Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

PDT-SP também pede a cassação de Mamãe Falei

Por Redação

06 de março de 2022 : 17h14

Neste domingo, 6, o Diretório Municipal do PDT de São Paulo também emitiu um comunicado onde pede a cassação do deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP), o Mamãe Falei, por duas afirmações sexistas sobre as mulheres da Ucrânia.

No áudio que circulou nas redes sociais, o parlamentar diz que as mulheres ucranianas são “fáceis porque são pobres”. Ele também declarou que a fila de baladas brasileiras “não chega aos pés da fila de refugiados aqui”.

“Vou te dizer, são fáceis, porque elas são pobres. E aqui minha carta do Instagram, cheia de inscritos, funciona demais. Não peguei ninguém, mas eu colei em duas ‘minas’, em dois grupos de ‘mina’, e é inacreditável a facilidade”, declarou no áudio.

Leia a nota do PDT na íntegra!

O Diretório Municipal do PDT de São Paulo vem a público manifestar o seu repúdio às declarações sexistas do deputado estadual Arthur do Val sobre as mulheres refugiadas de guerra na Ucrânia.

O comportamento asqueroso e predador do deputado em áudios vazados, objetificando sexualmente as mulheres ucranianas que estão em situação de extrema vulnerabilidade é uma atitude inaceitável, que apresenta violência de gênero contra todas as mulheres.

A cassação do mandato do deputado Arthur do Val, pré-candidato do Podemos ao Governo do Estado de São Paulo, é uma resposta contra aqueles que fazem do machismo e da misoginia bandeiras políticas.

É nesse sentido que o Diretório Municipal do PDT São Paulo, junto com a Ação da Mulher Trabalhista do PDT da Capital de São Paulo defendem a cassação do mandato parlamentar, na certeza do apoio do Deputado Marcio Nakashima, mandato referência na defesa das mulheres contra a violência.

Antonio Neto, presidente do PDT São Paulo

Letícia Gabriella, presidente municipal da AMT São Paulo

Neudes Carvalho, presidente estadual do Movimento Negro do PDT SP

Priscila Gandin, Secretária-geral municipal da AMT São Paulo

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

08 de março de 2022 às 22h33

Eu concordo, Édson Luiz. Só acho a cassação do mandato uma pena exorbitante, diante de tantas sinecuras que presenciamos diariamente, nos parlamentos brasileiros. E em tudo o mais…

Responder

henrique de oliveira

07 de março de 2022 às 09h04

Esse lixo vagabundo não pode ser só cassado , tem que ser fulminado pelo povo em qualquer lugar que frequente , esse cara nasceu da onde ? dos intestinos de algum verme como ele?

Responder

EdsonLuíz.

07 de março de 2022 às 00h42

“Pou”.

Atirei a primeira pedra, Paulo.

Sobre esse deputado-urubu Mamãe Falei você disse com muito boa consciência e com todas as letras : “ele foi duplamente asqueroso”.

Eu tenho certeza de que você vai receber bem a minha pedrada. Tenho certeza de que você vai considerar mais ou menos assim :

“Sobre esta guerra, por exemplo, tem umas pessoas que até apoiam o estupro de um país inteiro. Muitos deles, conscientes do estupro, falam que não concordam com o estuprador, mas passam imediatamente a culpar as vítimas e a desqualificar aqueles que podem evitar o estupro e que efetivamente tentam evitar que o estupro aconteça. Eu não posso manifestar minha boa consciência sobre alguma coisa, mas imediatamente manobrar argumentos para acomodar as coisa em favor do agressor”.

Você manifestou sua boa consciência em relação ao ato asqueroso desse deputado-urubu, que com as pessoas sofrendo o abuso, viajou dizendo que era visita humanitária, mas o que queria mesmo era comer os corpos vulneráveis.

Ele é asqueroso mesmo, como você bem escreveu! Para o que ele fez em relação às mulheres, não cabe nenhum argumento de diluição do ato!

Eu tenho certeza de que você vai aquiescer e concordar com minha observação.

Responder

Paulo

06 de março de 2022 às 19h55

Ele só constatou duas obviedades: as mulheres ucranianas são bonitas (o que foi um elogio); elas estão em situação de vulnerabilidade (ao longo da história, o sexo por dinheiro foi uma prática muito mais comum entre as mulheres pobres, o que não justifica um homem honrado valer-se da miséria alheia para obter favores sexuais)…Dito isto, ele foi duplamente infeliz e asqueroso, por ter pensado isso, e por ter ventilado isso. Mas a impressão que tenho é a de que se fossem divulgadas conversas íntimas entre os frequentadores do Blog e seus amigos mais próximos, ouviríamos coisas do gênero e pra pior. Quem quiser que atire a primeira pedra…Ele merece uma censura pública, mas cassação já é demais. Ainda não cassaram nem o vereador que apalpou uma colega dentro da própria Câmara de Vereadores de São Paulo…

Responder

    Paulo

    06 de março de 2022 às 19h57

    Aliás, têm ex-mandatários e parlamentares que comandaram um esquema monstruoso de corrupção política e empresarial e estão livres, leves e soltos…

    Responder

Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil