Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, participam de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto

Com juro alto e a curto prazo, Governo Bolsonaro gera dívida pública de R$4,5 trilhões

Por Redação

27 de outubro de 2020 : 16h08

No intervalo de 30 dias, o Governo Bolsonaro aumentou em 2,69% a dívida pública federal, gerando um passivo recorde de R$4,5 trilhões.

Além de galopar a divida pública, o Governo Bolsonaro está pagando com juro alto e a curto prazo os investidores.

De acordo com o Tesouro Nacional, o cenário interno tem causado incertezas sobre os rumos da política fiscal e isso fez com que houvesse uma pressão por parte dos aplicadores sobre os prazos intermediários e longos da curva de juros futuros.

“O aumento da aversão ao risco entre os investidores foi um dos principais vetores condicionantes dos mercados no mês de setembro”

De acordo com reportagem da Folha, os investidores estrangeiros aumentaram a participação na dívida pública federal interna de 9,4% em agosto para 9,44% em setembro, o segundo crescimento do percentual após cinco meses seguidos de queda.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luan

28 de outubro de 2020 às 07h29

Os frutos da “siençia” do lockdown, do #fiquemcasa está chegando, esta é só a entrada, já já vem o resto…ASNOS !!

Responder

Kleiton

27 de outubro de 2020 às 19h39

Quais paises nao aumentaram a propria divida durante a pandemia ?

Responder

    mariel

    27 de outubro de 2020 às 22h08

    A questão é o quanto aumentou. Nós tinhamos condições de aumentar tanto a nossa?? Não, não tinhamos.

    Responder

      Kleiton

      27 de outubro de 2020 às 22h35

      Ninguém encomendou a pandemia.

      Após o STF entregar plenos poderes aos Estados o Governo (que tinha outras intenções que são notórias) se tornou espectador pagante de um show de horrores que não salvaram uma sequer vida mas destruíram milhões de vagas de trabalho e acabaram de vez com as contas públicas que a esquerda fez o favor de estourar ao longo de 20 anos de desastres.

      Venho dizendo desde março que a pandemia seria o golpe fatal para o Brasil.

      Responder

        Alan C

        27 de outubro de 2020 às 22h52

        Falou uma verdade absoluta, o governo federal é um espectador patético em tudo desde 1º de janeiro de 2019.

        É uma incompetência nunca antes vista.

        Responder

          Luan

          28 de outubro de 2020 às 12h25

          “noffa…é ferio”…? kkkkkkkkkkkkkk

Tony

27 de outubro de 2020 às 19h26

Descubriram a agua quente…é obvio que a pandemia e o dinheiro gasto com a mesma que o Brasil nao tinha aumentaram a mesma.

Antés da pandemia a divida monstruosa deixada pela esquerda nao estava subindo.

Responder

Paulo

27 de outubro de 2020 às 19h03

Mas q nada…. governo tem mais é q gastar.
“Gasto é vida”, disse uma certa presidAnta…..

O rico, q compra instrumento financeiro protegido da inflação, BDR, dolar, bitcoin, ou investe diretamente no exterior tá pouco se lixando pra isso. Essa conta será paga vcs sabem por quem. E não há o q se possa fazer contra isso.

Responder

    Luan

    27 de outubro de 2020 às 19h29

    O isolamento promovido pelos governadores foi um desastre, nao salvou uma sequer vida mas foi o golpe fatal para os cofres brasileiros.

    Tudo que foi devia ser poupado com a reforma da previdencia nos proximos 10 anos foi jogado fora.

    A conta serà paga pela classe trabalhadora que a esquerda finge de defender.

    Responder

      Arthur Fonzarelli

      28 de outubro de 2020 às 07h17

      Concordo…foi talvez o maior ataque a classe trabalhadora da história e como de costume promovido pela esquerda radical chique (troglodita).

      Responder

Efrem Ventura

27 de outubro de 2020 às 18h42

Isso devido a um virus cuja mortalidade entre pessoas de 70 anos pra cima é de 0,05%…IDIOTAS !!

Responder

    Tadeu

    28 de outubro de 2020 às 12h31

    O objetivo da China e principalmente de seus aliados do 1% global, ao espalharem o vírus e o clima de apocalipse, era dinamitar a chance de Trump se reeleger presidente dos EUA. Os danos financeiros, humanos e psicológicos que vão continuar afetando a humanidade por sabe-se lá quanto tempo não importam para essa “gente”.

    Responder

Hilario

27 de outubro de 2020 às 18h40

#fiquemcasa

Responder

Alan C

27 de outubro de 2020 às 17h08

Governo de amadores incompetentes.

Os juros sempre serão mais altos e o prazo sempre será curto numa economia que patina e não é confiável como na bozolândia, que tá absolutamente perdida sem saber o que fazer.

Hoje o que o palhaço faz? Baixa o imposto pra videogames…

E ainda faltam dois anos heim

Responder

Deixe uma resposta