A resposta de Delúbio às agressões criminosas de Gilmar Mendes - O Cafezinho

O Cafezinho

quarta-feira

5

fevereiro 2014

1

COMENTÁRIOS

A resposta de Delúbio às agressões criminosas de Gilmar Mendes

Escrito por , Postado em Conteúdo Livre

A Constituição, o Código de Ética da Magistratura e o bom senso dizem que um juíz deve ser imparcial, moderado e não deve jamais exercer atividade político-partidária. Ou seja, não pode ser contra nenhum partido. E, pelo que eu me lembre, o mundo democrático ainda tem como princípio basilar do direito penal a presunção da inocência.

Gilmar Mendes, portanto, ao lançar suspeitas levianas contra os doadores de Delúbio, violou esse princípio, além do código de ética da magistratura e a Constituição.

Até onde eles pretendem chegar com suas agressões, arbitrariedades, injustiças e truculências?

Voltamos à ditadura?

*

Abaixo, a resposta de Delúbio Soares a Gilmar Mendes:

Solidariedade, gratidão e transparência

1) 1.668 companheiras e companheiros doaram recursos em favor de Delúbio Soares, visando o pagamento da injusta e exorbitante multa que lhe foi imposta;

2) O fizeram por livre e espontânea vontade, doando as mais diversas quantias dentro de suas possibilidades pessoais;

3) Conforme nossa solicitação, os doadores são identificados com seus RG e CPF, e depositaram em conta da Caixa Econômica Federal, especificamente aberta para tal campanha solidária;

4) Todos as doações foram feitas com pleno amparo legal, revestindo-se da característica de ato de vontade pessoal, solidariedade humana, amizade ou afinidade política e ideológica;

5) Absoluta transparência norteou nosso trabalho, e o êxito desta campanha representa uma resposta pública de protesto pelas arbitrariedades praticadas na AP 470. Assim, o valor excedente ao pagamento da multa será doado para atender a mesma penalidade imposta aos demais companheiros;

6) Estamos realizando os cálculos para o recolhimento dos tributos devidos, dentro do prazo legal, e iremos publicar o recibo do pagamento a ser efetuado;

7) Reafirmamos nossa gratidão e respeito aos que nos apoiaram, de todas as classes sociais e regiões do país, demonstrando inconformismo diante do julgamento de exceção, midiático e arbitrário, que condenou sem provas os nossos companheiros.

São Paulo, 5 de fevereiro de 2014

Maria Leonor Poço Jakobsen
OAB nº 170.083/SP
Coordenadora

27fev2013---ex-tesoureiro-do-pt-delubio-soares-centro-um-dos-reus-condenados-pelo-stf-no-julgamento-do-mensalao-abraca-militante-em-evento-de-comemoracao-dos-30-anos-da-cut-central-unica-dos-1361974450271_956x500

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário

Editor em Cafezinho
Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.
Miguel do Rosário

quarta-feira

5

fevereiro 2014

1

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário