Genial/Quaest: Veja os números da corrida pelo governo da Bahia

Imagem: Agência Brasil

Em nova reunião com a FUP, Petrobrás confirma cerca de 1,5 mil casos de Covid na empresa; 900 deles no RJ

Por Redação

28 de janeiro de 2022 : 07h43

FUP – Em reunião nesta quinta-feira, 27, com representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e sindicatos filiados, o grupo de Estrutura Organizacional de Resposta (EOR) da Petrobrás confirmou a existência de cerca de 1,5 mil trabalhadores próprios contaminados pela Covid-19 nas unidades da Petrobrás em todo o país, sendo 1.363 confirmados em diferentes situações e 121 deles na “triagem positiva” (quando o teste é feito pela empresa antes do embarque e antes do início dos turnos). Do total de casos confirmados, 900 estão no Estado do Rio de Janeiro, sendo 548 no Norte Fluminense, onde está a maior parte das plataformas de petróleo (unidades offshore). Em seguida, vem São Paulo, com 110 casos confirmados, Espírito Santo (88) e Bahia (70).

Para efeito de comparação, em 15 de dezembro de 2021, eram 19 os casos confirmados de contaminação por coronavírus na empresa.

Permanece em 59 o total de óbitos desde o começo da pandemia e são três os trabalhadores hospitalizados.

Em função de cobranças da FUP, esta é a segunda reunião, este ano, entre sindicalistas e a equipe de EOR da Petrobrás. Os petroleiros querem encontros permanentes entre as partes para o monitoramento conjunto da pandemia, diante da explosão de casos decorrente do avanço da variante Ômicron.

O responsável de Logística Offshore da Petrobrás, Alex Murteira Celem, disse que a empresa está ampliando a frota de helicópteros para agilização dos desembarques nas unidades marítimas. Estariam sendo contratadas quatro aeronaves, duas delas para serem utilizadas imediatamente e as demais entrando em operação em 5 de fevereiro. “A logística é complexa, tendo que casar também com o total de vagas sanitárias em hotéis”, afirmou o representante da Petrobrás, informando haver 22 pilotos e copilotos afastados do trabalho por contaminação por Covid.

Pelos números apresentados pela empresa, 195 trabalhadores estão desembarcando das plataformas nesta quinta-feira (27), número acima da média da última semana de 173 desembarques sanitários por dia.

“Entendemos toda a problemática da logística, mas o fato é que a prática está se revelando ineficaz”, afirmou o diretor de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS) da FUP, Antonio Raimundo Teles, reclamando de demora no processo de desembarque dos trabalhadores suspeitos e confirmados de Covid-19 que nas plataformas offshore.

Uma das reivindicações da categoria é que as representações sindicais participem de reuniões das EORs regionais da Petrobrás.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil