Live do Cafezinho: o caso Samuel Borelli, quando a esquerda produz fake news

Foto: Bruno Carbini / Divulgação

Eleições 2020: Em Belo Horizonte, Kalil (PSD) venceria no 1º turno, aponta pesquisa

Por Redação

25 de setembro de 2020 : 11h24

Nesta quarta-feira, 23, o Real Time Big Data em parceria com a Record TV Minas, divulgou a primeira pesquisa eleitoral para a Prefeitura de Belo Horizonte.

Na pesquisa estimulada, quando os eleitores recebem uma lista com os candidatos, o atual prefeito Alexandre Kalil (PSD) lidera com 55% das intenções de voto e seria reeleito no 1º turno. Na segunda colocação, aparece João Vitor Xavier (Cidadania) com 7%.

Áurea Carolina (PSOL) e Bruno Engler estão empatados com 4%, cada. Nilmário Miranda (PT) e Rodrigo Paiva (Novo) ambos com 2%, Lafayette Andrada (Republicanos) e Luísa Barreto (PSDB) com 1%.

Já as intenções de voto para Cabo Xavier (PMB), Fabiano Cazeca (PROS), Igor Timo (Avante), Marcelo Souza e Silva (Patriota), Marília Domingues (PCO), Professor Wendel Mesquita (Solidariedade), Wadson Ribeiro (PCdoB) e Wanderson Rocha (PSTU) totalizam 2%.

Os eleitores que declararam voto Branco/Nulo representaram 9% e os que não sabem ou não responderam, 12%.

Pesquisa Espontânea

No levantamento espontâneo, quando os eleitores declaram seu voto organicamente, Kalil foi citado por 36%, seguido com João Vitor e Áurea com 3% cada e Bruno Engler (PRTB) com 2%.

Já as intenções de voto para os outros candidatos totalizam 3%. Cerca de 35% afirmaram não saber ou não quiseram responder ao levantamento.

Rejeição

A pesquisa também avaliou a rejeição dos eleitores de Belo Horizonte aos candidatos na disputa pelo Paço Municipal.

Alexandre Kalil (PSD) com 20%, Nilmário Miranda (PT) com 8%, Áurea Carolina (PSOL) com 7%, Bruno Engler (PRTB) com 5%, João Vitor Xavier (Cidadania), Luisa Barreto (PSDB) e Wadson Ribeiro (PCdoB) com 2% cada.

Já Cabo Xavier (PMB), Fabiano Cazeca (PROS), Igor Timo (Avante), Lafayette Andrada (Republicanos), Marcelo Souza e Silva (Patriota), Marília Domingues (PCO), Professor Wendel Mesquita (Solidariedade), Rodrigo Paiva (Novo) e Wanderson Rocha (PSTU) com 1%.

Os eleitores que afirmaram rejeição por todos os candidatos representam 12%, cerca de 16% não rejeitam nenhum e 17% não sabem ou não responderam.

A pesquisa ouviu 1.000 eleitores de BH entre os dias 18 e 21 de Setembro e a margem de erro é de 4 pontos porcentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado com o número MG02161/2020.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Andressa

25 de setembro de 2020 às 18h18

Melhor prefeito do Brasil

Responder

Dio

25 de setembro de 2020 às 14h59

Na minha humilde opinião, o Alexandre Kalil seria o vice perfeito para o Ciro Gomes em 2022! É uma centro-direita que não é neoliberal, não é reacionário, não tem trambiques e aindas tem votos! Ciro consegue um alcance na esquerda, centro-esquerda e centro, já o Kalil tem alcance no centro, centro-direita, direita, fura a bolha e tem grande apelo no centro-sul brasileiro!

Responder

Deixe uma resposta