Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Imagem: Divulgação

Bacelar, da FUP, avalia que plano da Petrobrás será modificado pelo governo Lula

Por Redação

02 de dezembro de 2022 : 08h22

O coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, avalia que o planejamento estratégico da Petrobrás 2023/2027, divulgado nesta quarta-feira, 30, pela empresa, será revisto pelo governo Lula, para incluir investimentos em aumento da capacidade de refino, em projetos de transição energética, com estímulos a fontes renováveis, como biocombustíveis, e encomendas à indústria naval brasileira, com a construção de plataformas e embarcações no país, gerando emprego no Brasil.

“O novo plano deve ser realizado a partir das orientações e prioridades estratégicas dos representantes do novo governo”, diz Bacelar, que é também membro do Grupo de Trabalho (GT) de Minas e Energia, do governo de transição.

Ele lamentou o fato de o planejamento estratégico anunciado hoje não ter deixado explícito o compromisso de suspender o processo de privatizações até o final da atual administração.

Na última segunda-feira, 28, em reunião com o presidente da Petrobrás, Caio Paes de Andrade, representantes do GT pediram a suspensão das privatizações e o cancelamento do processo de conclusão (denominado “closing”) da venda da Refinaria do Amazonas (Reman) e demais ativos com closing previsto até 31 de dezembro. Requerimento semelhante foi feito pela FUP no início do mês, por meio de ofício a Paes de Andrade e conselheiros da companhia.

“O closing da Reman, realizado na data de hoje, 30 de novembro, tinha que ser suspenso. É um absurdo concluir essa operação de forma açodada, no apagar das luzes de um governo especialista em vender o patrimônio público brasileiro a preço de banana”, afirmou o dirigente da FUP.    

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

02 de dezembro de 2022 às 23h23

Será que dá para acabar com o PPI? Eu aplaudiria de pé…

Responder

Deixe um comentário