Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto direita: Amira Hissa - Foto esquerda: Gil Leonardi

Genial/Quaest: Em MG, Kalil sobe quatro pontos mas Zema seria eleito no 1° turno

Por Gabriel Barbosa

09 de setembro de 2022 : 08h49

A Genial/Quaest divulgou na madrugada desta sexta-feira, 9, a nova rodada de pesquisa de intenção de voto para o governo de Minas Gerais. Nela, o atual governador Romeu Zema (Novo) continua em alta.

Na estimulada, o governador saiu de 46% para 47% das menções enquanto que o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, do PSD, subiu quatro pontos, saindo de 24% para 28% das intenções de voto.

Evidentemente que o crescimento de Kalil é explicado com o início da campanha na TV, mas até o momento, isso não vem ameaçando a bastante provável reeleição de Zema já no 1° turno.

Por sua vez, o governador mineiro também experimentou resultado positivo quando viu aumentar a aprovação do seu governo. Segundo a pesquisa, avaliação positiva da gestão Zema subiu quatro pontos, fora da margem, de 48% para 52%. Entre aqueles que rejeitam, apenas 10%.

No recorte regional, o governador se destaca no interior de Minas Gerais com 51% das intenções de voto contra apenas 23% de Kalil. Na região metropolitana, Zema já aparece numericamente de Kalil com 41% ante 37%. Em BH, onde Kalil é mais conhecido, o índice é 45% do ex-prefeito contra 36% do governador.

Outro ponto que beneficia Zema é o alto grau de conhecimento do seu nome entre os eleitores mineiros. Ao todo, 64% dizem conhecer o governador e declara voto. Apenas 8% não conhecem Zema. No caso de Kalil, 31% ainda não o conhece ante 34% que conhece e pretende votar.

A liderança de Zema também pode ser explicada pela sua entrada até mesmo entre o eleitorado lulista. O levantamento revela que 34% dos eleitores do ex-presidente Lula (PT) declaram voto no governador. Entre os eleitores de Bolsonaro, 66% dizem votar em Zema.

Para Kalil, a maioria dos seus eleitores, cerca de 43%, afirmam votar em Lula. Entre os eleitores do presidente, a entrada de Kalil representa uma fatia de apenas 15%. A Genial/Quaest ouviu 2000 eleitores mineiros, de forma presencial, entre os dias 3 e 6 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Galinzé

09 de setembro de 2022 às 11h51

Saiu a ultima pesquisa Datafolha feita na Englaterra…99% dos ingleses querem Lula no lugar da Rainha Elisabeth…kkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Valeriana

09 de setembro de 2022 às 11h17

Nao cansam de perder tempo com pesquisas…? As pessoas ja viram em 2018 que nao servem para nada.

Nao tem assuntos, nao tem discurso de nada, sò uma carcaça podre de lavador de dinehiro publico…tem que apelar para as pesquisas mesmo…kkkkk

Responder

Deixe um comentário