Despolarizando (11 h): o impacto da volta de Lula nas eleições de 2022. Convidado: Carlos Lupi

Com apenas seis meses na presidência do Banco do Brasil, André Brandão decide entregar o cargo

Por Redação

27 de fevereiro de 2021 : 09h36

Nomeado presidente do Banco do Brasil em agosto de 2020, o banqueiro André Brandão decidiu entregar o cargo após a turbulência gerada pela troca na presidência da Petrobras.

De acordo com O Globo, Brandão fez um comunicado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e colocou o posto a disposição do presidente Jair Bolsonaro.

Nos corredores do Planalto, já era sabido que Bolsonaro cogitava trocar o comando do Banco do Brasil.

Na live do dia 18, Bolsonaro afirmou que “não tenho medo de mudar não. Semana que vem vai ter mais mudança e não é mudança de bagrinho não, é tubarão”.

A insatisfação de Bolsonaro foi gerada ainda em janeiro quando Brandão anunciou um plano de reestruturação que incluía o fechamento de agências e um Programa de Demissão Voluntária (PDV).

A medida iria causar o despacho de cinco mil funcionários e Bolsonaro foi contra. O nome mais cogitado para assumir o comando do BB é o do atual presidente do Banco de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Brown

27 de fevereiro de 2021 às 14h22

Ninguém quer ficar no circo da bozolandia e puxar uma cadeia em 2023

Responder

Deixe uma resposta