Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

o presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia que marca 100 milhões de poupanças sociais digitais Caixa. Também participam do evento o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, de cerimônia alusiva à marca de 100 milhões de poupanças sociais digitais Caixa. Também participaram do evento o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.Sérgio Lima/Poder360 04.11.2020

Bolsonaro revoga decreto sobre promoção de militares das Forças Armadas

Por Redação

16 de dezembro de 2020 : 08h02

Na manhã desta terça-feira, 15, uma reação de oficiais do Exército levou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a revogar um decreto que alterava as regras de promoção nas Forças Armadas.

No dia 7 de dezembro, o presidente editou uma norma que acabava com a promoção por critério de antiguidade para o posto de Coronel.

Entretanto, em apenas dois dias, Bolsonaro precisou voltar atrás por conta de reclamações de militares. Segundo os oficiais, não existem regras de transição nas mudanças propostas pelo presidente, o que acabaria afetando militares que estão há mais de duas décadas em serviço.

Atualmente, a promoção para o posto de Coronel é possível por antiguidade e mérito. A mudança já vinha sendo estudada pelo Alto Comando das Forças Armadas. Entretanto, o tema não é consenso entre os militares.

Vale ressaltar que o decreto atinge não só o Exército, mas também a Aeronáutica e Capitães de Mar e Guerra.

Não é a primeira vez que o presidente precisa revogar uma norma diante reclamações da classe. Em junho, editou um decreto que permitia que oficiais do Exército pilotassem aviões de asa fixa, e não somente helicópteros. Porém, após pressão da Força Aérea, Bolsonaro precisou voltar atrás.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

16 de dezembro de 2020 às 14h22

Tudo um monte de palhaço anti-nacionalista que se acham melhores que os outros.

2022 isso acaba e eles voltam a limpar chão de quartel.

Responder

Paulo

16 de dezembro de 2020 às 09h39

É um ser nefasto, esse Bolsonaro. Em todo plano de carreira se estipulam duas formas de promoção, por mérito e antiguidade. Ele quer retirar a antiguidade para subordinar a tropa aos oficiais superiores alinhados com ele. Canalha!

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?