Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Secretário de Doria classifica como “jovens” os idosos que perderam gratuidade no transporte público

Por Redação

07 de janeiro de 2021 : 11h08

Durante esta quarta-feira, 6, o secretário de Projetos, Orçamento e Gestão do estado de São Paulo, Mauro Ricardo, defendeu o decreto que retira a gratuidade no transporte público para idosos entre 60 e 65 anos a partir de fevereito, dizendo que as pessoas nessa faixa de idade são “jovens”.

“Não há qualquer necessidade de você dar uma assistência social a essa faixa etária de 60 a 64 anos, que hoje são jovens. Hoje, a expectativa de vida está em torno de quase 77 anos de idade”, afirmou à CBN.

Falando sobre questões orçamentárias, o secretário afirmou que a medida deve gerar uma economia de R$ 300 milhões.

“Se nada fizéssemos, teríamos uma dificuldade muito grande de pagamento de fornecedores de bens e serviços, inclusive na área de saúde, e posteriormente no pagamento de pessoal”, justificou.

O encerramento da gratuidade foi feito em decisão conjunta entre o governo do estado, chefiado por João Doria (PSDB), e pela prefeitura da cidade de São Paulo, comandada por Bruno Covas (PSDB).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?