Paris Café: O que esperar da classe média para 2022?

Processos contra Lula serão sorteados no Tribunal com histórico de linha-dura

Por Redação

08 de março de 2021 : 22h01

Ao anular as condenações da Lava Jato contra o ex-presidente Lula, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, despachou os quatro processos na 10ª e a 12ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal.

Com quatro juízes, os processos contra o ex-presidente serão sorteados e existe a possibilidade de caírem nas mãos de um juiz linha-dura ou de cunho garantidor.

Entretanto, a decisão de Fachin não deu sinais de que os quatros processos devem ficar nas mãos de um juiz e que um deles pode convalidar os atos processuais da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Com isso, o Tribunal pode sortear as peças contra Lula para outros juízes ou distribuí-las livremente.

Além disso, o histórico das duas varas são de linha-dura contra políticos que foram investigados por lavagem de dinheiro como o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em outubro de 2019, Roberto Jefferson (PTB-RJ) pela Operação Registro Espúrio em novembro de 2018 e a suspensão das atividades do Instituto Lula no início da Operação Lava-Jato.

Contudo, o ex-presidente Michel Temer (MDB) foi absolvido pela 12ª Vara após ser acusado de obstrução nas investigações da Lava Jato.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

09 de março de 2021 às 07h30

Muita coisa pra acontecer ainda, mas uma coisa é certa, o Jair tá adorando a possibilidade de polarização, é o sonho dele, o melhor cenário.

Responder

    João Paulo Felinto Sampaio

    09 de março de 2021 às 08h32

    Quem também tá “adorando” é Ciro . Provavelmente não será mais candidato pra preservar o poder no meu Ceará. E de lambuja perde qualquer ímpeto de apoio do PSB pernambucano, do qual depende em muito, inclusive , a força do PSB nacional.
    Vimos como a polarização extrema não foi boa pra Trump, e olha que ele tinha vantagem que Bolsonaro não terá: a economia foi bem na média dos 4 anos com Trump e será impossível o mesmo com Bolsonaro.
    Detalhe mais importante: voltamos à época em que o suposto anti-Lula seria automaticamente o eleito . Mas esquecem, porque é conveniente, que Lula venceu 4 eleições presidenciais e liderava todas as pesquisas de 2018 (tendo o dobro de intenções de votos em relação a Bolsonaro).
    Uma curiosidade: Getúlio voltou 20 anos depois da primeira vez. Em 2022 também farão 20 anos desde a primeira vitória de Lula.
    Lula Livre e Inocente!

    Responder

Deixe uma resposta