Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Pesquisa sugere que Alckmin mais atrapalha do que ajuda

Por Miguel do Rosário

09 de dezembro de 2021 : 15h11

O instituto Quaest divulgou a primeira pesquisa pública que avalia o impacto eleitoral da presença de Alckmin numa chapa encabeçada por Lula.

Os resultados não parecem muito positivos para quem defende a chapa.

No gráfico geral,  o resultado é neutro. Perguntados se uma chapa que tenha o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como vice de Lula, aumenta, diminui ou não muda a chance de votar no petista, uma maioria esmagadora de 64% respondeu que “não muda”, 12% que aumenta e 13% que diminui.

Nos gráficos estratificados, porém, a tendência é mais negativa. Apenas entre os eleitores de Lula, a chapa é vista com um pouco mais de simpatia, e mesmo assim por apenas 19%.

Entre eleitores de Bolsonaro, Ciro, Moro, indecisos e dispostos a não votar, há mais gente que respondeu que uma chapa com Alckmin diminuiria sua vontade de votar em Lula do que o contrário.

Entre os eleitores que torcem pela vitória do “nem-nem”, ou seja, por um candidato que não seja nem Lula nem Bolsonaro, também se nota uma postura mais crítica a chapa: 17% responderam que a presença de Alckmin na chapa diminuiria as chances de votar em Lula, ao passo que apenas 7% que aumentaria.

Entre os que avaliam o governo Bolsonaro como regular, 13% responderam que Alckmin aumenta sua chance de votar em Lula, mas 14% disseram o contrário.

Entre os eleitores que avaliam positivamente Bolsonaro, por sua vez, apenas 5% responderam que Alckmin aumenta as chances do voto no petista.

A íntegra da pesquisa pode ser baixada aqui.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tiago Silva

09 de dezembro de 2021 às 20h29

A história recente foi bem reveladora (dos Golpistas) e parece que o PT não quer aproveitar isso e afunda em um anacronismo de 2002 liderado por aloprados de Cúpula ou do PT de SP buscando uma associação desastrosa que perderia engajamento, narrativa, coerência/credibilidade e votos. Em 2022 a Esquerda poderia reescrever a história do Brasil superando toda essa Elite do Atraso ao invés de se sujeitar ser mera “escada” para que Golpistas se elejam e depois ou limitem mudanças ou promovam novos golpes.

Óbvio que é um tiro no pé se concretizarem essa associação desastrada (como aquela que associou Lula e Maluf com incentivo também de Haddad para ter sua “vitória de pirro” e o PT de SP quase estar tão desacreditado como o PSDB Nacional, além de essas incoerências ter servido de munição para o antipetismo que parecem que querem reeditar).

Pão com Picolé de Chuchu (ou outro Golpista) não encanta ninguém e ainda pode estar já com a validade vencida em 2022…

Responder

Rafiusk

09 de dezembro de 2021 às 18h19

O famoso picolé de chuchu

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro