Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Mais crise! GM anuncia investimentos de R$ 6,5 bi no Brasil

Por Miguel do Rosário

14 de agosto de 2014 : 10h09

A crise na indústria automobilística brasileira é tão profunda que a General Motors acaba de anunciar que pretende investir R$ 6,5 bilhões no Brasil. Imagino que seja por caridade.

*

General Motors anuncia investimento de R$ 6,5 bi em atividades no Brasil

Montante será investido em novos produtos, na melhoria de modelos atuais, em novas tecnologias e na manutenção das fábricas

Agência Brasil

Brasília – A diretora-geral da General Motors, Mary Teresa Barra, anunciou nesta quinta-feira, após reunião com a presidenta Dilma Rousseff, que a empresa investirá R$ 6,5 bilhões nas atividades no Brasil nos próximos cinco anos. Segundo ela, o montante será investido em produtos novos, na melhoria dos veículos atuais, em novas tecnologias e na manutenção das fábricas.

“Estamos anunciando novo investimento de R$ 6,5 bilhões para os próximos cinco anos. Estamos no Brasil há quase 90 anos, reconhecemos que há desafios de médio e longo prazo, mas continuaremos [aqui]”, ressaltou.

Mary Teresa relatou ter discutido com a presidenta Dilma medidas para tornar a indústria mais eficiente e informou ter agradecido ações do governo brasileiro como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos.

A executiva da General Motors informou que manifestou a presidenta Dilma pesar pela morte do candidato à Presidência da República Eduardo Campos, ocorrida na última quarta-feira, em acidente aéreo.

No Brasil, a General Motors fabrica e comercializa, há 88 anos, veículos com a marca Chevrolet. A companhia tem complexos industriais que produzem veículos em São Caetano do Sul e em São José dos Campos, ambos em São Paulo, além de Gravataí (RS). Conta ainda com outras unidades para produção de peças e um centro tecnológico.

gravatai


 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

29 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Petrus Castro

16 de agosto de 2014 às 19h39

Esse CEO da GM do Brasil é louco, investir num país falido, pelo menos a oposição já está falida, mas concordo com a opinião da Patricia E Mesquita, o desemprego vai ser significativo, cumpre à empresa redirecionar essa mão de obra adequadamente ao mercado.

Responder

Patricia E Mesquita

15 de agosto de 2014 às 21h34

O que a indústria robotizou HÁ 20 anos está tudo obsoleto, portanto a tendência é a renovação do maquinário que em breve precisará de apenas 5 homens para produzir um carro. Esse é um problema que todos os países enfrentam. Como redirecionar essa mão de obra. Nenhum empresário tem a consciência social de um Hershey.

Responder

Joicy Alves de Sá

15 de agosto de 2014 às 13h20

Túlio Gambogi E Cardoso

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 12h01

Eu realmente respeito o fato de vc ser petista e defender o atual governo..mas a ideia de que nossa economia vai as mil maravilhas, desculpe-me, é indefensável.

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 11h42

E outra..crescer acima do pib qquer vendinha ja consegue isso…considerando inclusive as projecoes mais otimistas de crescimento do pib..

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 11h41

As vendas no varejo, acumuladas no ano, sao maiores que em 2013, uma vez que a “nova classe media” estava realmente consumindo e o credito estava facilitado..já postei aqui mo seu blog os indices Serasa de inadimplencia que chegou na lua e tambem alguns artigos mostrando o qao endividadas ficaram esta nova classe C…as vendas no vareja cairam em maio, junho e julho..

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 11h31

A industria automobilistica “robotizou tudo” a 20 anos atras…as demissoes sao pq os patios estao lotados…o credito facil para financiamentos mingou…nao é robotizacao.

Responder

O Cafezinho

15 de agosto de 2014 às 11h06

A queda em junho foi o “efeito Copa”, que antecipou vendas de TVs e tirou dias úteis. As vendas voltam em seguida, porque houve muito dinheiro injetado na economia

Responder

O Cafezinho

15 de agosto de 2014 às 10h47

Rodrigo Toledo analise as vendas acumuladas no varejo. tem crescido miuto acima da média inclusive do PIB. veja tb as vendas de carro. a industria de carro demite porque está robotizando tudo. não por “crise”.

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 06h42

90% dos petistas que comentam aqui sao como aqueles crentes que vao na igreja do Edir Macedo e deixam todo o dinheiro acreditando cegamente na salvacao prometida…coitada daquela gente..coitados desses petistas míopes…

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 06h40

Eu sinto no bolso a crise….aqui em curitiba a renault demitiu
.a audi demitiu..a pastre demitiu…

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 06h39

Mas como já disse aqui..petistas tem serias dificuldades em enxergar o óbvio….

Responder

Rodrigo Toledo

15 de agosto de 2014 às 06h37

Até 2 semanas atras os bancos estavam com as torneiras do credito abertas para o povao se endividar comprando carros…as torneiras fecharam..a inadimplencia subiu…anunciar investimentos ao londo de X anos nao significa que vao faze-lo integralmente…..

Responder

sergio

15 de agosto de 2014 às 01h35

Uai! não estamos em crise? O Brasil não vai quebrar amanhã?
Os urubólogos falam isto todo dia, até nos dias santos.

Responder

Dayanne Silva

15 de agosto de 2014 às 00h56

Conrado Abreu

Responder

Walter Shmidt

15 de agosto de 2014 às 00h54

Socooooorrrooooo! Alguém nos ajude!!!! Chamem os militares!!!! HUAahuahuahuahuahuahuahuahuahua

Responder

Cida Jube

14 de agosto de 2014 às 22h55

Vai ver a GM gosta de investir em país que está em vias da insolvência, isso se chama caridade.

Responder

Paulo Ricardo Guimarães Maia

14 de agosto de 2014 às 22h51

É… Mas tem muita gente disposta a pagar porque tem dinheiro.

Responder

Francisco Milton Da Silva Neto

14 de agosto de 2014 às 22h23

kkkk

Responder

Otacílio Neto

14 de agosto de 2014 às 21h49

Só pode investir. O cara compra um popular aqui pelo preço de um Camaro lá fora.

Responder

    Roberto Aracaju

    17 de agosto de 2014 às 15h48

    É mas pra isso acontecer tem roubar o petróleo no Iraque, bombardear o afeganistão, se meter na Ucrânia, etc. Esse modelo faliu!!!

    Responder

Carlos Curioso

14 de agosto de 2014 às 20h16

a BRUXA do CAOS deve estar passando mau

Responder

Marcos Vinicius Silva

14 de agosto de 2014 às 19h56

Queremos modernização, que a gm traga produtos topo de linha como lá de fora… Chega desse governo ficar na mão desses empresários.

Responder

Bruno Dias

14 de agosto de 2014 às 16h08

Oras, Aécio Neves fala tanto em investimento estrangeiro.. o que será que ele falará sobre isso?

Até quando vamos depender tão profundamente de capital externo? Gostaria de entender qual a dificuldade em termos grandes empresários gerando capital interno, tipo: aparecimento de uma empresa nacional do porte da Embraer (desenvolvendo tecnologia).

Alguém me explica, por gentileza?

Responder

Marcelo Beraldo

14 de agosto de 2014 às 18h15

olá Miguel, grato pela gentileza

Responder

Deixe um comentário