Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Para tentar se aproximar de Renan Calheiros, Bolsonaro foi ao encontro de Sarney

Por Redação

02 de maio de 2021 : 13h35

Na tentativa de se aproximar do senador e relator da CPI da Covid-19, Renan Calheiros (MDB-AL), e abrigar de vez o MDB na sua base aliada para amenizar os impactos da investigação no Senado, Jair Bolsonaro foi ao encontro do ex-presidente José Sarney.

De acordo com o senador e líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), o encontro foi para “quebrar o gelo” de Bolsonaro com os emedebistas. “Foi uma tentativa do presidente de quebrar o gelo e abrir um canal de interlocução com o partido.”

Contudo, Braga avalia que o movimento de Bolsonaro não deve colher resultados de longo prazo na bancada do MDB. Até o momento, as tratativas do Planalto não convenceram a maioria da bancada.

Já Renan Calheiros criticou o movimento dúbio do Palácio do Planalto em relação ao seu nome na relatoria da CPI.

“Acho que são sinais trocados, evidentemente. Mas essa conversa com o presidente Sarney, o telefonema para o governador de AL são simbólicos também e demonstram, por outro lado, a possibilidade de que essa CPI avance com absoluta isenção”, afirmou na GloboNews.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

02 de maio de 2021 às 13h59

Logo logo será Bolsonaro na cabeça com Lula de vice e a benção do PMDB.

Responder

    Paulo

    02 de maio de 2021 às 22h51

    ?

    Responder

    Valdeci Elias

    03 de maio de 2021 às 01h56

    Seria ótimo para o Brasil . Bolsonaro presidente de mentirinha, com um cartão corporativo ilimitado , fazendo churrasco todo dia e ficando na internet. Enquanto Lula governa o Brasil .

    Responder

Deixe uma resposta