Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Snowden e a irresponsabilidade da nossa mídia

Por Miguel do Rosário

17 de dezembro de 2013 : 12h45

Diplomacia não é brincadeira. Uma vírgula fora do lugar pode significar uma guerra. Pensei que, nós, da blogosfera, fôssemos os rebeldes, os libertários, os bagunceiros. Agora eu vejo que a nossa mídia corporativa é muito mais caótica e irresponsável.

A manchete da Folha de hoje é uma mentira e um desastre diplomático, a começar para o próprio Edward Snowden. Americanos começaram a acusá-lo de querer vender segredos norte-americanos ao Brasil em troca de asilo.

ScreenHunter_3126 Dec. 17 12.43

[Tradução –> Dan Murphy:  Estou entendendo direito? Snowden acaba de oferecer segredos norte-americanos ao Brasil em troca de asilo por lá?

Glenn Greenwald: Não –  se você soubesse como ler, ou não fosse tão preguiçoso para confiar em manchetes, verá que isso é falso. ]

Snowden escreveu uma carta aberta elogiando o Brasil e a posição corajosa da presidenta Dilma Rousseff em seu discurso na ONU. Não foi uma carta para passar uma “rasteira” na presidenta e pô-la numa saia justa, como a nossa imprensa quer transformá-la.

A carta é destinada à opinião pública brasileira, e visa bloquear a propaganda do governo americano, que pretende nos convencer que a espionagem praticada pela NSA seria para nos proteger, proteger a nossa presidente, proteger a Petrobrás, e nossos interesses.

Não é isso, diz Snowden. “Esses programas nunca foram sobre terrorismo: são sobre espionagem econômica, controle social e manipulação diplomática. Eles são sobre poder”.

Entretanto, Snowden não pede asilo ao Brasil. Não teria nada demais fazê-lo. É um direito dele, e eu acho que o Brasil deveria conceder. Só que, em se tratando de Snowden e da maior potência militar e tecnológica do planeta, é evidente que uma ação deste tipo envolveria muito segredo e um gigante esforço diplomático.

Snowden não poderia pedir asilo à Dilma (que é a única que pode tomar essa decisão) via imprensa. Em resposta à BBC Brasil, Greenwald desmente, categoricamente, o teor das manchetes dadas pela imprensa brasileira, que logo viralizaram mundo a fora:

ScreenHunter_3124 Dec. 17 12.08

Greenwald, que é o jornalista usado por Snowden para revelar ao mundo a espionagem em escala global do governo americano, passou a manhã no twitter vociferando contra a irresponsabilidade dos meios de comunicação, que deturparam totalmente o sentido da carta. Reproduzo abaixo os tweets do jornalista, junto com outros, de minha autoria, com a tradução deles:

ScreenHunter_3123 Dec. 17 11.44 ScreenHunter_3122 Dec. 17 11.43

Entretanto, houve um curto-circuito direto na fonte. Greenwald e seu namorado, David Miranda, deram declarações à Folha manifestando o seu desejo de que o Brasil concedesse asilo político ao americano. É legítimo. Eu também acharia ótimo que isso acontecesse, mas isso teria que ser feito com muito cuidado, não através de uma atabalhoada operação midiática.

Ainda esta manhã, vendo as manchetes da Folha e o efeito causado, Miranda criou uma petição na internet, em que pede ao Brasil para conceder asilo ao americano.

É uma iniciativa pessoal, ingênua, diplomaticamente desastrada. Porque é evidente que o certo a fazer, numa situação dessas, era um contato discreto com o ministério de relações exteriores, para que ele iniciasse uma delicada costura diplomática internacional, com a Rússia, em primeiro lugar, que hoje abriga Snowden, e talvez com a ONU, onde o Brasil conta com o apoio de um número grande de países. Seria o momento, inclusive, de testar a sinceridade da Alemanha, que se aliou ao Brasil nos esforços para criar uma espécie de código de conduta internacional no que diz respeito à privacidade e aos serviços globais de comunicação.

Se depender da nossa mídia, teremos um apocalipse diplomático. E a carta de Snowden, que visa divulgar suas boas intenções e elogiar as posições de Dilma Rousseff, se transformará (aliás, já se transformou) numa bomba contra o próprio Snowden e contra Dilma.

134059_600

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz M Barros

18 de dezembro de 2013 às 09h09

E a bomba contra o próprio Snowden e contra Dilma continua explodindo até na blogosfera progressista. Como agir? Será que não assinar a Avaaz é o mais correto? Ou será a lista espionada das pessoas que querem ajudar Snowden. Que voce acha Miguel?

Responder

Fernando

17 de dezembro de 2013 às 13h21

a mídia brasileira só esta fazendo o que seu patrão(EUA) manda!!!…..assim denigre um pouco a imagem de snowden e da Dilma!!!

Responder

Maria Angelica Araújo

17 de dezembro de 2013 às 15h09

Disse tudo João Nassif. É assim mesmo que funciona.

Responder

João Nassif

17 de dezembro de 2013 às 14h54

São irresponsáveis e qdo dá qquer problema correm se esconder embaixo das saias de uma tal liberdade de imprensa

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?