Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Pesquisa tucana dá vitória de Dilma no 1º turno

Por Miguel do Rosário

29 de outubro de 2013 : 12h36

Uma pesquisa do Instituto Sensus, encomendada pelo PSDB, dá vitória de Dilma Rousseff em todos os cenários.

No blog do Ilimar Franco, Globo.

PESQUISA TUCANA: A PRESIDENTE DILMA VENCERIA NO 1º TURNO

ILIMAR FRANCO
29.10.2013 9h28m

O candidato do PSDB à presidência da República, senador Aécio Neves (MG) recebeu ontem pesquisa do Instituto SENSUS que diz que a presidente Dilma venceria hoje as eleições no primeiro turno. O resultado da pesquisa encomendada pelo PSDB confirma pesquisas semelhantes realizadas por outros Institutos. A presidente Dilma venceria com 40,2% das intenções de voto, enquanto Aécio Neves teria 18% e o candidato do PSB, governador Eduardo Campos, obteria 10,6%.

A pesquisa tucana tem uma diferença relevante em relação a outras, a distância mais ampla que separa Aécio Neves de Eduardo Campos. Neste mesmo cenário, 31,3% dos ouvidos “Não Sabem”, “Não Responderam” ou disseram que votariam “Branco” ou “Nulo”. O Instituto SENSUS fez duas mil entrevistas entre os dias 17 e 21 de outubro, em 24 estados. A margem de erro é de 2,2%. E em todos os cenários, a presidente Dilma venceria no primeiro turno.

O SENSUS também submeteu aos eleitores um segundo cenário, no qual substitui o candidato do PSB, colocando em seu lugar a ex-ministra Marina Silva (Rede). Neste caso, também a presidente Dilma venceria no primeiro turno mas o resultado seria mais apertado. Dilma teria 38,2% das intenções de voto, Marina Silva 18,4% e Aécio Neves 17,8%, enquanto 25,8% “Não Sabem”, “Não Responderam” ou disseram que votariam “Branco” ou “Nulo”. Neste caso, os dois candidatos da oposição teriam 36,2%.

O terceiro cenário testado pelo comando do PSDB substitui Aécio pelo ex-governador José Serra. Dilma teria 38,8% das intenções de voto, Serra 18,6% e Eduardo13,3%. A oposição somaria 31,9% das intenções de voto, enquanto 29,4% disseram que “Não Sabem”, “Não Responderam” ou que votariam “Branco” ou “Nulo”.

Por fim, os tucanos testaram um quarto cenário com José Serra e Marina Silva. A presidente Dilma teria 38,2% das intenções de voto, Serra 18,3% e Marina Silva 18%. Outros 25,6% disseram que “Não Sabem”, “Não Responderam” ou que votariam “Branco” ou “Nulo”. A oposição somaria 36,3% das intenções de voto. No caso de um segundo turno, enquanto a presidente Dilma teria 45,2%, Aécio ficaria com 27%, e haveriam 27,9% de indecisos. Na condição de que ambos tenham o mesmo nível de conhecimento, o embate seria mais apertado, com a presidente tendo 41,7%, Aécio 30,2% com 28,1% de indecisos.

aecio_opt

sensus

O gráfico eu peguei no Tijolaço, que faz uma pergunta interessante:

“O Instituto Sensus é aquele que o PSDB pediu e conseguiu que o TSE autorizasse ser investigado, em 2010, por dizer que Dilma tinha empatado com Serra, faltando seis meses para a eleição. Agora, os tucanos o contratam. Quem terá mudado de opinião?”

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marco Espirito Santo

29 de outubro de 2013 às 15h01

e o “guloso” Cassio Cunha não vai dizer nada/

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?