Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Com apoio de Ciro, Marina e Lula, Boulos lança frente ampla contra Covas e Doria

Por Redação

21 de novembro de 2020 : 10h54

Nesta sexta-feira, 20, o candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), que vai disputar o 2° turno contra Bruno Covas (PSDB) – apoiado pelo governador João Doria – lançou uma frente ampla com o apoio do ex-presidente Lula e do vice-presidente Nacional do PDT, Ciro Gomes.

No evento, estavam presentes as lideranças locais do PT, PDT, PSB, PC do B, Rede, PCB e UP. Nacionalmente, a chapa psolista formada por Boulos e Luíza Erundina já recebeu o apoio de Marina Silva (Rede), Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT), possível candidato a presidência da República em 2022.

“Este é o momento mais importante da nossa campanha até aqui. Agora no segundo turno é outro jogo. Não é mais a a minha campanha com a Luiza Erundina. É a campanha de uma frente democrática por justiça social na cidade de São Paulo”, defendeu Boulos.

Em outro momento do discurso, o psolista voltou a associar Covas e Doria ao presidente Jair Bolsonaro.

“O BolsoDoria de 2018 foi reeditado em 2020. O apoio do Russomanno ao Covas é a reedição do BolsoDoria”

Além dos partidos de esquerda, o candidato do PSOL também recebeu apoio dos líderes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Central de Movimentos Populares (CMP) e Marcha Mundial das Mulheres.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

21 de novembro de 2020 às 17h17

A grande mídia, velhaca feito só ela, sob a batuta da Globo, está empenhada em criar um centro imaginário que não existe no mundo real. Para os incautos, vou traduzir a novilíngua por ela burilada: quando diz direita, significa extrema direita; quando diz centro, significa direita.

Por sua vez, a foto acima é bonita de se ver. Simbolicamente, é muito forte. Diria que é o primeiro passo para 2022. Vamos em frente, sempre à esquerda!

Responder

Deixe uma resposta