Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Foto: Gabriela Biló/Estadão

Após dois anos, Moro condena motim da PM no Ceará

Por Redação

06 de dezembro de 2021 : 13h30

O pré-candidato e ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) resolveu condenar o motim da Polícia Militar do Ceará realizado em fevereiro de 2020, quase dois anos atrás.

Na época, Moro foi ao estado como ministro da Justiça para tentar auxiliar nas negociações, mas acabou elogiando os “policiais” que paralisaram as atividades de forma criminosa, aterrorizando a população cearense por 13 dias. Vale lembrar que a greve de policiais militares é ilegal pela Constituição de 1988.

“Claro que o policial tem que ser valorizado, claro que o policial não pode ser tratado de maneira nenhuma como um criminoso. O que ele quer é cumprir a lei e não violar a lei, mas de fato essa paralisação é ilegal, é proibida pela Constituição. O STF (Supremo Tribunal Federal) já decidiu isso”, disse Moro a época.

Já nesta segunda, 6, o ex-ministro do Governo Bolsonaro concedeu entrevista a Rádio O Povo CBN, como pré-candidato a presidência, e resolveu condenar o movimento criminoso.

“Isso é muito fácil de explicar. Tinha uma crise de segurança, os policiais militares estavam em paralisação. A gente valoriza muito (esses agentes), mas toda greve de PMs é fora da lei”, disse.

Mas ao mesmo tempo que criticou tardiamente o motim, Moro resolveu atacar o governador Camilo Santana (PT) pela “falta de diálogo” com os amotinados. O ex-juiz acusou Camilo de quebrar as pontes.

“Tinha um clima aqui no Estado, o governador fez críticas muito severas aos PMs e rompeu todas as pontes que tinha entre governo e PMs”.

Assista a entrevista na íntegra!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro