Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Ministério da Saúde é alertado sobre falta de oxigênio nos estados e municípios

Por Redação

18 de março de 2021 : 15h38

A escassez de cilindros de oxigênio nos hospitais públicos, como aconteceu em Manaus, pode se tornar realidade em praticamente todos estados brasileiros.

Os governos do Acre e Minas Gerais já enviaram um comunicado ao Ministério da Saúde sobre o risco de colapso. Em Rondônia, o Ministério Público Federal (MPF) comunicou o governador do Estado, Coronel Marcos Rocha, sobre a possibilidade de desabastecimento.

Além dos governadores, prefeitos também estão com medo de faltar oxigênio nos hospitais. Já no Acre, a fornecedora comunicou ao governo local que o insumo deve faltar em 15 dias. A ocupação dos leitos de UTI naquele estado já passou dos 100%.

De acordo com o Conselho Estadual de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems),  cerca de 60 municípios do Rio Grande do Norte já estão sofrendo com a falta de oxigênio.

No Ceará, são 39 cidades que estão sob risco de escassez, mas o governador Camilo Santana (PT) reiterou que o estado ainda não sofre de falta do produto.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário