Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Lupi se reúne com Kalil (PSD) e defende frente ampla para 2022

Por Gabriel Barbosa

11 de fevereiro de 2021 : 20h27

Na tarde desta quinta-feira, 11, o presidente Nacional do PDT, Carlos Lupi, se reuniu com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), possível candidato ao governo de Minas Gerais em 2022.

Após o evento, Lupi concedeu entrevista coletiva e afirmou que o seu partido defende a formação de um frente ampla em prol de uma candidatura de centro-esquerda para presidência da República e citou o diálogo com o PSD de Gilberto Kassab.

“Temos tido boas conversas com o PSB, com a Rede e com o PV. Tenho um diálogo permanente com o Kassab que é o presidente nacional do PSD, partido que o Kalil pertence, e o nosso desejo e nossa vontade é formar uma grande aliança de centro esquerda que representa o projeto de Brasil e na nossa opinião quem encarnar melhor essa capacidade é o Ciro Gomes”

Questionado sobre o fato do PSD compor a base do governo de Jair Bolsonaro, Lupi ressaltou que o apoio do partido não é automático e classificou a sigla como ‘independente’.

“Em primeiro lugar quem conhece o Kalil como eu conheço sabe que ele não é da base do Bolsonaro e eu não tenho dúvida da sua posição de independência ao governo. O PSD é um partido autônomo, ele não tem uma posição de apoio ao governo Bolsonaro, ele tem uma posição de independência”

O pedetista ressaltou a importância de debater plataformas de governo e citou o projeto nacional de desenvolvimento liderado pelo ex-ministro Ciro Gomes.

“Devemos pensar sempre em programas de governo, nosso candidato Ciro Gomes, apresentou desde 2018 um projeto nacional desenvolvimentista,inclusive fez um livro sobre isto e estamos andando o Brasil com este programa, até agora não vi nenhum candidato apresentar”

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

12 de fevereiro de 2021 às 15h03

Ciro e Kalil. Nordeste e Sudeste. PDT e PSD.
Centro-esquerda e Centro-direita.
Pode ser.
Até porque o PT já se reapresentou e impõe liderar ”as oposições” com Haddad e repetir 2018.

Responder

Sebastião

12 de fevereiro de 2021 às 08h28

Ciro pra se tornar competitivo, teria que fazer uma chapa com Kalil ou com Marina. A imagem de Lula e do PT em 2022 estará melhor, por causa da suspeição de Moro. Superando a média de preferência do eleitorado. Na direita terá Dória e Bolsonaro.

Responder

Deixe uma resposta