Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Flordelis é afastada do cargo de deputada federal, decide Justiça do Rio

Por Redação

23 de fevereiro de 2021 : 18h00

A Justiça do Rio decidiu nesta terça, 23, pelo afastamento da deputada federal Flordelis (PSD-RJ). A parlamentar é acusada de mandar executar o marido, pastor Anderson do Carmo.

O crime aconteceu em 2019, Anderson foi fuzilado com mais de 30 tiros dentro da própria residência em Niterói (RJ).

O desembargador Celso Ferreira Filho concedeu um prazo de 24 horas para que a Câmara dos Deputados receba a decisão. Por ter imunidade parlamentar, Flordelis ainda não pode ser presa.

Segundo ele, existem “evidências de diálogos indicativos do poder de intimidação e de persuasão” praticados por Flordelis nas redes sociais e que seu cargo pode ser usado para cometer abusos.

“Não há dúvidas que, pela função que exerce, possui ela meios e modos de acessar informações e sistemas, diante dos relacionamentos que mantém em virtude da função parlamentar.”

Com o apoio do então candidato a presidência, Jair Bolsonaro (PSL), Flordelis foi a postulante a deputada federal mais votada do estado do Rio de Janeiro em 2018.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta