito !!!

Responder

Paulo

13 de fevereiro de 2020 às 00h32

Poxa, que cara durão esse Botafogo, hein!?

Responder

    Abdel Romenia

    13 de fevereiro de 2020 às 07h43

    O Botafogo tá cada dia que passa mais imbecil.

    Responder

chichano goncalvez

12 de fevereiro de 2020 às 23h55

Os juizes tem que começarem a botar na cadeia, os membros da quadrilha do Bolsonada, ou este pais, vai ficar pior que uma cidade sem lei.

Responder

    Renato

    13 de fevereiro de 2020 às 11h31

    Ainda falta botar na cadeia muitos membros da quadrilha do Lula , os quais roubaram por muito tempo !

    Responder

Deixe uma resposta