Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Divulgação

Decisões de Gabriela Hardt pela Lava Jato são anuladas pelo STF

Por Redação

29 de abril de 2022 : 10h41

Após a Comissão de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) ter anunciado o entendimento que o ex-juiz Sérgio Moro foi parcial e violou os direitos políticos e de privacidade do ex-presidente Lula, o ministro Ricardo Lewandowski (STF) decidiu que a 13ª Vara Federal de Curitiba era incompetente para julgar o caso Torre Pituba.

Vale ressaltar que esse caso detinha o maior número de réus da extinta Operação Lava Jato. Com o ato da Suprema Corte, todos as decisões tomadas pela juíza Gabriela Hardt foram anuladas e remetidos a Justiça Eleitoral.

Ao todo, o caso Torre Pituba tinha 39 réus, sendo que desse total, cerca de 14 já tinham fechado acordos de colaboração premiada. A ação apurava suspeitas de um esquema de pagamento de suborno relativo à construção da sede financeira da Petrobrás em Salvador.

No despacho, Lewandowski apontou que no caso houve “flagrante ilegalidade e abusividade dos atos praticados em desfavor” do ex-presidente da Petros, Luís Carlos Fernandes Afonso.

A ação também teve tem como réus o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto, o empresário Alexandre Andrade Suarez e ex-dirigentes da Petrobras.

“Dirigentes de fundo de pensão ficaram presos até oito meses, sem nenhum fundamento, porque não tinha nenhuma razão para esse processo, relativo a uma transação imobiliária ocorrida na Bahia, ser julgado em Curitiba”, alegou o advogado.

“Decretaram prisão preventiva, réus até recentemente vinham sendo obrigados a usar tornozeleira eletrônica, dentro daquela ideia falsa de que todos os fatos relacionados com a Petrobras deveriam ser julgados pela 13ª Vara Federal de Curitiba”.

Acesse a decisão de Lewandowski clicando aqui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Eduardo N. Mazzei

29 de abril de 2022 às 23h11

É a velha política em açao.
Só temos uma solução:
BOLSONARO 2022.🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Responder

Luiz

29 de abril de 2022 às 20h14

Bando de juízes agindo politicamente!!

Responder

Paulo

29 de abril de 2022 às 19h57

Ah, esses “adevogados” do STF! Daqui a pouco, o Estado brasileiro vai ter que devolver até o dinheiro do “Italiano” e do Geddel…Vai vendo, vai vendo!

Responder

Zulu

29 de abril de 2022 às 14h44

Tudo anulado, não aconteceu nada, ninguém roubou nada…foi tudo uma brincadeira….kkkkkkkkk

Uma vez bananas, sempre bananas !!

Responder

Zulu

29 de abril de 2022 às 10h58

O Brasil é uma palhaçada.

Responder

Bandoleiro

29 de abril de 2022 às 10h55

Bananalandia….kkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro