Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Bolsonaro sanciona LDO e barra ampliação do BPC

Por Redação

03 de janeiro de 2021 : 13h23

Durante a última quinta-feira, 31, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2021. A lei prevê um rombo de R$ 247,1 bilhões nas contas públicas.

Além disso, Bolsonaro ainda editou a medida provisória que mantém para 2021 os mesmo critérios utilizados no ano passado para o recebimento do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

A MP estabelece como beneficiários as famílias que possuem renda de um quarto de salário mínimo por pessoa.

Em abril passado, o Congresso aprovou mudanças de exigibilidade do BPC e ampliou a renda familiar per capita máxima de quem tem direito ao benefício para meio salário mínimo.

Entretanto, Bolsonaro vetou a medida sob o argumento de que “criava despesas obrigatórias sem a indicação da respectiva fonte de custeio, além de não possuir o estudo de impacto orçamentário e financeiro da medida”, que de acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, violaria a lei de Responsabiliade Fiscal.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?