Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Fotos: Miguel Schincariol/AFP e Evaristo Sá/AFP

Caso do triplex contra Lula é encerrado pela Justiça

Por Gabriel Barbosa

28 de janeiro de 2022 : 14h07

Nesta quinta-feira, 27, a Justiça de Brasília encerrou o caso do triplex do Guarujá (SP) usado pela Lava Jato contra o ex-presidente Lula (PT). A decisão foi tomada pela juíza Pollyanna Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília.

Vale lembrar que nesse processo, Lula era acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. Na prática, a juíza acatou a manifestação do Ministério Público Federal (MPF) que pediu a prescrição do caso.

Na época, o parecer foi assinado pela procuradora da República no DF, Márcia Brandão Zollinger. O MPF usou como base do pedido a nulidade de todos as condenações do então juiz e hoje pré-candidato a presidência, Sergio Moro (Podemos).

No despacho, a juíza deixou claro que aceitou o pedido do MP e determina o arquivamento do processo contra o ex-presidente, graças a suspeição de Moro.

“Registro que uma vez anulados todos os atos praticados, tanto os da ação penal como da fase pré-processual, foram tornados sem efeito todos os marcos interruptivos da prescrição. Pelo exposto, acolho a promoção ministerial e determino o arquivamento dos autos”, escreveu.

Naturalmente, Lula comemorou a decisão da Justiça e não deixou de alfinetar seu algoz, o ex-juiz parcial Sergio Moro.

“Juiz parcial. Condenação sem provas por “ato indeterminado”. Perseguição política. Caso anulado e encerrado. A verdade venceu”, disse Lula no Twitter.

Já os advogados do ex-presidente, Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins, divulgaram uma nota onde destacam a perseguição política e jurídica praticada contra Lula.

Leia a nota na íntegra!

“O encerramento definitivo do caso do tríplex pela Justiça reforça que ele serviu apenas para que alguns membros do Sistema de Justiça praticassem lawfare contra Lula, vale dizer, para que fizessem uso estratégico e perverso das leis para perseguir judicialmente o ex-presidente com objetivos políticos. Um caso sem nenhuma materialidade nem acusação concreta e apenas com provas de inocência do ex-presidente.

O Supremo Tribunal Federal reconheceu a parcialidade do ex-juiz Sergio Moro nesse caso e em outros em que ele atuou contra Lula, tal como demonstramos desde a primeira defesa escrita apresentada, e, como consequência, declarou a nulidade todos os atos – reconhecendo que o caráter ilegal e imprestável da atuação de Moro em relação ao ex-presidente”.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

29 de janeiro de 2022 às 23h56

Lula é corrupto porque é! Lula é corrupto pelas provas que estão no processo!

Quanto às provas do crime…

– que são o que importa para dizer se alguém é criminoso, –

…essas provas foram julgadas pelo juiz natural da causa, o então juiz Sérgio Moro, e esse ex-juiz, pelas provas, CONDENOU o corrupto Lula!;

Na sequência do processo…

…essas provas foram julgadas pela turma colegiada do TRF-4, que são três juízes julgadores, e a condenação, pelas provas, foram CONFIRMADAS pelo TRF-4 por 3X0!;

Na sequência seguinte do processo…

…essas provas foram julgadas pela turma colegiada do STJ, que são cinco juízes julgadores, e a condenação, pelas provas, foram RECONFIRMADAS pelo STJ por 5X0!

Não enganem pondo a carga sobre o ex-juiz Sérgio Moro não, vocês sabem que todas as instâncias que revisam o julgamento das provas do processo, o TRF e o STJ, confirmaram a decisão do ex-juiz. E até aumentaram os anos de punição que ele deu inicialmente para Lula. Não enganem! O julgamento por três juízes é mais julgamento que o julgamento por só um juiz! E o julgamento por cinco juízes é mais julgamento ainda que o julgamento por três juízes!

Depois disso, depous dos julgamentos das provas pelas i stâncias que julgam pro as, uma turma do STF – que vocês sabem que não julga provas, só julgam os ritos processuais – composta por ministros com ligações umbilicais com o PT, com Aécio Neves e com bolsonaro (sim, ligações com bolsonaro), sendo que um desses ministros, o Gilmar Mendes, que antes fazia carga diária contra o PT por pura raiva e o PT reclamava dele sempre – e nesse caso, com razão – esse ministro, o Gilmar Mendes, descobriu que ele mesmo era um dos investigados pela Operação Lava Jato. A partir de quando soube que também era investigado pela Lava Jato, Gilmar Mendes mudou completamente a postura que vinha tendo nessa turma do STF, parando de fazer a perseguição nojenta que fazia ao PT e, em uma mudança não esperada nunca pelo próprio PT, se juntou ao PT na perseguição nojenta que o PT faz ao ex-juiz.

HÁ RESERVAS POSSÍVEIS AO EX-JUIZ?

Penso que há, mas de natureza diferente da perseguição que o PT e Gilmar Mendes lhe faz!

Com a eleição de jair bolsonaro, o então juiz, o Sérgio Moro, largou o judiciário para assumir o posto de Ministro da Justiça do famigerado, misógino, racista, homofóbico, misantropo presidente…

…lamentável! Muito lamentável! Onde já se viu aceitar servir a um homem(?) desse!

Mas isso de ter aderido a um projeto político tão atroz, bem mais atroz que o projeto populista de Lula, que é o projeto perigoso e diabólico de bolsonaro, não desqualifica o trabalho formidável de combate à corrupção feito pelo ex-juiz!

Eu até acho que a adesão inicial do ex-juiz Sérgio Moro ao projeto perigoso e nefasto de jair bolsonaro o desqualifica, mas não como juiz; eu acho que a adesão inicial de Sérgio Moro a bolsonaro o desqualifica como político.

Diferentemente dos doidivanas extremistas ou doutrinados petistas, eu não acho que o fato de Sérgio Moro ser ideologicamente de direita o desqualifica. Simplesmente por ser de direita, assim como simplesmente por ser de esquerda, não desqualifica ninguém!

Se alguém é ideologicamente de direita e é consciente e conhecedor das políticas e da visão de mundo que defende, e é coerente nas alianças políticas que faz, ser de direita não o desqualifica; pelo contrário, isso o qualifica! O sabor ideológico ‘direita’ é tão legítimo quanto o sabor ideológico ‘esquerda’. Ruim mesmo é quem se diz de esquerda ou de direita e vive de beijo na boca com ultra-esquerda, com direita, com esquerda, com ultra-esquerda, não se importando com nenhuma coerência, arranjando desculpas esfarrapadas para suas incoerências oportunistas, o que, aliás, também é uma forma de corrupção. Essa gente, tanto populistas de direita quanto populistas de esquerda, vive o exercício da política como um teatro para essa enganação e incoerência. Alguns deles até fingem indignação com as enganações e incoerências ideológicas de seus Mitos, e são bons atores, mas continuam agarrados aos sacos sebosos de seus Mitos corruptos e, portanto, são enganadores também!

Mas se o fato de o ex-juiz ter um posicionamento ideológico de direita não o desqualifica, o fato de ele ter inicialmente aderido ao esquema diabólico e criminoso de jair bolsonaro, esquema que era conhecido ou deveria ser conhecido por quem não é diabólico e, principalmente, por quem combate crimes, isso, essa adesão inicial de Sérgio Moro a jair bolsonaro, isso eu acho que o desqualifica, sim!

Mas eu sempre, para não ser leviano, registro que o ex-juiz, ao tomar conhecimento tardio de quem era bolsonaro, soube abrir mão de seus interesses pessoais e romper com o diabo, pois foi isso que aconteceu e ele rompeu com bolsonaro. Que bom!

Mas eu não sou covarde de, no tema ‘corrupção’, não reconhecer que o ex-juiz ‘combateu o bom combate’. Muito menos vou cometer a covardia dos enganadores, de dizer que a anulação do único processo em que ele condenou Lula, dizer que essa anulação foi por suas decisões condenatórias, quando não foram, e dizer que não há crimes e que não há provas contra Lula, quando provas no processo contra Lula é o que não faltam e foram confirmadas pelas duas instâncias que revisam o julgamento, o TRF e o TSJ, que confirmaram e reconfirmaram a condenação.

A anulação do processo se deu por medidas rituais do processo, no âmbito investigatório. Eu sei isto! ‘ocafezinho.com’ sabe disto! Os ‘juristas de porta de cadeia’ do PT sabem disto!

Lula não foi inocentado! O processo foi anulado e as provas foram rasgadas usando como desculpas para rasgá-las o descumprimento de firulas meramente processuais, que são importantes, mas podiam ser saneadas e foram saneadas. Tanto que mandaram o processo continuar, mas sabiam que não daria tempo de reprocessar tudo e o tempo para punibilidade prescreveria. E prescreveu!

O processo foi arquivado porque o tempo para processar prescreveu, não por o processo ter sido concluído e Lula ter sido inocentado, que inocentado Lula não foi!

Como antes dessa palhaçada toda de anularem processos contra Lula, contra Flávio Bolsonaro, contra Lulinha Filho, contra Eduardo Cunha e contra vários outros corruptos Lula foi julgado nesse mesmo processo agora arquivado, e julgado por nove juízes diferentes e em três instâncias diferentes, e sempre Lula foi condenado nesse processo à unanimidade: condenado pelo juiz natural; condenado pelo TRF por 3X0; e condenado pelo STJ por 5X0, Lula é um corrupto condenado. E não é um corrupto porque eu quero que ele seja corrupto não. Lula é corrupto simplesmente porque é corupto, condenado como corrupto que foi pelas três instâncias que julgam as provas. E aí, no julgamento das provas, Lula não teve nem um voto pela sua inocência, que de inocente Lula não tem nada. Nenhum populista nunca tem nada de inocente!

Eu quero um país justo, progressista, que olhe muito seriamente pelos que precisam mais do Estado, para que tenham acesso a saúde, a trabalho, a educação, a lazer, a moradia, a segurança, a direitos humanos em geral. Não quero um país racista, misógino, fascista (nem um país fascista de direita; nem com uma esquerda com práticas fascistas). Eu quero um país que caminhe para possibilitar a emancipação da pessoa humana e que possibilite a realização da humanidade de cada um, indepedentemente de cor, de sexo, de orientação sexual ou de qualquer outra diferença, que é o papel de qualquer progressista defender, não o de ficar defendendo autoritarísmos, sequestro e instrumentalização partidária de movimentos sociais e defesa de ditadores. Quero um país tolerante e diverso. Mas com corruptos, não dá para brincar! Corruptos não dá para defender! Eles não corrompem só na questão do dinheiro, não. Eles corrompem valores, corrompem ideias, corrompem princípios, são intolerantes, são doutrinados, são doutrinadores, distorcem os fatos, mentem e enganam. Seus seguidores e apoiadores repetem todos os vícios de seus Mitos corruptos.

Pode ter progressismo com gente de ezquerda, com gente de direita, com gente de centro-esquerda, com gente de centro-direita. Dá para ter progressismo com muito tipo de gente. Com uns, em umas coisas; com outros, em outras. Mas com corruptos e autoritários não tem progressismo! Com doutrinados não tem progressismo! Com doutrinadores não tem progressismo! Com adoradores de Mitos, ainda mais Mitos corruptos, não tem progressismo!

Fora Lula, você é corrupto!
Fora bolsonaro, você é miliciano!

Fora todos os corruptos!

Edson Luiz Pianca.

não importando se esse crime foi um estupro de vulnerável, se foi um homicídio por esquartejamento ou se foi um crime de corrupção envolvendo bilhões e nem se toda a montanha de dinheiro ou se só parte do dinheiro roubado foi recuperado –

..essas provas foram julgadas pelo juiz natural da causa
Flávio Bolsonaro estev

Responder

Francisco*

29 de janeiro de 2022 às 16h39

Exatamente no dia em que a justiça arquivou o processo utilizado pelo incompetente tribunal lavajateiro do Moro, embasado a partir de reporcagem do Globo dos Marinho, para poder prender Lula e cumprir a missão de impedi-lo de ser julgado pelo Supremo Tribunal do Povo e ser eleito presidente do Brasil, em 2018, relativo a imóvel tríplex de propriedade da OAS e nessa situação leiloado pela justiça e arrematado…

Bem como dado, por essa mesma justiça, ganho de causa na ação de Marisa Letícia, esposa de Lula, quanto a restituição do valor pago por cotas em unidade padrão, não recebida, no mesmo empreendimento…

O ex-juiz confirmado suspeito nos julgamentos de processos contra Lula, pelo pleno do STF, pois comprovadamente parcial, é pressionado pelos fatos a antecipar informações de investigações sendo feitas, entregando os anéis, na tentativa de salvar o resto, em live no formato jogral, com Katagurí, um dos membros restantes de uma daquelas organizações ‘surgidas espontaneamente’ no ENSAIO de junho de 2013…

Em tentativa de mitigarem o fato do ex-juiz parcial ter recebido no curto espaço de um ano, contratado justamente por empresa de grupo norte-americano escolhido por um juiz para cuidar de empresas brasileiras detonadas pela operação lavajateira, a bagatela de 656 mil dólares, ou seja, 3,537 milhões de reais anuais e R$295 mil mensais (10 vezes o que ganhava como juiz).

Isso mesmo, o ex-juiz parcial ganha em um ano praticamente o valor necessário para comprar mais que meia bolso-mansão no lago Paranoá em Brasília ou arrematar dois ‘tríplex no Cantábrico do Guarujá’, comprovadamente pertencente a OAS e não relacionado a contratos da Petrobras, tanto que na sentença do ex-juiz suspeito, segundo o pleno do STF, sobre o mesmo, o ato de ofício é incrivelmente denominado INDETERMINADO, à falta de prova…

E os minions esperneantes n’o Cafezinho, não se tocam o quão mais ridículos se tornam ao trocarem os tradicionais esperneios de direito, ao descobrirem-se na via nada paralela da realidade, por escoiceios apropriados à vida paralela, onde mediocremente se perderam entre fakenews e narrativas.

Responder

ARY BOREL DE AGUIAR NETO

29 de janeiro de 2022 às 09h16

Kkkkkkkkkk
Só pode ser piada!
“Mas ainda assim Lula é corrupto!”
É o preconceito de classe falando alto…

Com certeza votou no Bolsonaro…ops, Amoedo!

Responder

Alexandre Neres

28 de janeiro de 2022 às 23h50

Prezados, qualquer leigo já conhece o modus operandi da LJ. Aparelharam a Justiça para alcançar fins políticos. Respaldados pela imprensa familiar tupiniquim, destruíram as cadeias de indústria competitivas do país. A orcrim perseguia quem ousava divergir de suas propostas fascistas e perseguia seus adversários políticos. Quem é conivente com essa quadrilha, é tão canalha quanto eles. Pra ilustrar, eis os diálogos dessa escumalha:

https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://www.cartacapital.com.br/politica/mensagens-ineditas-mostram-que-a-lava-jato-tambem-conspirou-contra-ciro-gomes/amp/&ved=2ahUKEwjjo6jO99X1AhVQSPEDHUULDqYQFnoECAoQAQ&sqi=2&usg=AOvVaw3_N5fcb0UmI7ZTgfOwaEHO

Diante do exposto, a única resposta possível que posso dar para o sr. EdsonLuiz é a que o falecido Boechar dera ao bolsominion Malafaia:”vai chupar rola!”

Quando a história chegou ao fim, o bandido virou mocinho e o mocinho virou ladrão, com o respaldo da Justiça e popular. A voz do povo é a voz de Deus! Lula livre, caraleo! Ri melhor quem ri por último!

Responder

Paulo

28 de janeiro de 2022 às 20h06

E segue o trem da alegria…

Responder

EdsonLuiz.

28 de janeiro de 2022 às 18h39

Mas, ainda assim, Lula é CORRUPTO!

Só inicialmente Lula foi condenado pelo então juiz Sérgio Moro.

A condenação de Lula como corrupto pelo então juiz Sérgio Moro foi apenas a condenação inicial que é feita por um juizinho de 1ª instância. Na sequência, Lula é um corrupto condenado, EFETIVAMENTE, não pelo então juiz Sérgio Moro, mas pela turma de julgamento colegiado do TRF-4, que CONFIRMOU a decisão inicial de condenação. E Lula é condenado MAIS EFETIVAMENTE AINDA pela turma de julgamento colegiado do STJ, que RECONFIRMOU a condenação inicial do ex-juiz.

ASSIM:

– Lula é inicialmente condenado como corrupto pelo então juiz Sérgio Moro.

– Mas, EFETIVAMENTE, Lula é condenado como corrupto pela turma colegiada do TRF-4, que é um tribunal de revisão de decisões de 1ª instância. Nessa turma de um TRF os julgadores são três, e esses três juízes CONFIRMAM ou ANULAM a decisão inicial do juiz de 1ª instância: os três juízes da turma do TRF-4 CONFIRMARAM a decisão inicial do ex-juiz Sérgio Moro, de condenar Lula como corrupto. E a decisão de confirmar a condenação de Lula neste TRF-4 foi por 3 a 0 (três a zero)!

– E Lula é condenado como corrupto, MAIS EFETIVAMENTE AINDA, pela turma colegiada do STF. Nessa turma, os julgadores são cinco, e esses cinco juízes CONFIRMAM ou ANULAM a decisão de condenação inicial feita por um juiz de 1ª instância que tenha sido confirmada por um TRF: os cinco juízes do STF RECONFIRMARAM a decisão inicial do ex-juiz Sérgio Moro de condenar Lula como corrupto. E a decisão de condenar Lula no STF foi por 5 a 0 (cinco a zero)!

Depois disso, já no STF, uma turma julgadora composta por ministros petista, aécista e bolsonarista, por 3 a 2, decidiu, usando como desculpas o descumprimento de ritos processuais que podiam facilmente ser corrigidos, e a despeito de terem sido corrigidos, RASGARAM as provas que serviram primeiro para condenar.

As provas para a condenação de Lula são provas reais, e provas são o principal em um julgamento. Os descumprimentos de rito pelo ex-juiz Sérgio Moro também ocorreram realmente, e ritos processuais são secundários em um julgamento.

Os ritos descumpridos deveriam ser corrigidos. E FORAM corrigidos…

…Mas mesmo assim RASGARAM as provas contra Lula. Provas REAIS, que já haviam sido confirmadas como provas, não só pelo ex-juiz Sérgio Moro, mas por uma turma de três juízes do TRF-4 e por uma turma de cinco juízes do STF. Depois de rasgarem as provas, não inocentaram Lula: mandaram que o ministério público fosse atrás de outras provas. Palhaços brincalhões. Não havia mais tempo para ir atrás de mais provas e eles sabiam disso: faz poucos meses que rasgaram as provas contra Lula usando falta de ritos como desculpas, e agora, o que fizeram foi arquivar o processo porque o prazo prescreveu. E a sociedade não pode fazer mais nada contra esse corrupto que é Lula. Como isso de rasgar provas cria um precedente grave, enquanto Lula tiver poder o Brasil não poderá punir nenhum corrupto que tenha poder, que seja filho do poder ou que seja protegido pelo poder.

É um país assim que você quer?

Agora, quando formos reclamar de qualquer injustiça ou abuso, como, por exemplo formos reclamar da discriminação contra alguém, corremos o risco de esfregare na nossa cara: “deixe de ser moralista, seu imbecil, aqui no Brasil corrupto pode ser presidente, como que não pode ter discriminação?”.

Depois dessa de rasgarem as provas que condenaram Lula já rasgaram provas reais que condenariam o senador Flávio Bolsonaro, rasgaram provas reais que condenariam Fábio Lulinha da Silva Filho e rasgaram provas reais que condenaram o corrupto ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha.

E rasgaram mais provas, contra mais um monte de gente. E vão continuar a rasgar provas, porque o Brasil, com Lula e o lulismo e com bolsonaro e o bolsonarismo, está se confirmando como uma república de gangsters corruptos.

Fora Lula!
Fora lulismo!
Fora bolsonaro!
Fora bolsonarismo!

Uma república saudável e democrática é feita de forças e de atores políticos de esquerda, de direita, de Centro-direita, de Centro-esquerda, de extrema-esquerda e de extrema-direita. Mas uma república saudável e democrática não pode ser feita de corruptos!

Edson Luiz Pianca.

Responder

    Paulo

    28 de janeiro de 2022 às 23h32

    Parabéns, Edson Luiz! É extremamente difícil para mim, que me autointitulo conservador, de centro-direita, enxergar em alguém que se diz de esquerda, como você, tamanha clarividência e descortínio, quanto à relevância e premência do bom uso do dinheiro público, em nosso país. Não que os esquerdistas nada digam a respeito, é que eles relevam essa situação com naturalidade, ou seja, a corrupção seria, para eles, apenas um desvio da pequena burguesia, do qual eles próprios poderiam – e deveriam – se beneficiar, para um projeto mais amplo, de tomada do poder…

    Responder

Saulo

28 de janeiro de 2022 às 16h53

Perfeito….como disse um dos advogados presentes ao jantar do saídao de Natal ” se o crime já aconteceu o que adianta punir…?”
Kkkkkkk

O Brásil não existe, é uma invenção não tem outra explicação.

Responder

Kleiton

28 de janeiro de 2022 às 16h47

Tudo resolvido, tanto barulho por nada e foi tudo uma brincadeira, ninguém assaltou a Petrobrás dia e noite…sugue o baile no pais das bananas.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Maranhão O Xadrez para Governador do Rio Grande do Sul O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro