Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

Foto: Reprodução

Coaf identifica movimentações atípicas do filho de Crivella

Por Redação

26 de setembro de 2020 : 12h42

Um relatório do Coaf anexado a investigação sobre corrupção na Prefeitura do Rio e que a GloboNews teve acesso mostra que o filho do prefeito Crivella, Marcelo Hedge Crivella, movimentou de forma atípica cerca de R$2 milhões entre maio de 2017 e julho de 2018.

Ainda de acordo com o documento, de R$1 milhão que foi depositado na conta de ‘Marcelinho’, cerca de R$153 mil foi em espécie.

O Coaf também afirma que houve repasses para a Igreja Universal e classificou as movimentações como “ilegais”.

“Os débitos na conta somaram o mesmo valor que foi depositado. Do total transferido, R$ 245 mil foram enviados para a Igreja Universal do Reino de Deus, do qual o prefeito Marcelo Crivella é bispo licenciado. As movimentações atípicas não são necessariamente operações ilegais.”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta