Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

Congresso peruano aprova moção que pode derrubar presidente Martín Vizcarra

Por Redação

12 de setembro de 2020 : 10h26

Na noite desta sexta-feira,11, o Congresso peruano aprovou por 65 votos a favor, 36 contra e 24 abstenções a moção de vacância da presidência da República.

A decisão atinge diretamente o presidente Martín Vizcarra que terá o direito de se defender no Parlamento após acusações de favorecer irregularmente, através de contratos públicos com o Ministério da Cultura no valor de US$50 mil, o cantor Ricardo Cisneros.

A moção de vacância foi elaborada pelo parlamentar Edgar Alarcón que apresentou três áudios como prova de que Vizcarra teria beneficiado Cisneros.

Nos áudios, o presidente pede para que assessores mintam sobre sua amizade com um ex-colaborador que é alvo de um inquérito parlamentar que investiga suposta irregularidade em contratos.

Caso Vizcarra seja afastado em votação no próximo dia 18, o presidente do Congresso, Manuel Merino, assume a presidência do país.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

12 de setembro de 2020 às 10h54

Caramba! No Peru se afasta um presidente por $ 50 mil? Deve ser o “Fiat Elba” do Vizcarra. Ah se fosse por aqui, o Capetão nem teria assumido….

Responder

Deixe uma resposta