Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Ricardo Stuckert

Lula volta a se manifestar sobre apoiador assassinado por bolsonarista

Por Redação

10 de setembro de 2022 : 16h06

Neste sábado, 10, o ex-presidente Lula (PT) participou de um comício em Taboão da Serra (SP) e se manifestou sobre seu apoiador assassinado por um bolsonarista na zona rural do município de Confresa, Mato Grosso.

Segundo o líder progressista, Bendito Cardoso dos Santos foi “vítima do genocida chamado Bolsonaro”.  “O PT tem a obrigação de saber de todas as coisas para ajudar a família do que foi vítima do genocida chamado Bolsonaro”, prosseguiu.

O assassino trata-se de Rafael Silva de Oliveira, 22, apoiador declarado do candidato a reeleição, Jair Bolsonaro (PL). As informações são da Polícia Civil do Mato Grosso.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Saulo

10 de setembro de 2022 às 18h44

Fala mais verme… continua achando que os brasileiros são idiotas.

Responder

Zulu

10 de setembro de 2022 às 18h43

A esquerda Brasileira é isso aí, se nutre de morte, de carniça, de tragédias, de analfabetismo e pobreza.

Quanto pior para você, melhor pra eles socar merda nas cabeças ocas dos brasileiros.

“A nossa política é a arte de dividir as pessoas para a gente ficar com o poder.” Tilden Santiago

Responder

EdsonLuíz.

10 de setembro de 2022 às 17h02

Ódio, incompetência, ideologismo :
fermentos de desastre.

Negar alguma renda mínima ao povo durante uma pandemia de vírus devastadora só pode resultar em milhares de mortes.
• bolsonaro pode, sim, ser chamado de genocida por ter resistido a prover alguma renda para o povo durante a pandemia.
– bolsonaro resistiu a prover renda por ser frio, misantropo; mas também bolsonaro resistiu a prover renda muito por ideologismo, pelo entendimento que tem do papel do estado.

Provocar a MAIOR recessão da história da nossa economia, como a recessão provocada pelo PT –governos Lula1 e Dilma/Temer1e2– só pode resultar em milhares de mortes.
• Lula iniciou, em 2006/2007, as mudanças desastrosas que foram aprofundadas nos governos Dilma/Temer e resultaram no drama econômico que por fim levou o povo a ter que se alimentar com osso e pele de frango.
– Lula pode sim, ser chamado de genocida, se pensarmos em quantas pessoas adoeceram e morreram por faltar dinheiro para saúde, suicidaram-se por desespero e morreram por outras causas ligadas à gigante crise econômica 2014 até hoje.

-Lula cometeu os erros técnicos que levaram à recessão e à fome por ideologismo, pelo entendimento que Lula tem do papel do estado.

A ideia que cada um dos populistas têm do estado está errada :
-O estado não pode tanto, como defende o PT;
-O estado não pode ser retirado tanto, como defende bolsonaro.

O Brasil precisa de alguém que tenha uma ideia mais equilibrada do papel que tem o estado.

Mas é claro que, para além da economia, espalhar ódio também provoca mortes! É claro que estimular armas também provoca mortes! É claro que usar dinheiro vivo também tem relação com mortes. É claro que se corromper também tem relação com mortes!

Responder

Deixe um comentário