Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Moro tenta culpar Lula pela vitória de Bolsonaro

Por Redação

06 de janeiro de 2022 : 15h04

O ex-juiz e pré-candidato a presidência, Sérgio Moro (Podemos), voltou a demonstrar que não desistiu da inútil empreitada de tentar responsabilizar o ex-presidente Lula (PT) pela vitória de Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de 2018.

Vale lembrar que em abril daquele ano, véspera das eleições, o agora pré-candidato do Podemos mandou prender, sem provas, o ex-presidente que na época liderava as pesquisas de intenção de voto.

Além disso, Moro se perde nos próprios raciocínios e fala que Bolsonaro “ressuscitou” o líder progressista.

“Foi o Bolsonaro que ressuscitou o Lula. Se fosse um governo melhor, não haveria nenhuma discussão sobre o PT ou qualquer coisa. Isso revela que o governo infelizmente é muito ruim”, afirmou durante entrevista na Rádio Correio, da Paraíba.

Moro que participou do atual governo como ministro da Justiça, declara que Bolsonaro não entregou o que prometeu na campanha.

“Infelizmente, a gente tem que chegar à conclusão de que o governo atual não entregou o que prometeu no início. Às vezes é normal não entregar tudo o que se promete no início. Mas ele não entregou nada”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

06 de janeiro de 2022 às 22h32

O pior de tudo nem é culpar Lula pela vitória de Bolsonaro, em 2018. É culpar Bolsonaro pela eventual vitória de Lula, em 2022. Desista, Bolsonaro! Demonstre um último gesto de grandiosidade e passe o bastão para a 3ª via…

Responder

Ronei

06 de janeiro de 2022 às 19h11

Como fizeram 2 vezes com a Dilma os brasileiros poderiam ter votado no poste de Lula da véz…nao quiseram, o resto sao narrativas.

Responder

Ronei

06 de janeiro de 2022 às 19h08

Os brasileiros poderiam ter votado no poste de Lula da véz como foi com a Dilma mas dessa vez nao quiseram…o resto sao narrativas.

Responder

Minos Adão Filho Adão Filho

06 de janeiro de 2022 às 18h38

Prezados Senhores;

Moro é um bandido não podemos dar moleza a esse canalha Moro tem que apanhar nas ruas levar muita porra, ou seja #PORRADANOMORO

Responder

EdsonLuiz.

06 de janeiro de 2022 às 18h14

Vamos repor algumas coisas!

Existem provas contra Lula?

Eu não gosto de Sérgio Moro como candidato a presidente. Em Sérgio Moro para presidente eu não votarei nem em 1º nem em 2º turno. A rigor, gostar realmente, a ponto de morrer de vontade de fazer campanha, eu não gosto de nenhum dos candidatos a presidente que temos. Em outras eleições, eu votei muito poucas vezes, e sempre só em 1º turno: votei em Roberto Freire para presidente em 1989, quando ele era candidato do PCB; depois disso, dei um voto em Cristóvão Buarque, que era candidato a presidente pelo PDT e votei duas vezes em Marina Silva, em uma Marina foi candidata pelo PSB e em outra Marina já foi candidata pelo Partido Rede. Em todas as outras eleições eu sempre compareci às urnas, mas sempre votei em branco.

Em 2º turno, eu nunca dei um voto! Mas tanto em 1º quanto em 2º turno, mesmo quando eu não vou votar em candidato ou partido, eu faço questão de participar comparecendo às urnas, para legitimar o processo. E nunca anulo o voto, que é uma manifestação de repúdio ao processo. Mesmo não escolhendo candidato, eu faço questão de ir às urnas e, por não ter candidato, não anulo o voto; voto em branco.

Em condições menos anormais, eu não votaria em nenhum dos candidatos que estão colocados para a próxima eleição; em condições menos anormais, eu iria às urnas como sempre faço e votaria em branco. Mas estamos em condições políticas e eleitorais muito anormais e, desta vez, eu vou pedir votos,mesmo não morrendo de amores pelo candidato, mas vendo nele qualidades.

Dos atuais candidatos, eu vejo qualidades em Ciro Gomes, em Simone Tebet e em Alessandro Vieira.

Simone Tebet:
Considerando o partido, Simone Tebet é candidata do PMDB e no PMDB eu não voto.

Alessandro Vieira:
Eu votaria muito satisfeito no Alessandro Vieira que eu venho observando e ele sendo candidato do Cidadania23, para mim, só reforça minha disposição, e neste caso até faria campanha. Mas Alessandro Vieira é muito novo em partido e na política institucional, mal passa de três anos sua experiência. Até surpreende a objetividade e acertividade de sua atuação! Mas logo na partida, em 2018, Alessandro apoiou bolsonaro em 2º turno, para negar o PT, quando também poderia negar o PT do mesmo jeito votando em branco. Eu tenho quase certeza que Alessandro Vieira apoiou bolsonaro no 2º turno de 2018 por equívoco, por ser muito iniciante. Por ele ser tão iniciante, não acho um erro tão perturbador ele ter apoiado bolsonaro em 2018. Pelo contrário, acho muito auspicioso que Alessandro tenha enxergado rápido a furada e o perigo institucional que significa bolsonaro e acho que ele vem fazendo uma interferência parlamentar muito produtiva e correta no exercício de seu mandato de senador! Mas em relação a Alessandro Vieira eu prefiro esperar para isso se confirmar.

Ciro Gomes:
Como o momento político é muito anormal e estamos na iminência de termos uma disputa entre Lula e bolsonaro, dois populistas autoritários, incompetentes e corruptos, eu me vejo na obrigação de me posicionar e fazer campanha desta vez. Por mais difícil que seja vencer o pesadelo de ter Lula ou bolsonaro novamente na presidência, é preciso acreditar! Para isso eu vejo Ciro Gomes como opção para impedir o que eu vejo como tragédia política, que é alimentar o lulismo e o bolsonarismo. Por isso, vou de Ciro Gomes!

As provas contra Lula.

Mesmo não considerando o voto em Sérgio Moro para presidente, nem em 1º nem em 2º turno, não posso deixar de reconhecer o trabalho sério e inédito que ele fez, de investigar, provar e conseguir a condenação de tubarões da corrupção no Brasil: tubarões corruptos da política, das empresas e as próprias empresas corruptas mesmas.

Lula não foi condenado como corrupto apenas por Sérgio Moro não! Ele foi condenado como corrupto em um único processo dele julgado pelo ex-juiz. Teve outros dois processos que o ex-juiz o inocentou. Teve outros ainda em que o ex-juiz nem aceitou a denúncia porque considerou as provas insuficientes. Lula foi condenado em mais um processo instru8do pelo ex-juiz, mas julgado por outro!

No caso da condenação que militantes petistas falam que não tem provas, acontece que a condenação foi confirmada em 2ª instância pelo conselho do TRF-4, que tem três juízes, e essa confirmação da condenação de Lula como corrupto PELAS PROVAS foi por 3X0 !

E acontece de novo que a condenação de Lula como corrupto PELAS PROVAS foi reconfirmada em 3ª instância pelo STJ, e novamente condenado à ananimidade, por 5X0 !

O que não falta é prova de que Lula é corrupto!

Afirmar que não tem prova de corrupção de Lula é… Fake News! É falso! É mentira!

Se quem fala que não tem provas contra Lula é um jornalista, ele ESTÁ ESPALHANDO MENTIRAS!

Se o STF houvesse decidido que não havia provas, então dizer que não tem provas seria uma notícia verdadeira. Mas o STF nunca discute provas, apenas discute o rito processual. Portanto, a decisão do STF não foi a de que não tem provas.

A turma do STF que tinha o Gilmar Mendes e o Lewiandoviski usou uma interpretação contra os ritos para rasgar as provas (pularam por cima das provas e só consideraram os ritos. Pelas provas, que é o que realmente deviam contar no julgamento, Lula foi condenado em 1ª, 2ª e 3ª instâncias, e por nove juízes diferentes, não foi só por Sérgio Moro.

Falar que não tem provas é contar mentira! A decisão de anular a condenação usou como desculpa o descumprimento de ritos processuais, somente ritos. As provas contra Lula são muitas!

Responder

Galinzé

06 de janeiro de 2022 às 15h54

Lula nunca quis se candidatar em 2018, foi obrigado quando viu que os precessos contra eles estavam indo para frente, isso é fato consumado.

As chances que Lula se candidate em 2022 são muito poucas.

O PT e Lula foram desinterrados pelo STF para tentar contrapor alguém a Bolsonaro.

Moro está fazendo um papel ridículo, está completamente perdido.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?