Trem da alegria 2: Verba pública para revista Época cresce 900%, para Jornal O Globo, 230% - O Cafezinho

O Cafezinho

sábado

1

outubro 2016

101

COMENTÁRIOS

Trem da alegria 2: Verba pública para revista Época cresce 900%, para Jornal O Globo, 230%

Escrito por , Postado em Arpeggio, Denúncia

Loading...

Por Miguel do Rosário

Realmente, o discurso de austeridade fiscal do governo vale apenas quando se trata de cortar investimentos em educação, saúde e aposentadoria do pobre; não para as mamatas da Globo, Folha, Estadão e Abril, os quatro cavaleiros do golpe.

O trem da alegria começou a rodar a todo vapor!

Os pixulecos federais para os apoiadores do golpe estão brotando como maná dos céus!

Ao mesmo tempo em que a arrecadação fiscal do governo sofre uma das maiores quedas em décadas, os repasses federais para a Editora Globo, que edita a revista Época, dispararam 586%, na comparação de janeiro/agosto de 2016 com o ano inteiro de 2015.

Na média mensal, o crescimento foi de mais de 900%.

Os repasses ao Infoglobo, responsável pelo jornal O Globo, cresceram 120% este ano; na média mensal, o crescimento foi de 230%.

Após o sucesso do post anterior, o Cafezinho fez um outro estudo estatístico com os números da Secom para publicidade federal. (Qualquer um pode fazê-lo, basta acessar este link).

No post anterior, usamos o período de 4 meses, de maio a agosto de 2016, para checar o comportamento do governo já sob o comando de Michel Temer, comparando-o com o mesmo período de 2015.

Uma novidade desse post é que a gente agora discriminou os repasses para as diferentes empresas dos grupos Globo e Folha.

Desta vez, eu peguei os oito primeiros meses de 2016, e os comparei aos 12 meses de 2015.  Dei uma colher de chá para a mídia.

Observe que são períodos diferentes: 12 meses de 2015 contra 8 meses de 2016; e mesmo assim encontramos um crescimento indecente no repasse federal a alguns meios de comunicação.

A editora Caras, uma espécie de laranja da Abril, recebeu R$ 1,55 milhão da Secom nos oito primeiros meses de 2016, um crescimento de 2.473% sobre os valores recebidos no ano inteiro de 2015.

Poderia-se alegar que isso se dá pelo fato da Caras ter herdado algumas revistas da Abril. Não. Isso não tem sentido, porque os títulos que a Abril repassou à Caras são decadentes, fracos, com pouca representatividade. E além do mais, os repasses para a Abril também cresceram vertiginosamente nos últimos meses, com sua média mensal disparando quase 50%.

Os donos da Abril, a família Civita, são também sócios da Caras.

Reitere-se que estamos comparando períodos diferentes.  Se formos considerar a média mensal dos repasses à Caras, o aumento seria muito maior, de 3.760%!

O aumento do desemprego, que já atinge 12 milhões de pessoas, não tem impedido o governo de retribuir os amigos da mídia pelo apoio que deram às conspirações que levaram ao golpe.

A TV Globo deve ser premiada mais para o fim do ano. Mas a Editora Globo, que edita a revista Época e o Infoglobo, que edita o jornal O Globo, já estão sendo regiamente pagos pelo apoio à derrubada da presidenta Dilma Rousseff.

Os recursos apenas para a Folha (sem contar o UOL) cresceram 20% este ano, na comparação de jan/ago de 2016 com todo o ano de 2015. Na média mensal, o aumento foi de 80%.

Somando Folha e UOL, a média mensal dos repasses federais cresceu 41% este ano.

O Yahoo!, que emprega blogueiros de ultra-direita, como Claudio Tognoli, também recebeu repasses federais recordes, de R$ 690,5 mil em jan/ago de 2016, um aumento de 24% sobre todo o ano de 2015. Na média mensal, um aumento de quase 90%.

 

screenhunter_312-oct-01-12-51

 

Abaixo, a tabela indexada por ordem de valor, com os principais recebedores da Secom nos últimos 2 anos.

Eu incluí uma coluna de média mensal, para corrigir a distorção da diferença dos períodos. Repare que os líderes do golpe são os que experimentaram maior crescimento da publicidade federal: Abril/Caras, Globo, Folha, Estadão, RBS.

screenhunter_314-oct-01-13-25

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário

Editor em Cafezinho
Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.
Miguel do Rosário

sábado

1

outubro 2016

101

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

101 COMENTÁRIOS

  1. José Milton Bertoco
  2. Claudia
  3. Pedro Alcantara
  4. Ali Onaissi
  5. Thiago Victor Almeida D'Souza
  6. Pedro Ivo Lemos
  7. Augusto
  8. Luiz Carlos Silva
    • Augusto
      • Luiz Carlos Silva
        • Paulo Henrique Netto de Alcânt
    • 5id Vicious
  9. Turdin
  10. Washington Reis
  11. Daniel Melo
  12. Mariana Labate
      • Mariana Labate
      • Mariana Labate
        • 5id Vicious
  13. Carlos L
  14. Gera Krzywy
    • Renan Alex Correia da Silva
      • Dawn Wiener
  15. Claudio
  16. Tulio Stephanini
  17. Paulo Mascarenhas
  18. Luiz Baptista
  19. André Luiz
  20. comprador 2012
    • Antonio Carlos Lima Conceicao
      • Vim Pra Rir Da Sua Cara
      • comprador 2012
        • Antonio Carlos Lima Conceicao
          • comprador 2012
            • Antonio Carlos Lima Conceicao
            • Antonio Carlos Lima Conceicao
            • Vera Lucia Brilhante
              • Quico Frederico
  21. comprador 2012
    • Roberto Monteiro
      • comprador 2012
    • migueldorosario
      • Quico Frederico
  22. Ben Alvez
  23. Rei
  24. ParaTucaNada
  25. Manuel Marques
    • João Ostral
      • Manuel Marques
        • João Ostral
          • Moyses Nunes
        • Roberto Monteiro
          • M M
    • Rei
    • migueldorosario
    • Eumesma
  26. Tulio Stephanini
    • Marcelo Magalhães
      • Tulio Stephanini
        • Rei
    • migueldorosario
      • Tulio Stephanini
        • Antonio Carlos Lima Conceicao
      • Vadocruzz Andira
    • Vinzenz Stein Ferrari Freitas
      • Tulio Stephanini
        • Vinzenz Stein Ferrari Freitas
          • Tulio Stephanini
        • Mirai Densetsu
    • Luiz Baptista
      • Tulio Stephanini
  27. Maria Aparecida Lacerda Jubé