Ato em defesa da imprensa

Exclusivo: mortes diárias por Covid-19 se multiplicaram seis vezes em 10 dias

Por Redação

25 de março de 2020 : 15h47

Várias páginas na internet tem oferecido gráficos dinâmicos mostrando a evolução da pandemia do Covid-19 no mundo.

Temos a página da universidade Johns Hopkins, que traz um mapa interativo bastante ilustrativo.

Através desta página, fui atrás das fontes originais usadas pelo mapa da Hopkings, e cheguei ao site WorldoMeters.Info, que traz informações detalhadas e atualizadas sobre número de infectados e mortes, no mundo inteiro.

Como a propaganda enganosa do presidente Bolsonaro tem focado na narrativa de que o vírus é uma “gripezinha ou resfriadozinho”, e que não mata, fizemos alguns gráficos mostrando porque governos de todo mundo estão adotando medidas restritivas para, ao menos, reduzir a incidência de casos graves e mortes, sobrecarregando os sistemas públicos de saúde.

Hoje, dia 25 de março, o número total de mortes, confirmadas por dados oficiais, causadas pelo Covid-19, já é de 20.549.

Entretanto, o mais impressionante é o gráfico que mostra o número de mortes diárias causadas pelo vírus, que mostra um aumento exponencial.

Ontem, dia 24 de março, morreram 2.381 pessoas vítimas do Covid-19, um número seis vezes maior do que o registrado há apenas 10 dias, quando estavam na casa das 400 mortes/dia.

Se esse ritmo se mantiver, daqui a 10 dias, ou seja, por volta do dia 4 de abril, teremos saltados para 14,2 mil mortes por dia; em 20 dias, no dia 14 de abril, para 86 mil mortes por dia. Em 30 dias, teremos mais de 500 mil mortes por dia.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Pedro Pedro

26 de março de 2020 às 11h39

O apanhado é correto, mas, a extrapolação não é crível, pois, para tudo há limite. Creio que, no caso deste vírus nenhum cálculo deve ir além de 10 dias, atualizado diariamente. Abs.

Responder

Valdeci

25 de março de 2020 às 20h51

Se o governo se importa-se com numero de mortes por falta de leito em UTI, não teria feito cortes na Saúde ao mesmo tempo que reduziu salários e pensões . Qualquer um que analise a forma de governar de Bolsonaro, terminaria prevendo mortes das pessoas por falta de médicos e medicamentos.

Responder

chichano goncalvez

25 de março de 2020 às 15h52

O pior que aqui no Brazil, ainda nem começou, estamos fritos, assados e cozidos, com esse psicopata no poder.

Responder

Deixe uma resposta