Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Bolsonaro ataca frente ampla e diz que PT e Maia são “coisas muito parecidas”

Por Redação

08 de janeiro de 2021 : 16h52

Nesta sexta-feira, 8, o presidente Jair Bolsonaro atacou a frente ampla em torno da candidatura do deputado federal, Baleia Rossi (MDB-SP), para a presidência da Câmara.

O emedebista vai disputar o comando da Casa contra o líder do Centrão, Arthur Lira (PP-AL), candidato ofícial do governo. Em tom de ironia, Bolsonaro relembrou o voto favorável de Maia ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2016.

“O Rodrigo Maia, quando votou pela cassação da Dilma, deu um voto criticando o PT, (dizendo) que perseguiu o pai dele quando era prefeito no Rio. Deu um voto firme, objetivo, apontando que o PT era a maior desgraça do mundo”, ironizou a apoiadores no Palácio do Alvorada.

Na sequência, Bolsonaro disse que agora, PT e Maia são muito próximos devido a suposta sede pelo poder na Câmara.

“Hoje, está junto com o PT nas eleições da Presidência da Câmara. Pelo poder, água e óleo se misturam. Se bem que ali acho que não é água e óleo, não, são duas coisas muito parecidas”.

Por 27 votos a 24, a bancada do PT oficializou apoio a candidatura de Baleia Rossi juntamente com outros partidos de esquerda, PDT, PSB, PC do B e Rede.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuiz.

08 de janeiro de 2021 às 18h47

O bolsonaro, assim como todo militante mal formado e mal intencionado, só consegue entender as coisas de uma forma dicotômica e funcional: se é isso, então é por isto; se concorda com isso é porque defende aquilo; se criticou uma coisa daqueles, tem que criticar todas.

Alguém é santo comigo; vira diabo quando contra mim.
Alguém é diabo quando contra mim; é santo quando a favor; é novamente diabo quando é contra.

Este é um pensamento fácil, com um discurso fácil.
Bebendo cafés (e cachaças) em muitos cafezinho encontrei e encontro pensamentos fáceis assim, vindo de todos os lados, principalmente dos lados radicalizados.
Encontrei raciocínios assim em cursos de sociologia e outros. Os pensadores lá, muitas vezes, eram meus professores (?). E lá, o dualismo era operado mais pela esquerda.

Pobre deles, pobre de mim, pobre de todos nós.

Responder

Felipe

08 de janeiro de 2021 às 17h39

Não tá errado em sua análise. A época o Mais tinha todas as evidências de que o PT estava destruindo o Brasil com sua corrupção. Assim declarava a Lava-jato.
Agora tudo aquilo caiu por terra e a desgraça do momento é você, Bozo.
Desta feita, as partes estão de acordo que devem trabalhar pra tentar minimizar as desgraças diárias do seu desgoverno.
Simples assim.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?