A posição do MPF sobre aprovação do Marco Temporal

Foto: Fernando Donasci/O Globo

Padilha esqueceu do Janones

Por Cleber Lourenço

10 de maio de 2023 : 10h40

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investigará os fatos envolvendo o dia 8 de janeiro irá iniciar os seus trabalhos em breve e ainda há muitas indefinições na composição do lado governista. E uma dessas indefinições é o deputado André Janones (AVANTE-MG).

Não é por menos que Janones fez o seguinte post ontem:

Para o publico em geral, a publicação passa a impressão de que há realmente uma movimentação da oposição para impedir o deputado mineiro, mas quem acompanha a política de forma mais atenta entendeu o recado: Janones está chamando o governo para conversar.

E quando um parlamentar decide chamar o governo para conversar em público, é porque as coisas não vão bem na articulação política. Basta olhar a conjuntura!

A oposição teme ficar isolada na CPMI e briga com unhas e dentes cadeira por cadeira na comissão, por qual motivo gastariam tempo e esforços com apenas um deputado?

Embora a equipe do deputado já estivesse no radar dos articuladores do Planalto segundo uma fonte, parece que as conversas esfriaram e Janones não quer queimar pontes, por isso o tato e cuidado na publicação no Twitter e direcionando o foco de seus seguidores na oposição.

As chances de a CPMI ocorrer sem o rumoroso deputado e “popstar” governista das redes são altas e a sua presença, até o momento, não é uma prioridade do Planalto.

Outra fonte da base governista revelou que o Ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, simplesmente “esqueceu” do deputado e que a falta de retorno soa até desrespeitosa, já fazem duas semanas que o Ministro não dá um sinal de vida sobre o assunto.

A situação é mais um episódio na série de críticas que Padilha vem recebendo não só do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), mas também de parlamentares e membros do próprio governo.

Cleber Lourenço

Defensor intransigente da política, do Estado Democrático de Direito e Constituição. | Colunista no Brasil de Fato e O Cafézinho e roteirista do canal Galãs Feios com passagens pelo Congresso em Foco e Revista Fórum | Nas redes: @ocolunista_

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

10 de maio de 2023 às 13h36

Alimentar coisas como Janones e Eduardo Girão é bater um carimbo na testa para marcar o desprezo que a pessoa tem pelo exercício da política.

Responder

Alexandre Neres

10 de maio de 2023 às 12h24

Sim! precisamos deixar de ser puristas e entender a política como ela é em tempos de redes sociais, o que está em jogo, independentemente das nossas preferências pessoais.

Janones é imprescindível dentro de uma CPI que tem por objetivo emparedar ou atrasar as pautas do governo para dificultá-lo de seguir adiante e sairmos desse lodaçal.

As apurações estão avançadas e as investigações estão sendo levadas a cabo tempestivamente pelos poderes competentes.

Responder

Maria Jose

10 de maio de 2023 às 12h00

Janones tem que estar dentro. Ele é inprescindivel

Responder

Deixe um comentário