Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Créditos: Daniel Ferreira / Metrópoles

No 2° turno, Lula vence nomes da terceira via com quase 40 pontos de vantagem, mostra pesquisa

Por Redação

30 de setembro de 2021 : 10h07

A pesquisa divulgada pelo PoderData também mostra que o ex-presidente Lula (PT) liquida a fatura em nomes do campo da chamada terceira via. Numa disputa de 2° turno com Eduardo Leite ou João Doria, ambos do PSDB, o petista venceria com ampla vantagem.

Nos cenários levantados pela pesquisa, o ex-presidente venceria por 53% contra 15% de ambos os tucanos. Mas apesar disso, a margem de branco e nulo é considerada alta, cerca de 30%, o que mostra a contínua dificuldade da terceira via de conquistar os votos até mesmo dos indecisos. Veja os números!

O PoderData fez a pesquisa entre os dias 27 a 29 de setembro de 2021 com 2.500 entrevistas em 451 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuiz.

30 de setembro de 2021 às 17h24

Descontado o voto populista e o voto de cabresto em Lula ou em bolsonaro, os eleitores da parte que tem autonomia e são realmente livres estão dando um imenso grito:

EU NÃO QUERO NEM LULA, NEM EDUARDO LEITE, NEM JOÃO DÓRIA!

O voto populista capturado por Lula é bolsonaro é um voto seduzido pelas propostas de soluções fáceis para problemas muito difíceis e que no final dão em recessão, desemprego, inflação juros altos e falta de dinheiro para saúde, pesquisa, educação, para tudo; o voto de cabresto é aquele que é conseguido por Lula é bolsonaro com gasto público irresponsável para dar uma adoçadinha enganadora nos pobres, usando um dinheiro que o país não tem e agravando assim os nossos desequilíbrios econômicos e criando outros, sem atacar os privilégios dados aos empresários, políticos, categorias favorecidas de funcionários públicos de altos salários e outros privilégios.

É do ataque a esses privilégios que pode vir o dinheiro que falta para completar a rede de proteção social que este país precisa!

Quem atacou estes privilégios? Quem?

Fernando Henrique deu uma congelada nos salários de funcionários, mas não
usou um critério para proteger os funcionários pobres, atingindo todos sem atacar os privilégios, que é o que devia fazer. Ele até que não concedeu privilégios, mas atacar privilégios também não atacou! Resultado: perdeu votos, é claro!

Mas pelo menos Fernando Henrique usou os recursos para criar o Bolsa Família (criar o Bolsa Escola, que o PT mudou o nome para Bolsa Família e agora o bolsonaro também quer mudar o nome para Auxílio Brasil) e usou uma parte para fazer superávit e iniciar o controle da trajetória da dívida, o que resultaria em taxas de juros mais baixas e maior investimento estrangeiro direto e depois, algum crescimento viria. E veio. Veio um crescimento pequeno, mas veio; a maior parte desse crescimento veio durante o governo Lula, com o amadurecimento das políticas de Fernando Henrique, que Lula manteve no seu 1º mandato, e de uma conjuntura econômica mundial sem igual em parte dos anos 2010.

Com tudo o que se pode elogiar dele, assumindo um país que na verdade era um entulho, enfrentando uma crise mundial atrás da outra e mesmo assim começando um esboço e implantação de políticas para nos tirar da merda, o fato é que ATACAR MESMO os privilégios Fernando Henrique não atacou!

Lula ganhou de herança de Fernando Henrique um país bem mais arrumado, considerando o entulho que Fernando Henrique recebeu, com o país já iniciando até um programa de proteção social mais efetivo, e Lula ainda ganhou dos tucanos da época os técnicos que vinham implementando aquilo nos tempos FHC, já que Lula prometeu manter as políticas e até assinou uma carta se comprometendo. E manteve mesmo!

Do governo Fernando Henrique, ficaram para ajudar o governo Lula, por exemplo, os economistas Marcos Lisboa e Joaquim Levi, bem jovens à época
e dois gênios da economia. Quando o PT começou a abandonar a responsabilidade com a economia o Levi, o Lisboa e outros foram saindo. Joaquim Levi voltaria no governo Dilma, quando o PT já havia desmontado as políticas FHC, que eram insuficientes, mas que já eram alguma coisa e muito melhores do que as políticas que o PT colocou no lugar.

Como as coisas estavam quando Joaquim Levi voltou no governo Dilma para ajudar a salvar o destrambelhamento geral? O orçamento do país estava sendo falsificado, como uma reunião de TODOS os técnicos do Tesouro, em uma reunião que EXIGIRAM ao Secretário do Tesouro à época de Dilma, o petista Arno Augustin, registraram e observaram que estavam com medo porque o que faziam era ilegal, e o petista falou aos técnicos que ficassem calmos porque ele assumiria as consequências. O que mais estava acontecendo no governo petista? O pagamento do bolsa família do mês de setembro de 2014 foi sacado a descoberto pela Caixa, configurando empréstimo de banco a um seu controlador, o que é ilegal, porque não tendo dinheiro no Tesouro para depositar o pagamento do Bolsa Família na Caixa para o governo Dilma mandou ‘pedalar’ O pagamento. O presidente da Caixa à época fez a mesma coisa que os técnicos do Tesouro fizeram sobre as coisas erradas do orçamento: pediu uma reunião e disse que pagamentos daquele jeito não poderiam ser feitos. Mas já pensaram o governo não pagar o Bolsa Família em pleno segundo turno de uma eleição presidencial?

O PT deixa a lambança que fez na economia cair toda em cima de Dilma e não no PT e em Lula, e para compensar Dilma eles assumem a defesa do que o governo dela teve que passar a fazer, mesmo sendo erros claríssimos e indefensáveis.

Em tempo: estou falando que eram indefensáveis os erros que o governo Dilma teve que passar a fazer, não estou falando de corrupção, porque tenho certeza de que Dilma não é corrupta. Corrupção no PT é coisa muito grande, feita por petistas em associação com outros centros e centrões, partidos políticos, empresários, etc, tendo os petistas de maestros quando estão no poder. Quanto a Dilma, CORRUPTA ELA NÃO É! Acho Dilma até destrambelhada, como eu acho bolsonaro destrambelhado também, mas tem uma grande diferença entre os dois: Dilma NÃO é corrupta e a visão humana que Dilma tem é muito nobre; já bolsonaro, além de destrambelhado, é corrupto, miliciano e um monstro (des)humano! As qualidades humanas da Dilma redimem seus erros políticos e técnicos e dão orgulho e engrandecimento à humanidade; os defeitos fedidos de bolsonaro envergonham toda a raça humana!

Mas voltando a Lula, ele ficou com os louros do amadurecimento das políticas de Fernando Henrique: manteve as políticas e colheu os louros atė 2011, 2012. O que Lula colheu depois que desmontou a herança mais ou menos que recebeu, nós sabemos: deu em recessão, em desemprego, em falta de dinheiro para as universidades, deu em cadeia para petistas, peemedebistas, para muita gente do PP, do PL, cadeia para empresários. Lula começou devagarinho. Em 2006 começou a fazer pequenas mudanças, acelerou as mudanças loucas do PT em 2009 e em 2011 já dá para dizer que o PT estava estuprando a economia do país.

As políticas de Lula deram no que deram, e resultaram na eleição do miliciano destrambelhado bolsonaro!

Lula, assim como Fernando Henrique, não atacou os privilégios! Pelo contrário, Lula concedeu mais privilégios ainda. Como faltava dinheiro, o que o governo do PT fez foi dívida. E nós é que estamos pagando tudo, sendo o pior peso disso tudo ter que aturar bolsonaro.

A pesquisa noticiada nest post, descontado o eleitor capturado por favores e privilégios caros ao desenvolvimento do país e comprometedores da execução de uma política séria de diminuição da miséria e da pobreza e fazendo o desconto também do eleitor capturado pela conversa fácil e enganadora do populismo de Lula e de bolsonaro, mostra que aqueles eleitores livres, que possuem real autonomia, estão dando um enorme grito:

NÃO QUEREMOS LULA OU QUALQUER PETISTA!
NÃO QUEREMOS EDUARDO LEITE, JOÃO DÓRIA OU QUALQUER TUCANO!
O PT e o PSDB podem ficar para amanhã, depois de melhorados!

O que queremos é um projeto sério, equilibrado e uma união de todos contra bolsonaro!

Lula pode voltar, bolsonaro pode se reeleger, mas não terão legitimidade para governar. O Brasil precisa de projeto elaborado por técnicos, por bons técnicos, não projetos inspirados por populismos corruptos. O Brasil precisa de conciliação, não do ódio que os populismos de Lula e bolsonaro produzem!

Responder

Galinzé

30 de setembro de 2021 às 13h23

E quem é o tonto que acredita em pesquisa ?

Responder

Deixe um comentário