Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Jornalista Pedro Doria diz que presidenciáveis da “terceira via” devem lançar nova carta

Por Redação

19 de abril de 2021 : 19h37

O jornalista e editor do canal Meio, Pedro Doria, afirmou que os seis presidenciáveis da terceira via, os governadores Eduardo Leite (PSDB-RS), João Doria (PSDB-SP), Luiz Henrique Mandetta (DEM), João Amoedo (Novo), Luciano Huck (sem partido) e Ciro Gomes (PDT) devem divulgar uma nova carta ainda nessa semana.

De acordo com o jornalista, desta “será uma lista de pontos que nos quais concordam, a começar pela defesa ambiental”.

A primeira carta foi vista como um movimento inicial de diálogo em prol de uma candidatura única do centro, apesar de Ciro Gomes, em entrevistas, repetir que não considera provável que isso aconteça, em virtude das diferenças programáticas, especialmente no campo da economia política.

Leia a primeira carta na íntegra!

Muitos brasileiros foram às ruas e lutaram pela reconquista da Democracia na década de 1980. O movimento “Diretas Já”, uniu diferentes forças políticas no mesmo palanque, possibilitou a eleição de Tancredo Neves para a Presidência da República, a volta das eleições diretas para o Executivo e o Legislativo e promulgação da Constituição Cidadã de 1988. Três décadas depois, a Democracia brasileira é ameaçada.

A conquista do Brasil sonhado por cada um de nós não pode prescindir da Democracia. Ela é nosso legado, nosso chão, nosso farol. Cabe a cada um de nós defendê-la e lutar por seus princípios e valores.

Não há Democracia sem Constituição. Não há liberdade sem justiça. Não há igualdade sem respeito. Não há prosperidade sem solidariedade.

A Democracia é o melhor dos sistemas políticos que a humanidade foi capaz de criar. Liberdade de expressão, respeito aos direitos individuais, justiça para todos, direito ao voto e ao protesto. Tudo isso só acontece em regimes democráticos. Fora da Democracia o que existe é o excesso, o abuso, a transgressão, a intimidação, a ameaça e a submissão arbitrária do indivíduo ao Estado.

Exemplos não faltam para nos mostrar que o autoritarismo pode emergir das sombras, sempre que as sociedades se descuidam e silenciam na defesa dos valores democráticos.

Homens e mulheres desse país que apreciam a LIBERDADE, sejam civis ou militares, independentemente de filiação partidária, cor, religião, gênero e origem, devem estar unidos pela defesa da CONSCIÊNCIA DEMOCRÁTICA. Vamos defender o Brasil.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ronei

20 de abril de 2021 às 09h14

PSDB é a cara do gado.

Responder

Mike Shimada

20 de abril de 2021 às 03h57

Alexandre Câncer Neres (último) negando que a Dilma tentou por o Estado de Sítio (sim, aquele mesmo que o Bolsonaro tanto fala). O mesmo PT que odia imprensa (aliás, financia os seus Terça Livre, Jornal da Cidade Online e etc), o mesmo que propôs modificar a Constituição.

Nazipetistas sempre negam.

Responder

Ronei

19 de abril de 2021 às 20h44

O PSDB é a terceira via…? Kkkkkkkkk

Responder

Tony

19 de abril de 2021 às 20h43

A nova esquerda brasileira…kkkk

Responder

Alexandre Neres

19 de abril de 2021 às 20h04

Pedro Doria não é aquele que diz que a esquerda tem uma visão preconceituosa contra o neoliberalismo?

Para esse isentão, Trump era um golpista com todas as letras, mas segundo ele no Brasil contra Dilma houve um “jogo duro constitucional”. Ah, as palavras.

Não por acaso trabalha no Estadão e no Globo.

A propósito, Danilo Gentili vai assinar também o manifesto do sexteto?

Responder

Deixe uma resposta