Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Leite rechaça possibilidade de ser vice de Ciro: “não faz o menor sentido”

Por Redação

29 de setembro de 2021 : 19h46

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), negou a possibilidade de ser vice na chapa de Ciro Gomes (PDT) para a presidência da República nas eleições de 2022.

“Não estou alinhado com ele, que é equivocado na sua visão de desenvolvimento”, disse o gaúcho, que vai disputar de forma acirrada as prévias do PSDB contra o governador de São Paulo, João Doria.

“Eu terei o melhor ano do meu mandato no Rio Grande do Sul. Não faz sentido em renunciar em abril se não for para liderar o projeto, como tantas lideranças do meu partido me estimulam a fazer”, completou.

Mais cedo, foi especulado que o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) estaria articulando com as lideranças tucanas a derrota de Doria nas prévias para que Leite vença e fosse usado como uma espécie de “moeda de troca” do partido para negociar a vice na chapa de um adversário.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

30 de setembro de 2021 às 09h42

Pelo amor… hahahah… O cara é da direita, apoiou o bozo e falam dele com…. Ciro!!!!

Boa cafezinho!! Jornalismo honesto!!! rs

Responder

Paulo

29 de setembro de 2021 às 23h18

Eu acho que não chegamos ao ponto de eleger um homossexual assumido como presidente da República. Sim, vão me condenar, mas é a minha opinião. Esqueçam esse Leite quente, que dói o dente! Vamos brigar pelo que faz sentido. Até porque esse liberalóide é apenas mais do mesmo, no que realmente importa…

Responder

Tiago Silva

29 de setembro de 2021 às 21h39

Apesar de Tasso Jereissati (PSDB-CE) articular tanto com Eduardo Leite como com Ciro Gomes…

Pode ocorrer de Eduardo Leite ser o “Garotinho” de Ciro Gomes, pois assim como ocorreu em 2002 o Garotinho foi o elemento novo naquela eleição e conseguiu chegar na frente acho que com quase o dobro dos 12% de votos do Ciro Gomes.

Responder

EdsonLuiz.

29 de setembro de 2021 às 20h19

Eu duvido que Tasso tenha sugerido que Eduardo Leite componha chapa como vice de Ciro Gomes.

Tasso é um político experiente, torce por Eduardo Leite e não faria essa sugestão no momento em que o governador do Rio Grande do Sul trava uma disputa de prévias renhida contra o João Dória.

Não seria neste momento que Tasso iria fazer um deslocamento para baixo exatamente de seu apadrinhado: candidato que está pedindo voto ao filiado do partido para ser candidato a presidente não pode combinar com outro candidato para ocupar a vaga de vice.

Mas, depois das prévias que neste momento Eduardo Leite está disputando, muitos movimentos são possíveis. Ciro pode ser o cabeça, com Eduardo de vice; Eduardo pode ser o cabeça, ficando a vice com Ciro; o partido de um pode indicar outro nome para ser vice do outro e;

Um destes dois nomes ou outro pode ser indicado candidato tanto a presidente ou a vice em uma chapa de composição bem ampla contra bolsonaro, uma composição que pode ter até mesmo o PT, com um nome do PT na chapa ou só no apoio.

Tudo ainda está em aberto. Muitas possibilidades são possíveis.

Mas no caso de uma frente mais ampla e com um projeto de recuperação institucional, política e econômica do que a última década e meia causou no Brasil, que é o movimento para o qual eu torço, eu acho que o nome que mais compõe de forma viável contra bolsonaro é o nome de Ciro Gomes. O projeto tem que ser o formulado em acordo com todos, Rede, Cidadania23, PT, PDT, PSOL, PV, por todos! E o vice mais apropriado é o de consenso, mas eu acho que é natural ser do PT – com um nome limpo, é claro! – por o PT ser o partido com maior expressão, ou do PSDB, igualmente com um nome limpo.

Responder

    Daniel

    29 de setembro de 2021 às 23h57

    Ai você acordou ??

    Por que quem está liderando vai abrir mão pra quem tem 5% ?

    A candidatura do Ciro não faz o menor sentido. Não tem chance nenhuma.

    Responder

    Batista

    30 de setembro de 2021 às 14h20

    “E o vice mais apropriado é o de consenso, mas eu acho que é natural ser do PT – com um nome limpo (sic), é claro!”

    Não sei porque, veio logo à memória o padre que alçou voo ‘pilotando’ enorme quantidade de coloridos balões com gás, em 2008.

    Ainda bem que no presente caso, apesar da também enorme quantidade, é sem gás e risco, além do hilário.

    Responder

Deixe um comentário